Público alvo

4.174 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.174
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Público alvo

  1. 1. Público-Alvo
  2. 2. Definições • Segmento do mercado: – Grupo de pessoas para qual o produto ou serviço a ser anunciado se destina; • Público-Alvo – Grupo de pessoas para qual a comunicação se destina;
  3. 3. Público-Alvo • Orienta a criação e a escolha de mídia; • Deve refletir o segmento de mercado do produto; • Possui diversas características: sociopsíquicas-culturais, geográficas, experiência de mídia, identidade, projeção, grupos, tribos...
  4. 4. Estratégias • Público-Alvo = Segmento de mercado – A comunicação fala diretamente para quem importa, economizando verba de mídia e aumentando a eficiência da comunicação. Exemplo: Mala direta para um grupo de poucos consumidores.
  5. 5. Estratégias • Público-Alvo = Grupo de influência/decisão. – Agora não se destina diretamente ao segmento, mas sim as pessoas que influenciam o segmento. Esta comunicação tem um efeito “indireto”, mas que também possui resultados. Exemplos: comunicação para crianças que os pais que compram o produto. Executivos que têm poder de compra em multinacionais, médicos...
  6. 6. Estratégias • Público-Alvo = Grupo social / comportamento. – Mais indireto, um grupo social pode ser alvo de uma comunicação ao abranger mais consumidores ao conhecimento do produto. Exemplo: Universitários, roqueiros...
  7. 7. Estratégias • Público-Alvo = Massa. – Comunicação disforme que atinge todos os públicos de diversas variáveis. Normalmente serve para tomar conhecimento de algo, e tendem a uma estratégia mais generalista de valores e linguagens Exemplo: Anúncios em cadeia nacional,
  8. 8. Estratégias Massa Grupo Influência Segmento
  9. 9. Qual estratégia usar? • Depende dos objetivos de Marketing e Comunicação, da verba disponível e da ação a ser realizada. – Pode-se misturar os públicos em determinados momentos da campanha; ora top-down, ora botton-up.
  10. 10. Como definir um bom público-alvo • Primeiro, ele tem que ser identificável por variáveis: – Faixa etária; – Sexo; – Etnia; – Escolaridade...
  11. 11. Como definir um bom público-alvo • Em segundo lugar, ele deve ter uma característica psicológica identificável (ex. AutoPirâmide de Maslow): Realização Social Auto-estima Segurança Fisiológica
  12. 12. Como definir um bom público-alvo • Por fim, ele deve ter um comportamento de compra: – Consumidor de produtos de beleza; – Gasta X Reais em segurança; – Bebe bons vinhos...
  13. 13. Como definir um bom público-alvo • Resultado: Homens de 30 anos, casados, que estão numa escala de autorealização, professores universitários, que consomem vinhos semanalmente e possuem carro.
  14. 14. Classe A-AA • “O consumidor classe A no Brasil e no mundo está cada vez mais exigente e a compra do produto em si já não basta. Esse "algo mais", segundo Carlos Ferreirinha, consultor de negócios de luxo ,diretor-presidente da consultoria MCF, é a alma do negócio. "Ninguém usa um casaco Chanel para se proteger do frio ou uma Ferrari para se transportar“. EX:Volks/Helicóptero • Além é claro de design,qualidade,acabamento,exclusividade,etc...
  15. 15. • Este filão só está ao alcance de empresas com habilidade para "sensibilizar e emocionar". Quando a surpresa acaba, o desgaste da marca é inevitável. • Estudiosos afirmam que a passagem da era industrial para a globalização provocou uma crise de identidade no homem pós-moderno, que procura no luxo estruturas antigas de segurança. • EX:tempo
  16. 16. Classe B • Também exigente . • Culto. • Qualidade,conforto,design.
  17. 17. Classe C:Ela empurra o crescimento • O importante é estar “antenado”com a atualidade e com o comportamento do seu consumidor: • Ex: • Em dois anos, 20 milhões de brasileiros saíram das camadas sociais mais baixas – as chamadas classes D e E – e alcançaram a classe C, a porta de entrada para a sociedade de consumo.Esse fenômeno aumentou o consumo e expandiu a classe média.
  18. 18. Classe C:Ela empurra o crescimento
  19. 19. Classe C-D • Uma das principais apostas do empreendedores dos shoppings centers. • Ficariam mais a vontade com shopping direcionado só para ela/s. • Maior poder de compra.Se preocupam mais com o valor da prestação que com o valor total. • Estão mais exigentes.Buscam também qualidade.
  20. 20. Novas Tendências de comportamento • O avanço das mulheres no mercado: o avanço das mulheres no mercado de trabalho cresce ano após ano e está criando novos padrões de consumo e comportamento.A perspectiva de venda dos produtos dedicados ao público feminino é grande. • Mais casais sem filhos: Há cada vez mais casais que decidem não ter filhos ou postergam a paternidade para aproveitar a vida sem preocupações com gastos • Cresce o número de pessoas morando sozinhas: este consumidor geralmente é ávido por tecnologia, conforto e praticidade. • Mais consumidores de meia-idade: uma legião de cinqüentões com alta renda está adotando hábitos mais saudáveis e dedicando mais tempo ao lazer. • Uma vida mais longa e melhor: cresce o número de pessoas na terceira idade, que já têm os filhos criados e querem aproveitar a vida com saúde e tranquilidade.

×