Perfeição/              Capítulo 024                        PÁG.: 01Recanto das                                          C...
Perfeição/             Capítulo 024                     PÁG.: 02    CENA 1. IGREJA DE SÃO PAULO. EXT. DIA. CONTINUIDADE DO...
Perfeição/             Capítulo 024                   PÁG.: 03             LENINHA   —— “Diabo”? Credo! (T) Eu vou levar u...
Perfeição/              Capítulo 024                  PÁG.: 04                        Ester e Leandro sejam.CARMÉLIA INTER...
Perfeição/              Capítulo 024                   PÁG.: 05PORTA.             LISA       —— (off) Mirela!MIRELA ABRE A...
Perfeição/                Capítulo 024                    PÁG.: 06ESTER IA DIZER, MAS HESITA:         ESTER         —— Não...
Perfeição/                Capítulo 024                    PÁG.: 07                          desde os 18 anos de idade. E e...
Perfeição/            Capítulo 024                   PÁG.: 08             MARIA    —— (espantada) Tua irmã uma golpista?  ...
Perfeição/                Capítulo 024                    PÁG.: 09                          meu filho, e não meu irmão!CLO...
Perfeição/                Capítulo 024                  PÁG.: 010             BARTOLOMEU   —— E por acaso você não foi dem...
Perfeição/                Capítulo 024                   PÁG.: 011                          favor!LENINHA SE DÁ CONTA E EN...
Perfeição/             Capítulo 024                  PÁG.: 012LISA NA PORTA, JOANA ACABA DE ATENDER. CLEITON NO SOFÁ,LENDR...
Perfeição/             Capítulo 024                  PÁG.: 013             JOANA     —— Ah, minha filha... depois de “Fina...
Perfeição/                 Capítulo 024                       PÁG.: 014             ESTER          —— Eles me pagam!LEANDR...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Perfeição - Capítulo 24

352 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
96
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perfeição - Capítulo 24

  1. 1. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 01Recanto das Capítulo 024Letras PERFEIÇÃO novela de: LUCAS VINÍCIUS escrita por: LUCAS VINÍCIUS PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO: Astolfo Jurema Bartolomeu Leandro Cândida Leninha Carmélia Lisa Cleiton Maria Desirré Mirela Ester Néia Geovane Paulo Jeca Raquel Joana Rosana Júlio Simone PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS: Convidados, DJ, Dona do Hotel,Garçons, Padre João, Segurança
  2. 2. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 02 CENA 1. IGREJA DE SÃO PAULO. EXT. DIA. CONTINUIDADE DO CAP.ANTERIOR.Continuidade do capítulo anterior. OS CONVIDADOS COMEÇAM AVOLTAR PRA DENTRO DA IGREJA. JECA SAI DALI DE FININHO. APENASFICAM LÁ FORA OS DOIS CASAIS:LENINHA E GEOVANE E JÚLIO,ROSANA E RAQUEL. RAQUEL PEGA NUM LADO DO BRAÇO DE JÚLIO EROSANA O OUTRO. RAQUEL —— (p/ Rosana) Querida, o casamento já foi, pode soltar o teu patrão! ROSANA —— Ah, pode soltar você! Eu vim de acompanhante do dr. Júlio, e vou sair com ele! JÚLIO —— Meninas, por que a briga? Vão as duas comigo!LENINHA COMENTA BAIXINHO COM GEOVANE: LENINHA —— (p/ Geovane) (ri) Dr. Júlio tá por cima da carne seca! Duas! GEOVANE —— Bico calado, Leninha!RESMUNGANDO, RAQUEL E ROSANA ENTRAM NA IGREJA, PUXANDO JÚLIO.FICA LENINHA E GEOVANE. LENINHA —— Ai, ficamos só você e eu. (encantada) Eu acho teu sorriso tão “fófis”, Geo. GEOVANE —— (fica sério) A palhaçada acabou. Minha “missão” era vir com você até a festa. Vim, agora chega! Tô indo que tenho mais três causas pra resolver na justiça.GEOVANE LARGA DE LENINHA E VAI SAINDO, PORÉM ELA DIZ: LENINHA —— Espera, meu loiro! E a festa que vai ter, tu não me acompanha? GEOVANE —— (saindo) Vai com Deus que o Diabo tá de férias!LENINHA FICA BOQUIABERTA E OFENDIDA.
