<ul><li>1.1  </li></ul><ul><li>a =  a ; b =  b ; c =  e ; d =  h ; e =  f .   </li></ul>
<ul><li>1.2  </li></ul><ul><li>Na acepção  a , a palavra designa a substância sobre a qual se pode  escrever . Na acepção ...
<ul><li>Em  f , o vocábulo significa uma atitude  teatral , embora praticada na vida real. A acepção  g  designa  dinheiro...
<ul><li>1.3  A expressão «por metonímia» indica que se deu uma transferência de significado de um conceito para outro que ...
<ul><li>2.2 </li></ul><ul><li>O termo «por extensão» indica que a palavra ganhou uma nova  acepção  por alargamento do con...
<ul><li>Só o  segundo  verbete se reporta à palavra que estivemos a ver. Lá estão as quatro  acepções  que o manual resumi...
<ul><li>Diário de Notícias  (1864) |  Meia Hora  (2008) </li></ul><ul><li>Periodicidade   diária   diária </li></ul><ul><l...
<ul><li>  Diário de Notícias  (1864) |  Meia Hora  (2008) </li></ul><ul><li>Há manchete?   Não   Sim </li></ul><ul><li>Há ...
<ul><li>Título:  Obras avançam </li></ul><ul><li>Resumo:  Já estão concluídas as arcarias do Palácio de Cristal. | Naciona...
<ul><li>Título:  Rei de Wurtemberg adquire cavalo autómato </li></ul><ul><li>Resumo:  O animal a todos maravilha, mas só f...
<ul><li>inexistência de acentos nas esdrúxulas </li></ul><ul><li>curiosissimo, titulo,  voluntario, numero  </li></ul><ul>...
<ul><li>duplas consoantes (<mm>, <nn>, <ll>)  </li></ul><ul><li>aquella, annos,  programma </li></ul><ul><li>aquela, anos,...
<ul><li><pt> (por <p>), <ct> (por <t>), <cc> (por <c>) </li></ul><ul><li>symptomas, escripta, subscriptores, victoriados, ...
<ul><li><th> e <ph> (por <t> e <f>) </li></ul><ul><li>theatro, phantasias </li></ul><ul><li>teatro, fantasias </li></ul>
<ul><li><sc> (por <c>) </li></ul><ul><li>sciencias </li></ul><ul><li>ciências   </li></ul>
<ul><li>ditongos <ae>, <ue> </li></ul><ul><li>sensuaes,  vae, attribue-se </li></ul><ul><li>sensuais,  vai, atribui-se   <...
<ul><li>-éa (por  -eia ) </li></ul><ul><li>idéa </li></ul><ul><li>ideia </li></ul>
<ul><li>- ez (por  -ês )   </li></ul><ul><li>francez </li></ul><ul><li>francês </li></ul>
<ul><li><z> (por <s>) ou <s> (por <z>) </li></ul><ul><li>paizes,  visinha, quizerem </li></ul><ul><li>países,  vizinha, qu...
<ul><li><y> (por <i>) </li></ul><ul><li>Crystal, symptoma, estylo </li></ul><ul><li>Cristal, sintoma, estilo </li></ul>
<ul><li><h> em hiatos </li></ul><ul><li>attrahido, emprehendemos </li></ul><ul><li>atraído, empreendemos </li></ul><ul><li...
 
<ul><li>O  sketch  que vimos (Monty Python, «Cheese shop») tem como protagonista um indivíduo que, sobretudo à chegada à l...
<ul><li>Diz «fiquei com alguma  traça », em vez de «tenho fome»; «infiltrei-me no seu estabelecimento para negociar a vend...
<ul><li>No entanto, sistematicamente, acaba por ter de recorrer a termos mais  denotativos [objectivos] , já que o comerci...
<ul><li>O miolo do episódio é constituído por um longo enunciado de tipos de queijo. Essa série pode integrar o  campo lex...
<ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Em  http://www.nescolas.dn.pt/  faz um relance a algumas primeiras páginas de  Diário de Not...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 2

631 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
631
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
102
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 2

