Revista Dança Gospel (julho e agosto 2011)

26.653 visualizações

Publicada em

Revista de dança gospel

1 comentário
9 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
26.653
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
341
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
254
Comentários
1
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revista Dança Gospel (julho e agosto 2011)

  1. 1. Expocristã essencial para crescer10º Seminário InternacionalA dança no Louvore na Adoração Companhia Tribo de Dança
  2. 2. Cia Tribo de Dança. Divulgação. Diretora Eleusa Lourenzoni Jornalista responsável Ivan Grandi Arte / Designer Lourruama Moraes editorial Administrativo Tânia Plassa ComercialQueremos enaltecer a Deus por nos con- Damaris Rafaelceder o primeiro número desta abençoada Atendimentorevista. Mariana Sanches CirculaçãoA sua Revista Dança Gospel chega de Nilson Saranz e Luiz Vittaforma expressiva, marcando presença no Contábilcenário gospel para quem está interes- Kanamaro & Lucassado em tudo o que acontece na dançacristã.Nas páginas da Revista todos são jurídico Maluf e Geraigire Advogados - Brasilmuito bem vindos, de qualquer lugar ou Shepard Mullin - EUAqualquer cultura, sem fazer alusão a Colaboradoresnenhum tipo de religião ou fé. Karina Bernassi, Priscilla Yokoi, Isabel Coimbra, Fabinho da Dança, Cristiane T. Menezes e Elias R. de Oliveira.A Dança Gospel é um seguimento que trazuma legião de dançarinos para louvar a Tiragem 10.000 exemplaresDeus e evangelizar através da dança e,através de suas páginas a Revista Dança ImpressãoGospel será o interlocutor potencializan- Prol Gráficado o evangélico através da dança cristã. Distribuição Lojas especializadas, escolas participantes, festivais e eventos de dança, assinantes e mailing.Nesta edição apresentamos reportagens,notícias e informações exclusivas, que A Revista Dança Gospel® é uma publicação da DB Editora. Não se responsabiliza por conceitosirão atrair sua atenção do começo ao fim, emitidos em artigos assinados ou por qualquer conteúdopois nossa missão é apresentar matérias publicitário e comercial, sendo este último de inteirade qualidade, com um conteúdo saudável responsabilidade dos anunciantes. Os colaboradores não recebem remuneração direta do guia.e útil. Créditos - Fotos: Arquivo DB Press, Internet RF.Desejamos uma boa leitura a todos Revista Dança Gospel 2011dançarinos e que Deus os abençoe. © 2011 Todos os direitos resevados EDITORA Dança Brasil® Rua João Pizarro Gabizo, 21 - Santana São Paulo - SP - CEP 02038-040Ivan Grandi TEL: (11) 2950.4082 www.DBeditora.com.br CNPJ: 03.010.729/0001-37
  3. 3. Dança Gospel Por Karina BernassiO GOSPEL Definição para Dança Gospel 1.Como dança de apresentação Tanto a música como a dança, são (onde se prega o evangelho ou se resultados de uma fusão de influências ensina a palavra) desencadeadas pelo protestantismo avivado, originado nos EUA na década A dança de apresentação, tem o de 50 inicio da de 60. Também conhe- objetivo de expor uma mensagem, cida como dança cristã, é praticada há uma idéia. Ela comunica e expressa muitos anos em apresentações, como valores do grupo. forma de evangelismo em praças, escolas e locais públicos, além de pro- 2.Como forma de culto (sendo mais gramações especiais em igrejas locais. conhecida como dança de adora- Já a dança como forma de culto, sendo ção). realizada no altar juntamente com uma equipe musical (cantores e músicos), A dança que é realizada no culto, passou por uma trajetória diferente, se assemelha à oração. O bailarino surgindo há cerca de 18 anos. voluntariamente se expressa diante de Deus em uma oração feita com Registros literários traçam a implan- movimentos. Não é se apresentar tação da dança nos cultos cristãos no para a igreja, mas levar a igreja Brasil, a partir da realização da primeira a dançar como forma de louvor festa dos tabernáculo, realizada pela e adoração. Existe também um Embaixada Cristã de Jerusalém em simbolismo nas roupas, objetos 1982. Essa foi a primeira festa dos e desenhos coreográficos. Toda a tabernáculos liderada por cristãos. performance do bailarino em um Nesta nova Festa dos Tabernáculos, ambiente de culto, vem carregada começaram a participar músicos, can- de um simbolismo que dá sentido à tores e bailarinos cristãos profissionais dança. de todo o mundo que ministravam com música e dança. Em 1994, bailarinos Fonte: PINHEIRO DIOGO, Adriana. Adoração Criativa. brasileiros que participaram destas Goias: Vinha Editora, 1999. festas, trouxeram para o Brasil a visão de como se poderia dançar no culto a Deus. Sua técnica tinha por base a Os Elementos dança clássica. As roupas usadas nas danças cristãs de adoração não precisam neces- A dança cristã ou gospel é direcionada sariamente ter um significado. Mas a Cristo, sendo em forma de expressão em determinados momentos, os de adoração, ensino, ou evangelismo. grupos utilizam cores e formas como Por isso, os valores bíblicos direcionam elementos simbólicos. Uma dança o figurino, os temas a serem coreogra- em roda pode significar unidade fados e até a forma de dançar, mas as entre as pessoas, ou mesmo pro- técnica seja qual for a modalidade, teção de Deus. Dançar vestido de continua a mesma. A dança cristã é vermelho pode significar que está realizada de duas coberto com o sangue de Cristo, IIII Dança Gospel I 4 IIII formas: ou seja, estar protegido contra todo
