ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 4

2.228 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.228
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
135
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 4

  1. 2. <ul><li>compreensão oral </li></ul><ul><li>Publicidade </li></ul><ul><li>Debate </li></ul><ul><li>Discurso político </li></ul>
  2. 3. <ul><li>expressão oral </li></ul><ul><li>Textos de apreciação crítica </li></ul><ul><li>Debate </li></ul><ul><li>Publicidade </li></ul><ul><li>Exposição (com plano-guia) </li></ul>
  3. 4. <ul><li>expressão escrita </li></ul><ul><li>Comunicado </li></ul><ul><li>Reclamação/Protesto </li></ul><ul><li>Resumo de textos expositivo-argumentativos </li></ul><ul><li>Síntese de textos expositivo-argumentativos </li></ul><ul><li>Textos de apreciação crítica </li></ul><ul><li>Textos argumentativos/expositivo-argumentativos </li></ul><ul><li>Relatório / [Carta] </li></ul>
  4. 5. <ul><li>leitura </li></ul><ul><li>Textos informativos diversos (artigos científicos e técnicos, comunicado, reclamação, protesto) </li></ul><ul><li>Textos dos media (artigos científicos e técnicos, artigos de apreciação crítica, publicidade) </li></ul><ul><li>Textos argumentativos/expositivo-argumentativos </li></ul><ul><li>Padre António Vieira, Sermão de Santo António aos Peixes (excertos) </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Textos de teatro </li></ul><ul><li>Almeida Garrett, Frei Luís de Sousa </li></ul><ul><li>Textos narrativos e descritivos </li></ul><ul><li>Um romance de Eça de Queirós ( Os Maias / A Cidade e as Serras ) </li></ul><ul><li>Textos líricos </li></ul><ul><li>Cesário Verde </li></ul><ul><li>Textos para leitura em regime contratual </li></ul>
  6. 7. <ul><li>funcionamento da língua </li></ul><ul><li>Processos fonológicos (inserção, supressão e alteração de segmentos) </li></ul><ul><li>Significação lexical (polissemia); neologia; estruturas lexicais </li></ul><ul><li>Valor dos adjectivos (restritivo e não restritivo); valor das orações relativas (restritivo e explicativo) ; valores referenciais (expressões definidas e indefinidas: específico, não específico, genérico) </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Tempo, aspecto e modalidade </li></ul><ul><li>Interacção discursiva (tipologia dos actos ilocutórios; actos ilocutórios directos e indirectos) </li></ul><ul><li>Processos interpretativos inferenciais: pressuposição; implicitação conversacional; figuras (antítese, hipérbole, ironia, metonímia, sinédoque) </li></ul><ul><li>Continuidade, progressão, coesão e coerência textuais </li></ul><ul><li>Paratextos (título, índice, prefácio, posfácio, rodapé, bibliografia) </li></ul>
  8. 10. <ul><li>Respostas a inquérito de Verão </li></ul><ul><li>— capacidade de responder </li></ul><ul><li>com humor, com inteligência </li></ul><ul><li>(valorizando perguntas insípidas) </li></ul>
  9. 11. <ul><li>Prefere ler ou ver ? </li></ul><ul><li>nem um nem outro </li></ul><ul><li>ambos </li></ul><ul><li>os dois </li></ul><ul><li>nenhuma das duas actividades </li></ul>
  10. 12. <ul><li>depende, se está conservada ou não </li></ul><ul><li>depende de estar conservada ou não </li></ul><ul><li>depende: se estiver conservada, ... </li></ul>
  11. 13. <ul><li>se não, apanhamos um escaldão </li></ul><ul><li>conj. cond. </li></ul><ul><li>oração sub. cond. </li></ul><ul><li> se calhar, saiu. </li></ul><ul><li>conj. cond. </li></ul><ul><li>oração sub. condicional </li></ul>
  12. 14. <ul><li>se não, apanhamos um escaldão </li></ul><ul><li>conj. cond. </li></ul><ul><li>não gosto senão de percevejos </li></ul><ul><li>advérbio </li></ul>
  13. 15. <ul><li>É a maneira dos mendigos comerem </li></ul><ul><li>É a maneira de os mendigos comerem </li></ul><ul><li> | oração (infinitiva) </li></ul>
  14. 16. <ul><li>Alimento-me dos mendigos </li></ul><ul><li>oração infinitiva </li></ul><ul><li>Apesar de os mendigos a terem beijado , ela não se revoltou. </li></ul>
  15. 17. <ul><li>vão havendo </li></ul><ul><li>vai havendo </li></ul>
  16. 18. <ul><li>praticar </li></ul><ul><li>ninguém, alguém, </li></ul><ul><li>república </li></ul>
  17. 19. <ul><li>saem, caem </li></ul><ul><li>vê-la </li></ul>
  18. 20. <ul><li>nu </li></ul>
  19. 21. <ul><li>Acepções de um verbete de palavra difícil </li></ul><ul><li>No verbo, definição tem de ser com outro verbo </li></ul><ul><li> (não pode ser acto de ... ) </li></ul>
  20. 22. <ul><li>Acepções costumam deixar perceber alguma ligação dos significados (por extensão, por metáfora, etc.) </li></ul><ul><li>[Vi algumas definições talvez demasiado afastadas dos outros sentidos da palavra] </li></ul>
  21. 23. <ul><li>Em geral, cada verbete só contém acepções de uma mesma classe . </li></ul>
  22. 24. <ul><li>Podiam pôr, entre parênteses, o vocabulário específico , se houvesse . </li></ul>
  23. 25. <ul><li>Demorar sempre o tempo todo ou quase todo. </li></ul><ul><li>Esdrúxulas têm acento. </li></ul><ul><li>Nomes próprios levam maiúscula . </li></ul>
  24. 30. <ul><li>TPC — Redige um verbete de palavra inventada (criada por ti — portanto, não dicionarizada e nem mesmo conhecida de qualquer falante). Palavra deve ter aparência plausível, considerado o padrão português, e ter três acepções, pelo menos. </li></ul>
  25. 31. <ul><li>Não te esqueças de incluir no verbete a abreviatura da classe gramatical e uma abonação — isto é, uma frase exemplificativa, entre aspas — de cada acepção. (Nota que no dicionário que reproduzi não há abonações.) </li></ul><ul><li>No final do verbete, podes pôr etimologia, mas esta já não será obrigatória. </li></ul>
  26. 32. <ul><li>Escreve a computador, não deixando de usar os tipos de ênfase encontráveis neste género de textos (itálicos, negros, etc.). </li></ul>

×