  3. 3. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 03 LENINHA —— “Diabo”? Credo! (T) Eu vou levar um pedaço de bolo pra ele depois, quero ver ele resistir, eu vou dar pra ele, e ele vai comer todinho. O bolo. (ri)ELA SAI CORRENDO PRA DENTRO DA IGREJA.Corta para: CENA 2. IGREJA DE SÃO PAULO. INT. DIA. CONTINUIDADE.TENSO, JÚLIO E SUAS DUAS “ACOMPANHANTES” SE APROXIMAM DOALTAR, ONDE ESTÃO CÂNDIDA E ASTOLFO E CONVERSA COM O PADRE.Nos bancos ainda sentados estão NÉIA, CARMÉLIA, BARTOLOMEUentre os convidados (FIGURANTES). CÂNDIDA —— (p/ Júlio) Foi um casamento e tanto! JÚLIO —— Pois é. Ester parece ter tido “rivalias” com essa moça que estava aqui. A propósito, me lembro dela da festa do noivado. É professora, né? ASTOLFO —— Isso, de nossa escola. CÂNDIDA —— Mas o que Ester tem contra Lisa?ASTOLFO DISFARÇA, POIS SABE QUE LISA GOSTA DE LEANDRO: ROSANA —— É a primeira vez que vejo um barraco em casamento. Me desculpem o palavreado, não foi bem barraco. RAQUEL —— Foi uma treta das boa! E se você não largar meu Julinho vai ver quem é mulher!LENINHA VEM CHEGANDO LÁ DE FORA, SE APROXIMA DO ALTAR. LENINHA —— Gente, que quiproquó! Achava até que Ester ia partir pro “tudo ou nada” e ia espancar todinha a esfarrapada que tava aqui! CÂNDIDA —— Não era esfarrapada, era a Lisa! LENINHA —— Essa mesmo. RAQUEL —— Ah, mas o importante é que casaram, né? E vão ser felizes. JÚLIO —— Ser Feliz, é o que eu espero que
  4. 4. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 04 Ester e Leandro sejam.CARMÉLIA INTERVÉM SENTADA , DIZENDO: CARMÉLIA —— Vem cá, quando é que abre o salão pra festa, hein? JÚLIO —— Já abriu, Carmélia. Peço que todos vão pra lá!ÀS PALMINHAS, CARMÉLIA SE LEVANTA, JUNTO DE BARTOLOMEU.Corta para:CENA 3. APÊ DE LISA E MIRELA. INT. SALA. DIA. CONTINUIDADE DO CAP.ANTERIOR.Continuação do capítulo anterior. MIRELA E PAULO SE BEIJAMAPAIXONADOS SENTADOS AO SOFÁ.Corta para EXTERIOR DO APÊ, CORREDOR.LISA VEM CHEGANDO AINDA QUE SIM TRISTE. CHEGA COM TUDO, PUXAA FECHADURA DO APÊ, MAS A PORTA NÃO ABRE. LISA —— Oh, céu!Corta para INTERIOR DO APÊ: LISA ——(OFF) Mirela!PAULO E MIRELA PARAM DE SE BEIJAR E GELAM, ASSUSTADOS: MIRELA —— (apavorada) Ai meu Deus! Paulo, é a minha irmã! PAULO —— (se levanta assustado) Nossa! A gente tá ferrado! LISA —— (OFF, alto) Mirela! Você tá aí dentro? MIRELA —— (se levanta apavorada) Anda, anda! Corre pros fundos! Pela porta da cozinha, ou pelo quarto. PAULO —— Mas/ MIRELA —— Vai logo!PAULO ACELERA E CORRE PRA COZINHA. MIRELA VAI CORRENDO PRA
  5. 5. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 05PORTA. LISA —— (off) Mirela!MIRELA ABRE A PORTA. LISA ESTRANHA: MIRELA —— Oi, Lisa. LISA —— Por que a demora em abrir, hã? MIRELA —— (hesita) A … porta travou, minha irmã. LISA —— Hum.LISA VAI ENTRANDO. ENQUANTO MIRELA FECHA A PORTA, RESPIRAALIVIADA.Corta para: CENA 4. CONDOMÍNIO DE SÃO PAULO. EXT. FACHADA. DIA.O PORTEIRO ALI NA PORTARIA, ENTEDIADO COMO SEMPRE. PAULO VEMDE FININHO DOS FUNDOS, PELO JARDIM. QUANDO ELE IA PASSANDO, OPORTEIRO VIRA-SE E O VÊ, DE RABO DE OLHO. PAULO SEGUE E SAIDE CENA, SUMINDO. O PORTEIRO ESTRANHA: PORTEIRO —— Esse loirinho entrou pela frente, e saiu pelos fundos? Estranho... muito estranho... A dona Lisa sabe desse garoto, será? Vou ter uma séria conversa com ela. Ah, vou!Corta para: CENA 4. AVENIDA DE SÃO PAULO. CARRO DOS NOIVOS (LEANDRO E ESTER) EM MOVIMENTO. INT. DIA.LEANDRO AO VOLANTE, ESTER AO LADO. AMBOS QUIETOS, MUDOS. ESTER —— O bicho comeu sua língua? LEANDRO —— (Seco) Comeu! Comeu, e levou ela toda! Onde já se viu? Que vexame, Ester! ESTER —— Vexame? LEANDRO —— Por que você tratou a Lisa daquele jeito, Ester?