  4. 4. mal e ainda aliançado com Deus. A difundia pelo país sua visão e enten-cor amarela pode lembrar o ouro, que dimento espiritual/artístico sobre osignifica o caráter de Deus. A cor prata bailarino adorador, através de apostilasaponta para a redenção realizada por e seminários que corriam as igrejas deJesus Cristo na cruz do calvário. A cor todo o país e os principais eventos doverde pode significar o óleo da unção, exterior.como marca da presença de Deus emuma pessoa. *O Pr. Geraldo Dias (Cia de dança Profe-Alguns símbolos judaicos também tica) era bailarino clássico profissional, efazem parte do culto de algumas igrejas recebeu seu chamado profético na festaevangélicas, como por exemplo, o cristã dos tabernáculos em Jerusalém.candelabro (que no protestantismo Ele ministrou seminários com dançasrepresenta Jesus Cristo), como a luz do por todo o Brasil.mundo e, desta forma, são utilizadospor alguns grupos de dança. Todos estes Em São Paulo a igreja Renascer emelementos não se fecham necessari- Cristo chega a reunir no estádio do Pa-amente em um significado único, mas o caembu 4.000 dançarinos para partici-significado pode mudar de acordo com par da gravação do seu DVD, além, deo momento da dança. implantar grupos de dança como parte integrante de seus cultos, agregandoEvolução no Brasil milhares de pessoas, de varias faixasApós 1995 houve um despertar na etárias em território nacional.vida de muitos bailarinos profissionais(cristãos) dentro das igrejas. Em dife- A partir de 2000, surgem vários outrosrentes denominações do país e quase registros de nomes que começaram aao mesmo tempo, esses bailarinos se se destacar no trabalho de dança comoapropriam da dança experimental, adoração, influenciando grupos porutilizando-se de tecidos, fitas, entre todo o Brasil, destacamos: Gisela Matosoutros adereços, para enfatizar movi- (profetas da dança) em Belo Horizonte,mentos espontâneos como possibili- Gláucia Freire (Movimento Companhiadade de fluência na adoração a Deus. de dança) no Rio de Janeiro, ElianeComo precursores dessa nova forma de Moura (Cia. Josac) em Brasília, Alcinaadoração, citamos: Villar (Cia Mudança) no Rio de Janeiro, na capital paulista Vivian Lazzerini (Cia*Isabel Coimbra (Cia Mudança - apoia- Vivian Lazzerini), Carol Marrul (Tribo deda no ministério de Louvor “Diante do Dança), John e Carol Bassi (Cia Praise),Trono”) que de Minas Gerais alcançou Cia Tribus na Praia Grande-SP, Studio dogrande reconhecimento, frente às igre- Corpo no Rio Grande do Sul, Corpo ejas evangélicas de diferentes denomi- Luz na Paraíba, entre outros.nações, e fez com que aumentasse aaceitação da dança em denominações Fonte: PINHEIRO DIOGO, Adriana. Adoração Criativa.até então fechadas para esta linguagem Goias: Vinha Editora, 2007.artística. Entrevista extraída do site: www.ogalileo.com.br*A Pra. Adriana Pinheiro (Cia Rhema) já IIII Dança Gospel I 5 IIII
  5. 5. linha gospel capezioNOVIDADE É com grande alegria e satisfação, que compartilho mais um sonho conquistado da Capezio. Há 2 anos o Empresário Luiz Cavalcante sonhou com uma linha de dança que pudesse além de ser exclusiva, levasse também para todo o país sua gratidão para com Deus. Este foi um período de estudos nos quais pudemos desenvolver um logo adequado ao público e uma linha completamente moderna. Hoje vemos que é possível sonhar e conquistar o que desejamos, a mais nova Linha da Capezio é um sucesso graças a Deus e Sua sabedoria entregue ao Luiz. Desejo de coração que Jesus seja sempre o primeiro lugar de nossas vidas e agradeço a oportunidade dada pelo Ivan Grandi de fazer parte dessa NOVA REVISTA, que acredito eu que possa edificar muitas pessoas e levantar este público Gospel a Exaltar o nome do Senhor diante de toda Nação Brasileira. Com carinho Priscilla Yokoi TEMPO DE DANÇAR IIII Dança Gospel I 6 IIII
