Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 162-163

3.386 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.890
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 162-163

  1. 1. Sobre trabalhos de Cesário Só leitura era pouco (esperava alguma criação textual); Por vezes, também o tempo é demasiado pequeno;
  2. 2. Erros de pronúncia recorrentes: cognac char-à-bancs mignonnes chansonnette lorgnon dândis vexado
  3. 3. Gralha minha: ser dorso = seu dorso lá essa é que = lá nessa é que
  4. 4. Bairro Moderno
  5. 5. Concurso José Gomes Ferreira
  6. 6. 12.º 3.ª & 12.º 6.ª
  7. 7. Versão 1 Degluti a sardinha que tu tão bem assaras. subordinada adjetiva relativa restritiva
  8. 8. Logo que entrou na sala de operações, cantarolou um fado. subordinada adverbial temporal
  9. 9. O professor transmitiu aos alunos como estava farto deles. subordinada substantiva completiva
  10. 10. Dado que não te queixas, dou-te mais um soco. subordinada adverbial causal
  11. 11. As eleições eram decisivas, porém poucos votaram. coordenada adversativa
  12. 12. Embora tenhas estudado muito, vais falhar esta pergunta. subordinada adverbial concessiva
  13. 13. Como não respondeste, presumi que morreras. subordinada adverbial causal
  14. 14. Não te dou as gomas, ainda que chores desalmadamente. subordinada adverbial concessiva
  15. 15. Parti a garrafa cujo rótulo estava errado. subordinada adjetiva relativa restritiva
  16. 16. Enquanto estamos aqui fechados na sala, crianças felizes vão à praia. subordinada adverbial temporal
  17. 17. Quero que te lixes! subordinada substantiva completiva
  18. 18. Os portugueses trabalham muito, todavia não se veem lucros. coordenada adversativa
  19. 19. És parvo ou quê? predicativo do sujeito
  20. 20. Gabriel García Márquez, autor de Cem anos de Solidão, nasceu em Aracataca. modificador apositivo
  21. 21. Camões achava os portugueses ingratos. predicativo do complemento direto
  22. 22. A 13 de maio, a irmã Lúcia irá a Fátima. complemento oblíquo
  23. 23. Matilde beijou-te, Corvo. complemento direto
  24. 24. Beresford falava pragmaticamente. modificador do grupo verbal
  25. 25. Deram-nos autorização para faltarmos. complemento indireto
  26. 26. Manuel pediu a Rita que desse a moeda a Matilde. complemento direto
  27. 27. Peppino parecia o Máxi. predicativo do sujeito
  28. 28. O kunámi, que é um fruto dulcíssimo, não existe. modificador do nome apositivo
  29. 29. A FIFA já nomeou Proença árbitro da final. predicativo do complemento direto
  30. 30. Os assassinos precisam de ternura. complemento oblíquo
  31. 31. Matilde argumentava com paixão. modificador do grupo verbal
  32. 32. Apunhalaram-nos à traição. complemento direto
  33. 33. Ah! — exclamou Beresford — Se Portugal conjunção subordinativa condicional
  34. 34. jogar contra a Inglaterra, preposição
  35. 35. não sei advérbio de negação
  36. 36. quem vou querer pronome relativo
  37. 37. que ganhe. conjunção subordinativa completiva
  38. 38. Pietro fez uma aposta determinante artigo indefinido
  39. 39. com um grupo de sicilianos, preposição
  40. 40. quando estava conjunção subordinativa temporal
  41. 41. a atirar um pião, preposição
  42. 42. que nunca mais vimos. pronome relativo
  43. 43. Surgiu o sol. Surgiu o calor. Surgiu o verão. anáfora
  44. 44. Bem podíeis, ó gentes deste mundo, ser generosas com os pobres. apóstrofe (ou invocação)
  45. 45. Olhei a terra e as árvores e os frutos e as flores. polissíndeto
  46. 46. Ronaldo é o abono de família da seleção. metáfora
  47. 47. 1.ª & 4.ª
  48. 48. Diz-me se vou bem assim. subordinada substantiva completiva
  49. 49. Como estava um belo dia, foram à praia de Algés. subordinada adverbial causal
  50. 50. Errarás esta resposta, ainda que saibas orações consecutivas. subordinada adverbial concessiva
  51. 51. Logo que esventres o javali, dá-me um telefonema. subordinada adverbial temporal
  52. 52. Adquiri o apartamento onde já foste feliz. subordinada adjetiva relativa restritiva
  53. 53. Vamos para o Algarve ou ficamos em Lisboa. coordenada disjuntiva
  54. 54. Avisa-me, Vicente, se os teus colegas tiverem cábulas. subordinada adverbial condicional
  55. 55. Estudei bastante Matemática, mas já não tive tempo para a gramática. coordenada
  56. 56. Comprámos o andar cujas janelas estão pintadas a amarelo. subordinada adjetiva relativa restritiva
  57. 57. Já que a empresa já falira, o diretor abarbatou-se com uns dinheiros. subordinada adverbial causal
  58. 58. Mesmo se te acho simpático, esbofeteio- te periodicamente. subordinada adverbial concessiva
  59. 59. Manuel disse a Rita que desse a moeda a Matilde. subordinada substantiva completiva
  60. 60. Não sou quem tu julgas. predicativo do sujeito
  61. 61. Morais Sarmento, que foi um dos delatores, pertencia a uma loja maçónica. modificador apositivo
  62. 62. Matilde gostava da sua minissaia verde. complemento oblíquo
  63. 63. Os «reis do Rossio» escolheram Gomes Freire como bode expiatório. predicativo do complemento direto  
  64. 64. Felizmente há luar! complemento direto
  65. 65. Beresford discursou com arrogância. modificador do grupo verbal
  66. 66. Na caminoneta vinha o Raul Águas. sujeito
  67. 67. Beresford regressaria a Inglaterra. complemento oblíquo
  68. 68. Estás demasiado abatido. predicativo do sujeito
  69. 69. Beija-me, Baltasar. complemento direto
  70. 70. Sousa refletia com hipocrisia. modificador do grupo verbal
  71. 71. Nun’ Álvares (que, para Pessoa, era «S. Portugal») foi decisivo em Aljubarrota. modificador do nome apositivo
  72. 72. Pessoa elegia o Quinto Império como objetivo último. predicativo do complemento direto
  73. 73. As armas e os barões assinalados cantarei por toda a parte. complemento direto
  74. 74. Matilde queria muito advérbio de quantidade/grau
  75. 75. que Gomes Freire conjunção subordinativa completiva
  76. 76. lhe trouxesse pronome pessoal
  77. 77. de Paris preposição
  78. 78. saias de outras cores. nome comum
  79. 79. O cheiro a carne assada preposição
  80. 80. que se sentia em Lisboa pronome relativo
  81. 81. fê-los irem a um restaurante, nome comum
  82. 82. mas esperaram conjunção coordenativa adversativa
  83. 83. cinco horas por uma picanha. quantificador numeral
  84. 84. O escuro é claro. oxímoro
  85. 85. Não somos todos portugueses? Pois lutemos pela Pátria. interrogação retórica
  86. 86. Fazia frio, ferindo as faces frescas da fonte. aliteração
  87. 87. Os olhos são o espelho da alma. metáfora

×