No título, «o “Caçador de Eclipses”» é uma) sujeito.b) modificador apositivo.c) vocativo.d) complemento direto.
Asclépio, o «Caçador de Eclipses».
O segmento «embora graduado com distinção nestes últimos» (1-2), implica que Asclépioa) era especialista em eclipses, mas ...
Asclépio Euclides, especialista emeclipses, lunares e solares, emboragraduado com distinção nestesúltimos, tentava acalmar...
O «Padre Santinho» (5) seriaa) uma ironia.b) Deus.c) um padre com apelido «Santinho».d) alcunha de padre que espirrava mui...
Em «a luz de Deus, essa, decerto jamais se apagará aos seus fiéis!» (5-6) temos umaa) anáfora.b) hipérbole.c) hipálage.d) ...
«[d]a dita» (7-8) reporta-se aa) «Letícia Catarata».b) «a palavra».c) «sua colega de bancada».d) «Catarata».
ao mesmo tempo que passava apalavra à sua colega de bancada, a Dr.ªLetícia Catarata. Que usou da dita
«Tão rotundamente como a noite que daí a três dias, em pleno meio-dia, engoliria a quase totalidade da luz solar» (11-12) ...
«o país travava-se de razões com o segundo grande eclipse solar do século» (12-13) significa que o paísa) lutava contra o ...
«Pio» (16) éa) correferente de «Asclépio Euclides».b) masculino de «sanita».c) uma onomatopeia.d) personagem só introduzid...
A expressão «falta de memória», usada pelos médicos que observaram Lupino (28-29), constituía uma) hipónimo de «esquecimen...
vaticinaram diplomaticamentedelicadamente foi Lupino convencido
O sujeito de «esqueceria» (63) é correferente dea) «o jovem Asclépio».b) «o Comandante Lupino».c) «Governador-Geral de Col...
ao jovem Asclépio [...], povoando-lhe ainfância de descobertas e sensaçõesque jamais esqueceria.
«horas após horas, tardes após tardes, dias após dias, meses e anos por fim» (72-73) é umaa) apóstrofe.b) metáfora.c) anáf...
O último período do parágrafo delimitado pelas linhas 58 e 81 significa quea) tio e sobrinho estudaram biologia,  botânica...
«Tio Lupino» (86) éa) sujeito.b) modificador temporal.c) vocativo.d) modificador apositivo.
— Mas quando, Tio Lupino, quando?             ó Tio Lupino
Ficar a «igreja tão cheia de ovelhas»  (98-99) deveu-sea) à fuga dos animais, atarantados com o  eclipse.b) à admiração po...
Padre Maciel (98) eraa) o Padre Santinho.b) o Padre Diabinho.c) Kalunga.d) um padre que tinha de rivalizar com os  deuses ...
Quanto à sua formação, «solares» é uma palavra derivada pora) parassíntese.b) conversão.c) sufixação.d) prefixação e sufix...
«um radiofonista de nome Igrejas qualquer coisa» (115-116) seriaa) o Padre Maciel.b) Igrejas Caeiro, falecido há pouco  te...
Do parágrafo das ll. 118-129 se depreende quea) assistentes saíram da palestra  receosos.b) assistentes perceberam o essen...
As pessoas saíram confiantes,gargalhando os medos e os temores.
À data do eclipse de 1968,a) Moçambique já era independente.b) o tio Lupino já morrera.c) o tio Lupino ainda era vivo.d) o...
A conselho do velho Tio Lupino, quejá passara os cem anos, ...
Asclépio (gregos)Esculápio (romanos)               cfr. p. 259
Durante o trabalho de gramática quese segue, não falar para o lado.   Quando pedir para irem acabando,fazê-lo mesmo.
Lê o conto «Um segredo» (p. 238).Resolve os pontos 2.2 e 2.3 (p. 239).
2.3  Trata-se de um narrador autodiegético,  pois que é personagem principal da  narração que faz. São marcas desse  papel...
2.2.     A autora é Rosa Lobato de Faria.  Sendo o narrador uma secretária,  entidade inanimada (na vida real), não  há co...
TPC — Prepara leitura expressivados seguintes dois poemas (fica entreparênteses retos por quem a leiturados poemas deve se...
«Curiosidades estéticas » (183) [participantes  nos jogos A e B da Liga Europa]«Se alguém respirasse e cantasse uma  palav...
Os infelizes que já só estão adisputar jogos particulares (digamos,todos os que não estão nos jogossupracitados) devem pre...
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 62
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 62
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 62
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 62
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 62
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 62
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 62

2.295 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
652
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 62