  6. 6. COMPANHIAentrevista TRIBO DE DANÇA www.tribodedanca.com .br Dança Gospel: Como foi o início linha principal de trabalho é a dança da Cia? contemporânea e o modern jazz, mas Tribo de Dança: A mais ou menos 12 estudamos também street dance, dança anos atrás, algumas pessoas que hoje de salão e ballet clássico. integram a Tribo, dançavam em um grupo da igreja. Essas pessoas sempre DG: Qual o contato da Cia com dançavam juntas e tinham um sonho outros estilos de dança? em comum, o sonho de montar uma TD: Como disse na pergunta anterior, Cia profissional de dança gospel. gostamos da diversidade de estilos. Acredito que quando eles se misturam criam um visual incrível. Normalmente nossas coreografias são compostas por mais que um estilo, mesmo que sutil- mente. Procuramos estudar também o Axé, apesar de ser considerado um estilo de dança não muito valorizado, estamos acompanhando uma banda de axé gospel, chamada Banda DOPA (www.bandadopa.com.br). Essa banda Divulgação. já é um sucesso no meio gospel, con- tagia a todos. E a dança não poderia ficar de fora de um ritmo tão animado quanto esse. Começamos então a montar coreogra- fias para dançar em festivais e mostras DG: De qual igreja vocês participam? de dança, a fim de tornar o nosso tra- Somos todos da Igreja Renascer em balho conhecido e adquirir experiência. Cristo. Mas estamos abertos em receber Nosso primeiro espetáculo foi em 2004, cristãos de outras denominações. chamava-se “Prepare-se para a Segunda Vinda” foi apresentado no Theatro São DG: Como é o dia-a-dia da Cia? Pedro, foi a primeira vez que chama- TD: Todos os integrantes da Tribo pos- mos o grupo de Tribo de Dança. suem trabalhos paralelos a compan- hia, temos farmacêuticos, advogados, DG: Qual a linha de trabalho de comerciantes, bancários, mas também vocês? temos alguns que trabalham integral- TD: Gostamos da diversidade e da mente com dança. Nossos encontros união que os vários estilos de dança po- são de duas a três vezes por semana, dem somar. A nossa onde fazemos aula de dança (Profes- IIII Dança Gospel I 8 IIII
  7. 7. sora Carol Marrul), ensaiamos muito e a cima de tudo compartilhamos da pa- “Quando Deus criou o mundo lavra de Deus, tendo um momento de estava inspirado, oração e comunhão uns com os outros. mas quando criou a dança DG: Sendo uma Cia de dança gospel, estava no ápice da sua o que inspira vocês a dançarem? inspiração. TD: Jesus vive em nossos corações, ele E é a dança que me inspira nos leva muito além dos movimen- tos, permitindo experiências que nos a louvar a Deus inspiram a criar e devolver a nossa todos os dias da minha vida!” arte-inspiração a ele que é o criador de todas as coisas. Acreditamos que estamos neste mundo por inspiração de DG: Qual a opinião da Cia sobre os Deus, é nele que nos inspiramos para festivais competitivos de dança? realizar todas as coisas! TD: Nós gostamos de festivais competi- tivos e participamos deles. O problema DG: Quais são as principais influên- é quando a competição supera a opor- cias do coreógrafo da Cia? tunidade, quando falo “oportunidade” TD: Sou uma pessoa que sempre me refiro as coisas que um evento buscou e continua buscando informa- como esse pode nos oferecer: troca ções e atualizações na dança. Minhas de experiências, crescimento, acesso a principais referências no meio da cultura, oportunidade de mostrar o seu dança brasileira são: Roseli Rodrigues trabalho a um público que entende de e Andreia Pivatto, a nível internacional dança e ainda por cima ser avaliado por busco referência no trabalho de Alvin bons profissionais. Aliás, acho que os ju- Ailey. Mas é claro que como coreógrafa rados poderiam dar um feedback maior busco a minha própria identidade e aos grupos, sei que normalmente são faço todos os integrantes se envolverem muitos grupos, mas todos pagam caro nas criações. para estar em um bom festival e mere-Divulgação. IIII Dança Gospel I 9 IIII
  8. 8. cem isso. Então, quando a competição DG: O que é a dança para você? em si se torna mais importante do que TD: Quando Deus criou o mundo estava toda a oportunidade, não é bom. inspirado, mas quando criou a dança estava no ápice da sua inspiração. E é aentrevista DG: Fale sobre as oportunidades de dança que me inspira a louvar a Deus Dança Gospel em Festivais. todos os dias da minha vida! TD: O que difere a dança gospel da dança secular é o que esta dentro de nós, é o sentimento. Nós dedicamos a nossa arte à Deus. A técnica que usamos é a mesma utilizada por qualquer outro grupo. Acho um erro festivais de dança inaugurarem modalidade de “dança gospel”. Os grupos de dança gospel, devem se encaixar nas modalidades que sempre existiram nos festivais: Jazz, Dança Contemporãnea, Danças Urba- nas, Ballet Clássico, Sapateado e etc. DG: Quais os locais em que a Cia de apresenta? TD: Festivais, Mostras de Dança, Igrejas, Shows diversos, Teatros, nas ruas (pra- ças, palcos externos), temos projetos de dançar em comunidades carentes, núcleos assistenciais e presídeos. DG: O que você destaca na carreira da Cia? TD: A principal pessoa a ser destacada é Jesus! Mas sobre as outras coisas, somos destacados pela diversidade, pela excelência técnica (que é difícil de ser encontrada no meio gospel), pela persistência aos nossos sonhos! Nós não temos limites, nós somos levados pelo vento do espírito de Deus, onde ele soprar, iremos. Queremos chegar a lugares altos! DG: Qual o maior sonho profissional? TD: Temos muitos sonhos, sonhos grandes e pretensiosos, mas prefiro não revelar agora, para não estragar a surpresa...rsrsrs. Mas posso revelar que temos projetos ainda esse ano de levar o nosso espetáculo a Divulgação. IIII Dança Gospel I 10 IIII crianças carentes!