  6. 6. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 06ESTER IA DIZER, MAS HESITA: ESTER —— Não é da sua conta!Corta pra EXTERIOR. LEANDRO VEM SE APROXIMANDO DO HOTELLUXUOSO. ELE ESTACIONA A FRENTE DO MESMO. ESTER ESTRANHA. ESTER —— Vai ser aqui a nossa lua-de-mel? LEANDRO —— Vai. Esse hotel é o mais luxuoso/ ESTER —— Não. Não digo pelo luxo do hotel... mas eu achava que íamos viajar pra sei lá, Milão, China, Japão! Tóquio, Paris... Marrocos! LEANDRO —— Íamos, Ester.LEANDRO ABRE A PORTA DO CARRO E SAI. ESTER FICA SÉRIA. ELECAMINHA E ABRE PRA ESTER. LEANDRO —— Anda, vamos entrar, depois pegamos as malas. ESTER —— Eu sou noiva, dá pra pelo menos você me pegar no colo? LEANDRO —— (ri forçado) Já ia me esquecendo.ELE ENFIA A CABEÇA DENTRO DO CARRO E PEGA ESTER NO COLO, QUEDÁ UM GRITO COM A BRUTALIDADE DE LEANDRO.Corta para: CENA 5. HOTEL DE SÃO PAULO. INT. RECEPÇÃO. DIA.(Detalhe: O HOTEL QUE LEANDRO E ESTER FICARÃO, É O MESMO QUEDESIRRÉ E SIMONE ESTÃO HOSPEDADAS). A DONA DO HOTEL NOBALCÃO, AOS PAPOS COM SIMONE E DESIRRÉ, QUE ALI SE ENCONTRAMAOS RISOS. DONA DO HOTEL —— Desirré, minha querida, eu espero do fundo de minha alma, que você encontre sua filha desaparecida. DESIRRÉ —— Obrigada. Mas ela não tá desaparecida. Acho que eu estou!TODAS RIEM. SIMONE —— Neste caso, também estou desaparecida, porque meu pai não me vê
  7. 7. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 07 desde os 18 anos de idade. E eu nem me dou conta, que sou que tô desaparecida. DESIRRÉ —— (ri) Pois é.LEANDRO VEM ENTRANDO NO HOTEL, CARREGANDO ESTER AOS BRAÇOS. ADONA DO HOTEL, DESIRRÉ E SIMONE OLHAM E SE SURPREENDEM.LEANDRO SE APROXIMA. DONA DO HOTEL —— Pois não. Ah! Você é Leandro Almeida. Claro... ESTER —— (séria) Nada disso, agora é Leandro Almeida Maltarolli. DONA DO HOTEL —— Sim, perdão.LEANDRO BOTA ESTER NO CHÃO NOVAMENTE. LEANDRO —— Bom, como meu pai deixou tudo acertado aqui com você, só peço a chave da minha suíte. DONA DO HOTEL —— Ah, sim, claro.A DONA DO HOTEL PEGA A CHAVE DE NÚMERO 28 E ENTREGA, DIZENDO: DONA DO HOTEL —— O seu é o quarto 28. boa estadia! LEANDRO —— Obrigado. Vamos, Ester.ESTER E LEANDRO VÃO SAINDO, SUBINDO AS ESCADAS. SIMONE —— Ô gente, vão me desculpar, mas eu vou comentar. Que casal esquisito, abatido... sérios. Cadê a empolgação de casar? Noivo pega a noiva, deixa ela aqui. DESIRRÉ —— Pode ser que estejam economizando energias pro rala-e-rola. Deus me livre!AS TRÊS RIEM DA PIADA.Corta para: CENA 6. CASA DE MARIA. INT. COZINHA. DIA.JUREMA E MARIA SENTADAS À MESA. MARIA MEXENDO UM CAFÉ NAXÍCARA:
