A ciência na história/ As ciências da Natureza/ As ciências humanas

1.519 visualizações

Publicada em

A ciência na história relata a passagem dos métodos racionalista, empirista e construtivista, no decorrer dos séculos XV ao XX; diferenças entre ciência antiga e moderna, desmentindo a ideia de evolução e progresso, denominando tais mudanças como rupturas epistemológicas e revoluções científicas. As ciências Naturais vem tratar do campo de estudo que abrange, necessidades e acaso, dentre ele o determinismo universal e o indeterminismo_ microfísica, princípio de incerteza e teoria da relatividade; ciências biológicas e suas dificuldades metodológicas. As ciências humanas, refere-se área de estudo sobre o ser humano, realizando este de três vértices, humanismo, positivismo, hitoricismo; consolidando-se pela contribuição de três correntes de pensamento, fenomenologia, estruturalismo e marxismo.

Publicada em: Ciências
2 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Ao analisarmos o trabalho verificamos que este apresenta as ideias principais dos capítulos e está coerente com o que foi proposto, possui imagens, número de slides pedidos, embora nos slides 2 e 3, há um excesso de informações mas no geral o trabalho está compreensível e dentro do que foi solicitado. Parabenizamos o grupo pelo desenvolvimento do mesmo!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • VENETHYA CARDOSO, GRUPO 9.
    O slide foi bem elaborado, cumpriu o contexto solicitado pela professora, as imagens também ficaram proporcionais com os temas.
    É muito gratificante ver um trabalho publicado, principalmente quando se trata de colegas do curso de Pedagogia segundo período, turno matutino e onde compartilhamos troca de conhecimento.
    Parabéns a toda equipe.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.519
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
2
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A ciência na história/ As ciências da Natureza/ As ciências humanas