  9. 9. Riverdance Cores na Dança Gospel V ocê(que em português seria uma aglu-tinação de “dança do rio”) é umespectáculo de sapateado irlandês, As cores representam um comple-reconhecido pelo rápido movi- mento na elaboração de figurinos,mento de pernas dos dançarinos iluminação e cenário. Todas ase aparente imobilidade da cintura cores atraem sentimentos e sen- sabia ?para cima. sações, transmitem mensagem aoA produção de Riverdance foi nosso cérebro, através de nossoelaborada para um intervalo de 7 olhos.minutos, no Festival da Eurovisãode 1994, por Bill Whelan, a 1 de As cores influenciam qualquerAbril de 1994. apresentação cênica ou espe-A Irlanda era a anfitriã, por vencer táculo, assim como a composiçãoa edição de 1993, tendo escolhido dos movimentos na coreográfica,a cultura celta como mote para esteespectáculo. a maquiagem na composição do personagem entre outros aspec- tos. A dança utiliza gestos e movi- mentos para ministrar o louvor e a adoração a Deus. Utilizando os Divulgação. gestos é ministrado: Clamor, Cura, Adoração, Libertação, Arrependi- mento entre outras.Uma das características do showoriginal eram os números de gos- Os movimentos tem seu signifi-pel, escritos — como todo o resto cado e a cor é a profecia lançada— por Whelan e interpretado pelo sobre a igreja. As profecias apre-Reverendo James Ginon, de Atlanta. sentadas pelo ministério de dançaEstes números iriam alegadamente são visuais, por isso, utilizandoexplorar a sensação de deslocados ainda as cores e cada cor tem umque os irlandeses e africanos teriamsentido após emigração para o significado profético.Novo Mundo. IIII Dança Gospel I 11 IIII
  10. 10. Ministério Artéria Por quê? O Senhor é digno de toda adora- ção. A adoração envolve cânticos,perfil instrumentos e também a dança. Em Lucas 7:32, Jesus fala de uma geração incrédula que não sabe adorá-lo: “E disse o Senhor: A quem, pois, compararei os ho- mens desta geração, e a quem são semelhantes? São semelhantes aos meninos que, assentados nas praças, clamam uns aos outros, e dizem: Tocamo-vos flauta, e não dançastes; cantamo-vos lamenta- ções, e não chorastes.” Quando? Onde? O Ministério foi criado em junho Além da Igreja Bola de Neve de São de 2002, mas só após um ano de Paulo, o Ministério de Dança está oração de fato começou. A primeira presente nas diversas Igrejas Bola de apresentação oficial foi em 2003. Neve espalhadas pelo Brasil. Como? Contato Para participar, além de saber dan- arteria@boladeneve.com çar, é necessário ter no mínimo um www.boladeneve.com/ministerios/ ano de conversão, ser batizado e arteria freqüentar uma célula, pois só entra com a indicação do líder de célula. Divulgação. IIII Dança Gospel I 12 IIII
  11. 11. A Dançanas igrejasA Dança, esteve durante longos anosfora do contexto das igrejas evan-gélicas e Cristã. Até então associara dança e a adoração a Deus só erarealizada, durante as citações de tex-tos sobre o tema. Nos últimos anosesta realidade mudou. Tanto a igrejacomo nós temos descoberto que estaforma de louvar e adorar a Deus estádisponível, com isso nos entregamosa Deus de corpo e alma.Grupos da dança são formados entreas igrejas evangélicas e cristã, utili-zando a mesma forma de dança queleva a congregação a se expressardiante de Deus das mais variadasformas, enfim, dançando. No culto adança como a musica tem se tornadoinstrumento importante para louvar eadorar a Deus, expressar os sentimen-tos, pensamentos e para representarcenas bíblicas. IIII Dança Gospel I 13 IIII Divulgação.
