Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 39-40

1.101 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.101
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
732
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 39-40

  1. 1. • Terem passado ao desenvolvimento (incluindo argumentação e até apelos) demasiado cedo. Era apenas exórdio — apenas malabarismos com o conceito predicável.
  2. 2. • Evitar frases repescadas de Filosofia• Escrever legivelmente: lápis forte ou caneta mais caligraficamente
  3. 3. Cap. I — Introdução (Exórdio)Caps. II-V — Desenvolvimento Louvores, em geral II Louvores, em particular III Repreensões, em geral IV Repreensões, em particular VCap. VI — Conclusão (Peroração)
  4. 4. 2: o parabém = os parabéns3: discorrer pelas = discursar sobre9: o investe = dirige-se-lhe, ataca-o21-22: Tobias o Velho = o pai de Tobias,que também se chamava Tobias24: burel = tecido grosseiro de lã; hábitode frade (cfr. as vestes dos franciscanos)25: enviava-se a eles = atirava-se-lhes37: vede este coração = [deítico: PAVindica o seu próprio coração]
  5. 5. Peixe de TobiasAs suas entranhas deitavam um fel quecurava a cegueira.[e o coração afastava os demónios]
  6. 6. RémoraApesar de pequeno, fixando-se ao lemede um barco, consegue prendê-lo.
  7. 7. Torpedo (raia elétrica)Quando toca no isco, faz tremer o braço do pescador.
  8. 8. Quatro-olhosOs seus quatro olhos permitem que esteja sempre vigilante.
  9. 9. SardinhaServe de sustento dos pobres.
  10. 10. Cap. I — Introdução (Exórdio)Caps. II-V — Desenvolvimento Louvores, em geral II Louvores, em particular III Repreensões, em geral IV Repreensões, em particular VCap. VI — Conclusão (Peroração)
  11. 11. Propositio (= proposição, ‘apresentação doassunto’)«Enfim, que havemos de pregar hoje aospeixes?» e os dois parágrafos seguintes (ll. 1-24) Divisio (= divisão, ‘clarificação do assunto’) «dividirei, peixes, o vosso sermão em […]» (l. 21) até «vícios» (l. 23)
  12. 12. cap. I terminara com uma invocação aMaria«espero que não me falta com a costuma-da graça» (l. 57)
  13. 13. Escolhe um animal. Faz-lhe louvo-res, que permitam, possivelmente pormetáforas, concluir da sua vantagem rela-tivamente aos homens (ou de comopoderiam constituir um bom exemplo).
  14. 14. Tu, camelo, tens uma virtude que nãoencontro em outro animal. Nas tuasbossas, armazenas água, providencial-mente, sabendo que o caminho será longoe penoso. Oxalá fôssemos todos assim,amigo camelo, e pensássemos a tempo navelhice, e rebeubéu pardais ao ninho. Não tens uma, tens duas bossas.Rejeitas a unicidade, preferes a …
  15. 15. • Elaborar• Não ser trapalhão• Rever• Emendar
  16. 16. TPC — Prepara a leitura em voz alta docap. III do «Sermão».

×