Comentário ao nazismo

613 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
613
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
282
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comentário ao nazismo

  1. 1. Da 1ª Guerra Mundial à democraciaDepois da 1ª Guerra Mundial, alguns factores, levaram à implantação de regimes autoritários,como o Fascismo, o Nazismo e o Salazarismo. Esses factores foram: - as dificuldades económicas, que foi enormemente agravada pela depressão dos anos30, que levou à pobreza mundial. - o tratado de Versalhes, que deixou alguns países como a Alemanha e Itáliadescontentes com as disposições impostas - o receio do avanço, de cada país, para um regime socialista ou um regime comunista,levando a maior parte da população a apoiar a ditadura (partidos de extrema-direita). Itália – Fascismo Em Itália a situação socioeconómica e política, depois da 1ª guerra mundial, eranegativa. O país encontrava-se descontente com o tratado de Versalhes, tinham sido mortos 1milhão de pessoas, tinha ocorrido um aumento da inflação e daí a desvalorização da moeda eum aumento dos preços, a taxa de desemprego era elevadíssima e a crise de 1929 agravoutodos os aspectos referidos. A posição em que se encontrava, levou à desacreditação do povo,em relação à forma governamental da altura, levando assim Itália, para um regime Autoritário,o Fascismo, liderado por Benito Mussolini. Os princípios fundamentais deste regime são: - o totalitarismo, o poder supremo de um chefe, (poderes da lei legislativa, executiva ejudicial, aplicadas a um só Homem) neste caso, Benito Mussolini; - a censura, do rádio da imprensa; - a criação de uma polícia política, a OVRA (Organização de Vigilância e Repressão aoAntifascismo); - a existência de um partido único; - a proibição de greves, sindicatos e revoluções, substituídas por corporações; - a criação dos camisas negras, um exército armado; - a luta contra o socialismo, o comunismo e o parlamentarismo; - o nacionalismo, que coloca a pátria acima de qualquer outra coisa, deixando namente da população uma obrigação defensora da mesma; - o imperialismo; - o militarismo, relacionado com a criação dos camisas negras;
  2. 2. - o corporativismo, que unia trabalhadores, para evitar uma luta entre classes,entregando valor ao Estado; - a violência, que impunha o regime; - a propaganda, que aliciava a população para o Regime Autoritário. - o controlo da educação.Alemanha – Nazismo Na Alemanha, a população estava descontente, depois da 1ª Guerra Mundial, o paísencontrava-se numa posição totalmente oposta à esperada. A assinatura do Tratado deVersalhes tinha deixado o país sem poder. A guerra tinha deixado um rasto de destruição,indemnizações e um aumento na inflação. A sociedade estava descontente e para além destesfactores, a crise dos anos 30, tinha agravado ainda mais a situação. A população deixou que, oRegime Autoritário se apoderasse do país, desta vez com Adolfo Hitler ao poder. Os princípios fundamentais do Nazismo são: - o totalitarismo, o poder supremo de um chefe, (poderes da lei legislativa, executiva ejudicial, aplicadas a um só Homem) neste caso, Adolfo Hitler; - a censura, do rádio da imprensa; - a criação de uma polícia política, a GESTAPO (Geheime Staatspolizei); - a existência de um partido único; - a proibição de greves, sindicatos e revoluções; - a criação da S.A., secção de assalto; - a criação da S.S., a secção de segurança; - a luta contra o socialismo, o comunismo e o parlamentarismo; - o culto do chefe; - o nacionalismo, que coloca a pátria acima de qualquer outra coisa, deixando namente da população uma obrigação defensora da mesma; - o imperialismo; - o racismo, ideia de superioridade da raça Ariana; - a violência, que impunha o regime; - a propaganda, que aliciava a população para o Regime Autoritário. - o controlo da educação.
  3. 3. Portugal – Salazarismo Também em Portugal foi implementado um regime Autoritário, neste caso, comAntónio Oliveira de Salazar ao poder. Inspirando-se nos princípios Italianos, o país entrounuma ditadura. Os princípios fundamentais do Salazarismo são: - o antiliberalismo, contra a democracia, o parlamentarismo e o marxismo; - a conservação, virando as atenções da população, inteiramente para Deus, a pátria ea família; - o nacionalismo, que coloca a pátria acima de qualquer outra coisa, deixando namente da população uma obrigação defensora da mesma; - o autoritarismo, que deixava os poderes legislativo, judicial e executivo, nas mãos dochefe do Governo; - o colonialismo, as colónias faziam parte do território português. Comentário do filme Para mim, o filme foi esclarecedor. Consegui, ficar a perceber qual a mentalidade dapopulação Alemã, tanto em classes superiores, como em classes inferiores. O povo eraconstantemente monopolizado, durante o período da guerra. Para a população junto aopresidente, os civis eram meros servos deles próprios, Hitler chegou a proferir: “Se formosderrotados, os civis não terão importância.” Isto durante a invasão russa na cidade de Berlim,onde centenas de pessoas se escondiam dentro das suas casas, ou edifícios abandonados,enquanto que a gente de alta sociedade, e comandantes, se protegiam, no subsolo, com todaa segurança. Essas pessoas, que se encontravam em perigo constante, foram mais tarde,castigadas e enforcadas ou baleadas, por não terem contribuído e não terem lutado pelapátria. A invasão Russa, na capital Alemã, (acontecimento em que o filme refere), foi umperíodo de alta tensão, em que milhares de pessoas morreram, a lutar e muitas delas porsuicídio. Suicídio foi um dos temas recorrentes no filme, nunca me tinha apercebido de talpossibilidade, mas consegui perceber que o faziam por duas razões, por terem medo de seremmortos pelos russos e por não quererem cair nas mãos dos russos, visto que deviam honrar apátria. Eu adorei o filme projectado, é brilhante, aterrorizador, triste, realista e elucidativo.Consegui ficar a conhecer melhor a mentalidade da altura, do próprio presidente e dapopulação em geral. Foi uma óptima forma de ficar a conhecer este período histórico. Beatriz Silva-9ºC

×