<ul><li>Os antecedentes dos pronomes marcados a negro em «Inventar frases para trabalhos de gramática é  uma actividade   ...
<ul><li>Na frase «Hoje à noite vejo o Benfica», o verbo está no  </li></ul><ul><li>a) Futuro do Indicativo e exprime poste...
<ul><li>Têm valor deíctico (remetendo para a enunciação) as palavras sublinhadas em   </li></ul><ul><li>a)  Esse  vinho qu...
<ul><li>As duas formas verbais estão, respectivamente, no Infinitivo e no Futuro do Indicativo em </li></ul><ul><li>a) «Se...
<ul><li>Na frase «Um determinado espaço urbano oferece  às actividades culturais  múltiplas vantagens», a expressão «às ac...
<ul><li>Estão correctas as grafias de </li></ul><ul><li>a) ortograficamente, evidencia, inteligência. </li></ul><ul><li>b)...
<ul><li>«Redondilha maior» e «redondilha menor» correspondem, respectivamente, a </li></ul><ul><li>a) sete e cinco sílabas...
<ul><li>Devido ao uso da perifrástica, o valor aspectual de «Estou a dançar saraquité com imenso gosto»  é </li></ul><ul><...
<ul><li>O dístico «Como gosto da Zé Gomes Ferreira, / Triste escola onde não há bandalheira!» é constituído por </li></ul>...
<ul><li>Co|mo| gos|to| da| Zé| Go|mes|   Fe|rrei -, </li></ul><ul><li>  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10 </li></ul><ul><li>[ ...
<ul><li>elisão </li></ul><ul><li>sinalefa </li></ul>
<ul><li>Os valores modais de «Devem fazer cocó no bacio, bebés» e «A Alicinha deve ter febre» são, respectivamente, </li><...
<ul><li>Na frase «Na Luz, o Benfica derrotou o Marselha com toda a calma», a função de complemento directo é desempenhada ...
<ul><li>«Os polícias passam  as multas ». Se pronominalizarmos o que está a negro, ficará </li></ul><ul><li>a) «Os polícia...
<ul><li>A frase que tem coesão textual é </li></ul><ul><li>a) «Trata m -se de árbitros comprados pelo Porto.» </li></ul><u...
<ul><li>Predomina o aspecto pontual em </li></ul><ul><li>a) «Às terças, saio às quinze e quinze, em ponto.»  [habitual] </...
<ul><li>Os tempos verbais de «choramingando», «sonhava», «bebi» são </li></ul><ul><li>a) gerúndio, imperfeito do indicativ...
<ul><li>Há um acto de fala indirecto directivo em </li></ul><ul><li>a) Só terá boa nota quem fizer os tepecês. </li></ul><...
<ul><li>A série que apresenta uma parte do campo lexical de ‘carne’ é </li></ul><ul><li>a) ‘tecido muscular do corpo human...
<ul><li>A oração destacada a negro em «Esta circunstância fez-nos ponderar os diversos constrangimentos que implica fazer ...
<ul><li>O trecho « — Aqui onde me encontro, bebi ontem duas aguardentes com o Pessoa — disse eu » ficaria, em discurso ind...
<ul><li>Em «Quero que  me  neguem o acesso à sala de jogo do casino, pois não  me  sinto em condições psicológicas para jo...
 
<ul><li>Primado das sensações  </li></ul><ul><li>Cae </li></ul><ul><li>Acolhimento de sensações desirmanadas  Cam1  /  Cam...
<ul><li>Tom céptico, irónico </li></ul><ul><li>Pes2  /  Cam1  /  Cam2 </li></ul><ul><li>Ansiedade, confusão emocional, exc...
<ul><li>Calma, familiaridade, ausência de angústias </li></ul><ul><li>Cae </li></ul><ul><li>Aceitação da condição humana, ...
<ul><li>Desinteresse pelo passado (ou pelo futuro) </li></ul><ul><li>Cae  /  Reis </li></ul><ul><li>Aceitação resignada do...
<ul><li>Estilo torrencial, entrecortado, exclamativo </li></ul><ul><li>[Pes2]  /  Cam1  /  Cam2 </li></ul><ul><li>Estilo s...
<ul><li>Uso de paradoxos, antíteses </li></ul><ul><li>Pes1  /  [Cae]  /  [Reis] </li></ul><ul><li>Comparações com elemento...
<ul><li>Simplicidade do léxico e da sintaxe (coordenativa) </li></ul><ul><li>[Pes2]  /  Cae </li></ul><ul><li>Léxico recen...
<ul><li>Sintaxe difícil (por vezes, com hipérbatos severos)  </li></ul><ul><li>Reis </li></ul><ul><li>Prevalência da modal...
