1
FICHA DE VISIONAMENTO DO VÍDEO
“HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA: TEMPO, VIDA E ESPAÇO”
Responde às questões, selecionando ...
2
10. A maioriados linguistasdefendem a unidade linguísticado galego-portuguêsatéà atualidade. Segundo esse ponto de vista...
3
CORREÇÃO
1. a
2. b
3. d
4. a
5. d
6. c
7. b
8. b
9. c
10. b
11. b
12. a
13. d
14. d
15. a
16. c
17. b
18. b
19. a
20. d
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ficha de visionamento do vídeo "História da Língua Portuguesa: tempo, vida e espaço"

11.507 visualizações

Publicada em

Ficha de visionamento do vídeo "História da Língua Portuguesa"

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.507
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7.137
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
151
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ficha de visionamento do vídeo "História da Língua Portuguesa: tempo, vida e espaço"

  1. 1. 1 FICHA DE VISIONAMENTO DO VÍDEO “HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA: TEMPO, VIDA E ESPAÇO” Responde às questões, selecionando a alínea correta para cada uma, e assinala as tuas respostas na grelha: 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 1. A língua portuguesa, tal como a castelhana ou a francesa, pertencem ao grupo das línguas românicas que, por sua vez, pertencem à família das línguas a) indo-europeias. b) germânicas. c) gaélicas. d) normandas. 2. Os celtas eram conhecidos de modos diferentes de acordo com a região onde se estabeleceram: Celtiberos na Península Ibérica, Bretões na Grã-Bretanha, Gálatas na Turquia e a) Escandinavos na Itália. b) Gauleses na França. c) Bálticos na Lituânia. d) Provençais, em Malta. 3. A partir de 218 a. C., com a invasão romana da península, e até ao século IX, a língua falada na região do Norte de Portugal e Galiza é o a) Lusitano. b) Galaico. c) Catalão. d) Romance. 4. Durante o período de 409 a 711 d. C., instalaram-se na Península Ibérica alguns povos de origem a) germânica. b) africana. c) asiática. d) indiana. 5. Essas migrações levaram a que se iniciasse a) uma guerra entre os povos indígenas e os invasores. b) uma deslocação massiva para sul. c) uma tendência para as populações locais ocuparem as ilhas pertencentes ao território. d) um processo de diferenciação na língua. 6. A partirde 711, com ainvasão mourada Península Ibérica, a línguaoficial passou a ser o árabe, mas a população local continuouafalarromance. Algumas palavras que ficaram dessa época foram: a) guerra, branco ou trégua. b) geografia, geometria e filosofia. c) arroz, alface, refém e alicate. d) aleluia, sábado e Maria. 7. Entre os séculos IX e XI fala-se, essencialmente na Lusitânia, o antecessor do português, isto é, o a) Lusitano. b) galego-português. c) galaico-leonês. d) catalão. 8. No século XI, àmedidaque osárabes iam sendo expulsosdo território nacional, fixam-seno sul daPenínsula, onde surgem dialetosqueresultam dajunção do árabe e do latim: são chamados de dialetos a) aliárabes. b) moçárabes. c) algárabes. d) portárabes. 9. Após a reconquista, os primeiros documentos escritos em galego-português foram a) as leis e os decretos. b) os textos religiosos. c) os documentos oficiais e textos literários. d) as canções de amigo. NOME: ___________________________________ Nª _____ T ____ data___/___/___ A profª: ________________________________ O EE: _____________________________ Avaliação: ______________________________________________________________E_
  2. 2. 2 10. A maioriados linguistasdefendem a unidade linguísticado galego-portuguêsatéà atualidade. Segundo esse ponto de vista, o galego e o portuguêsfazem parte de um mesmo sistema linguístico com diferenças, sobretudo, a) semânticas, como as que distinguem o coreano do mandarim. b) fonéticas, como as existentes entre o português europeu e o do Brasil. c) morfológicas, como as que se notam entre o inglês europeu e o americano. d) sintáticas, como as que separam as línguas germânicas das latinas. 11. À medida que ospovosvão recuperando o território nacional,deslocando-semaisparasul,começao processo dediferenciação entre o portuguêse o galego- português. A separação entre as duas línguas iniciar-se-á a) em 1128, com a Batalha de S. Mamede. b) em 1185, com a independência de Portugal. c) em 1340, com a Batalha do Salado. d) em 1385, com a Batalha de Aljubarrota. 12. Essa diferenciação linguística ficará consolidada com a expulsão dos mouros, em 1249, e com a derrota dos castelhanos em 1385 que, a) durante a Batalha de Aljubarrota, tentaram anexar Portugal. b) pretendiam colocar Felipe I de Castela no trono português. c) durante duas semanas, tentaram resistir aos ataques lusos. d) após negociações, aceitaram entregar o Condado Portucalense. 13. No século XIV surge a prosa literária em português com a Crónica Geral de Espanha (1344) e o Livro de Linhagens, de D. Pedro, a) Duque do Algarve. b) Marquês de Sintra. c) Príncipe das Astúrias. d) Conde de Barcelos. 14. Com a expansão ultramarina, a língua sofre influência das línguas dos outros continentes, assimilando vocábulos como a) “maçã”, de origem malaia. b) “caril”, de origem indiana. c) “massa”, de origem romana. d) “chá”, de origem chinesa. 15. Com o Renascimento, aumenta o número de palavras eruditas, que tornaram o Português mais complexo e maleável, de derivação a) grega. b) germânica. c) africana. d) asiática. 16. O início da implementação definitiva do Português moderno dá-se em 1516 com a a) subida ao trono de D. Manuel I. b) poesia de D. Dinis, o Rei Trovador. c) publicação do Cancioneiro Geral, de Garcia Resende. d) primeira edição de Os Lusíadas, de Camões. 17. No século XVI, com o aparecimento das primeiras gramáticas, quedefinem a morfologiaea sintaxe, a línguaentra na sua fase moderna. Umaobra que já segue uma estrutura frásica muito semelhante à atual é a) Cancioneiro Geral, de Garcia Resende. b) Os Lusíadas, de Camões, impressa em 1572. c) O Sermão de Santo António aos Peixes, do Padre António Vieira, proferido em 1654. d) o Auto da Barca do Inferno, representado em 1517. 18. No século XVIII, o Português europeu afastou-se do falado nas colónias por influência da língua a) inglesa. b) francesa. c) grega. d) castelhana. 19. Nos séculos XIX e XX, o vocabulário português recebe contribuições de origem greco-romana para designar termos relativos a) aos avanços tecnológicos. b) à medicina. c) à aeronáutica e conquista do espaço. d) às ciências da educação. 20. Em 1990 foi criada uma comissão composta por representantes dos países de língua portuguesa para uniformizar o vocabulário técnico e a) permitir relações comerciais mais estreitas. b) se iniciar o estudo de obras dos países lusófonos nas escolas. c) ajudar a uma comunicação mais próxima entre todos. d) evitar a introdução de vocábulos diferentes para designarem os mesmos objetos. BOM TRABALHO !!! A PROFESSORA: Lucinda Cunha
  3. 3. 3 CORREÇÃO 1. a 2. b 3. d 4. a 5. d 6. c 7. b 8. b 9. c 10. b 11. b 12. a 13. d 14. d 15. a 16. c 17. b 18. b 19. a 20. d

×