  1. 1. A ciência na História/ As ciências da Natureza/ As ciências humanas Convite à Filosofia _ capítulo 2 PROFESSORA CÍNTIA RAMALDES ALUNAS CRISTINA, JEANE, LUCIANA CAROLINA E LUCIANA MARA
  2. 2. A ciência na história As três principais concepções da ciência RACIONALISTA: MÉTODO NO QUAL O CONHECIMENTO SE DÁ ATRAVÉS DA RAZÃO POR MEIO DA DEDUÇÃO E DEMOSTRAÇÃO_ DOS GREGOS ATÉ O FINAL DO SÉC XVII. * O OBJETO CIENTÍFICO É REPRESENTAÇÃO INTELECTUAL E UNIVERSAL NECESSÁRIA E VERDADEIRA, COM A FINALIDADE DE VERIFICAR E COMPROVAR TEORIAS. CONCEPÇÃO HIIPOTÉTICA DEDUTIVA. EMPIRISTA: MÉTODO QUE CONSISTE NA INTERPRETAÇÃO POR MEIO DAS OBSERVAÇÕES E EXPERIÊNCIAS, NAS QUAIS NAS QUAIS ESTABELECEM INDUÇÕES, DEFINIÇÕES PROPRIEDADES E FUNCIONAMENTO. PERÍODO DA MEDICINA GREGA ATÉ O SÉC.XIX. * TEORIA QUE VERIFICA, CONFIRMA E PRODUZ CONCEITOS. CONCEPÇÃO HIPOTÉTICA INDUTIVA.
  3. 3. As três principais concepções da ciência CONSTRUTIVISTA: A CIÊNCIA É UMA CONCEPÇÃO DE MODELOS EXPLICATIVOS DA REALIDADE. INICIA-SE NO SÉC. XX. * O OBJETO CIENTÍFICO É CONSTRUÇÃO LÓGICO INTELECTUAL E REALIZADA EM LABORATÓRIO, OFERECENDO ESTRUTURAS E MODELOS DE FUNCIONAMENTO DA REALIDADE, EM UM GRAU DE PROXIMIDADE PODENDO SER CORRIGIDA, MODIFICADA E ABANDONADA. Mudanças científicas, evolução, progresso, rupturas revoluções científicas * EVOLUÇÃO E PROGRESSO PRESSUPÕE CONTINUIDADE, AO PASSO QUE A FILOSOFIA DAS CIÊNCIAS ENTENDEU QUE OS PROCESSOS DE MUDANÇA SIGNIFICAVAM AS RUPTURAS EPISTEMOLÓGICAS E AS REVOLUÇÕES CIENTÍFICAS, DESMENTINDO A EVOLUÇÃO E OS PROGRESSOS CIENTÍFICOS.
  4. 4. Diferenças entre ciência antiga e moderna CIÊNCIA ANTIGA: TEORÉTICA, O CONHECIMENTO DAVA-SE PELA OBSERVAÇÃO, MÉTODO CONTEMPLATIVO, SEM HAVER INTERVENÇÕES. * QUALIDADE PERCEBIDA DOS CORPOS, DISTINÇÕES QUALITATIVAS DO ESPAÇO, METAFÍSICA DA IDENTIDADE E DA MUDANÇA, CONCEPÇÃO NATURAL HIERÁRQUICA, TÉCNICA LIGADA ÀS PRÁTICAS NECESSÁRIAS. CIÊNCIA MODERNA: NASCE NA IDEIA DE INTERVIR NA NATUREZA, CONHECÊ-LA E APROPRIAR-SE DELA, BASEANDO-SE EM: * ESPAÇO DEFINIDO PELA GEOMETRIA, INVESTIGAÇÕES PURIFICADAS PELOS FATORES SENSORIAIS, DEFINIÇÕES POR PROPRIEDADES OBJETIVAS GERAIS, ESTUDO DO MOVIMENTO COMO DESLOCAMENTO ESPACIAL, MECÂNICA UNIVERSAL.
  5. 5. As ciências da Natureza O campo das ciências da Natureza AS CIÊNCIAS DA NATUREZA CONSTITUEM DUAS GRANDES ÁRES CIENTÍFICAS: * A FÍSICA (QUÍMICA, MECÂNICA, ÓPTICA,ACUSTICA,ASTRONOMIA); * BIOLOGIA (FISIOLOGIA, BOTÃNICA, ZOOLOGIA, PALENTEOLOGIA, ANATOMIA,ETC). * SE DESNVOLVEU PRIMEIRAMENTE PELO MÉTODO DA OBSERVAÇÃO, OBSERVAÇÃO CONTROLADA, OU SEJA, A EXPERIMENTAÇÃO. O MÉTODO EXPERIMENTAL É HIPOTÉTICO-INDUTIVO (CONFIRMA OU NEGA A HIPÓTESE E CHEGA A LEI DO FENÔMENO ESTUDADO); HIPOTÉTICO DEDUTIVO (PREVÊ OU FORMULA NOVOS CONHECIMENTOS)
  6. 6. Necessidade e acaso *O DETERMINISMO É A TEORIA DA AFIRMAÇÃO DA UNIVERSALIDADE E DA NESSECIDADE PLENA QUE GOVERNAM AS RELAÇÕES CAUSAIS DA NATUREZA, PRINCÍPIO DA RAZÃO SUFICIENTE OU DA CAUSALIDADE. *ASPECTOS DE ACASO EVIDENTE: A MICROFÍSICA OU FÍSICA QUÂNTICA, PROVA QUE A QUANTIDADE NÃO É CONSTANTE; PRINCÍPIO DE INCERTEZA OU INDETERMINAÇÃO, IMPOSSÍVEL DETERMINAR CAUSAS E EFEITOS; TEORIA DA RELATIVIDADE, DEPENDE DA OBSERVAÇÃO, DO OBSERVADOR OU DO SUJEITO DO CONHECIMENTO. * A CIÊNCIA DA NATUREZA NÃO É UNIVERSAL E NECESSÁRIA EM SI MESMA, MAS EXPRIME O PONTO DE VISTA DO SUJEITO DO CONHECIMENTO.
