Com toda certeza o espiritismo é a mais antiga ilusão religiosa conhecida. Mas, o seu
reavivamento deu-se no final do ano ...
Espiritismo comum
Baixo espiritismo
Espiritismo cientifico
Espiritismo Kardecista




Espiritismo Comum



Quiromancia – A...
Espiritismo Cientifico



Conhecido como Alto Espiritismo, Espiritismo Ortodoxo, Espiritismo Profissional ou
Espiritualism...
Como no em Hebreus 9:27, apenas este versículo derruba qualquer ensinamento de
reencarnação ( De re- + encarnar. V. int. V...
Faz um pouco mais de seis mil anos de história do homem na terra. Caso ele morresse e
renascesse melhor. Qual o motivo que...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Espiritimo

1.471 visualizações

Publicada em

Espiritismo comum
Baixo espiritismo
Espiritismo cientifico
Espiritismo Kardecista

Publicada em: Espiritual
5 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Êxodo 20:13: “Não matarás”. Números 31:7: “E pelejaram contra os midianitas, como o SENHOR ordenara a Moisés; e mataram a todos os homens”. Êxodo 20:13 e Números 31:7 se contradizem. ( ... ) Números 23:19: “Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?”. Neste trecho, lê-se a afirmação de que Deus não mente e nem se arrepende, entretanto, enviou um espírito para tal fim, como se lê em I Reis 22:19–30 e II Crônicas 18:19–22, e também se arrependeu como em Gênesis 6:6. ( ... ) II Tessalonicenses 2:11,12: “E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniquidade”. Nestas passagens, Deus faz pessoas acreditarem em mentiras. Que Deus é esse que proíbe a mentira, mas faz pessoas crerem em uma, só para punir? Que Deus é esse que induz ao erro para ter motivo para julgar? Que Deus é esse que precisa lançar mão de recursos tão mesquinhos para fazer justiça? ( ... ) I Samuel 9:9: “Antigamente em Israel, indo alguém consultar a Deus, dizia assim: Vinde, e vamos ao vidente; porque ao profeta de hoje, antigamente se chamava vidente”. O aludido trecho do primeiro livro de Samuel afirma, inequivocamente, a existência de videntes (médiuns) e que passaram a ser denominados profetas naquela época, ou seja, a passagem diz que eram a mesma coisa (videntes = profetas). Além da referida sinonímia, destaca-se, textualmente, que era costume consultar videntes. ( ... ) II Crônicas 16:7: “Naquele mesmo tempo veio Hanani; o vidente, a Asa, rei de Judá, e disse-lhe: Porquanto confiaste no rei da Síria, e não confiaste no SENHOR teu Deus, por isso o exército do rei da Síria escapou da tua mão”. A supracitada passagem do segundo livro de Crônicas, além de confirmar a existência dos videntes (profetas) na sociedade hebraica de então, confirma mais uma vez, literalmente, que até os monarcas hebreus os consultavam. ( ... ) I Coríntios 14:34-35: “As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja”. ( ... ) Isto é só um pequeno vislumbre da Bíblia, a “Palavra de Deus”. A Bíblia possui muitos outros trechos execráveis e contraditórios, além de muita mitologia. É respaldando-se em um livro assim que o desinformado autor deste slide pretende contestar a Doutrina Espírita? *** Para saber mais, acessem: http://www.voce-deve-saber.blogspot.com.br e http://www.clubedeautores.com.br/book/41787--QUIMERA e http://www.agbook.com.br/book/41787--QUIMERA e http://www.bookess.com/read/4708-quimera
