A Biotecnologia como Ferramenta de Pesquisa       e Produção de Mudas Frutíferas       Bióloga, MSc. Lucila K. F. L. de Br...
BIOTECNOLOGIA“Tecnologia que gera produtos e processos deorigem biológica”.-Técnicas em Biotec. Vegetal:    - Cultura de t...
BIOTECNOLOGIACULTURA DE TECIDOS       Cultivo de órgãos e tecidos vegetais, ou partes destes, em       meio de cultura, so...
BIOTECNOLOGIA - Micropropagação
BIOTECNOLOGIA NA EMPARNLaboratório de Biotecnologia VegetalEstação Exp. Rommel M. de Faria – EMPARNParnamirim/ RNEquipe:  ...
BIOTECNOLOGIA NA EMPARNProjetos BNB ETENE/FUNDECIAvaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba e  tâmara o...
Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá,                mangaba e tâmara oriundos de processos biote...
Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá,           mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnoló...
Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba e             tâmara oriundos de processos biotecno...
Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá,            mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnol...
Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá,         mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnológi...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira       resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famili...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira         resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura fami...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira      resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familia...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do R...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira      resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familia...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do R...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira      resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familia...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do R...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do R...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira      resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familia...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira           resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura fa...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do R...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira           resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura fa...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira        resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famil...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira       resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famili...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do R...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do R...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira             resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura ...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira      resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familia...
Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira       resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura famili...
A Biotecnologia como Ferramenta de Pesquisa e Produção de Mudas Frutíferas                                                ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de mudas frutíferas_2008 [modo de compatibilidade]

409 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
409
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra expofruit a biotecnologia como ferramenta na pesquisa e produção de mudas frutíferas_2008 [modo de compatibilidade]

  1. 1. A Biotecnologia como Ferramenta de Pesquisa e Produção de Mudas Frutíferas Bióloga, MSc. Lucila K. F. L. de Brito
  2. 2. BIOTECNOLOGIA“Tecnologia que gera produtos e processos deorigem biológica”.-Técnicas em Biotec. Vegetal: - Cultura de tecidos; - Transgenia; - Etc.- Aplicações na agricultura: - Desenvolvimento de novas cultivares; - Controle fitossanitário; - Etc.
  3. 3. BIOTECNOLOGIACULTURA DE TECIDOS Cultivo de órgãos e tecidos vegetais, ou partes destes, em meio de cultura, sob condições assépticas e ambiente controlado.-Aplicações: - Melhoramento de plantas; - Modelo científico; - Produção de mudas em larga escala (micropropagação). VANTAGENS DA MICROPROPAGAÇÃO -Elevada produtividade; - Homogeneidade genética; - Controle fitossanitário.
  4. 4. BIOTECNOLOGIA - Micropropagação
  5. 5. BIOTECNOLOGIA NA EMPARNLaboratório de Biotecnologia VegetalEstação Exp. Rommel M. de Faria – EMPARNParnamirim/ RNEquipe: José Flamarion de Oliveira – coord. Marlucia E. de Farias – coord. Edilma P. da Costa – Técnico NS Lucila K. F. L. de Brito – Técnico NS Mª de Fátima B. Dutra – Técnico NS 2 Auxiliares de produção 1 Estagiária voluntáriaÁrea construída: 180 m2Capacidade de produção: 150.000 mudas/anoParceiros: BNB – ETENE/FUNDECI EMBRAPA UFRN
  6. 6. BIOTECNOLOGIA NA EMPARNProjetos BNB ETENE/FUNDECIAvaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnológicos visando a produção de mudas selecionadas para o plantio no campoMicropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN
  7. 7. Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnológicos visando a produção de mudas selecionadas para o plantio no campo”Financiamento: Fundeci-BNB.Coordenação: Magdi A. I. Alloufa Amilton Guerra GurgelPeríodo: 2 anos.Recursos (R$): Dispêndio Financiado Contrapartida* Total Pessoal -- 21.320,00 21.320,00 Consumo 10.173,60 -- 10.173,00 Equipamentos 7.000,00 -- 7.000,00 Serviços de terceiros 13.600,00 5.100,00 13.600,00 Total 30.773,60 26.420,00 52.093,60
  8. 8. Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnológicos visando a produção de mudas selecionadas para o plantio no campo”Objetivo Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba etâmara oriundos de processos biotecnológicos visando a produção de mudasselecionadas para o plantio no campo
  9. 9. Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnológicos visando a produção de mudas selecionadas para o plantio no campo” Equipe InstituiçãoMagdi A. I. Alloufa UFRNAmilton G. Guerra EMPARNMarlucia E. de Farias EMPARNMª de Fátima P. Barreto EMPARNNatalício A. Xavier EMPARNJosé Simplício de Holanda EMPARNFlorisvaldo X. Guedes EMPARNFco das Chagas dos Santos EMPARNTarcísio Silva EMBRAPA
  10. 10. Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnológicos visando a produção de mudas selecionadas para o plantio no campo”Natureza da pesquisa Pesquisa AplicadaÁrea de interesse Cultivo de cajá, mangaba e tâmara.