  12. 12. 10º Seminário Internacional A dança no LouvorAgende-se e na Adoração “Aguardo ansiosamente e espero que em nada serei envergonhado. Ao contrário, com toda a determinação de sempre, também agora Cristo será engrandecido em meu corpo (…).” Fl 1:20b Deus é maravilhoso e é muito bom poderosa no exercício do nosso ide ao constatar o Seu mover em todo o tempo proclamar as “Boas Novas” a todos os e em toda a terra! Hoje em lugares lugares e oportunidades por onde o remotos o clamor por Deus vem se ma- Senhor tem determinado. Nesse sentido, terializando na atitude responsiva do Pai é que organizamos seminários anuais e através da transformação de vidas e con- compartilhamos sobre o mover do Es- quista de vilarejos e cidades. Os verda- pírito Santo em nossas vidas e ministério. deiros convertidos a uma nova vida em Por isso, é com satisfação que informa- Jesus vêm buscando e se expressando mos a realização da décima versão do intensamente pela presença e o amor de Seminário Internacional “A Dança no Deus! Nesse processo é notório o cresci- Louvor e na Adoração”. mento da consciência e da liberdade de Gostaríamos de ressaltar que ao longo muitos cristãos em relação á apropriação dos seminários aprendemos que Deus do significado e da expressão das artes não está preocupado com metodologias, nas suas inúmeras possibilidades no estilos ou performances, mas com a louvor e na adoração ao Grande Rei! vida de seus filhos e filhas. Por isso, os Em meio a esse mover, nos deparamos seminários de dança têm sido verdadei- com muitos que como nós, vêm na ras “oficinas” da alma, onde o Senhor linguagem da dança uma expressão tem proporcionado a seus participantes possível no exercício de chamados min- ensino, cura, libertação, restauração, isteriais seja para o evangelismo, para a edificação e para alguns a salvação. ministração da Palavra de Deus, para a Neste ano o tema será “O Corpo de profecia ou para as inúmeras oportuni- Cristo”. Além dos momentos de louvor, dades do realizar a boa obra dentro e ministrações e atos proféticos em dança, fora da Igreja de Cristo. teremos também uma macro-oficina Ao longo dos últimos 12 anos temos dividida em duas partes para melhor vivido o mover de Deus em nossas vidas nos aprofundarmos no tema. Contamos de maneira surpreendente e a dança ainda com convidados especiais de tem sido ferramenta outros ministérios na intenção de com- IIII Dança Gospel I 14 IIII
  13. 13. partilhar contribuições que consideramos O que levarrelevantes para o enriquecimento do BIBLIAtema central. HIGIENE PESSOALCremos que Deus tem planos muito ROUPAS APROPRIADAS PARA OFI-específicos e nominais para nós este CINA DE DANÇAano e as expectativas pelo o que Deus ROUPAS DE ADORAÇÃO (OPCIONAL)fará nesses dias são imensas e, com ROUPAS PARA LAZER: MAIÔ OUcerteza, nossas vidas nunca mais serão as SHORTSmesmas! REPELENTE CONTRA INSETONão fique fora dessa! InscriçõesIsabel Coimbra Entre no site, preencha os seus dadosCoordenadora Geral na ficha de inscrição e clique emhttp://ciamudanca.wordpress.com/ AVANÇAR. Você será direcionado ao PAGSEGURO onde irá fazer um novoPreletores cadastro e receberá um e-mail de•ISABEL COIMBRA E CIA MUDANÇA confirmação de cadastro liberando o– IBL / MG pagamento PAGSEGURO. Você terá a opção de pagamento via cartão deLouvor crédito, cartão de débito ou boleto.•MUDANÇA CIA DE DANÇA E ARTES Na opção de pagamento via cartão deCENICAS – IBL / MG credito caso você opte por parcelar o•MINISTÉRIO FLUIR – IGREJA BA- valor do seminário será cobrado umaTISTA SOLIDÁRIA / MG taxa de administração pelo PAGSE- GURO.Participação Especial Logo após confirmação do pagamento•Vasti Gripp - IBL / MG você receberá um e-mail confirmando•Vera Lúcia Ferreira - IBL / MG sua inscrição. Junto com o e-mail será•Felipe Barros - IGREJA BATISTA enviada a ficha para check-in do HotelSOLIDÁRIA / MG Tauá. A ficha do check-in preenchida deverá ser entregue na recepção doData hotel para que as chaves do quarto26 a 28 de agosto de 2011 possam ser entregues a você agilizan- do o processo de entrada no hotel. PorLocal gentileza não esquecer de imprimirHotel Tauá - Roças Novas a km do e levar a ficha para check-in no Tauá.Centro de Belo Horizonte). É necessário apresentar no check-inEnd.: BR 381 Roças Novas/ Caeté – documentos originais : carteira deMG tel. 31-36517880 identidade, carteira de motorista ouwww.hoteltaua.com.br certidão de nascimento. Os quartos serão divididos por ordemInformações de inscrição e cada congressista seráwww.belcoimbra.com.br acomodado em quartos quádruplos.contatoseminariodedanca@gmail.com VALOR INSCRIÇAO R$460,00.Tel./fax: 031 34279594 www.belcoimbra.com.br/seminario/ IIII Dança Gospel I 15 IIII
  14. 14. IIII Dança Gospel I 16 IIII