  8. 8. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 08 MARIA —— (espantada) Tua irmã uma golpista? JUREMA —— Tô tão chocada quanto você. E não sei como vou olhar pra ela, Maria. MARIA —— Hum, não presta. Cê vai me desculpar, mas tua irmã não vale nada. Você acredita que vi ontem, ela aos beijos com Seu Constantino aqui na rua, até os cão entrou na dança, Fifi e Balduco!JUREMA SE LEVANTA ESPANTADA E INDIGNADA: JUREMA —— (indignada) O quê?!!! MARIA —— Eu sei que não devia contar, mas que eu vi, eu vi. Até tua cachorra tava cheio de... enfim, de excitação com o Balduco! JUREMA —— (indignada) Filhos duma rã! Ermelita me prometeu que não ia mais se encontrar com o Constantino. Ela sabe que... sabe que... (se senta triste) eu gosto daquele desgraçado galinha! MARIA —— Ih, então tua irmã é uma talarica! Me desculpa o linguajar, mas com uma irmã dessa, tu já ganhou a vida de desgosto. JUREMA —— Além de golpista é Talarica! Filho duma cavala! MARIA —— Mas se acalme, amiga. Tome aqui meu café, que fiz agorinha.TRÊMULA, JUREMA PEGA O CAFÉ DE MARIA E BEBE AOS GOLES. JUREMA —— Mas... me conte, me conte. E Pedro Júnior? MARIA —— (esperançosa, se levanta) Ai, tudo vai de vento em polpa! Conversei ontem com o dr. Geovane, e a audiência será daqui 8 dias. E é nessa audiência que eu pretendo acabar com essa mentira! JUREMA —— Menina... tá falando sério? Acabar com essa mentira, você quer dizer... MARIA —— (séria) Que eu vou contar na frente de todos, pro Pedro Júnior, que ele é
  9. 9. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 09 meu filho, e não meu irmão!CLOSES EM JUREMA E MARIA.Corta para: CENA 7. TRANSIÇÃO DE TEMPO. SÃO PAULO. TOMADA. DIA/TARDE.EDIÇÃO & SONOPLASTIA: SOB TRILHA SERTANEJA (OU ROCK) ANIMADA,IMAGENS BELÍSSIMA DE SÃO PAULO NO PÔR DO SOL.Corta para: CENA 8. SALÃO DE FESTAS. INT. TARDE.DECORAÇÃO INCRÍVEL DA FESTA. LUZES NOTURNAS, COLORIDAS,BEXIGAS, PAPÉIS DE PAREDE, BALÕES DE CORAÇÕEZINHOS, TODOSESPALHADOS. ALÉM DA PISTA DE DANÇA, DJ LÁ EM CIMA DO ANDAR,COMANDANDO À FESTA. E TRÊS MESAS, REPLETAS DE COMES E BEBES,BEM NO CANTO DA FESTA. VEMOS BARTOLOMEU E CARMÉLIA SEMPREPERTO DA MESA DE DOCES. O RESTO DO ELENCO TÁ ESPALHADO. CARMÉLIA —— (p/ Bartolomeu) Bartolomeu, por que você não trouxe as escadas? BARTOLOMEU —— Pelo simples fato de eu achar irônica a ideia de roubar um lustre! Sossega o facho! Vamos nos enturmar, quem sabe algum convidado não deixa a carteira cair pelo chão e a gente acha? CARMÉLIA —— (empolgada) De preferência bem poupançuda, cheia de oncinha!NÉIA, SAI LÁ DO MEIO E SE APROXIMA SÉRIA DE BARTOLOMEU ECARMÉLIA. NÉIA —— Vocês dois não perdem a oportunidade de uma boca-livre, né? CARMÉLIA —— É, quem te chamou na conversa? NÉIA —— Ninguém. Mas como vocês não mandam na festa, eu circulo bem onde quero! BARTOLOMEU —— Ah, a ladra agora circula! NÉIA —— (séria) Como é que é?TENSO. BARTOLOMEU ENCARA NÉIA. CARMÉLIA SÉRIA. NÉIA —— Você tá me chamando de “ladra”?