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • O autor afirma que a vida neste mundo está ficando mais insuportável, que, em vez de melhorar, só piora. Isso deve ser para ele, pois, há até 200 anos atrás, a escravidão era uma instituição comum. Até meados do século XX, aconteceram duas grandes guerras mundiais, com intervalo de apenas 2 décadas de uma para outra. Na Idade Média, era normal ver pessoas sendo executadas ou queimadas vivas em eventos públicos denominados autos de fé. O Império Romano, a mais poderosa civilização da época, distraia o povo com pessoas que matavam umas às outras, mutilavam-se ou eram devoradas por feras em anfiteatros públicos. Vemos estas coisas hoje em dia? Temos aviões, automóveis, computadores, internet, tecnologias que antes eram pura ficção e muitos diziam ser impossíveis. Basta compararmos o passado com o presente. A humanidade evoluiu de um modo geral sim. Estamos melhores que antes, mas o progresso geral é naturalmente lento, pois se trata da humanidade inteira. O processo de evolução deve queimar etapas, um passo de cada vez. Tudo ao seu tempo.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • O autor difunde a mentira ao afirmar que a Doutrina Espírita prega que o espírito vem com a índole melhor a cada encarnação, dizendo que traz um bom karma. Karma é causa e efeito, ou seja, é o conjunto de ações e reações que vinculam o espírito ao ciclo de vidas sucessivas no orbi, portanto, o karma não melhora ninguém, apenas faz a pessoa colher o que plantou, seja na mesma vida ou em outra. Portanto, fica a critério de cada um aprender alguma lição com o seu karma. Em suma, depende de cada tornar-se melhor a cada encarnação.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • 'Aos homens está ordenado morrer uma só vez'. Está escrito 'aos homens' e não 'aos espíritos'. Nossos espíritos são imortais. Os espíritos, quando reencarnam, reencarnam em outros corpos, são outras pessoas, assumem outras personalidades em corpos que morrem apenas uma vez, ou seja, morre-se uma vez em cada encarnação. Realmente o homem só morre uma vez, pois não existe nenhuma evidência histórica de alguém que tenha ressuscitado de verdade. Não existem provas ou evidências de que os 8 ressuscitados bíblicos tenham realmente ressuscitado. Portanto, até que se prove o contrário, é tudo fábula. Em uma análise imparcial de Hebreus 9:27, se o homem, o ser humano, só pode morrer uma vez (o que é verdade, diga-se de passagem), então Lázaro e os demais ressuscitados bíblicos deveriam estar vivos até hoje, pois já morreram uma vez. Hebreus 9:27 não nega a reencarnação. Hebreus 9:27 nega a ressurreição, assim como Jó 7:9-10 também nega a ressurreição: 'Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o lugar onde habita o conhecerá jamais' (Jó 7:9-10). Ressurreição é impossível!