  15. 15. IIII Dança Gospel I 17 IIII
  16. 16. Theatro Municipal SPPROGRAMAÇÃO de Julho brasileiro, em 10 movimentos FESTIVAL DE DANÇA coreografia RUI MOREIRA. BALLET STAGIUM 02 jul sáb20h – 03 jul dom17h GOLDEN STARS XXX ENDA Tangamente - coreografia de DÉCIO OT- 25 jul seg 21h – 26 jul ter 21h ERO. direção teatral MARIKA GIDALI. Realização: SINDDANÇA BALÉ DA CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO 07 jul qui 21h – 08 jul sex 21h BALÉ DA CIDADE DE SÃO PAULO 09 jul sáb 20h –10 jul dom 17h 19 ago sex 21h – 20 ago sáb 20h – 21 Nos Outros (estreia) ago dom 17h coreografia LARA PINHEIRO. Wii Previsto Divinéia - coreografia JORGE GARCIA. coreografia, música e vídeos ALEX Cidade Incerta - coreografia ANDRÉ MES- SOARES. QUITA. Coisas que Ajudam a Viver COMPANHIA TEATRODANÇA IVALDO coreografia SUZANA YAMAUSHI em par- BERTAZZO ceria com os intérpretes. música original 12 jul ter 21h – 13 jul qua 21h ED CÔRTES. Corpo Vivo - Carrossel das Espécies concepção, direção geral e coreografia BALLET KIROV IVALDO BERTAZZO. 23 ago ter 21h – 24 ago qua 21h – 25 ago qui 21h COMPAGNIE PHILIPPE GENTY 27 ago sáb 20h – 28 ago dom 17h 15 jul sex 21h – 16 jul sáb 20h O Lago dos Cisnes de PIOTR ILYITCH Voyageurs Immobiles (Viajantes Imóveis) TCHAIKOVSKY criação PHILIPPE GENTY coreografia MARIUS PETIPA e LEV direção PHILIPPE GENTY e MARY UN- IVANOV DERWOOD participação da ORQUESTRA SINFÔNICA MUNICIPAL SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA regência BORIS GRUSIN 20 jul qua 21h – 21 jul qui 21h Serenade - coreografia GEORGE BAL- BALLET KIROV ANCHINE. 26 ago sex 21h Gnawa - coreografia NACHO DUATO. Gala: Chopiniana Prélude à l’après-midi d´un Faune música de FREDERIC CHOPIN. coreografia coreografia MARIE CHOUINARD. MICHEL FOKINE Sechs Tänze Simple Things concepção, coreografia, cenografia e ballet em um ato com música de ARVO figurinos JIRÍ KYLIÁN PÄRT coreografia de EMIL FASKI CISNE NEGRO 23julsáb20h – 24juldom17h Divertissement Reflexo do Espelho música DANIEL AUBER coreografia PATRICK DELCROIX. coreografia V. GVOVSKY Abacadá Mais informações direção coreográfica DANY BITTEN- www.prefeitura.sp.gov.br COURT. improvisos coreográficos Bailari- Praça Ramos de Azevedo, s/nº nos da Cisne Negro Cia. de Dança. Telefone: 3397-0300 Calunga - Balé afro- Bilheteria: 3397-0327 IIII Dança Gospel I 18 IIII
  17. 17. Capezio Brasil é patrocinadora oficial da Arena da Dança na ExpoCristã Empresa de artigos e produtos voltada para a dança apóia o crescimento da dança entre o público cristão EVENTOA Capezio Brasil fechou contrato de em nosso país, dentro do seguimentopatrocínio com os produtores do pro- Gospel que está em franca expansão.jeto “Arena da Dança” que acontecerá “É muito gratificante ter uma em-durante a feira Expocristã 2011, no presa do porte da Capézio apoiandocentro de exposições Anhembi na a Arena da Dança e a cultura Gospelcidade de São Paulo. Mais de 160 mil como um todo. É um exemplo a serpessoas passam pela feira todo ano e seguido”, afirma Karina Bernassi,neste ano, poderão conferir 58 horas idealizadora do projeto.de espetáculos no interior do evento O projeto conta com a expertise dapatrocinados pela principal empresa agência UaiNot?, que, sob a atuaçãodo setor de dança no país. de Felipe Moraes na área de mar-Atuando há 35 anos no mercado keting da agência e Renato Freire,nacional, a Capezio está a frente de mentor de grandes projetos para ocriações e fabricações de roupas e ar- segmento, como a “Rua da Adora-tigos destinados a dança e ao fitness. ção”, é consultor da Expocristã aoAo longo desses anos, vem aprimo- longo dos últimos anos. Ambos vêemrando seus produtos e desenvolvendo na dança uma grande oportunidadenovas marcas e conceitos, propondo de evangelismo. “A Dança Gospelsempre inovações dentro do seu ramo está rompendo barreiras e atraindode atividade, o que a torna líder de público cada vez maior para suasvendas em todo o país. apresentações, faltava apenas, uma“A Capezio entende que é funda- plataforma diferenciada para mostrarmental preservar e apoiar as mani- o potencial artístico e evangelísticofestações culturais que surgem, e o que esse trabalho tem para oferecer”,gospel é uma parte importantíssima conclui Renato.dessa composição”, explica Sr. LuizCavalcante, diretor da Capezio. “Por Serviçoisso, neste ano, o foco da política de ARENA DA DANÇA – EXPOCRISTÃpatrocínio da empresa está diversi- Data: dias 20 a 25 de setembroficando seu apoio sociocultural, que Horário: das 12 às 22 horas dedesenvolvem projetos e beneficiam a segunda-feira a sexta-feira e dassociedade, além da arte”. 10h às 22 horas ao sábado e domingoO objetivo dos produtores é fazer da Valor: R$ 10,00estratégia de patrocínios uma plata- Local: Centro de Exposições Anhembiforma em que a sociedade seja ben- Mais informações acesse o site:eficiada por meio do apoio às mani- www.arenadadanca.com.brfestações espontâneas, que reflitamuma nova linguagem para a dança IIII Dança Gospel I 19 IIII