  1. 1. No título, «o “Caçador de Eclipses”» é uma) sujeito.b) modificador apositivo.c) vocativo.d) complemento direto.
  2. 2. Asclépio, o «Caçador de Eclipses».
  3. 3. O segmento «embora graduado com distinção nestes últimos» (1-2), implica que Asclépioa) era especialista em eclipses, mas tinha especial certificação para os solares.b) não conseguia acalmar a multidão, apesar de graduado em eclipses solares.c) não conseguia acalmar a multidão, apesar de graduado em eclipses lunares e solares.d) não sabia afinal assim tanto de eclipses.
  4. 4. Asclépio Euclides, especialista emeclipses, lunares e solares, emboragraduado com distinção nestesúltimos, tentava acalmar a suaaudiências
  5. 5. O «Padre Santinho» (5) seriaa) uma ironia.b) Deus.c) um padre com apelido «Santinho».d) alcunha de padre que espirrava muito.
  6. 6. Em «a luz de Deus, essa, decerto jamais se apagará aos seus fiéis!» (5-6) temos umaa) anáfora.b) hipérbole.c) hipálage.d) metáfora.
  7. 7. «[d]a dita» (7-8) reporta-se aa) «Letícia Catarata».b) «a palavra».c) «sua colega de bancada».d) «Catarata».
  8. 8. ao mesmo tempo que passava apalavra à sua colega de bancada, a Dr.ªLetícia Catarata. Que usou da dita
  9. 9. «Tão rotundamente como a noite que daí a três dias, em pleno meio-dia, engoliria a quase totalidade da luz solar» (11-12) constituia) uma analepse.b) uma prolepse.c) uma cadeia de referência.d) um futuro.
  10. 10. «o país travava-se de razões com o segundo grande eclipse solar do século» (12-13) significa que o paísa) lutava contra o eclipse.b) argumentava em torno do eclipse.c) estava prestes a observar um eclipse.d) zangava-se com o eclipse.
  11. 11. «Pio» (16) éa) correferente de «Asclépio Euclides».b) masculino de «sanita».c) uma onomatopeia.d) personagem só introduzida neste segundo parágrafo.
  12. 12. A expressão «falta de memória», usada pelos médicos que observaram Lupino (28-29), constituía uma) hipónimo de «esquecimento».b) holónimo de «cérebro».c) eufemismo.d) referente de «cabeça.
  13. 13. vaticinaram diplomaticamentedelicadamente foi Lupino convencido
  14. 14. O sujeito de «esqueceria» (63) é correferente dea) «o jovem Asclépio».b) «o Comandante Lupino».c) «Governador-Geral de Colónia».d) «a infância».
  15. 15. ao jovem Asclépio [...], povoando-lhe ainfância de descobertas e sensaçõesque jamais esqueceria.
  16. 16. «horas após horas, tardes após tardes, dias após dias, meses e anos por fim» (72-73) é umaa) apóstrofe.b) metáfora.c) anáfora.d) gradação.
  17. 17. O último período do parágrafo delimitado pelas linhas 58 e 81 significa quea) tio e sobrinho estudaram biologia, botânica, astronomia, geologia, geografia.b) o «Museu» foi visitado por cientistas de várias disciplinas.c) tio e sobrinho pediram informações a diversos cientistas.d) diversos cientistas se encarregaram da formação de Asclépio.
  18. 18. «Tio Lupino» (86) éa) sujeito.b) modificador temporal.c) vocativo.d) modificador apositivo.
  19. 19. — Mas quando, Tio Lupino, quando? ó Tio Lupino
  20. 20. Ficar a «igreja tão cheia de ovelhas» (98-99) deveu-sea) à fuga dos animais, atarantados com o eclipse.b) à admiração por Deus, suscitada nos não-católicos pelo eclipse.c) a ser essa a melhor plateia para observar o eclipse.d) ao medo dos indígenas.
  21. 21. Padre Maciel (98) eraa) o Padre Santinho.b) o Padre Diabinho.c) Kalunga.d) um padre que tinha de rivalizar com os deuses pagãos.
  22. 22. Quanto à sua formação, «solares» é uma palavra derivada pora) parassíntese.b) conversão.c) sufixação.d) prefixação e sufixação.
  23. 23. «um radiofonista de nome Igrejas qualquer coisa» (115-116) seriaa) o Padre Maciel.b) Igrejas Caeiro, falecido há pouco tempo.c) brincadeira do autor para fazer crítica ao catolicismo.d) um locutor da Rádio Renascença.
  24. 24. Do parágrafo das ll. 118-129 se depreende quea) assistentes saíram da palestra receosos.b) assistentes perceberam o essencial das explicações de Euclides e Catarata.c) brancos perceberam as explicações; os negros, não.d) se acentuaram os temores dos assistentes à palestra.
  25. 25. As pessoas saíram confiantes,gargalhando os medos e os temores.
  26. 26. À data do eclipse de 1968,a) Moçambique já era independente.b) o tio Lupino já morrera.c) o tio Lupino ainda era vivo.d) o tio Lupino ainda não se reformara.
  27. 27. A conselho do velho Tio Lupino, quejá passara os cem anos, ...
  28. 28. Asclépio (gregos)Esculápio (romanos) cfr. p. 259
  29. 29. Durante o trabalho de gramática quese segue, não falar para o lado. Quando pedir para irem acabando,fazê-lo mesmo.
  30. 30. Lê o conto «Um segredo» (p. 238).Resolve os pontos 2.2 e 2.3 (p. 239).
  31. 31. 2.3 Trata-se de um narrador autodiegético, pois que é personagem principal da narração que faz. São marcas desse papel os deíticos pessoais «eu», «meu», «minha».
  32. 32. 2.2. A autora é Rosa Lobato de Faria. Sendo o narrador uma secretária, entidade inanimada (na vida real), não há confusão possível entre as duas figuras (autor, narrador).
  33. 33. TPC — Prepara leitura expressivados seguintes dois poemas (fica entreparênteses retos por quem a leiturados poemas deve ser preparada):
  34. 34. «Curiosidades estéticas » (183) [participantes nos jogos A e B da Liga Europa]«Se alguém respirasse e cantasse uma palavra» (195) [participantes nos jogos A e B]«Para atravessar contigo o deserto do mundo» (222) [participantes nos jogos C e D]«Monólogo» (223) [participantes nos jogos C e D]«O poema» (192) [Liga dos Campeões, jogos M e N]«O poeta» (196) [Liga dos Campeões, jogos M e N]
  35. 35. Os infelizes que já só estão adisputar jogos particulares (digamos,todos os que não estão nos jogossupracitados) devem preparar doispoemas dos da Liga Europa ou um dosda Champions.

×