ERP – Enterprise Resource Planning

631 visualizações

Publicada em

Descrição do que é e como funciona os sistemas ERP.

Publicada em: Internet
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
631
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ERP – Enterprise Resource Planning

  1. 1. ERP – ENTERPRISE RESOURCE PLANNING
  2. 2. DEFINIÇÃO É UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO QUE INTEGRA TODOS OS DADOS E PROCESSOS DE UMA ORGANIZAÇÃO EM UM ÚNICO SISTEMA.
  3. 3. DEFINIÇÃO PERSPECTIVA FUNCIONAL PERSPECTIVA SISTÊMICA
  4. 4. DEFINIÇÃO APLICAÇÃO BANCO DE DADOS FRAMEWORK
  5. 5. DEFINIÇÃO
  6. 6. HISTÓRIA • 1950 – AUTOMATIZAÇÃO CARA, LENTA E.... PARA POUCOS; • 1970 – MRP(MANUFACTURING RESOURCE PLANNING), ANTECESSORES DOS ERP;
  7. 7. • 1980 – MRP II; HISTÓRIA MÓDULOS DO PACOTE DE GESTÃO; • 1990 – FILOSOFIA DE CONTROLE E GESTÃO DOS SETORES CORPORATIVOS; • 2000 – LUCROS COM O BUG DO MILÊNIO.
  8. 8. ERP - ENTERPRISE RESOURCE PLANNING • CONFIABILIDADE DOS DADOS; • DIMINUIÇÃO DO RETRABALHO; • TOMADA DE DECISÃO EM MUITO MENOS TEMPO; • CASE ILLINOIS.
  9. 9. ERP - ENTERPRISE RESOURCE PLANNING SISTEMAS DE ERP NÃO COMEÇAM A FUNCIONAR DA NOITE PARA O DIA. OS PROVEDORES DAS SOLUÇÕES PRECISAM DE TEMPO PARA ADAPTAR O SOFTWARE ÀS ATIVIDADES DA EMPRESA, SEM CONTAR QUE NECESSITAM CONSIDERAR A INFRAESTRUTURA, OS RECURSOS DE SEGURANÇA, TESTES, TREINAMENTO DE PESSOAL, INTEGRAÇÃO ENTRE OS DEPARTAMENTOS, MIGRAÇÃO A PARTIR DE SISTEMAS LEGADOS, ENTRE OUTROS.
  10. 10. ERP - ENTERPRISE RESOURCE PLANNING ALÉM DISSO, A IMPLEMENTAÇÃO GERALMENTE OCORRE POR ETAPAS, DE FORMA QUE DETERMINADOS MÓDULOS DO SISTEMA SEJAM INSTALADOS SOMENTE DEPOIS DE ESTE PROCESSO JÁ TER OCORRIDO COM OUTROS. PORTANTO, A IMPLEMENTAÇÃO DE UM ERP PODE CONSUMIR VÁRIOS MESES.
  11. 11. ERP - ENTERPRISE RESOURCE PLANNING AO CONTROLAR E ENTENDER MELHOR TODAS AS ETAPAS QUE LEVAM A UM PRODUTO FINAL, A COMPANHIA PODE CHEGAR AO PONTO DE PRODUZIR DE FORMA MAIS INTELIGENTE, RÁPIDA E MELHOR, O QUE, EM OUTRAS PALAVRAS, REDUZ O TEMPO QUE O PRODUTO FICA PARADO NO ESTOQUE.
  12. 12. ERP - ENTERPRISE RESOURCE PLANNING COM A CAPACIDADE DE INTEGRAÇÃO DOS MÓDULOS, É POSSÍVEL DIAGNOSTICAR AS ÁREAS MAIS E MENOS EFICIENTES E FOCAR EM PROCESSOS QUE POSSAM TER O DESEMPENHO MELHORADO COM A AJUDA DO CONJUNTO DE SISTEMAS.
  13. 13. ERP - ENTERPRISE RESOURCE PLANNING
  14. 14. VANTAGENS • ELIMINAR O USO DE INTERFACES MANUAIS; • OTIMIZAR O FLUXO DA INFORMAÇÃO E A QUALIDADE DENTRO DA ORGANIZAÇÃO; • OTIMIZAR O PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO; • ELIMINAR A REDUNDÂNCIA DE ATIVIDADES;
  15. 15. VANTAGENS • REDUZIR OS LIMITES DE TEMPO DE RESPOSTA AO MERCADO; • INCORPORAÇÃO DE MELHORES PRÁTICAS AOS PROCESSOS INTERNOS DA EMPRESA; • REDUZIR O TEMPO DOS PROCESSOS GERENCIAIS; • REDUÇÃO DE ESTOQUE.
  16. 16. PRINCIPAIS BENEFÍCIOS
  17. 17. DESVANTAGENS • A UTILIZAÇÃO DO ERP POR SI SÓ NÃO TORNA UMA EMPRESA INTEGRADA; • ALTOS CUSTOS QUE NEM SEMPRE COMPROVAM A RELAÇÃO CUSTO/BENEFÍCIO; • DEPENDÊNCIA DO FORNECEDOR DO PACOTE; • ADOÇÃO DE MELHORES PRÁTICAS AUMENTA O GRAU DE PADRONIZAÇÃO ENTRE AS EMPRESAS DE UM SEGMENTO; • AUMENTO DA CARGA DE TRABALHO DOS SERVIDORES DA EMPRESA E EXTREMA DEPENDÊNCIA DOS MESMOS.
  18. 18. FATORES DE SUCESSO • ENVOLVIMENTO DOS USUÁRIOS; • APOIO DA DIREÇÃO; • DEFINIÇÃO CLARA DE NECESSIDADES; • PLANEJAMENTO ADEQUADO; • EXPECTATIVAS REALISTAS; • MARCOS INTERMEDIÁRIOS;
  19. 19. FATORES DE SUCESSO • EQUIPE COMPETENTE; • COMPROMETIMENTO; • VISÃO E OBJETIVOS CLAROS; • EQUIPE DEDICADA; • INFRAESTRUTURA ADEQUADA; • CONSTANTE QUALIFICAÇÃO DA EQUIPE USUÁRIA.
  20. 20. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA TURBAN, Efraim. Tecnologia da Informação para Gestão: Em Busca de um Melhor Desempenho Estratégico e Operacional.

×