  11. 11. Projeto “Avaliar, caracterizar e selecionar explantes de cajá, mangaba e tâmara oriundos de processos biotecnológicos visando a produção de mudas selecionadas para o plantio no campo”Metas Caracterizar e selecionar um protocolo para a cultura do cajá; Caracterizar e selecionar um protocolo para a cultura da mangaba; Caracterizar e selecionar um protocolo para a cultura da tâmara; Estabelecer protocolos de enraizamento e aclimatação.
  12. 12. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”Financiamento: Fundeci-BNB.Coordenação: Lucila K. F. L. de Brito Marlucia E. de FariasPeríodo: Novembro/2006 - Novembro/2009Recursos: Dispêndio Valor (R$) Consumo 40.544,63 Equipamentos 8.055,37 Serviços de terceiros 22.770,00 Outros 3.500,00 Total 74.870,00
  13. 13. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”OBJETIVOS Reduzir os custos de micropropagação de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka, por meio da substituição de sacarose poraçúcar cristal no meio de cultura; Disponibilizar mudas de alta padrão genético e fitossanitário paraa agricultura familiar do RN.
  14. 14. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” EQUIPE TITULAÇÃO INSTITUIÇÃOAmilton G. Guerra Dr. EMPARNCristiane E.C. de Macedo Dra. UFRNDelando da C. Medeiros MSc. UFRNFlorisvaldo X. Guedes Dr. EMPARNFco C. dos Santos Técnico Agrícola EMPARNJosé Flamarion de Oliveira MSc. EMPARNLucila K. F. L. de Brito MSc. EMPARNMário Sérgio N. de Oliveira Técnico Agrícola EMPARNMarlucia E. de Farias MSc. EMPARNRobson de M. Vieira PHD EMPARN
  15. 15. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”Natureza da pesquisa Pesquisa aplicadaPúblico-alvo Agricultura FamiliarÁrea de interesse Bananicultura
  16. 16. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”METAS1. Desenvolvimento de protocolo que permita a micropropagação de 25.000mudas/ano da cv. Caipira, com redução do custo do meio de cultura em50%;2. Micropropagação da cv. Pacovan Ken, com taxa média de multiplicaçãode três propágulos por subcultivo e níveis de contaminação entre 3% e 10%,com redução do custo do meio de cultura em 50%;3. Possibilitar o escoamento de um aporte de 25.000-100.000 mudas/ano decultivares de bananeira resistentes ao mal da sigatoka à AF do RN, comelevado padrão fitossanitário e baixo custo.
  17. 17. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Obtenção de mudas Estabelecimento em campo Introdução In Vitro Avaliação da micropropagação (sacarose) Obtenção de matrizesProdução certificada de mudas Avaliação da micropropagação (micropropagação) (açúcar cristal) Escoamento Avaliação da performance em campo Estabelecimento de protocolos de micropropagação a baixo custo
  18. 18. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”1. Instalação e manutenção do matrizeiro Local: Estação Exp. Rommel M. de Faria (0,22ha) Procedência: Embrapa-CNPMF Cultivares
  19. 19. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”1. Instalação e manutenção do matrizeiro Cultivar Tipo Grupo Tipo de muda Caipira Caipira AAA Micropropagada Grande Naine Cavendish AAA Rizoma Japira Maçã AAAB Micropropagada Pacovan Prata AAB Micropropagada Pacovan Ken Prata AAAB Micropropagada Prata-anã Prata AAB Rizoma Preciosa Maçã AAAB Micropropagada Thap Maeo Mysore AAB Micropropagada Tropical Maçã AAAB Micropropagada
  20. 20. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”Área Est. Exp. Rommel Mesquita de Faria – 0,22ha Espaçamento 2X3m Coveamento 40X40X40cm Esterco - 15L/planta; P205 - 120g/planta; FTE BR8 – 30g/planta; Adubação N – 20g/planta; K20 – 60g/planta Plantio 352 mudas
  21. 21. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”Pegamento em mudas de nove cultivares de bananeira implantadas na Estação Experimental Rommel Mesquita de Faria, aos 45 dias de cultivo. Cultivares Tipo de muda Plantadas Estabelecidas % Caipira M 36 30 83,33 Grande Naine R 18 17 94,44 Japira M 11 11 100 Pacovan M 27 27 100 Pacovan Ken M 11 9 81,82 Prata-anã R 33 29 87,88 Preciosa M 11 11 100 Thap Maeo M 36 35 97,22 Tropical M 27 25 92,59
  22. 22. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”Visão geral do matrizeiro, após cento e oitenta dias de instalação
  23. 23. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Cultivares, após 180 dias de estabelecimento.