  10. 10. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 010 BARTOLOMEU —— E por acaso você não foi demitida por roubo, na casa dos poderosos? NÉIA —— (irritada) Mas eu não roubei nada! A dona Ester quem me culpou do crime, mas tenho certeza que foi ela que roubou! CARMÉLIA —— Se foi ou não, muito tarde pra você provar, não acha? NÉIA —— Eu não acho. Ela ainda me paga!Corta para: CENA 9. SALÃO DA FESTAS. OUTRO CANTO. INT. DIA.ESTAVAM ATÉ O MOMENTO JÚLIO, ROSANA E RAQUEL NUM CANTO.PORÉM, JÚLIO SAI, FICA RAQUEL E ROSANA. RAQUEL QUASE BÊBADA,COM DUAS TAÇAS DE VINHO À MÃO. ROSANA —— Garota, não acha que bebeu demais? RAQUEL —— Alguém te perguntou? ROSANA —— Escuta, deixa eu te perguntar. Como você conheceu o dr. Júlio? RAQUEL —— (ri) Tá querendo saber demais, ô, medicozinha! Se quer saber... (dá gole) eu salvei a vida dele! ROSANA —— Posso saber como?RAQUEL DÁ UM GOLE MONSTRO NO VINHO E ACABA COM A TAÇA,DIZENDO: RAQUEL —— Já disse, querida... tá querendo saber demais! Ele é grato pro resto das vidas dele! Grato a mim!RAQUEL DEBOCHA E VAI SAINDO. ROSANA FICA ENCIUMADA. ROSANA —— Droga, essa daí tá empacando demais no meu caminho. Idiota!Corta pra ENTRADA DA FESTA. O SEGURANÇA ESTÁ NA PORTA.LENINHA VEM CHEGANDO TODA EMPOLGADA. QUANDO TENTA ENTRAR, OSEGURANÇA A BARRA, SEGURANDO SEU BRAÇO. SEGURANÇA —— Opa, opa, opa! Onde pensava que ia? LENINHA —— Ué, meu senhor, aproveitar a festa! SEGURANÇA —— (muxoxa) Nada disso. Convites, por
  11. 11. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 011 favor!LENINHA SE DÁ CONTA E ENTORTA A BOCA: LENINHA —— Ih, deixei os convites com o Geovane, caramba! SEGURANÇA —— Ótimo, então se retire/ LENINHA —— Não, mas você não entende?! Eu sou tipo Dom Quixote e Sancho Pança com a noiva. Somos unha e carne, carne e unha! (jogando charme) Sabe que, o senhor é todo gatão, né?O SEGURANÇA SE SEGURA, MAS RESISTE: SEGURANÇA —— A senhora tá tentando me passar a perna, não é? LENINHA —— (assanhada) Ah, entenda como quiser! Mas eu tô com um fogo subindo debaixo da saia, menino, que se não tivéssemos num evento doido desses, íamos no chão mesmo!TENTADO, O SEGURANÇA OLHA PRA UM LADO, PRO OUTRO... TIRA UMCARTÃOZINHO E ENTREGANDO PRA ELA DIZ: SEGURANÇA —— Oba... Jurandir Quintanilha, me liga lá, firmeza! LENINHA —— (gritinho) Ah! Então eu posso entrar! SEGURANÇA —— Pode, pode, sim.O SEGURANÇA DESTRAVA A ROLETA. LENINHA VAI PASSANDO, E OSEGURANÇA CARA DE PAU METE A MÃO NA SUA BUNDA. ELA GRITA ESAI CORRENDO DALI. JÁ EM OUTRO CANTO, ELA DIZ PRA SI: LENINHA —— (p/ si) Ah, como eu sou do mal! Eu faço a cabeça dos “homi”, deixo eles “louquinhozinhos”!ELA DÁ PALMINHAS E RASGA, PICOTEIA E PISA NO CARTÃO DOTELEFONE.Corta para: CENA 10. CASA PAIS DE LISA. INT. TARDE.