<ul><li>Ausência de rima (versos brancos) </li></ul><ul><li>Cae  /  Cam1  /  Cam2  /  Reis </li></ul><ul><li>Rima cruzada ...
<ul><li>Versos de metro livre </li></ul><ul><li>Cae  /  Cam1  /  Cam2 </li></ul><ul><li>Versos decassilábicos e hexassiláb...
<ul><li>Ausência de sistema estrófico regular </li></ul><ul><li>Cae  /  Cam1  /  Cam2 </li></ul><ul><li>Sistema estrófico ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 47

2.352 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.714
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Para DéCimo Segundo Ano, Aula 47

  1. 2. <ul><li>Os antecedentes dos pronomes marcados a negro em «Inventar frases para trabalhos de gramática é uma actividade que me dá mais prazer do que arrancar um dente que esteja são.» são </li></ul><ul><li>a) «uma actividade»; «um dente». </li></ul><ul><li>b) «trabalhos de gramática»; «dente». </li></ul><ul><li>c) «actividade»; «arrancar um dente». </li></ul><ul><li>d) «Inventar frases para trabalhos de gramática»; «arrancar um dente». </li></ul>
  2. 3. <ul><li>Na frase «Hoje à noite vejo o Benfica», o verbo está no </li></ul><ul><li>a) Futuro do Indicativo e exprime posterioridade relativamente à enunciação. </li></ul><ul><li>b) Presente do Indicativo e exprime posterioridade relativamente à enunciação. </li></ul><ul><li>c) Presente do Indicativo e exprime anterioridade relativamente à enunciação. </li></ul><ul><li>d) Presente do Indicativo e exprime simultaneidade relativamente à enunciação. </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Têm valor deíctico (remetendo para a enunciação) as palavras sublinhadas em </li></ul><ul><li>a) Esse vinho que está aí na gaveta é bom para bebedeiras pequenas. </li></ul><ul><li>b) A poesia de Eduardo Sousa é ingénua como as falas das crianças. Essas compreendem-no. Isso vê-se pelo seu olhar. </li></ul><ul><li>c) Eusébio olhava o prédio. Aquelas janelas não eram as que conhecera nesse dia de inverno em que chegara de Coimbra. </li></ul><ul><li>d) Afonso Henriques conheceu Urraca. Esta era uma rapariga bonita. Aquele amou-a muito. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>As duas formas verbais estão, respectivamente, no Infinitivo e no Futuro do Indicativo em </li></ul><ul><li>a) «Se olhar [Futuro Conj.] para Marte, verá [Futuro Ind.] dois marcianos e um cocó de cão». </li></ul><ul><li>b) «Se fizer [Futuro Conj.] os tepecês, Arnaldo receberá [Futuro Ind.] um doce». </li></ul><ul><li>c) « Amar [Infinitivo] é [Presente Ind.] bom». </li></ul><ul><li>d) « Ouvir-te é um descanso. Ver-te-ei cada vez mais». </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Na frase «Um determinado espaço urbano oferece às actividades culturais múltiplas vantagens», a expressão «às actividades culturais» desempenha a função sintáctica de </li></ul><ul><li>a) nome predicativo do complemento directo. </li></ul><ul><li>b) complemento indirecto. </li></ul><ul><li>c) complemento directo. [múltiplas vantagens] </li></ul><ul><li>d) complemento agente da passiva. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Estão correctas as grafias de </li></ul><ul><li>a) ortograficamente, evidencia, inteligência. </li></ul><ul><li>b) legitima, legítima, extraordinario . </li></ul><ul><li>c) timido , também, assistênte . </li></ul><ul><li>d) evidência, emergencia , doente. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>«Redondilha maior» e «redondilha menor» correspondem, respectivamente, a </li></ul><ul><li>a) sete e cinco sílabas métricas. </li></ul><ul><li>b) seis e quatro sílabas métricas. </li></ul><ul><li>c) seis e cinco sílabas métricas. </li></ul><ul><li>d) sete e quatro sílabas métricas. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Devido ao uso da perifrástica, o valor aspectual de «Estou a dançar saraquité com imenso gosto» é </li></ul><ul><li>a) pontual. </li></ul><ul><li>b) iterativo. </li></ul><ul><li>c) habitual. </li></ul><ul><li>d) imperfectivo. