<ul><li>2-3  / A /  sorrindo todo /  divertimento </li></ul><ul><li>8  / C /  face transtornada do neto /  angústia, medo,...
<ul><li>9 /  E  / cujos olhos mal se fixavam, fugindo ansiosamente dele para Carlos / atarantação, perplexidade, aflição <...
<ul><li>27 / A /  que um tremor tomara  / angústia, pavor, desgosto </li></ul><ul><li>27-28 /  A  / agarrou-se um momento ...
<ul><li>34 / E /  com um suspiro  / desconforto, hesitação </li></ul><ul><li>44-45 / A / murmurou, num grande esforço, com...
<ul><li>53-54  / A / levou tempo a procurar [...] com os seus próprios dedos que tremiam / nervosismo, angústia </li></ul>...
<ul><li>55-56 /  A  / deixou cair sobre os joelhos as mãos, ficou como esmagado e sem força / desilusão, desespero, desâni...
<ul><li>57-58 / A /  as palavras vieram-lhe apagadas, morosas  / desilusão, desespero, desânimo, aniquilamento, destroço, ...
<ul><li>68 / A / ergueu-se fortemente encostado à bengala /  resistência, reacção </li></ul><ul><li>69-70 /  A  / deu um o...
<ul><li>86  / A / a voz sumia-se-lhe, toda trémula / tristeza, desgosto </li></ul><ul><li>87 /  C  / sufocado / infelicida...
<ul><li>89 / E / correu para ele /  preocupação </li></ul><ul><li>91 / A /  apoiou-se nele, pesadamente  / enfraquecimento...
<ul><li>Além das falas das personagens, a maior parte do texto ocupa-se com a descrição dos comportamentos observáveis. Pr...
 
 
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação para décimo primeiro ano, aula 55

501 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
501
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
223
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo primeiro ano, aula 55

  1. 2. <ul><li>2-3 / A / sorrindo todo / divertimento </li></ul><ul><li>8 / C / face transtornada do neto / angústia, medo, dúvida </li></ul>
  2. 3. <ul><li>9 / E / cujos olhos mal se fixavam, fugindo ansiosamente dele para Carlos / atarantação, perplexidade, aflição </li></ul><ul><li>10 / A / o sorriso apagou-se-lhe / preocupação </li></ul><ul><li>17 / C / veio para ele / esperança, ilusão </li></ul>
  3. 4. <ul><li>27 / A / que um tremor tomara / angústia, pavor, desgosto </li></ul><ul><li>27-28 / A / agarrou-se um momento com força à bengala / angústia, pavor, desgosto </li></ul><ul><li>28 / A / caiu por fim pesadamente numa poltrona / angústia, pavor, desgosto </li></ul><ul><li>29-30 / A / ficou devorando o neto, o Ega, com um olhar esgazeado / angústia, pavor, desgosto </li></ul>
  4. 5. <ul><li>34 / E / com um suspiro / desconforto, hesitação </li></ul><ul><li>44-45 / A / murmurou, num grande esforço, como se as palavras lhe rasgassem o coração / medo, terror </li></ul>
  5. 6. <ul><li>53-54 / A / levou tempo a procurar [...] com os seus próprios dedos que tremiam / nervosismo, angústia </li></ul><ul><li>54-55 / A / empalidecendo mais a cada linha / nervosismo, angústia </li></ul><ul><li>55 / A / respirando penosamente / nervosismo, angústia </li></ul>
  6. 7. <ul><li>55-56 / A / deixou cair sobre os joelhos as mãos, ficou como esmagado e sem força / desilusão, desespero, desânimo, aniquilamento, destroço, desolação </li></ul>
  7. 8. <ul><li>57-58 / A / as palavras vieram-lhe apagadas, morosas / desilusão, desespero, desânimo, aniquilamento, destroço, desolação </li></ul><ul><li>61 / C / vergava os ombros, [esmagado também sob a certeza da sua desgraça] / desilusão, desespero, desânimo, aniquilamento, destroço, desolação </li></ul><ul><li>66-67 / C/A / e um defronte do outro, o velho e o neto pareciam dobrados por uma mesma dor / desilusão, desespero, desânimo, aniquilamento, destroço, desolação </li></ul>
  8. 9. <ul><li>68 / A / ergueu-se fortemente encostado à bengala / resistência, reacção </li></ul><ul><li>69-70 / A / deu um olhar às cartas / dúvida, impotência </li></ul><ul><li>70-71 / A / depois, lentamente, passando a mão pela testa / desistência, conformação </li></ul><ul><li>80-81 / A / teve um gesto vago de resignação [...] respirou forte / reacção </li></ul>
  9. 10. <ul><li>86 / A / a voz sumia-se-lhe, toda trémula / tristeza, desgosto </li></ul><ul><li>87 / C / sufocado / infelicidade </li></ul><ul><li>87-88 / A / puxando o neto para si [...] beijou-o na testa / amor, afeição, compaixão </li></ul><ul><li>88-89 / A / deu dois passos, tão lentos e incertos que... / abatimento </li></ul>
  10. 11. <ul><li>89 / E / correu para ele / preocupação </li></ul><ul><li>91 / A / apoiou-se nele, pesadamente / enfraquecimento, prostração </li></ul><ul><li>93-95 / A / de repente, soltando o braço do Ega, murmurou-lhe junto à face / desabafo </li></ul><ul><li>105-106 / A / afastou-se, todo dobrado sobre a bengala / desilusão, derrota, agonia </li></ul>
  11. 12. <ul><li>Além das falas das personagens, a maior parte do texto ocupa-se com a descrição dos comportamentos observáveis. Procura-se que a escrita seja quase científica, isenta de julgamentos subjectivos (como seriam os de um narrador que preferisse a classificação dos sentimentos mais do que a fotografia das suas manifestações). </li></ul>

×