  12. 12. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 012LISA NA PORTA, JOANA ACABA DE ATENDER. CLEITON NO SOFÁ,LENDRO SEU JORNAL. LISA —— (animada) Mãe! JOANA —— Filha, que surpresa boa!AS DUAS SE ABRAÇAM. LISA —— Vim visitar vocês, aproveitar que meu carro ainda tá em bom estado. E vim saber notícias de como anda a busca pelo tal... Alan, vocês sabem. JOANA —— Ah, minha filha, mais pra lá que pra cá. Mas entre, entre!LISA VAI ENTRANDO E SE APROXIMANDO DE CLEITON, ENQUANTO JOANAFECHA A PORTA. LISA —— Pai. CLEITON —— (feliz) Oh, filha...CLEITON SE LEVANTA E ABRAÇA LISA. LISA —— Que saudade! JOANA —— (vem se aproximando) Mas Lisa, e Mirela, como está? LISA —— Ah, mãe, muito bem. Só não a trouxe comigo porque fiz ela engolir os livros pra prova de amanhã. CLEITON —— É, Mirela é meio cabecinha de vento, se der mole ela tira 1 e meio na prova. JOANA —— (ri) Ai, que exagero. LISA —— É, mas prometo que depois do tempo das provas eu trago Mirelinha pra vocês matarem a saudade! Feito? JOANA —— Feito! (T) Vamos à cozinha, você chegou em boa hora! Fiz um bolo de laranja com cobertura de chocolate. LISA —— (empolgada) Mentira?! Ah, adoro! CLEITON —— Bom... vou deixar as minhas damas conversarem e assistir minha novela em paz! LISA —— (descontraída) Hum, o papai assistindo novela? Ele odiava!
  13. 13. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 013 JOANA —— Ah, minha filha... depois de “Fina Estampa” seu pai se ascendeu pras novelas!TODOS RIAM. JOANA —— Vamos indo, vamos indo, Lisa pra cozinha. LISA —— Sim, sim.AOS BONS PAPOS, LISA E JOANA CAMINHAM EM DIREÇÃO À COZINHA.CLEITON SE SENTA COM O JORNAL. PEGA O CONTROLE E LIGA A TV.Corta para: CENA 11. HOTEL DE SÃO PAULO. SUÍTE ESTER E LEANDRO. TARDE.ESTER ESTÁ SÉRIA, LUNÁTICA, ENCOLHIDA E SENTADA NA CAMA.ESCUTA-SE BARULHO DE CHUVEIRO, É LEANDRO NO BANHO. TENSO.ESTER COMEÇA A SE LEMBRAR DE TUDO, TUDO QUE PASSOU ANTES DOCASAMENTO...---------------------ESTER LEMBRANDO------------------------- (CAP. 23) LEANDRO —— Ester, por favor, vamos dar andamento ao casamento! ESTER —— (esbraveja) Me solta! Quem diria, que cara de pau de vocês dois! Eu encontrar essa no meu casamento?! LISA —— (séria) Eu já disse que não sou “essa”! Sou Lisa!----------------------PRESENTE-------------------------------ESTER POSSESSA SOB A CAMA, COM MUITO ÓDIO: ESTER —— (chora de raiva) Esses dois me enganaram. Botaram chifre na minha cabeça e... e ainda têm a cara de pau de aparecer no meu casamento!ELA PEGA UMA ALMOFADA E JOGA COM TUDO NA PORTA DA SUÍTE,DIZENDO:
  14. 14. Perfeição/ Capítulo 024 PÁG.: 014 ESTER —— Eles me pagam!LEANDRO SAI DO BANHEIRO DE TOALHA. PARA, OLHA ESTER ALI. LEANDRO —— Ester... você tá chorando? ESTER —— (vira a face) Não. Só tô... pensando.LEANDRO FICA COM PENA. LEANDRO —— Eu peguei pesado com você, foi isso? Porque se for/ (corta-se) Eu te dou atenção e carinho!LEANDRO SE APROXIMA, E TENTA DAR UM BEIJO EM ESTER, QUE SELEVANTA DANDO UMA EMPURRADA NELE: LEANDRO —— O que foi? ESTER —— (chorando) Não toca em mim! LEANDRO —— (sério) Por quê? O que eu fiz? Tô suado? acabei de tomar banho! ESTER —— Não toca em mim, seu nojento!LEANDRO NÃO ENTENDE. ESTER FURIOSA. Closes em AMBOS.Corta para: FIM DO CAPÍTULO. Http://www.webnovelaperfeicao.blogspot.com.br

×