Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 123

1.343 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.343
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
935
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 123

  1. 1. O uso das aspas no primeiro parágrafo deve-se a) à demarcação de uma fala. b) à identificação de uma tradução. c) à delimitação de uma citação. d) à marcação de uma definição.
  2. 2. O sujeito da primeira frase do segundo parágrafo [Deduz-se] é a) composto. b) subentendido. c) indeterminado. d) expletivo. (com verbos como «haver», «chover», «nevar»)
  3. 3. O conector «pois» (l. 4) apresenta um valor a) explicativo. b) conclusivo. c) causal. d) consecutivo.
  4. 4. Conclusivo: Deduz-se, pois, que a epopeia […] portanto Explicativo: Estava com fome, pois não tinha comido. porquanto
  5. 5. O segmento «A lenda invade a Epopeia, porque as indefinições, o desconhecimento, a transmissão oral, que abarca gerações, criam uma aura de misticismo» (ll. 8-9) integra três orações, uma das quais subordinada a) final. b) substantiva completiva. c) adjetiva relativa explicativa. d) substantiva relativa.
  6. 6. «a Epopeia» cumpre a função sintática de «A lenda invade a Epopeia […]» a) complemento indireto. b) complemento oblíquo. c) modificador do grupo verbal. d) complemento direto.
  7. 7. Com o uso do pronome «a» (l. 9) para recuperar o referente «Epopeia» (l. 8), o enunciador serve-se da a) anáfora. b) catáfora. c) elipse. d) correferência não anafórica.
  8. 8. O termo «anacrónica» (l. 10) é usado com o sentido de a) futurista. b) atual. c) passadista. d) virtual.
  9. 9. Em termos estilísticos, para além de uma enumeração, o segmento «o desejo dos povos de exaltar, supervalorizar, deificar, imortalizar os seus heróis» (ll. 11-12) apresenta ainda a) uma personificação. b) um polissíndeto. c) uma gradação. d) uma anáfora.
  10. 10. O referente retomado pelo pronome «eles» (l. 12) é «imortalizar os seus heróis, ganhando com eles» a) «os seus heróis» (l. 12). b) «povos» (l. 11). c) «bizarros» (l. 11». d) «O mito» (l. 11).
  11. 11. «aqueles» (l. 23) pertence à classe dos aqueles em quem… (pron.) aqueles gatos são míopes (det.) a) determinantes demonstrativos. b) pronomes indefinidos. c) determinantes relativos. d) pronomes demonstrativos.
  12. 12. Na expressão «vão-se valorizando» (l. 25) a ação é perspetivada como a) acabada. b) pontual. c) progressiva. d) habitual.
  13. 13. «seus» (l. 25) pertence à classe dos os seus valores (det.) a) determinantes possessivos. b) pronomes possessivos. c) pronomes pessoais. d) pronomes indefinidos.
  14. 14. O elemento «que» utilizado em «acreditando que os seus valores servem a coletividade» (ll. 25-26) pertence à classe a) dos pronomes relativos. b) das conjunções subordinativas completivas. c) das conjunções subordinativas consecutivas d) das conjunções subordinativas causais.
  15. 15. Com o recurso aos travessões nas linhas 31 e 32, o enunciador pretende — navegadores, guerreiros, reis, missionários, … — a) separar uma citação d’Os Lusíadas. b) introduzir um argumento dedutivo. c) isolar uma enumeração exemplificativa. d) demarcar um comentário pessoal.
  16. 16. O particípio passado «votadas» (l. 32), usado com valor adjetival, é utilizado com o sentido de a)«eleitas». b)«dedicadas». c)«imunes». d)«submetidas».
  17. 17. O constituinte sublinhado no segmento «O herói, apesar dos nomes reais e históricos, é coletivo» (l. 37) apresenta um valor a)adversativo. b)consecutivo. c)explicativo. d)concessivo.
  18. 18. «dois» (l. 38) é um a)quantificador existencial. b)adjetivo numeral. c)quantificador numeral. d)quantificador universal.
  19. 19. A palavra «personagens-tipo» (ll. 38-39) é palavra + palavra a)um composto morfológico. (radical + radical radical + palavra) b)um composto morfossintático. c)uma amálgama. d)uma truncação.
  20. 20. O grupo nominal «Nuno Álvares Pereira» (l. 39) desempenha a função sintática de a)sujeito. b)predicativo do sujeito. c)complemento direto. d)modificador apositivo do nome.
  21. 21. A palavra «que» (l. 40) pertence à classe o qual Vasco da Gama, o navegador, que concentra a)dos pronomes relativos. b)das conjunções completivas. c)conjunções comparativas. d)conjunções consecutivas.
  22. 22. TPC — Lê os textos ensaísticos «A conceção camoniana da história» (p. 171) e «As reflexões do poeta n’Os Lusíadas: críticas e conselhos aos portugueses» (p. 181). Trazer esta folha. (Estudar gramática. Acabar Memorial.)

×