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>O dístico «Como gosto da Zé Gomes Ferreira, / Triste escola onde não há bandalheira!» é constituído por </li></ul><ul><li>a) decassílabos. </li></ul><ul><li>b) alexandrinos (dodecassílabos). </li></ul><ul><li>c) hendecassílabos (versos de onze sílabas métricas). </li></ul><ul><li>d) heptassílabos. </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Co|mo| gos|to| da| Zé| Go|mes| Fe|rrei -, </li></ul><ul><li> 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 </li></ul><ul><li>[ tes ] [ lon ] </li></ul><ul><li>Tris| te es |co| la on |de| não| há| ban|da|lhei - </li></ul><ul><li>1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 </li></ul>
  11. 12. <ul><li>elisão </li></ul><ul><li>sinalefa </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Os valores modais de «Devem fazer cocó no bacio, bebés» e «A Alicinha deve ter febre» são, respectivamente, </li></ul><ul><li>a) apreciativo e deôntico. </li></ul><ul><li>b) epistémico e deôntico. </li></ul><ul><li>c) deôntico e apreciativo. </li></ul><ul><li>d) deôntico e epistémico. </li></ul>
  13. 14. <ul><li>Na frase «Na Luz, o Benfica derrotou o Marselha com toda a calma», a função de complemento directo é desempenhada por </li></ul><ul><li>a) «a calma». </li></ul><ul><li>b) «o Marselha». </li></ul><ul><li>c) «Marselha». </li></ul><ul><li>d) «com toda a calma». </li></ul>
  14. 15. <ul><li>«Os polícias passam as multas ». Se pronominalizarmos o que está a negro, ficará </li></ul><ul><li>a) «Os polícias as passam». </li></ul><ul><li>b) «Os polícias passá-las-ão». </li></ul><ul><li>c) «Os polícias passam-nas». </li></ul><ul><li>d) «Os polícias passam-as». </li></ul>
  15. 16. <ul><li>A frase que tem coesão textual é </li></ul><ul><li>a) «Trata m -se de árbitros comprados pelo Porto.» </li></ul><ul><li>b) «Nos jogos do Braga havia m jogadas assaz estranhas.» </li></ul><ul><li>c) «As exibições do Sporting são parecidas às [ com ] do Guimarães.» </li></ul><ul><li>d) «Trata-se de árbitros comprados pelo Benfica.» </li></ul>
  16. 17. <ul><li>Predomina o aspecto pontual em </li></ul><ul><li>a) «Às terças, saio às quinze e quinze, em ponto.» [habitual] </li></ul><ul><li>b) «Ando a treinar um desporto fascinante, o curling .» [imperfectivo] </li></ul><ul><li>c) «A passarola caiu.» </li></ul><ul><li>d) «Naqueles tempos, bebia-se bem e comia-se melhor.» [imperfectivo, durativo] </li></ul>
  17. 18. <ul><li>Os tempos verbais de «choramingando», «sonhava», «bebi» são </li></ul><ul><li>a) gerúndio, imperfeito do indicativo, perfeito do indicativo. </li></ul><ul><li>b) gerúndio, imperfeito, mais-que-perfeito do indicativo. </li></ul><ul><li>c) presente do indicativo, perfeito do indicativo, imperfeito do indicativo. </li></ul><ul><li>d) presente do indicativo, imperfeito do indicativo, mais-que-perfeito do indicativo. </li></ul>
  18. 19. <ul><li>Há um acto de fala indirecto directivo em </li></ul><ul><li>a) Só terá boa nota quem fizer os tepecês. </li></ul><ul><li>b) Dá-me um abraço: que magnífica performance tiveste! [expressivo] </li></ul><ul><li>c) O livre indirecto de Micael foi um «merdelim». [assertivo/expressivo] </li></ul><ul><li>d) Dirigi-me à porta de saída. [assertivo] </li></ul>
  19. 20. <ul><li>A série que apresenta uma parte do campo lexical de ‘carne’ é </li></ul><ul><li>a) ‘tecido muscular do corpo humano’, ‘prato de carne’, ‘sensualidade’. [campo semântico] </li></ul><ul><li>b) talho, açougueiro, lombo, cortar, vaca. </li></ul><ul><li>c) peixe, mar, descobrimentos, Vasco da Gama, Parque das Nações. [associação de ideias] </li></ul><ul><li>d) carniça, carnudo, carnívoro, carniceiro, reencarnar. [família de palavras] </li></ul>
  20. 21. <ul><li>A oração destacada a negro em «Esta circunstância fez-nos ponderar os diversos constrangimentos que implica fazer frases que só têm interesse para testes de gramática » é </li></ul><ul><li>a) subordinada adjectiva relativa restritiva. </li></ul><ul><li>b) subordinada adjectiva relativa explicativa. </li></ul><ul><li>c) coordenada substantiva relativa apreciativa. </li></ul><ul><li>d) subordinada substantiva completiva. </li></ul>