  1. 2. <ul><li>1.1 </li></ul><ul><li>a = a ; b = b ; c = e ; d = h ; e = f . </li></ul>
  2. 3. <ul><li>1.2 </li></ul><ul><li>Na acepção a , a palavra designa a substância sobre a qual se pode escrever . Na acepção b , designa-se o que pode ser escrito nessa substância. Em c , designa-se o texto atribuído a uma personagem e, em d , a personagem a quem é atribuído esse texto. </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Em f , o vocábulo significa uma atitude teatral , embora praticada na vida real. A acepção g designa dinheiro ; a h , aquilo que o substitui. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>1.3 A expressão «por metonímia» indica que se deu uma transferência de significado de um conceito para outro que lhe é contíguo. A metonímia abarca a sinédoque, em que se substitui a parte pelo todo, ou o todo pela parte. Neste caso, passou-se do sentido ‘texto da personagem’ (a parte) para o da própria ‘ personagem ’ (o todo). </li></ul>
  5. 6. <ul><li>2.2 </li></ul><ul><li>O termo «por extensão» indica que a palavra ganhou uma nova acepção por alargamento do conjunto de objectos a que se aplica. Assim, «jornal» significava apenas um tipo de publicação periódica (o diário), mas, «por extensão», passou a designar qualquer publicação periódica em papel e, até, os noticiários da rádio ou da televisão. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Só o segundo verbete se reporta à palavra que estivemos a ver. Lá estão as quatro acepções que o manual resumiu um pouco. No outro verbete, «jornal» não é uma acepção diferente do mesmo vocábulo, é antes uma palavra homónima da outra. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Diário de Notícias (1864) | Meia Hora (2008) </li></ul><ul><li>Periodicidade diária diária </li></ul><ul><li>Preço 10 rs gratuito </li></ul><ul><li>Há títulos? Não Sim </li></ul><ul><li>Há notícias [...]? Sim Não </li></ul>
  8. 9. <ul><li> Diário de Notícias (1864) | Meia Hora (2008) </li></ul><ul><li>Há manchete? Não Sim </li></ul><ul><li>Há chamadas? Não Sim </li></ul><ul><li>Há fotografias? Não Sim </li></ul><ul><li>Número [...] 15 9 </li></ul><ul><li>Assunto [...] Monstrinho </li></ul><ul><li> nado-morto </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Título: Obras avançam </li></ul><ul><li>Resumo: Já estão concluídas as arcarias do Palácio de Cristal. | Nacional, p. 4 </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Título: Rei de Wurtemberg adquire cavalo autómato </li></ul><ul><li>Resumo: O animal a todos maravilha, mas só funciona perante os íntimos do rei | Tecnologia, p. 32 </li></ul>
  11. 12. <ul><li>inexistência de acentos nas esdrúxulas </li></ul><ul><li>curiosissimo, titulo, voluntario, numero </li></ul><ul><li>curiosíssimo, título, voluntário, número </li></ul>
  12. 13. <ul><li>duplas consoantes (<mm>, <nn>, <ll>) </li></ul><ul><li>aquella, annos, programma </li></ul><ul><li>aquela, anos, programa </li></ul>
  13. 14. <ul><li><pt> (por <p>), <ct> (por <t>), <cc> (por <c>) </li></ul><ul><li>symptomas, escripta, subscriptores, victoriados, funcciona, producção </li></ul><ul><li>sintomas, escrita, subscritores, vitoriados, funciona, produção </li></ul>
  14. 15. <ul><li><th> e <ph> (por <t> e <f>) </li></ul><ul><li>theatro, phantasias </li></ul><ul><li>teatro, fantasias </li></ul>
  15. 16. <ul><li><sc> (por <c>) </li></ul><ul><li>sciencias </li></ul><ul><li>ciências </li></ul>
  16. 17. <ul><li>ditongos <ae>, <ue> </li></ul><ul><li>sensuaes, vae, attribue-se </li></ul><ul><li>sensuais, vai, atribui-se </li></ul>
  17. 18. <ul><li>-éa (por -eia ) </li></ul><ul><li>idéa </li></ul><ul><li>ideia </li></ul>
  18. 19. <ul><li>- ez (por -ês ) </li></ul><ul><li>francez </li></ul><ul><li>francês </li></ul>
  19. 20. <ul><li><z> (por <s>) ou <s> (por <z>) </li></ul><ul><li>paizes, visinha, quizerem </li></ul><ul><li>países, vizinha, quiserem </li></ul>
  20. 21. <ul><li><y> (por <i>) </li></ul><ul><li>Crystal, symptoma, estylo </li></ul><ul><li>Cristal, sintoma, estilo </li></ul>
  21. 22. <ul><li><h> em hiatos </li></ul><ul><li>attrahido, emprehendemos </li></ul><ul><li>atraído, empreendemos </li></ul><ul><li>outros casos </li></ul><ul><li>ha; creança; fôr; deshonestos </li></ul><ul><li>há; criança; for; desonestos </li></ul>
  22. 24. <ul><li>O sketch que vimos (Monty Python, «Cheese shop») tem como protagonista um indivíduo que, sobretudo à chegada à loja — talvez porque esteja especialmente eufórico —, usa várias expressões figuradas. </li></ul>
  23. 25. <ul><li>Diz «fiquei com alguma traça », em vez de «tenho fome»; «infiltrei-me no seu estabelecimento para negociar a venda de produtos lacticínios», em vez de «quero comprar queijo »; «sou daqueles que se deleitam com todas as manifestações da musa Terpsícore», pelo mais simples «gosto de dança ». </li></ul>
  24. 26. <ul><li>No entanto, sistematicamente, acaba por ter de recorrer a termos mais denotativos [objectivos] , já que o comerciante não percebe aquelas figuras de estilo (metáfora, perífrase, metonímia). </li></ul>
  25. 27. <ul><li>O miolo do episódio é constituído por um longo enunciado de tipos de queijo. Essa série pode integrar o campo lexical de ‘queijo’. Além disso, esses nomes de queijo são hipónimos do hiperónimo «queijo». </li></ul>
  26. 28. <ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Em http://www.nescolas.dn.pt/ faz um relance a algumas primeiras páginas de Diário de Notícias dos últimos cem anos. Revê também o glossário de termos de jornalismo no mesmo site. (Em Gaveta de Nuvens porei os links.) </li></ul><ul><li>Quanto aos termos de hoje, se for caso disso, consulta o glossário na Antologia . </li></ul>

×