Resposta a questão sobre a trindade

683 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
683
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
325
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resposta a questão sobre a trindade

  1. 1. "The basic form of our (Matthew 28:19 Trinitarian) profession of faith took shape during the course of the second and third centuries in connection with the ceremony of baptism. So far as its place of origin is concerned, the text (Matthew 28:19) came from the city of Rome." The Trinity baptism and text of Matthew 28:19 therefore did not originate from the original Church that started in Jerusalem around AD 33. It was rather as the evidence proves a later invention of Roman Catholicism completely fabricated. Very few know about these historical facts." --- Introduction to Christianity By Joseph Ratzinger. page 82-83. THE 1968 EDITION, Tradução: "A forma básica da nossa profissão de fé trinitariana (Mateus 28:19) tomou forma durante o curso dos séculos segundo e terceiro em conexão com a cerimônia de batismo. Medida em que o seu lugar de origem está em causa, o texto (Mateus 28:19) veio da cidade de Roma." O batismo da Trindade e texto de Mateus 28:19, portanto, não se originou a partir da Igreja original, que começou em Jerusalém por volta do ano 33. era um pouco como a evidência demonstra uma invenção posterior do catolicismo romano completamente inventada. Muito poucos sabem sobre estes fatos históricos." --- Introdução ao Cristianismo por Joseph Ratzinger. página 82-83. Edição de 1968,
  2. 2. O Filho de Deus na Bíblia
  3. 3. 16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” 17 “Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.” João 3:16-17
  4. 4. 22 “O Senhor me possuiu no princípio de seus caminhos, desde então, e antes de suas obras. 23 Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra. 24 Quando ainda não havia abismos, fui gerada, quando ainda não havia fontes carregadas de água. 25 Antes que os montes houvessem assentado, antes dos outeiros eu fui gerada,” Provérbios 8:22-25 (KJV)
  5. 5. A sabedoria de Deus na Bíblia é sempre aplicada como sendo Jesus Cristo, seu Filho. Sabedoria (Feminina)  Resposta - 1
  6. 6. 24 mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus. 30 Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; I Coríntios 1:24, 30 Resposta - 2
  7. 7. 7 “Falarei do decreto do Senhor; ele me disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei.” 12 “Beijai o Filho, para que não se ire, e pereçais no caminho; porque em breve se inflamará a sua ira. Bem-aventurados todos aqueles que nele confiam.” Salmos 2:7, 12
  8. 8. 9 “Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por meio dele vivamos. 10 Nisto está o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.” I João 4:9-10
  9. 9. “4 feito tanto mais excelente do que os anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles. 5 Pois a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei Pai, e ele me será Filho? 6 E outra vez, ao introduzir no mundo o primogênito, diz: E todos os anjos de Deus o adorem..” Hebreus 1:4-6
  10. 10. 22 “Quem é o mentiroso senão aquele que nega que Jesus é Cristo? Este é o anticristo, o que nega o Pai e o Filho. 23 Todo aquele que nega o Filho, esse não tem o Pai; aquele que confessa o Filho tem igualmente o Pai. 24 Permaneça em vós o que ouviste desde o princípio. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis vós no Filho e no Pai. 25 E esta é a promessa que ele mesmo nos fez, a vida eterna. 26 Isto que vos acabo de escrever é acerca dos que vos procuram enganar..” I João 2:22-26
  11. 11. Conclusão “Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele e ele em Deus.” I João 4:15
  12. 12. O Filho de Deus nos Testemunhos
  13. 13. “O grande Criador convocou os exércitos celestiais para, na presença de todos os anjos, conferir honra especial a Seu Filho. O Filho estava assentado no trono com o Pai, e a multidão celestial de santos anjos reunida ao redor. O Pai então fez saber que, por Sua própria decisão, Cristo, Seu Filho, devia ser considerado igual a Ele, assim que em qualquer lugar que estivesse presente Seu Filho, isto valeria pela Sua própria presença. A palavra do Filho devia ser obedecida tão prontamente como a palavra do Pai. Seu Filho foi por Ele investido com autoridade para comandar os exércitos celestiais. Especialmente devia Seu Filho trabalhar em união com Ele na projetada criação da Terra e de cada ser vivente que devia existir sobre ela. O Filho levaria a cabo Sua vontade e Seus propósitos, mas nada faria por Si mesmo. A vontade do Pai seria realizada nEle.” História da Redenção, pág. 13
  14. 14. “Deus é o Pai de Cristo; Cristo é o Filho de Deus. A Cristo foi atribuída uma posição exaltada. Foi feito igual ao Pai. Cristo participa de todos os desígnios de Deus.” Testemunhos Seletos Volume 3, página 266 “A dedicação do primogénito teve sua origem nos primitivos tempos. Deus prometera dar o Primogénito do Céu para salvar os pecadores. Este dom devia ser reconhecido em todas as famílias pela consagração do primogênito.” O Desejado de Todas as Nações, pág. 51