  24. 24. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”1. Instalação e manutenção do matrizeiro – Perspectivas Introdução do material in vitro; Ampliação do matrizeiro.
  25. 25. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”2. Estabelecimento de protocolos de micropropagação Teste de micropropagação Avaliar a resposta de cultivares de bananeira a um protocolo padrão para micropropagação dessa espécie
  26. 26. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”2. Estabelecimento de protocolos de micropropagação Testes de micropropagação Procedência: Vale do Assu (DIBA) Cultivares Cultivar Tipo Grupo Caipira AAA Caipira Leite AAB Maçã Pacovan AAB Prata Pacovan Ken AAAB Prata Tropical AAAB Maçã
  27. 27. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Coleta Local: Vale do Açu/RN Explantes: perfilho, tipo chifre.Desinfestação Explante: ápices caulinares, com 50 X 20mm. Etapas: 1. Álcool etílico a 70% - 5min; 2. Cloro ativo a 1% - 30min; 3. 3 enxágües em água destilada e esterilizadaEstabelecimento Explante: ápices caulinares, com 10 X 5mm. Meio de cultura: Meio MS (Murashige & Skoog, 1962); 30g.L-1, 1,8 g.L-1 gelrite. Explante:.Multiplicação 1º subc: ápice caulinar/propágulos. Meio de cultura: Meio MS (Murashige & Skoog, 1962); 30g.L-1, 1,8 g.L-1 gelrite, 5mg.L-1 BAP.
  28. 28. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Caipira Maçã Pacovan Pacovan Tropical Ken30 dias120 dias180 dias
  29. 29. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Caipira Maçã Pacovan Pacovan Ken Tropical 500 a 400Número de propágulos 300 b ab 200 b 100 b 0 1 2 3 4 5 6 Subcultivo
  30. 30. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Estabelecimento* Multiplicação Enraizamento 0 1 2 3 4 5 6 7 CaipiraTotal 4 0 16 36 107 206 447 447média 0 10+5,67 18 53,5+19,09 103+26,87 223,5+51,62Tx 0 2,5 1,8 2,97 1,92 2,17Txm 2,16+1,02 MaçãTotal 2 2 13 17 39 43 53 53média 1+2,0 6,5+2,12 8,5+3,53 19,5+10,61 21,5+2,12 26,5+16,26Tx 0,5 6,5 1,31 2,29 1,10 1,23Txm 2,16+2,20 PacovanTotal 6 1 29 67 96 182 279 279média 0,17+1,0 4,83+2,64 11,17+3,76 16+6,6 30,33+17,27 46,5+34,25Tx 0,03 28,95 2,31 1,43 1,89 1,53Txm 6,02+11,25 Pacovan KenTotal 10 0 14 34 66 103 173 173média 0 2,8+1,3 6,8+1,92 13,2+7,26 20,6+15,27 34,6+20,07Tx 0 0,28 2,43 1,94 1,56 1,68Txm 1,31+0,96 TropicalTotal 4 0 7 24 89 170 287 287média 0 3,5+3,53 12+7,07 44,5+17,68 85+4,24 143,5+51,62Tx 0 0,87 3,43 3,71 1,91 1,69Txm 1,93+1,43
  31. 31. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”2. Estabelecimento de protocolos de micropropagação Testes de micropropagação:Há necessidade de desenvolvimento/adequação de protocolos demicropropagação, sobretudo para as cvs. Caipira e Pacovan Ken a fimde garantir a viabilidade comercial da produção.DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA:L.K.F.L BRITO; M.F.B. DUTRA; E.C. PEREIRA; E.D.MARQUES; C.E.C. MACEDO; J.F. OLIVEIRA..RESPOSTA DE CINCO CULTIVARES DE BANANEIRA (Musa spp.) A UM PROTOCOLO DEMICROPROPAGAÇÃO. EXPOFRUIT, Mossoró, RN, 2008.
