Enxergando O Invisivel

501 visualizações

Publicada em

Photographic portfolio as a result of a discipline in UnB.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
501
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Enxergando O Invisivel

  1. 1. Enxergando o invisível 1
  2. 2. Enxergando o invisível Como vejo o invisível R odoviária de Brasília, coração da cidade. Chão de concreto repleto de pessoas, que tem suas rotinas liga- das a esse lugar, vendedores ambulantes, motoristas, passageiros à espera de ônibus que os levem para seus destinos. O cotidiano da Rodoviária é apressado, transeuntes correm para seus ônibus ou para as ruas de Brasília, passam despercebidos por cenas usuais, porém extraordinárias, carregadas de signifi- cados e detalhes. Procurei fotografar o que, para os “cidadãos rodoviários”, se tornou invisível por ser tão corriqueiro. Cenas espontâneas, únicas e secretas, escondidas sob o chão fervente de concreto e repleto de passageiros, fazem parte do que é o coração de Brasília. Por Luisa Bravo 2
  3. 3. "rodoviária, que tem mais luzes que assentos, mais placas que ônibus,mais olhos que desejos, mais desejosque bocas, mais bocas que comida às oito na rodoviária já é meio dia " para quem acordou às cinco Os viventes se movem por João Bosco Bezerra Bonfim 3
  4. 4. Enxergando o invisível 4
  5. 5. 5
  6. 6. Enxergando o invisível 6
  7. 7. 7
  8. 8. Enxergando o invisível 8
  9. 9. 9
  10. 10. Enxergando o invisível 10
  11. 11. 11
  12. 12. Enxergando o invisível 12
  13. 13. 13
  14. 14. Enxergando o invisível 14
  15. 15. 15
  16. 16. Enxergando o invisível 16
  17. 17. 17
  18. 18. Enxergando o invisível“Sobre os homens o planalto e o tempo” 18
  19. 19. 19
  20. 20. Enxergando o invisível 20
  21. 21. 21
  22. 22. Enxergando o invisível 22
  23. 23. 23
  24. 24. Enxergando o invisível 24
  25. 25. 25
  26. 26. Enxergando o invisível 26
  27. 27. Fotografia: Luisa BravoAssistente de fotografia: Ana Luisa QuintasRodoviária de Brasília " As pessoas andam desatentas aos prédios da solidão " Cidade Brasília por Jorge Amâncio Brasília, 07 de Julho de 2011 Faculdade de Comunicação Universidade de Brasília Fotojornalismo Publicação online http://issuu.com/luisabravo/docs/enxergandooinvisivel 27

×