  18. 18. Será que a promessa vai acontecer?ARTIGO Por Fabinho da Dança A promessa que Deus tem para nós lhe impedia de ao menos tocar em muitas vezes pode parecer que nunca seus filhos ou esposa. Mesmo tendo vai acontecer: tanta fama ele não podia desfrutar * Pode acontecer com todos, menos dela, pois além de estar com feridas comigo expostas por toda a pele a doença * Já se passaram tanto tempo, não era de fácil transmissão. Com todas vai acontecer essas realidade lhe forçavam a estar * É fora da realidade não vai aconte- excluído. cer, é impossível Mas Naamã tinha uma promessa, a promessa de cura pra suas lepras. Pensamentos como estes muitas Agora Naamã podia sonhar e imagi- vezes passam pela nossa cabeça de nar em novamente acariciar seus tempos em tempos até que possa- filhos, beijar a sua esposa e retornar mos entender que o que determina as suas rotinas de chefe do exército. a concretização desta promessa só Naamã tinha uma promessa. depende de uma atitude, atitude essa que faz toda a diferença. O segredo No primeiro momento ele mesmo e a decisão sempre estiveram e foi buscar todas as orientações, pois sempre estarão contigo. O segredo é precisava cura. Só que ao se depa- a ATITUDE! rar com o que devia fazer, chega o momento da dúvida. É importante salientar que Aquele que prometeu Ele mesmo vai cum- Muitas vezes acontecem situações prir. Dificuldades e lutas vão apare- como essa, vamos atrás das orienta- cer, pois para receber algo de Deus ções daquilo que deve ser feito, mas precisa ter fé e perseverança. Assim ao se deparar com as orientações nos como Naamã que era um homem vem um momentos de dúvidas. As com status e bem visto por todos, orientações eram para mergulhar 7 chefe do exército da Síria e bem vezes no rio Jordão, eu não sei quais respeitado pelo rei, porém, ele sofria são as suas orientações. de lepra. A lepra não permitia que Naamã Não sei se é dar prioridade a princí- pudesse estar perto de seus queridos, pios já esquecidos ou se é dar um pois esta doença passo para frente. IIII Dança Gospel I 20 IIII
  19. 19. O que para nós parece fácil para mergulhar 7 vezes. Não questione seNaamã não era, mergulhar num rio você está fazendo tudo direitinho epara um chefe de exército como o ele ainda não aconteceu, as vezes vocêe para uma pessoa que tem aprova- pode estar no 6º mergulho não pare,ção de um rei, não era nada fácil se não desista. No tempo certo a suaexpor a ponto de estar se banhando promessa vai acontecer.num rio. Todos o conheciam e o quepoderiam pensar do chefe do exér- Concluo falando SIM, vai acontecer.cito se banhar num rio? Só basta uma atitude!!! Eu já tomeiPara você pode ser difícil tomar a minha e você já decidiu o que vaialgumas atitudes que trarão muita fazer, ficar parado em frente ao riodiferença em sua vida. O que vão em meio as suas dúvidas e incertezaspensar de mim? E meus amigos, ou vai correndo mergulhar?minha família...? “Durante muito tempo ouvia asPerguntas essas que nos fazem parar, promessas do Senhor para minhacomo fez Naamã. O que difere é o vida, e elas para mim eram inalcan-tempo. Naamã parou diante das ori- çável, difícil serem concretizadas. Noentações e logo foi mergulhar. Você tempo certo aconteceu, aquilo quetem o poder de fazer a promessa um dia eu ouvi hoje eu vivo. Dançaracontecer basta sua atitude. A cura em lugares que eu nunca imagineide Naamã estava em sua frente, era participar de uma Cia maravil-só mergulhar 7 vezes no rio Jordão. hosa e abençoada pelo Senhor é aHa quanto tempo a sua promessa minha realidade, aquilo que era umaestá a sua frente e nada acontece? promessa.”Este é o tempo que você deve selevantar e mergulhar. (Baseado em 2º Reis 5:1 -18)Naamã deixou toda dúvida eincerteza a cada mergulho. Mer-gulhar no rio Jordão não traz curapara qualquer um que lá mergul-hasse, mas trouxe a cura para aqueleque teve fé. Naamã acreditou queao mergulhar ele receberia a suapromessa. A fé e a atitude de Naamãlhe trouxeram a cura. A sua fé e a suaatitude trarão a sua promessa.O que é muito interessante é que Divsomente na 7ª vez ele foi curado, ulg açãsomente na 7ª vez. A orientação era o. IIII Dança Gospel I 21 IIII