  15. 15. “O Senhor Jesus Cristo, o divino Filho de Deus, existiu desde a eternidade, como pessoa distinta, mas um com o Pai. Era Ele a excelente glória do Céu. Era o Comandante dos seres celestes, e a homenagem e adoração dos anjos era por Ele recebida como de direito. Isto não era usurpação em relação a Deus. "O Senhor Me possuiu no princípio de Seus caminhos", declara Ele, "e antes de Suas obras mais antigas. Desde a eternidade, fui ungida; desde o princípio, antes do começo da Terra. Antes de haver abismos, fui gerada; e antes ainda de haver fontes carregadas de águas. Antes que os montes fossem firmados, antes dos outeiros, eu fui gerada. Ainda Ele não tinha feito a Terra, nem os campos, nem sequer o princípio do pó do mundo. Quando Ele preparava os céus, aí estava Eu; quando compassava ao redor a face do abismo." Prov. 8:22-27. Exaltai-O, MM 1992, pág. 16.
  16. 16. “Deus amou tanto o mundo que deu Seu Filho unigénito - não um filho por criação como foram os anjos, nem um filho por adopção como é o pecador arrependido, mas um Filho gerado, na expressa imagem de Seu Pai.” E. G. White , Sinais dos Tempos, 30 de Maio de 1895
  17. 17. “E o Filho de Deus declara a respeito de Si mesmo: "O Senhor Me possuiu no princípio de Seus caminhos, e antes de Suas obras mais antigas. ... Quando compunha os fundamentos da Terra, então Eu estava com Ele e era Seu aluno; e era cada dia as Suas delícias, folgando perante Ele em todo o tempo". Prov. 8:22-30.” Patriarcas e Profetas, pág. 34
  18. 18. Deus é o Pai de Cristo; Cristo é o Filho de Deus. A Cristo foi atribuída uma posição exaltada. Foi feito igual ao Pai. Cristo participa de todos os desígnios de Deus.
  19. 19. O Espírito Santo na Bíblia
  20. 20. O Espírito Santo nos Testemunhos
  21. 21. “Ao dar nos seu Espírito, Deus nos dá Ele mesmo, tornando Ele mesmo uma fonte de divinas influências, para dar saúde e vida ao mundo”.
  22. 22. Enquanto Jesus ministra no santuário em cima, Ele ainda é, por Seu Espírito, o ministro da igreja na terra. Ele está afastado dos olhos do sentido, mas Sua promessa de despedida é cumprida, “veja Eu estarei com vocês para sempre, até o fim do mundo.” (Mateus 28:20)
  23. 23. “Não há Consolador como Cristo, tão terno e tão verdadeiro.”
  24. 24. “O Espírito Santo é o Espírito de Deus; ele também é o Espírito de Cristo”
  25. 25. “Não há Consolador como Cristo, tão terno e tão verdadeiro.” “O Salvador é nosso Consolador, isto eu tenho provado que Ele é.” (MR, vol. 8, pag. 49) “Através da fé olhamos para Jesus, a nossa fé rompe as sombras, e adoramos a Deus por Seu maravilhoso amor ao dar a Jesus o Consolador.” (MR. vol. 19, pág. 296 e 297)
  26. 26. O inimigo das almas tem procurado trazer a suposição de que uma grande reforma deveria ser feita entre os Adventistas Do Sétimo Dia, e que está reforma consistiria em abandonar as doutrinas que se erguem como os pilares da nossa fé, e se engajar em um processo de reorganização. Se esta reforma ocorrer, qual seria o resultado?
  27. 27. QUEM FOI O AUTOR DA MUDANÇA?
  28. 28. Pg, 57
  29. 29. Pg. 23
  30. 30. "Nossos oponentes [os protestantes] às vezes reivindicam que nenhuma crença deveria ser dogmatizada que não é explicitamente declarada na Bíblia (ignorando que é somente na autoridade da Igreja que nós reconhecemos a certeza dos Evangelhos e não outros como verdadeiros). Mas as igrejas protestantes por elas mesmos, têm aceitado tais dogmas como a Trindade pela qual não há nenhuma autoridade precisa nos Evangelhos". (Revista Vida, 30 outubro de1950). Revista Catolica
  31. 31. “As igrejas protestantes, tendo recebido as doutrinas que a Palavra de Deus condena, expô-las- ão e as imporão sobre a consciência do povo, assim como as autoridades papais forçaram seus dogmas sobre os advogados da verdade no tempo de Lutero. A mesma batalha será travada novamente, e toda pessoa será chamada a decidir de que lado do conflito se encontrará. “ Carta 100 1895
  32. 32. Pastor da APO envia documentos A anciões com o titulo “Quem pergunta quer saber” (Quando surgiram os DOGMAS e inovações da Igreja Catolica) Dizendo que no ano 313 foi instituido o Batismo em nome da Trindade E no ano 500 o batismo da Trindade tornou universal Estaria os Pastores Adventistas disseminando um dogma católico ?
  33. 33. Pg. 221 ou seja a IASD acredita em um dogma !!!!
  34. 34. “A Bíblia deve tornar-se um livro mais preeminente entre nós, e o atento e diligente indagador deve, com profundo esforço, buscar o tesouro escondido. As máximas dos homens, os dogmas do erro embora apresentados pelos que professam ser intérpretes da Palavra de Deus, têm de ser rejeitados, pois são designados a encobrir a verdade, e a mistificar a importância espiritual do evangelho sagrado. Os que se empenharem em buscar o tesouro escondido, encontrá-lo-ão. ..”.CARTA 84, 1895 Estudar Diligentemente para não ser enganado

×