  32. 32. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”2. Estabelecimento de protocolos de micropropagação Desenvolvimento de protocolos: Avaliar a resposta de três cultivares ao tratamento com diferentes concentrações do fitorregulador 6-Benzilaminopurina - BAP.
  33. 33. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”2. Estabelecimento de protocolos de micropropagação Desenvolvimento de protocolos: Procedência: Vale do Assu (DIBA) Cultivares Cultivar Tipo Grupo Caipira AAA Caipira Leite AAB Maçã Tropical AAAB Maçã
  34. 34. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”
  35. 35. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”
  36. 36. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”30 dias120 dias180 dias Cultivar Caipira
  37. 37. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Estabelecimento Multiplicação Enraizamento 0* 1 2 3 4 5 6 7 T1 Total 2 0 17 37 148 424 696 696 Média 0 8,5+0,71 18,50+0,71 74+4,24 212+39,6 348+56,6 Tx 0, 8,50 2,18 4,00 2,86 1,64 Txm 3,2+2,92 T2 Total 2 0 16 36 107 206 447 447 Média 0 8+5,67 18 53,5+19,1 103+26,87 223,5+51,62 Tx 0 8,00 2,25 2,97 1,93 2,17 Txm 2,89+2,7 T3 Total 2 7 30 26 90 230 478 478 Média 3,5+0,71 15 13+4,24 45+8,48 115+8,48 239+18,38 Tx 1,75 4,29 0,87 3,46 2,56 2,08 Txm 2,5+1,23 T4 Total 2 9 33 53 204 514 952 952 Média 4,5+2,12 15,5+3,53 26+7,78 102+24,04 257+38,18 476+125,86 Tx 2,25 3,44 1,68 3,92 2,52 1,85 Txm 2,61+0,9
  38. 38. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeiraresistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Cultivar Caipira - 6º subcultivo.
  39. 39. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” Metas Situação JustificativaDesenvolvimento de protocolo que Parcialmente atingida Obtenção de um protocolo quepermita a micropropagação de permite a produção anual de 25.00025.000 mudas/ano da cv. Caipira, mudas.com redução do custo do meio decultura em 50%;Micropropagação da cv. Pacovan Parcialmente atingida Percentagem de contaminaçãoKen, com taxa média de média foi de 1,51%, o que implica emmultiplicação de três propágulos um controle bem sucedido dapor subcultivo e níveis de contaminação.contaminação entre 3% e 10%,com redução do custo do meio decultura em 50%;;Possibilitar o escoamento de um Em andamento A meta só poderá ser estimadaaporte de 25.000-100.000 dentro de seis meses.mudas/ano de cultivares debananeira resistentes ao mal dasigatoka à AF do RN, com elevadopadrão fitossanitário e baixo custo.
  40. 40. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN”PERSPECTIVAS1. Desenvolvimento de protocolo de micropropagação comercialmente viável para a cv. Pacovan Ken;2. Avaliação da micropropagação das cvs. Pacovan Ken e Caipira, na presença de açúcar cristal;3. Avaliação da performance em campo.
  41. 41. Projeto “Micropropagação a baixo custo de cvs. de bananeira resistentes ao mal da sigatoka para a agricultura familiar do RN” IMPLEMENTAÇÃO NA INFRA-ESTRUTURA DO LABORATÓRIO DE BIOTECNOLOGIACâmara de nebulização – 15m227.000 mudas
  42. 42. A Biotecnologia como Ferramenta de Pesquisa e Produção de Mudas Frutíferas Bióloga, MSc. Lucila K. F. L. de BritoSeminário “Apoio do BNB/ETENE/FUNDECI à Pesquisa no Setor da Fruticultura do Nordeste e do RN”.Feira Internacional de Fruticultura Tropical Irrigada, Mossoró, RN, Brasil. 05 de junho de 2008.

×