UNIVERSIDADE LUTERANA DO                              BRASIL                                                              ...
UNIVERSIDADE LUTERANA DO                                BRASIL                                                            ...
UNIVERSIDADE LUTERANA DO                            BRASIL                                                                ...
UNIVERSIDADE LUTERANA DO                          BRASIL                                                                  ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Plano patologia aplicada

1.025 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.025
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano patologia aplicada

  1. 1. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CACHOEIRA DO SUL1) IDENTIFICAÇÃOÁrea: SaúdeCiclo de: Formação Básica ProfissionalEixo Estruturante: Patologia Aplicada à Odontologia Código: 402543 4007Carga Horária: 68h Semestre: terceiroProfessor: Luhana Gedoz, Luis Henrique Muller Pinto N º Créditos: 4Curso(s): Odontologia Semestre 2011/1 Letivo Turno Diurno2) EMENTA DO EIXO ESTRUTURANTEO eixo estruturante de Patologia Aplicada à Odontologia visa desenvolver competências através deconhecimentos, habilidades e atitudes, que possibilitem ao aluno, atuar de forma crítica e reflexiva sobre osaspectos das patologias que acometem o organismo e tem manifestações na mucosa bucal. O eixo enfatiza oestudo da etiopatogenia das doenças estabelecendo uma visão integral do indivíduo voltada para oestabelecimento de relações entre manifestações sistêmicas e bucais.3) OBJETIVO GERAL DO CURSOFormar um cirurgião-dentista com habilidade de aplicar princípios biológicos, técnicos e éticos para resolver osproblemas das doenças buco-dentais mais prevalentes no Distrito Geo-Educacional no qual está inserida aUniversidade e em programas estratégicos de interesse nacional.Formar um cirurgião-dentista clínico geral voltado para os problemas de saúde bucal, com filosofia preventiva esocial, apto e conscientizado para atuar na sua comunidade, integrando-se em atividades das outras profissões daárea da saúde.Conduzir o aluno a uma mudança de comportamento, tendo em vista que a educação sempre e necessariamenteconduz a uma mudança de comportamento.4) PROGRAMA DO EIXO: ABORDAGENS TEMÁTICAS • Bases de biologia molecular • Biologia molecular do câncer • Efeitos da radiação ionizante • Efeitos das drogas quimioterápicas • Reação enxerto x hospedeiro • Células tronco • Distúrbios nutricionais e ambientais • Reações alérgicas • Deficiências vitamínicas • Distúrbios imunológicos • Distúrbios pigmentares • Distúrbios hematológicos • Distúrbios de coagulação • Distúrbios endócrinos • Doenças virais • Doenças bacterianas • Doenças fúngicas Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000
  2. 2. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CACHOEIRA DO SUL • Doenças sexualmente transmissíveis • Processos patológicos da ATM5) METODOLOGIA DE ENSINOMetodologia: As aulas teóricas serão desenvolvidas de forma expositivo-dialogadas com o desenvolvimento deatividades individuais e em grupo, através do uso de recursos audiovisuais e meio eletrônico. Serão realizadasainda atividades como seminários, discussão de artigos e estudos dirigidos. As aulas práticas serão desenvolvidasno laboratório de microscopia.As aulas serão disponibilizadas para os alunos com, no mínimo 3 dias de antecedência, por meio eletrônico.Atividades Discentes:- Presenciais: Aulas teóricas complementadas por exercícios práticos correlacionados.