Plano de aula

3.050 visualizações

Publicada em

Plano de aula modelo para a disciplina de Projeto de Ação na Escola: Comunicação e Educação na WEB do Curso de Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação (TIC-EDU), FURG/RS

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Oi Luiz Roberto, passei aqui para aprender.
    Meu plano de aula é completamente diferente, afinal estou com uma tarefa bem diferente dentro da escola. Nunca tinha entrado nas outras Wikis de SLS.Me senti mais pertinho de voc~es. Mas ainda não consegui nem chegar perto da acabar minha tarefa. Se conseguir desta vez quem estará no final do segundo tempo serei eu! Mas já me consolei que fizeste o que poderia ter feito sem ttantos atropelos. Colocar o plano de aula escrito pelo Word e não em lâminas. Abçs Liane
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.050
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de aula

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação – TIC-EDU Luis Roberto Volz de Oliveira Plano de aula Dados de identificaçãoProfessores: Luis Roberto Volz de Oliveira, Juliano BarbosaDisciplina: Produção textual e Informática básicaSérie: 3º Ano do Ensino MédioTempo previsto: 4h/a Tema A importância da comunicação e os meios de interação via web e suasimplicações na produção escrita. Introdução Tendo como ponto motivador a questão da produção escrita nos meiosescolares, em que os alunos estão transferindo o modo de escrita da internetpara as suas produções formais. Propomos neste trabalho mostrar aimportância da produção escrita formal, sua contribuição no desenvolvimentohumano e seu modo de escrita adaptado às redes de comunicação via web. Objetivo geral O aluno deverá ser capaz de :- expor suas opiniões prévias sobre o assunto proposto;- assistir aos vídeos disponibilizados;- reorganizar suas ideias após os vídeos;
  2. 2. - organizar um debate de forma coesa e coerente;- trabalhar em grupo, prevalecendo o espírito de equipe e respeito;- escrever um texto de forma colaborativa. Materiais- Laboratório de informática com acesso a internet;- Material para confecção de cartaz;- Slides. Procedimentos Cumpridas as rotinas de sala de aula (lista de presença, organização daturma) este plano de aula se dará da seguinte forma:- Iniciar a aula estimulando os alunos a refletirem sobre o que é comunicação,qual a sua importância na evolução humana, quais os tipos de meios decomunicação que são conhecidos, meios de comunicação tidos comoobsoletos.- Reproduzir o vídeo “Evolução da comunicação humana”.- Comentar com os alunos o que entenderam do vídeo, quais aspectosratificaram os conceitos por eles já discutidos.- Solicitar aos alunos que individualmente façam um esquema de palavras-chave contendo as suas ideias sobre o que foi discutido e apresentado novídeo.- Concluídos os esquemas, iniciar novo debate sobre a importância dainformática nos dias de hoje.- Feitas as considerações iniciais, reproduzir o vídeo “A importância dainformática nos dias atuais.- Solicitar aos alunos que individualmente façam um esquema de palavras-chave contendo as suas ideias sobre o que foi discutido e apresentado novídeo.- Concluídos os esquemas, o alunos serão divididos em 2 grupos (favoráveisao uso dos meios de comunicação tradicionais e os favoráveis ao uso dosmeios de comunicação interativos). Cada grupo terá as seguintes atribuições: - organizar suas ideias com base nos esquemas produzidosanteriormente, dialogar com o grupo a fim de defender seu ponto de vista pormeio de um debate.
  3. 3. - cada grupo terá um determinado tempo para apresentar suas opiniõese defender suas ideias. - os grupos deverão preparar suas apresentações utilizando asferramentas disponíveis de acordo com seu tema (cartaz aos de opiniãotradicional e slides aos de opinião interativas). - o grupo de opinião contrária deverá organizar uma pergunta para ogrupo oposto e este, por sua vez, deverá respondê-la de forma satisfatória.- Encerrado o debate, os grupos deverão organizar um documento conjuntosobre as ideias debatidas, pontos de vistas favoráveis e contrários e sugestõespara um uso eficiente das tecnologias disponíveis no contexto da produçãotextual. Avaliação A avaliação será considerada satisfatória se ao final do tempo previstoos alunos forem capazes de organizarem suas ideias, formularem suasapresentações e debates, organizar uma produção escrita colaborativa. Referências A produção escrita e o debate em sala de aula devem ser explorados emquestões que tragam diversas possibilidades de exploração. Para tal temosque o debate deve ser visto como um instrumento para se trabalhar ascapacidades argumentativas dos alunos ao defenderem oralmente um ponto devista, uma escolha ou um procedimento de descoberta (Schneuwly e Dolz,1998). O objetivo de tais gêneros é encontrar, através do raciocínio coletivo,soluções aceitáveis para problemas colocados em discussão. Considera-se o debate como uma estratégia de formação e organizaçãodo conhecimento. O aluno deve elaborar, coletivamente, a busca de umasolução para o “problema”: conceitualizar, definir uma questão envolvendo umfato da língua. Apesar de o debate de se inscrever no contexto real do projetopedagógico, não é um tema que possa levantar ardorosos defensores de umaou outra posição, como nos temas que envolvem questões éticas, religiosas oumorais.
  4. 4. AnexosEvolução da comunicação Humana. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=eKgA_H8RZqs&feature=related. Acessado em 30/04/2011.A importância da informática nos dias atuais, disponível em:http://www.youtube.com/watch?v=7-jZkoTkMk0. Acessado em 30/04/2001.DOLZ, SCHNEUWLY & PIETRO. Relato da elaboração de uma sequênciadidática: o debate público. Roxane Rojo (trad.). In: Pour um enseignement del’oral: Initiation aux genres formels àl’école. Paris: ESF Editeur, pp. 27-46,1998.

×