ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 19 20

504 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
504
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 19 20

  1. 3. <ul><li>Focando-te apenas nos três primeiros períodos, transcreve as palavras que se podem considerar marcas da enunciação típica da autobiografia, a 1.ª pessoa: «o meu pai», «a minha infância, « eu estou dentro do pátio», «na minha memória», «ao pé de mim », «a casa da minha avó». </li></ul>
  2. 4. <ul><li>Quanto aos tempos verbais , concentrando-te apenas no primeiro parágrafo, copia alguns exemplos de Presente do Indicativo (que será um presente histórico , um presente de narração): vejo , devo , amontoa-se , descubro , estou , há ; </li></ul>
  3. 5. <ul><li>transcreve também os exemplos que haja de Pretérito Perfeito (que até deveria ser o tempo mais usado mas que o escritor pretere um tanto, dado o abuso do tal «presente histórico»): ficou , deixei , houve , recomeçou . </li></ul>
  4. 6. <ul><li>Também há Imperfeito do Indicativo : ia, dizia-me, contava, partiam, ficavam. </li></ul>
  5. 7. <ul><li>1-39 / [Melo] / É aluno da instrução primária. Toda essa infância («um longo inverno») foi triste e povoada de medos . </li></ul>
  6. 8. <ul><li>40-46 / [Fundão] / É seminarista . Foi um tempo difícil . </li></ul>
  7. 9. <ul><li>47 / [Guarda] / É aluno do liceu . </li></ul>
  8. 10. <ul><li>47-75 / Coimbra / É estudante da Universidade . Foram tempos sombrios , longos , penosos . </li></ul>
  9. 11. <ul><li>76-84 / Faro, Bragança , Évora e Lisboa / Professor liceal, «por fatalidade». </li></ul>
  10. 12. <ul><li>84-94 / Évora / Na sua vida de professor, é a única cidade que Vergílio Ferreira lembra com emoção. </li></ul>
  11. 13. <ul><li>95-116 / Lisboa / Nesta cidade, o escritor «não vive , apenas está». Há neste parágrafo uma elucidação do acto de enunciação: o escritor encontra-se num hospital , depois de ter sido atropelado . </li></ul>
  12. 15. <ul><li>Para que os que tiverem problemas no registo no moodle: verifiquem se a resposta à criação da conta de utilizador foi enviada para o caixote do lixo do vosso e-mail . </li></ul><ul><li>Para os que tiverem esquecido a password, clicar em «recuperar a palavra chave» . </li></ul>
  13. 16. <ul><li>Já sem urgências, editar perfil deste modo: </li></ul><ul><li>102.31.Josemar Martins </li></ul>
  14. 18. <ul><li>Alexandre O’Neill, «Mesa» </li></ul><ul><li>O tempo e o humor. </li></ul><ul><li>Tudo é irrelevante, nada deve ser levado muito a peito: da mesa se passa à cama, da cama ao caixão — e de novo se regressa à mesa. </li></ul>
  15. 19. <ul><li>Manuel Alegre, </li></ul><ul><li>«Trova do vento que passa» </li></ul><ul><li>O país e a luta pela liberdade </li></ul><ul><li>Apesar do silêncio, da censura, da tristeza, há quem não se resigne e esteja a lutar pela liberdade. </li></ul>
  16. 20. <ul><li>Natália Correia, «Queixa das almas jovens censuradas» </li></ul><ul><li>Juventude agrilhoada </li></ul><ul><li>Há uma contradição entre as expectativas e ânsias dos jovens e o modo como os outros as conformam. </li></ul>
  17. 21. <ul><li>Ary dos Santos, «Namorados da cidade» </li></ul><ul><li>A cidade </li></ul><ul><li>Pela cidade, gente «anónima» — com vidas insignificantes — vai namorando. </li></ul>
  18. 22. <ul><li>Florbela Espanca, «Perdidamente» </li></ul><ul><li>Poesia e amor </li></ul><ul><li>O poeta é aquele que ama, sem constrangimentos, indiferente às convenções. </li></ul>
  19. 24. <ul><li>[Verdadeiras] </li></ul><ul><li>apela ao patriotismo. </li></ul><ul><li>incita à defesa da Pátria. </li></ul><ul><li>exalta os feitos do povo português. </li></ul>
  20. 25. <ul><li>• Heróico povo. • Corajoso povo. • Ilustre povo. • Audaz povo. • Valente povo. </li></ul>
  21. 26. <ul><li>Portugal </li></ul><ul><li>• Hino Nacional • Bandeira • Europa • Portugueses </li></ul>
  22. 28. <ul><li>Microfilme não poderá ter mais de 3 minutos ou de 100 MB . </li></ul><ul><li>Se houver música e esta estiver sujeita a direitos de autor, não deverá cada trecho de uma composição exceder 20 segundos . </li></ul>
  23. 29. <ul><li>Para que os que tiverem problemas no registo no moodle: verifiquem se a resposta à criação da conta de utilizador foi enviada para o caixote do lixo do vosso e-mail . </li></ul><ul><li>Para os que tiverem esquecido a password, clicar em «recuperar a palavra chave» . </li></ul>
  24. 30. <ul><li>Já sem urgências, editar perfil deste modo: </li></ul><ul><li>102.31.Josemar Martins </li></ul>
  25. 32. <ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Conclusão da última tarefa da aula: redacção de uns poucos parágrafos autobiográficos — segundo o modelo do texto de Vergílio Ferreira — relativos ao médico de O último rei da Escócia . </li></ul><ul><li>(Não esquecer outras tarefas em curso: moodle ; microfilmes ; último trabalho de casa , se não o entregaram hoje.) </li></ul>

×