    Analisando Jó 7:9-10: 'Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o lugar onde habita o conhecerá jamais'. Está claro que Jó 7:9-10 nega a ressurreição. Jó 7:9-10 afirma que “nem o lugar onde habita o conhecerá jamais”, não obstante, tal afirmação pode ser interpretada como reencarnação, pois o espírito desencarnado pode reencarnar, ou seja, estará em outro corpo, será outra pessoa.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Hebreus 9:27: “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo”. O próprio autor reconhece que ressurreição é a alma de um morto retornar ao mesmo corpo, ou seja, o cadáver voltar à vida. Portanto, um ressuscitado é um morto que voltou a viver, ou seja, é alguém que já morreu... Então, já que “aos homens está ordenado morrerem uma vez”, os ressuscitados bíblicos deveriam estar vivos até hoje, pois a partir do momento que foram ressuscitados é porque já morreram uma vez, isto é, não poderiam morrer novamente. Como se pode ver, Hebreus 9:27 nega a ressurreição. Ressurreição não existe; Ressurreição é impossível.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.471
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
5
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espiritimo

  1. 1. Com toda certeza o espiritismo é a mais antiga ilusão religiosa conhecida. Mas, o seu reavivamento deu-se no final do ano de 1847, e fortalece a cada dia. A sua classificação segue da seguinte forma: Espiritismo comum Baixo espiritismo Espiritismo cientifico Espiritismo Kardecista Pequeno Comentário O ressurgimento se deve as duas jovens norte americanas: Margaret Fox e Kater Fox, de Hydeville em New York. No mês de dezembro de 1847, Margaret e Kate, respectivamente de doze e nove anos, começaram a ouvir batida em diferentes partes da casa que residiam. No começo pensavam que esses ruídos fossem produzidos por ratos que infestavam a casa. Mas quando os lençóis começaram a ser arrancados das camas por mãos invisíveis, cadeiras e mesas tiradas dos seus lugares, perceberam que estava acontecendo fenômenos sobrenaturais. A partir de então, as meninas criaram uma forma de comunica-se com o autor dos ruídos, que respondia as perguntas com determinado numero de batidas. Enquanto propagavam-se sessões espíritas nos Estados Unidos da América do Norte, a Inglaterra se propagavam bem a frete de tal manifestação. Conquanto o personagem que ganhou destaque na França e no mundo foi ALLAN KARDEC. Leon hipopolite Rivail (O verdadeiro nome de Allan Kardec), nascido em Lião em 1804, filho de um advogado, tomou o pseudônimo de “Allan Kardec” por acreditar ser ele a reencarnação de um poeta celta desse nome. Alegava ter a missão de pregar uma nova religião, que começou a fazer no dia 30 de abril de 1856. Um ano após publicou o Livro dos Espíritos que serviu de fortalecimento na propaganda espiritista. De 1861 a 1867 publicou quatro livros: Livro dos Médiuns, O Evangelho Segundo o Espiritismo, Céu e Inferno de Gênesis. O Brasil, hoje é considerado o líder mundial do Espiritismo, tem os Estados do Rio de Janeiro e Bahia como principal foco espírita da nação. Uma estatística publicada por uma revista nacional afirma que 72% dos católicos brasileiros são freqüentadores de centros espíritas. Anteriormente mostramos que o espiritismo está divido da seguinte maneira:
  2. 2. Espiritismo comum Baixo espiritismo Espiritismo cientifico Espiritismo Kardecista Espiritismo Comum Quiromancia – Adivinhação pelo exame das linhas da palma da mão. O mesmo que quiroscopia. Cartomancia – Adivinhação pela decifração de combinações de cartas de jogar Grafologia – Estudo dos elementos normais e principalmente patológicos de uma personalidade, feito através de sua escrita Hidromancia – Arte de adivinhar por meio de água Astrologia – Estudo e/ou conhecimento da influencia dos astros, especialmente dos signos, no destino e no comportamento dos homens; também conhecido como “uranosopia”. Baixo Espiritismo O baixo espiritismo, também conhecido como espiritismo pagão, inculto sem disfarce, identifica-se pelas seguintes praticas: Vodu – Culto negro antilhanos , de origem animista, e que vale de certos elementos do ritual católico. Praticado principalmente no Haiti. Candomblé – Religião dos negros ioruba, na Bahia. Umbanda - Designação dos cultos afro-brasileiros, que confundem com os da macumba e dos candomblés a Bahia, xangô do Pernambuco, pajelança da Amazônia, do catimbó e outros cultos sincréticos. Quimbanda – Ritual de macumba que se confunde com o do umbanda Macumba – Sincretismo religioso afro-brasileiro, derivado do candomblé, com elementos de varias religiões africanas, de religiões indígenas brasileiras e do catolicismo.