  7. 7. As ciências da vida * A CIÊNCIA DA VIDA OU BIOLÓGICA FAZ PARTE DAS CIÊNCIAS NATURAIS OU EXPERIMENTAIS. A EPISTEMOLOGIA DE SUA INVESTIGAÇÃO CONSISTE NO ESTUDO SOBRE OS PROCENTIMENTOS E CONCEITOS USADOS PELA QUÍMICA E A FÍSICA A RESPEITO DO FENÔMENO DA VIDA. * O SER VIVO É PORTADOR DE QUATRO CARACTERÍSTICAS: INTERIORIDADE, APRESENTAÇÃO, ORGANIZAÇÃO E AUTO-REPRODUÇÃO. *AS DIFICULDADES DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS SÃO: DEFINIÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE OBJETOS BIOLÓGICOS, DIFICULDADES DO MÉTODO EXPERIMENTAL E DIFICULDADE DE EXPERIMENTAÇÃO NO ORGANISMO HUMANO. FINALIDADE, EVOLUÇÃO E ORIGEM DA VIDA *MECANICISMO: DETERMININAÇÃO DAS CAUSAS E EFEITOS. *VITALISMO: INVOCA DOIS FENÔMENOS, A RELAÇÃO COM O TEMPO E A FINALIDADE. OS DOIS GRANDES CAMPOS DA BIOLOGIA * A INVESTIGAÇÃ GENÉTICA E FISIOLOGIA MICROMOLECULAR, * INVESTIGAÇÃO DAS FORMAS, ESTRUTURAS E PROCESSOS VISÍVEIS DOS ORGANISMOS.
  8. 8. As ciências humanas * SÃO AS CIÊNCIAS QUE TEM O PRÓPRIO SER HUMANO COMO OBJETO DE ESTUDO, IDEIA QUE SURGIU NO SÉC. XIX. EMBORA RECENTE, A PERCEPÇÃO DE QUE OS SERES HUMANOS SÃO DIFERNTES DAS COISAS NATURAIS É ANTIGA _ SÉC. XV AO INÍCIO DO SÉC. XX. A INVESTIGAÇÃO SE DEU DE TRÊS MANEIRAS: HUMANISMO: IDEIA RENASCENTISTA DA DIGNIDADE DO HOMEM COMO CENTRO DO UNIVERSO _ SÉC. XV AO XVII. POSITIVISMO: ENFATIZA A IDEIA DE HOMEM COM UM SER SOCIAL E PROPÕE O ESTUDO CIENTÍFICO DA SOCIEDADE (AUGUSTO COMTE) _ SÉC. XIX E XX. NASCE A SOCIOLOGIA. HISTORICISMO: HERDEIRA DO IDEALISMO ALEMÃO, INSISTE NA DIFERENÇA ENTRE HOMEM E NATUREZA. OS FATOS HUMANOS SÃO HISTÓRICOS DOTADOS DE VALOR E SENTIDO, DE SIGNIFICAÇÃO E FINALIDADE, ESSAS CARACTERÍSTICAS OS DESTINGUE DA NATUREZA.
  9. 9. RELATIVISMO: AS LEIS CIENTÍFICAS SÃO VÁLIDAS APENAS PARA UMA DETERMINADA ÉPOCA E CULTURA, NÃO SÃO UNIVERSAIS. MAX WEBER PROPÔS QUE SE TRABALHASSEM COMO TIPOS IDEAIS E NÃO FATOS EMPÍRICOS. Fenomenologia, estruturalismo marxismo A CONSOLIDAÇÃO DAS CIÊNCIAS HUMANAS COMO ESPECÍFICAS SE DEVE A TRÊS CORRENTES DE PENSAMENTO, ENTRE OS ANOS 20 E 50 DO SÉCULO PASSADO: FENEMOLOGIA: INTRODUZIU A NOÇÃO DE ESSÊNCIA OU SIGNIFICAÇÃO COMO CONCEITO QUE PERMITE DIFERENCIAR INTERNAMENTE UMA REALIDADE DE OUTRAS. MARXISMO: PERMITIU COMPREENDER QUE OS FATOS HUMANOS SÃO INSTITUIÇÕES SOCIAIS E HISTÓRICAS, PRODUZIDAS PELAS CONDIÇÕES OBJETIVAS NAS QUAIS A AÇÃO E O PENSAMENTO HUMANOS DEVEM REALIZAR-SE.
  10. 10. ESTRUTURALISMO: PERMITIU QUE AS CIÊNCIAS HUMANAS CRIASSEM MÉTODOS ESPECÍFICOS PARA O ESTUDO DE SEUS OBJETOS, LIVRANDO- OS DAS EXPLICAÇÃO MECÂNICAS DE CAUSA E EFEITO LIVRANDO-SE DAS EXPLICAÇÕES MECÂNICAS. Os campos de estudo das ciências humanas *PSICOLOGIA, SOCIOLOGIA, ECONOMIA, ANTROPOLOGIA, HISTÓRIA, LINGUÍSTICA, PSICANÁLISE. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. Unid. 7, cap.2, 3 e 4. UNIVERCIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS LICENCIATURA NO CURSO DE PEDAGOGIA_ 2º PERÍODO METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO PROFESSORA CÍNTIA RAMALDES ALUNAS: CRISTINA ALVES, JEANE LIBERATO, LUCIANA CAROLINA, LUCIANA MARA TURNO DA MANHÃ

×