Secretaria de Estado do Meio            Ambiente        Meio Ambiente em Debate    Uso Racional da água em edificaçõesPale...
ABNT          50% engenheiros+arquitetosABNT NBR 15527/ setembro de 2007Aproveitamento de água de chuva decoberturas em ár...
Usos da água de chuvaDescarga em bacias sanitáriasIrrigação de gramadosLavagem de veículosLimpeza de calçadas e ruasLimpez...
DiscussõesPorque não colocamos lavagem de roupas?Reservas de incêndio em prédios?Qual o significado de cobertura?Local não...
Instalações prediais de águas               pluviaisÁrea de captação: projeção horizontal (para água de chuva).Não confund...
Concepção do projeto do sistema de aproveitamento de água de chuvaConcepção do projetoProjeto de engenharia, com anotação ...
ReservatóriosSeguimos idéia de muitos paises como EstadosUnidos, Inglaterra e outrosReservatório deverá ter as mesmas espe...
Dimensionamento do reservatórioV= P x A x C x ηfator de captaçãoSendo:V= Volume mensal, diário de água de chuvaaproveitáve...
Anexo A           (não é obrigatório)Métodos de cálculos  Rippl  Simulação  Azevedo Neto (último artigo publicado)São some...
Reservatório (cisterna)Limpeza do reservatório: pelo menos uma vez porano ABNT 5626/98 com hipoclorito de sódioEsgotamento...
Instalações prediais de água friaNBR 5626/98Cuidados com interligação entre água potável e águanão potávelTubulações difer...
BombeamentoMesmas normas da ABNT para água potávelNBR 12214/ 92Dosador automático no bombeamento quandonecessárioManutençã...
Qualidade para água não potávelProjetista vai definir os parâmetros de qualidade daágua de acordo com o USOUsos da água re...
Conceito de first flush
First flush ou escoamento inicialA primeira água que sai do telhado vem suja.Na primeira água ou escoamento inicial estão ...
Limpeza automáticaperda de água 10% a 50%
Volume do reservatório1. Método Prático2. Método de Ripplvolume alto3. Método da Simulaçãotentativa- consumo, suprimento e...
Água de chuva
Conselho Regional de Engenharia e            Arquitetura de São Paulo                   (CREA-SP)http://discovirtual.uol.c...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aproveitamento de agua de chuva first flush

3.822 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.822
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aproveitamento de agua de chuva first flush

  1. 1. Secretaria de Estado do Meio Ambiente Meio Ambiente em Debate Uso Racional da água em edificaçõesPalestra: aproveitamento de água de chuva em edificações
  2. 2. ABNT 50% engenheiros+arquitetosABNT NBR 15527/ setembro de 2007Aproveitamento de água de chuva decoberturas em áreas urbanas para fins nãopotáveis.
  3. 3. Usos da água de chuvaDescarga em bacias sanitáriasIrrigação de gramadosLavagem de veículosLimpeza de calçadas e ruasLimpeza de pátiosEspelhos d´águaUsos industriais
  4. 4. DiscussõesPorque não colocamos lavagem de roupas?Reservas de incêndio em prédios?Qual o significado de cobertura?Local não haja circulação de pessoas, animaisou veículosCobertura de concreto com animais
  5. 5. Instalações prediais de águas pluviaisÁrea de captação: projeção horizontal (para água de chuva).Não confundir com projeto de calhas e condutores que calculam a vazão de pico que é a norma NBR 10844/89Condutores verticais e horizontais
  6. 6. Concepção do projeto do sistema de aproveitamento de água de chuvaConcepção do projetoProjeto de engenharia, com anotação deresponsabilidade técnica ART do CREAAnálise de séries históricas e sintéticas dasprecipitações onde será feito o projeto.Conhecimentos de Hidrologia.Europa (Alemanha, França, Portugal, Inglaterra)precipitações praticamente constantes durante o ano.Alcance do projeto e determinação da demanda.Projeto de engenhariaSuprimento: concessionária pública, poço tubularprofundo, etc
  7. 7. ReservatóriosSeguimos idéia de muitos paises como EstadosUnidos, Inglaterra e outrosReservatório deverá ter as mesmas especificações deconstrução com o de água potável.Extravasor, cobertura, inspeção, segurançaParticularidades para água de chuvaCaptação a 0,15m da superfície
  8. 8. Dimensionamento do reservatórioV= P x A x C x ηfator de captaçãoSendo:V= Volume mensal, diário de água de chuvaaproveitávelP=precipitação média anual, mensal ou diáriaA= área de coletaC= coeficiente de runoff ( 0,90)ηfator de captação =eficiência do sistema de captação (0,5 a 0,9)
  9. 9. Anexo A (não é obrigatório)Métodos de cálculos Rippl Simulação Azevedo Neto (último artigo publicado)São somente recomendações podendo ser utilizadooutro método, desde que justificadoExistem centenas de métodos e critérios paradimensionamento do volume do reservatório..
  10. 10. Reservatório (cisterna)Limpeza do reservatório: pelo menos uma vez porano ABNT 5626/98 com hipoclorito de sódioEsgotamento por gravidade ou bombeamentoO sol não deve adentrar o reservatórioAlém dos critérios técnicos deverão entrar critérioseconômicos e ambientaisVolume de água não aproveitado deve ser lançado narede de galerias de águas pluviais ou infiltrado nosolo desde que não haja perigo de contaminação dolençol freático.
  11. 11. Instalações prediais de água friaNBR 5626/98Cuidados com interligação entre água potável e águanão potávelTubulações diferenciadas (não chegamos a umconsenso sobre cor da tubulação)Cor da água: não chegamos a um consenso sobreadotar com azul ou vermelha.Independente do sistema de água potávelTorneira: água não potável e identificação gráficaReservatórios de água potável e água não potável
  12. 12. BombeamentoMesmas normas da ABNT para água potávelNBR 12214/ 92Dosador automático no bombeamento quandonecessárioManutenção mensal de bombas, dispositivosde desinfecção e descarte.Verificação de calhas e condutores: 2 x ano
  13. 13. Qualidade para água não potávelProjetista vai definir os parâmetros de qualidade daágua de acordo com o USOUsos da água restritivo e não restritivoUso restritivoCloro residual livre 0,5mg/L a 3mg/L Verificação mensalTurbidez < 2 uT e para usos menos restritivos <5 uTMensalCor aparente <15 uH mensalColiformes totais e termotolerantes: ausentes em100mL e análises semestraispH entre 6,0 e 8,0
  14. 14. Conceito de first flush
  15. 15. First flush ou escoamento inicialA primeira água que sai do telhado vem suja.Na primeira água ou escoamento inicial estão aspoeiras e detritos que estavam no telhadoA norma não obriga a se ter o first flush poisdependerá do USO e a critério do projetistaVários usos como rega de jardim e outros nãoprecisaram de first flush. Dependerá ser houverpossibilidade de contato de pessoas com a água.Quando não se tem dados usar 2mm de água de chuvaou seja 2 litros/m2..
  16. 16. Limpeza automáticaperda de água 10% a 50%
  17. 17. Volume do reservatório1. Método Prático2. Método de Ripplvolume alto3. Método da Simulaçãotentativa- consumo, suprimento e overflow
  18. 18. Água de chuva
  19. 19. Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de São Paulo (CREA-SP)http://discovirtual.uol.com.br/disco_virtual/plin iotomaz/arquivos Senha: plinio Engenheiro civil Plínio Tomaz pliniotomaz@uol.com.br

×