  3. 3. Espiritismo Cientifico Conhecido como Alto Espiritismo, Espiritismo Ortodoxo, Espiritismo Profissional ou Espiritualismo. Ecletismo – Método filosófico dos que não segue sistema algum, escolhendo de cada sistema a parte que lhes parece mais próxima da verdade. Esoterismo – Doutrina ou atitude de espírito que preconiza que o ensinamento da verdade reserva-se a um numero restrito de iniciados, escolhido por sua inteligência ou valor moral. Teosofismo – Conjunto de doutrinas religiosos - filosóficas que tem por objetivo a união do homem com a divindade, mediante a elevação progressiva do espírito até a iluminação. Iniciado por Helena Blavatsky, mística norte americana (1831 – 1891), adepta do Budismo de do Lamaísmo. Espiritismo Kardecista O espiritismo kardecista é a classe de espiritismo mais comum no Brasil. Possibilidade de comunicação com os espíritos desencarnados Crença da reencarnação Crença que ninguém pode impedir o homem de sofrer as conseqüências dos seus atos Crença na pluralidade dos mundos habitados Caridade com virtude única, aplicada aos vivos e aos mortos Deus, embora exista, é um ser impessoal habitando em um mundo longínquo. Mais perto dos homens estão os espíritos guias. Jesus foi um médium e reformador dos Judeus, nada mais que isto. Na Bíblia Sagrada não temos nenhuma doutrina que enfatize qualquer vinculo com o espiritismo. Pelo contrario, todas as passagens divergem com tal ensinamento.
  4. 4. Como no em Hebreus 9:27, apenas este versículo derruba qualquer ensinamento de reencarnação ( De re- + encarnar. V. int. V. p. 1. Reassumir (o espírito) a forma material. 2. Tornar a encarnar). Hebreus 9:27 E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo. Juízo é Ato de julgar; julgamento. De forma que é uma prestação de contas do homem para com Deus. Mas se tratando de ressurreição (Ato ou efeito de ressurgir ou ressuscitar; ressurgência). Isso é voltar no próprio corpo. Observe que todas as ressurreições que a Bíblia cita, a alma voltou para o mesmo corpo, e não nasceu em outro. Se tratando de passagens Bíblicas, encontramos sete ressurreições: O filho da viúva de Saretpta – I Reis 17:19-22 O filho da Sunamita – II Reis 4:32-35 O caso do defunto que foi lançado na cova do Profeta Eliseu – II Reis 13:21 A filha de Jairo – Evangelho Segundo Marcos 5:21 / 35-43 O filho da viúva de Naim – Evangelho Segundo Lucas 7:11-17 Ressurreição de Lazaro – Evangelho Segundo João 11:1-46 Ressurreição de Dorcas – Atos dos Apóstolos 9:36-43 No meio da miscelânea de mentiras que o espiritismo prega, traz como ápice que o homem ao morrer e ressuscitar, vêm com a índole melhor. Isso é: O homem que na primeira vida era ruim, ao ressuscitar traz um bom carma ( Do sânscr. karman, 'ação'. S. m. Filos. 1. Nas filosofias da Índia, o conjunto das ações dos homens e suas conseqüências.). Em poucas palavras – O homem vai ficando bonzinho até se tornar perfeito. Analisemos esse ensinamento
  5. 5. Faz um pouco mais de seis mil anos de história do homem na terra. Caso ele morresse e renascesse melhor. Qual o motivo que a vida neste mundo ao invés de melhorar, está se tornando insuportável. Era para o mundo ser perfeito. Se o homem tem condição de auto justificar (Ficar livre do pecado com suas ações), porque DEUS enviou JESUS para nos salvar. João 3:16 - Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Não existem motivos para adicionar nenhuma vírgula a Bíblia Sagrada uma vez que Ela mesma faz forte advertência. Apocalipse 22: 18 Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas que estão escritas neste livro; 19 e se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro. Mostra desta maneira que o Evangelho Segundo o Espiritismo é a maior heresia já pregada na face da terra. Na Segunda Epistola do Apostolo Pedro 1:20 Diz: sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Mostra que a Bíblia interpreta a Bíblia, e não precisa de corações humanos tomado por inspirações demoníacas para engodo dos pecados. Jesus te ama Presbítero Robson Colaço de Lucena Visite o site: http://missaoamerica.googlepages.com Faça donwloard de Pregação e Musicas em mp3 no site: http://missaomp3.googlepages.com

×