Micro computadores

376 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
376
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Micro computadores

  1. 1. Microcomputadores, Eletrônica e Circuitos Especiais IFSP – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL PROFESSOR: EDMILSON ROBERTO BRAGA
  2. 2. Introdução Por meio desse trabalho podemos observar que com a invenção dos circuitos especiais foi possível a optimização dos computadores, uma vez que os mesmos não eram mais valvulados e se tornaram mais compactos, mais ágeis e mais adaptáveis às funções nas quais pretendemos utiliza-los. Há alguns anos, dizia-se que os computadores existiam apenas para economizar o cérebro humano, evitando que este se desgastasse com cálculos bastante complexos e demorados. O computador está aí não só para tratar informações, mas como uma ferramenta que possibilita adotar novos métodos de trabalho, que promovam mudanças no ambiente das empresas e nos meios de produção. O uso de computadores vem se disseminando e atinge todas as áreas de atividade e faixas etárias. Até crianças em idade pré-escolar já operam computadores. Na realidade, a informática é mais que uma evolução. É uma revolução! Em função da diversidade de microcomputadores, a escolha de um equipamento deve levar em conta vários aspectos: capacidade, facilidade de uso, disponibilidade de programas, confiabilidade e expansividade.
  3. 3. Microcomputadores Há alguns anos, dizia-se que os computadores existiam apenas para economizar o cérebro humano, evitando que este se desgastasse com cálculos bastante complexos e demorados. Os computadores vêm mostrando que não foram desenvolvidos para uma função específica, mas para as mais diversas finalidades. Um computador compõe-se de duas partes: hardware e software.  Hardware:parte física do computador, com todos os componentes do equipamento, desde os circuitos integrados até os dispositivos periféricos, como monitor, teclado, mouse.  Software:parte lógica do computador. Consiste no programa que está gravado na memória do computador; é a lógica desenvolvida para o funcionamento do computador.
  4. 4. Eletrônica, Circuitos Especiais Um dos problemas com que se defrontava a eletrônica consistia no fato de que as válvulas, então empregadas nos sistemas, além de serem muito grandes, aqueciam demais os equipamentos. Esse problema foi resolvido com o desenvolvimento do transistor, que possibilitou a miniaturização (grande redução de tamanho) dos circuitos eletrônicos. Na mesma linha dos transistores, que são usados para acionar cargas de baixa e média potência, foram desenvolvidos outros dispositivos, ou seja, outros componentes eletrônicos, para acionamento de cargas que exijam maior potência. Esses componentes diferem dos transistores por terem maior capacidade de dissipação de calor e por permitirem acionar cargas que operam em corrente alternada.
  5. 5. Eletrônica, Circuitos Especiais Substituindo as válvulas, surgem os primeiros computadores comerciais feitos com transistores, ampliando a capacidade de processamento, reduzindo o volume e peso e diminuindo o consumo de energia
  6. 6. Eletrônica, Circuitos Especiais  Utilização crescente de computadores transistorizados em todo o mundo e o avanço tecnológico da corrida espacial.  A importância da miniaturização de computadores a fim de serem colocados a bordos de foguetes. O que é um circuito integrado (CI) ? Pequeno componente eletrônico que possui em seu interior, centenas ou até milhares de transistores.
  7. 7. Microcomputadores Principais conceitos Os computadores são circuitos eletrônicos desenvolvidos para atuar com sistemas digitais. O termo digital indica que o computador é um circuito eletrônico que trabalha com dois níveis de tensão: • um valor máximo, que depende do tipo de componentes eletrônicos utilizados, correspondendo à informação 1. • um valor mínimo, que corresponde à informação 0 . Esta característica é muito importante, pois fundamenta o princípio de funcionamento do computador, que é o de decidir sempre por um de dois caminhos Um bit equivale a um dígito binário: 0 ou 1. Na realidade, os bits são as informações básicas dos computadores, como se fossem as letras da nossa escrita. Mas as informações entre computadores são trocadas em conjuntos de bits, denominados bytes. Byte: conjunto de 8 bits que corresponde a uma informação para o computador.
  8. 8. Microcomputadores  1-Monitor;  2-Placa-Mãe;  3-Processador;  4-Memória RAM;  5- Placas de Rede, Placas de Som, Vídeo, Fax...;  6-Fonte de Energia;  7- Leitor de CDs e/ou DVDs;  8- Disco Rígido (HD);  9- Mouse  10- Teclado.
  9. 9. Microcomputadores O monitor é um dispositivo de saída do computador, cuja função é transmitir informação ao utilizador através da imagem. CRT (Cathodic Ray Tube), em inglês, sigla de (Tubo de raios catódicos) é o monitor "tradicional", em que a tela é repetidamente atingida por um feixe de elétrons, que atuam no material fosforescente que a reveste, assim formando as imagens. LCD (Liquid Cristal Display, em inglês, sigla de tela de cristal líquido) é um tipo mais moderno de monitor. Nele, a tela é composta por cristais que sãopolarizados para gerar as cores.
  10. 10. Microcomputadores A placa mãe (do inglês: mainboard ou motherboard) é a parte do computador responsável por conectar e interligar todos os componentes do computador, ou seja, processador com memória RAM, disco rígido, placa gráfica, entre outros.
  11. 11. Microcomputadores Processador, é um circuito integrado que realiza as funções de cálculo e tomada de decisão de um computador. Todos os computadores e equipamentos eletrônicos baseiam-se nele para executar suas funções, podemos dizer que o processador é o cérebro do computador por realizar todas estas funções.
  12. 12. Microcomputadores MemóriaRAM (do inglês Random Access Memory, frequentemente abreviado para RAM) é um tipo de memória que permite a leitura e a escrita, utilizada como memória primária em sistemas eletrônicos digitais.
  13. 13. Microcomputadores Disco Rígido (HD) é a parte do computador onde são armazenados os dados. O disco rígido é uma memória não-volátil, ou seja, as informações não são perdidas quando o computador é desligado, sendo considerado o principal meio de armazenamento de dados em massa.
  14. 14. Microcomputadores Periféricos são aparelhos ou placas que enviam ou recebem informações do computador. Na informática, o termo "periférico" aplica-se a qualquer equipamento acessório que seja ligado à CPU(unidade central de processamento).
  15. 15. Conclusão Com o avanço das tecnologias observamos que o microcomputador e os circuitos especiais estão em constante adaptação para melhor satisfazer as necessidades humanas. Os tempos modernos têm como uma de suas principais características a interatividade do homem com a máquina. O ser humano tende sempre a buscar o melhor do desempenho, precisão e técnica. Ao programar o um microcomputador para efetuar os processos, é minimizado os erros e falhas q a operação humana poderia efetuar. Vemos que a tecnologia empregada de maneira coesa facilita o dia a dia , seja na indústria ou em casa.
  16. 16. Referências Bibliográficas IFSP – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL PROFESSOR: ????? Apostila de Introdução a Automação Industrial CEFET-SP (Prof. Marcelo S. Coelho) Conteudo Matéria THS (Prof. Carlos Coletto) TechTudo (techtudo.com.br) Wikipédia (pt.wikipedia.org)
  17. 17. Denise Diniz 13?? Luis Varoli 1311255 Sóstenes Esquivel 13?? IFSP – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL PROFESSOR: EDMILSON ROBERTO BRAGA

×