Abuso e exploração sexual de criança e adolescente

14.786 visualizações

Publicada em

4 comentários
26 gostaram
Estatísticas
Notas
  • è bom saber que alguem leva a serio um problema muito comum e repugnantes,a pouco mais de um mes esteve palestrando no colegio Elza morro do indio vila esperança cubatão,a doida dizia que pedofilia é uma doença e que o pedofilo se apaixona pela criança e que não devemos odia-los,pois eu digo,eu odeio e mataria com minhas proprias mãos caso o flague cometendo um abuso contra uma criança seja ela minha parente ou não
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • AILTO DANTAS MAGALHAES C. TUTELAR VOU PARESENTAR NAS ESCOLAS ESSE SEU CONTEÚDO. MUITO BOM E CRIATIVO COISAS SIMPLES E A REALIDADE
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Gostei muito vou repassar esse material para minha turma
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Faça bonito! Proteja nossas crianças e adolescentes!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.786
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.595
Comentários
4
Gostaram
26
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abuso e exploração sexual de criança e adolescente

  1. 1. 18 DE MAIO DIA NACIONAL DE COMBATE AO ABUSO E À EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES
  2. 2. ERA UMA VEZ... Esta é a Celi... Ela tem 9 anos e gosta muito de brincar na rua da sua casa com seus amigos...
  3. 3.  O vizinho de Celi era uma homem muito legal...  Ele é amigo do pai de Celi...  Estava sempre por perto...às vezes até almoçava na casa de Celi...
  4. 4.  Ele sempre trazia chocolate , bombom, cremosinho para Celi.. “Hoje eu trouxe pirulito para uma princesa” Celi ficava envergonhada mas gostava dos elogios pois não lembrava dos seus pais lhe tratando assim...
  5. 5.  O vizinho já tinha percebido isso e sabia que os pais de Celi trabalhavam o dia todo e ela ficava muito só com a irmã..  Então ele passou a ser uma pessoa de confiança para a família... Se oferecia para pegá-la na escola e ficar cuidando dela enquanto os pais iam pra feira.
  6. 6.  Um dia a mãe de Celi brigou com ela e deixou de castigo.. Celi estava chorando quando o vizinho chegou e disse: - Não chore vou conversar com sua mãe para ela te tirar do castigo pegue 5 reais e vá comprar chocolate pra você... E deu um beijo em Celi.
  7. 7.  Foi quando o vizinho disse que ia pedir uma coisa pra Celi e ela não podia negar já que ganhava um monte de presente dele:  Ele pediu pra ela sentar no colo dele e deu um abraço e um beijo diferente.  Celi ficou com medo..
  8. 8.  Mas ele disse : não se preocupe esses são carinhos de amigos especiais.. Vai ser o nosso segredo!
  9. 9.  E os “carinhos” continuaram..  Até que um dia ele apertou tão forte, tão forte que machucou Celi..  E disse: não conte para seus pais eles não vão acreditar em você!
  10. 10. E doeu muito..pelo lado de dentro...
  11. 11. O QUE ACONTECEU COM CELI? Abuso sexual O que são práticas sexuais? Beijo, abraço, toque, carinho...
  12. 12. ABUSO SEXUAL  Ocorre quando um adulto ou um adolescente busca uma aproximação com a criança ou adolescente para ter prazer sexual através de ameaças, impondo-se pela força ou sedução.  Pode fazer uso de artifícios diversos: 1. Drogas 2. Promessas 3. Recompensas
  13. 13. COM QUEM PODE ACONTECER?  Meninas e meninos;  Crianças e adolescentes;
  14. 14. ABUSO SEXUAL  É comum o abuso ocorrer no meio familiar ou por pessoas próximas de quem se gosta ou confia.  Ex: pai, padrasto, tio, avó, vizinho, padrinho.  Quem pode ser um abusador de crianças e adolescentes? Qualquer pessoa
  15. 15. FIQUE ATENTO!  Aquele que diz para você não contar à sua mãe coisas que acontecem entre vocês;  “Por acaso” toca suas partes íntimas;  Insiste e pede coisas que envolvam contato sexual;  Dificulta suas amizades;  Olha ou toca seu corpo fingindo ver como ele está se desenvolvendo;  Ensina práticas sexuais, mostra fotos de pessoas sem roupa, tocando seu corpo.
  16. 16. EXPLORAÇÃO SEXUAL  É um tipo de abuso que se caracteriza pela práticas sexuais com criança e adolescentes mediante alguma forma de pagamento;
  17. 17. FORMAS MAIS FREQUENTES DE EXPLORAÇÃO SEXUAL:  Tráfico de crianças e adolescentes para outra cidades, estados ou países;
  18. 18. FORMAS MAIS FREQUENTES DE EXPLORAÇÃO SEXUAL:  Turismo sexual – voltados para estrangeiros;
  19. 19. FORMAS MAIS FREQUENTES DE EXPLORAÇÃO SEXUAL:  Produção e comercialização de materiais (fotografia, revistas, filmes, vídeos) com imagens de crianças e adolescentes sem roupa.
  20. 20. O QUE FAZER EM CASO DE ABUSO OU EXPLORAÇÃO SEXUAL?  Não tenha medo! Existe um grupo para proteger todas as crianças e Adolescentes
  21. 21. O QUE FAZER EM CASO DE ABUSO OU EXPLORAÇÃO SEXUAL?
  22. 22. PROCURE...  Conselho tutelar  CREAS – CRAS  Disque 100  Professora da escola;  Pessoa que você confia e pode te ajudar!

×