  21. 22. <ul><li>O trecho « — Aqui onde me encontro, bebi ontem duas aguardentes com o Pessoa — disse eu » ficaria, em discurso indirecto, </li></ul><ul><li>a) Ele disse que, ali onde se encontrava, bebera na véspera duas aguardentes com Pessoa. </li></ul><ul><li>b) Eu disse que, aqui onde me encontro , bebi ontem duas aguardentes com Pessoa. </li></ul><ul><li>c) Eu disse que, ali onde me encontrava, bebera ontem duas aguardentes com Pessoa. </li></ul><ul><li>d) Eu disse que, ali onde me encontrava, bebera na véspera duas aguardentes com Pessoa. </li></ul>
  22. 23. <ul><li>Em «Quero que me neguem o acesso à sala de jogo do casino, pois não me sinto em condições psicológicas para jogar», a anteposição dos dois pronomes relativamente ao verbo deve-se a, respectivamente: </li></ul><ul><li>a) oração subordinada; oração subordinada. </li></ul><ul><li>b) brasileirismo; brasileirismo. </li></ul><ul><li>c) oração subordinada; frase negativa. </li></ul><ul><li>d) frase negativa; frase negativa. </li></ul>
  23. 25. <ul><li>Primado das sensações </li></ul><ul><li>Cae </li></ul><ul><li>Acolhimento de sensações desirmanadas Cam1 / Cam2 </li></ul><ul><li>Identificação com a natureza </li></ul><ul><li>Cae </li></ul><ul><li>Alegria ingénua, espontânea </li></ul><ul><li>Cae </li></ul>
  24. 26. <ul><li>Tom céptico, irónico </li></ul><ul><li>Pes2 / Cam1 / Cam2 </li></ul><ul><li>Ansiedade, confusão emocional, excitação da procura </li></ul><ul><li>Pes2 / Cam1 / Cam2 </li></ul><ul><li>Procura da decifração de si próprio </li></ul><ul><li>Pes1 / Pes2 / [Cam1] / [Cam2] </li></ul><ul><li>Presença constante do «eu», sentida como desconfortável </li></ul><ul><li>Cam1 / Cam2 </li></ul>
  25. 27. <ul><li>Calma, familiaridade, ausência de angústias </li></ul><ul><li>Cae </li></ul><ul><li>Aceitação da condição humana, de forma disciplinada </li></ul><ul><li>Reis </li></ul><ul><li>Consciência da natureza precária da vida </li></ul><ul><li>Reis </li></ul><ul><li>Alusão ao passado, ao sonho, à infância </li></ul><ul><li>Pes1 / Pes2 / Cam1 / Cam2 </li></ul>
  26. 28. <ul><li>Desinteresse pelo passado (ou pelo futuro) </li></ul><ul><li>Cae / Reis </li></ul><ul><li>Aceitação resignada do destino </li></ul><ul><li>Reis </li></ul><ul><li>Poetização do «prosaico», do quotidiano </li></ul><ul><li>Cam1 / Cam2 </li></ul>
  27. 29. <ul><li>Estilo torrencial, entrecortado, exclamativo </li></ul><ul><li>[Pes2] / Cam1 / Cam2 </li></ul><ul><li>Estilo silogístico, aforístico </li></ul><ul><li>Cae </li></ul>
  28. 30. <ul><li>Uso de paradoxos, antíteses </li></ul><ul><li>Pes1 / [Cae] / [Reis] </li></ul><ul><li>Comparações com elementos concretos </li></ul><ul><li>Cae </li></ul><ul><li>Repetições; anáforas; onomatopeias, interjeições </li></ul><ul><li>Cam1 </li></ul>
  29. 31. <ul><li>Simplicidade do léxico e da sintaxe (coordenativa) </li></ul><ul><li>[Pes2] / Cae </li></ul><ul><li>Léxico recente (por vezes, bastante concreto) </li></ul><ul><li>Cam1 / Cam2 </li></ul><ul><li>Léxico cuidado (por vezes, erudito, clássico) </li></ul><ul><li>Reis </li></ul>
  30. 32. <ul><li>Sintaxe difícil (por vezes, com hipérbatos severos) </li></ul><ul><li>Reis </li></ul><ul><li>Prevalência da modalidade deôntica ou de imperativos </li></ul><ul><li>Reis </li></ul>
  31. 33. <ul><li>Ausência de rima (versos brancos) </li></ul><ul><li>Cae / Cam1 / Cam2 / Reis </li></ul><ul><li>Rima cruzada </li></ul><ul><li>Pes1 / Pes2 </li></ul>
  32. 34. <ul><li>Versos de metro livre </li></ul><ul><li>Cae / Cam1 / Cam2 </li></ul><ul><li>Versos decassilábicos e hexassilábicos </li></ul><ul><li>Reis </li></ul><ul><li>Versos hexassilábicos (e hepta s silábicos) </li></ul><ul><li>Pes1 / Pes2 </li></ul>
  33. 35. <ul><li>Ausência de sistema estrófico regular </li></ul><ul><li>Cae / Cam1 / Cam2 </li></ul><ul><li>Sistema estrófico regular </li></ul><ul><li>Pes1 / Pes2 / Reis </li></ul>

×