- Não-Presenciais: Estudos de artigos científicos.Sem TEÓRICA PRÁTICA 1 01/03/11 - Apresentação da disciplina e do plano de ensino - Exercício de revisão Patologia Geral 2 15/03/11 - Bases de biologia molecular - Laboratório de - Carcinogênese e biologia molecular microscopia 3 19/03/11 - Aula semi-presencial : Artigo “Biologia molecular do câncer” e artigo “Células tronco e a Odontologia” 4 22/03/11 - Efeitos da radioterapia e quimioterapia - Discussão do artigo “Efeitos da radioterapia na região de cabeça e pescoço” 5 29/03/11 - Distúrbios hematológicos- origem e diferenciação das células sanguíneas - Anemia e outros distúrbios das hemácias 6 05/04/11 -Distúrbios dos leucócitos- Neutropenia e Agranulocitose - Leucemia - Linfoma 7 12/04/11 - Distúrbios da coagulação 8 16/04/11 - Aula semi-presencial: artigo “Manifestações bucais em pacientes com leucemia” 9 19/04/11 - Seminário deficiências vitamínicas 10 26/04/11 - Avaliação de G1 11 03/05/11 - Discussão e correção da avaliação de G1 - Diabete melittus 12 10/05/11 - Distúrbios pigmentares e medicamentosos - Doenças auto-imunes Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000
  3. 3. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CACHOEIRA DO SUL 13 17/05/11 - Processos infecciosos - Inflamações crônicas granulomatosas 14 24/05/11 -Doenças virais – Herpes, Hepatite, Cachumba, Mononucleose e HIV, Parotidite, Mononucleose e HPV 15 31/05/11 -Doenças bacterianas – sífilis, tuberculose, actinomicose 16 07/06/11 - Doenças fúngicas – Paracoccidioidomicose e Histoplasmose - Laboratório de microscopia 17 11/06/11 - Aula semi presencial: artigo”Manifestações bucais do HPV” 18 14/06/11 -Manifestações bucais de doenças sistêmicas e distúrbios endócrinos- Hiperparatireoidismo, Doença de Crohn, Doença de Addinson - Patologias relacionadas a ATM 19 21/06/11 - Patologias da ATM - Seminário doenças infecciosas 20 28/06/11 - Avaliação de G2 21 05/07/11 - Revisão de conteúdos 22 12/07/11 - Substituição de grau6) AVALIAÇÃOPara registro acadêmico os alunos obterão pontuações por atividades não presenciais/presenciais e através deduas avaliações bimestrais (G1 e G2) com direito a substituição de um dos graus e cujos critérios obedecem aregulamentação do Estatuto Geral da Universidade.As atividades serão definidas em conformidade com o calendário da universidade e corresponderão aos seguintespesos nas avaliações de G1 e G2:- 80% prova escrita- 10% apresentação de seminário- 10% testes semanaisSubstituição de grau: Prova teórica referente a todo o conteúdo estudado no semestre.7) RECURSOS DE APOIO• Idem a metodologia Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000
  4. 4. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CACHOEIRA DO SUL8) BIBLIOGRAFIABásica.ABBAS, A., LITCHMAN, A. Imunologia Básica. 5 ed. Rio de Janeiro: Revinter., 2005.COTRAN, R. S.; KUMAR, V.; COLLINS, T. Robbins: Patologia estrutural e funcional. 6. ed. Rio de Janeiro:Guanabara Koogan. 2000.CAWSON, R. A.; BINNIE, W. H.; EVESON, J. W. Atlas colorido de enfermidades da boca: correlações clínicas epatológicas. 2. ed. São Paulo: Artes Médicas. 1997.KUMAR,V., ABBAS, A.K., FAUSTO, N. Patologia: Bases patológicas das doenças. 7 ed. Rio de Janeiro: Elsevier,2005.NEVILLE, B. et al. Patologia oral e maxilofacial. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2004.REGEZI, J. A.; SCIUBBA, J.J. Patologia bucal: correlações clinicopatologicas. 3. ed. Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan. 2000.SONIS, S.T. Princípios e prática de medicina oral. 2 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1996.TOMASI, A. F. Diagnóstico em patologia bucal. 3. ed. São Paulo: Pancast Editora. 2002.SILVERMAN, S.; EVERSOLE, L.; TRUELOVE, E.L. Fundamentos de Medicina Oral . Rio de Janeiro: GuanabaraKoogan. 2004.ComplementarBORAKS, S. Diagnóstico bucal. 3. ed. São Paulo: Artes Médicas. 2001.MONTENEGRO, M. R.; FRANCO, M. Patologia: processos gerais. 4. ed. São Paulo: Atheneu. 1999.ROITT, I. M. Imunologia.6 ed São Paulo: Manole. 2003.Sites de Internet:www.sbpqo.org.brwww.pubmed.com.brwww.bireme.br Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000

×