Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 142

3.801 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.801
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.207
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 142

  1. 1. 1.1 Segundo Camões, a ilha do Canto IX constitui a recompensa em vida dos feitos grandiosos levados a cabo por heróis merecedores e que, «longe das terras habitadas pelos homens», recebem o prémio que lhes é devido.
  2. 2. 1.2 Na última fala, o poeta faz a apologia do conhecimento sensorial; através dele, o homem toma contacto com as realidades que o circundam e aprofunda o seu saber. Deste modo, conforme preconizado pelo Humanismo, torna-se o centro da sua própria formação. A convivência com a realidade permite-lhe, ainda assim, aceitar a existência de Deus enquanto criador, de acordo com a mentalidade cristã da época.
  3. 3. Segunda parte / Mar Português • O Infante • Horizonte • Padrão • O Mostrengo • Epitáfio de Bartolomeu Dias • Os Colombos • Ocidente • Fernão de Magalhães • Ascensão de Vasco da Gama • Mar Português • A Última Nau • Prece
  4. 4. Com efeito, ao lermos Mensagem, só uma primeira impressão desatenta nos pode fazer pensar que as figuras e os acontecimentos a que cada poema alude visam constituir uma galeria de heróis ou uma revisão de momentos emblemáticos da história de Portugal, para efeitos de homenagem ou de síntese. Se é verdade que este texto épico lírico parte de um núcleo‑ histórico, é preciso também ter em conta que o aborda segundo uma perspetiva messiânica. Os feitos concretos perdem dimensão face à força interior dos heróis.
  5. 5. No único livro em português que Pessoa publicou em vida, a ideia de predestinação dos heróis e da nação é determinante para se aceitar um novo ressurgimento espiritual do país e a fundação do Quinto Império.
  6. 6. TPC [Irei pôr brevemente no blogue a lista de tarefas que pretendo até ao final do ano.]

×