  20. 20. DICAS DE LEITURA Livros Sobre Dança Cristã Profetas Sapatilhas - Gisela Matos (Lançamento!) Seguindo o grande sucesso do livro Profetas da Dança. Chega ao mercado da Dança o novo livro de Gisela Matos. Quando Deus me pediu as Sapatilhas, um livro surpreendente, que irá desafiar você a entregar seu chamado, sua vida por completo ao Senhor. Louvai a Deus com Danças Livro Profetas da Dança - Gisela Matos O que seria o Profeta da Dança? Qual sentido bíblico para tal nomenclatura? Venha através deste livro descobrir como Deus está redimindo a arte para manifestação da sua Glória. E quebrar os preconceitos e paradigmas que atrasam o desenvolvimento espiritual da igreja de Jesus Cristo.. Louvai a Deus com Danças - Isabel Coimbra Quando Deus Me Dança é uma das manifestações de louvor e adoração mais controversas. Pediu as Sapatilhas As pessoas, por vezes, sentem um estranhamento quando deparam com expressões corporais no seio da Igreja. Entretanto, desde o Antigo Testamento a dança estava presente, expressando gratidão, louvor, júbilo e adoração ao único que é digno de recebê-los, o Sen- hor Jesus, supremo Rei, nosso Salvador, nosso Deus. Este livro procura analisar a relação entre dança, cultura e fé cristã, tendo como alvo sensibilizar e ampliar o olhar do leitor em relação à adoração a Deus por intermédio da linguagem da dança. Este é um livro de cabeceira de Livro - Quando Deus me Pediu as todo adorador. IIII Dança Gospel I 22 IIII
  21. 21. Adorando aoSenhor com DançasAdorando ao Senhor com DançasRenee M. HandtkeÉ tempode DançarÉ tempo de Dançar - Viviane Lazzerini eMarta CedraO conteúdo desse livro irá abranger oseu conhecimento com um conteúdorico e prático para dançar melhor emlouvor e adoração ao Senhor Nele con-tém : A dança na Bíblia Algumas dicasde estudos A dança e a igreja Dançandopara Deus ABC do Ballet E muito mais... IIII Dança Gospel I 23 IIII
  22. 22. Dança BíbliaPONTO DE VISTA na Por Cristiane T. Menezes A Dança é Bíblica? Qual o Signifi- as mulheres saíram atrás dela. cado da dança na Bíblia? Vamos A verdadeira Adoração, contagia analisar neste texto onde e para quem está por perto. que a dança era usada nos tempos bíblicos Temos também a situação onde Davi louva ao Senhor com todas as Vemos a dança presente na Bíblia, suas forças. como sinal de gratidão a Deus, como no caso de Miriã, dançando II Samuel 6 com as mulheres de Israel em 14 E Davi dançava com todas as gratidão ao Senhor pelo livramento suas forças diante do Senhor; e que lhes foi dado. estava Davi cingido dum éfode de linho. Exodo 15 20 Então Miriã, a profetisa, irmã de 15 Assim Davi e toda a casa de Arão, tomou na mão um tamboril, Israel subiam, trazendo a arca do e todas as mulheres saíram atrás Senhor com júbilo e ao som de dela com tamboris, e com danças. trombetas. 21 E Miriã lhes respondia: Cantai 16 Quando entrava a arca do ao Senhor, porque gloriosamente Senhor na cidade de Davi, Mical, triunfou; lançou no mar o cavalo filha de Saul, estava olhando pela com o seu cavaleiro. janela; e, vendo ao rei Davi saltan- do e dançando diante do senhor, o Miriã estava tão alegre com Deus, desprezou no seu coração. pelo livramento que foi dado ao povo, que dançava alegremente e ela contagiou as outras mulheres Davi estava comemorando a volta com a sua gratidão a Deus. da Arca da Aliança (a presença de A nossa gratidão é contagiante. Se Deus) para a cidade de Davi. estivermos dançando a Deus em forma de Gratidão, vamos contagiar A Bíblia fala, que “dançava com quem está a nossa volta. todas a s suas forças”, ou seja, ele estava dando o seu melhor ao Sen- A Bíblia não fala que Miriã pegou hor, era um momento de adoração o tamboril e chamou as outras plena ao Pai. Vemos também, que o mulheres, pelo povo acompanhava Davi na adora- IIII Dança Gospel I 24 IIII contrário, diz que ção ao Senhor.
  23. 23. “...Davi e toda a casa de Israel quarto, na igreja, em um seminário,subiam, trazendo a arca do Senhor em um momento de devocional.com júbilo e ao som de trombetas” Se esta dança é para o Senhor, ePorém, vemos uma pessoa que, exclusivamente pra Ele, ele estácondenou Davi, pela sua atitude. recebendo nossa adoração.“...Mical, filha de Saul, estava olhando Cada pesoa, recebeu um talendopela janela; e, vendo ao rei Davi específico para que pudesse adorarsaltando e dançando diante do sen- ao Senhor. Uns cantam, outroshor, o desprezou no seu coração” evangelizam, outros pregam, outros fazem teatros. Então, porque não dançar?Vem então a pergunta, por que, Mi-cal condenou a atitude de Davi? As pessoas no mundo, dançam para o diabo, dançam para alimentar aSerá que realmente ele estava ultra- carne, por puro prazer.passando os limites, já que era umrei, deveria se portar como tal? Será que Deus merece menos que o Diabo?Mas, olhando por outro lado, porque Mical havia ficado em casa? Se as pessoas podem dançar paraPorque não se juntou ao povo para o diabo, porque nós, que servimosbuscar a Arca de Deus? aquele que é maior queo diabo, não podemos dançar para adorarEla estava de fora da festa de Ado- nosso Senhor?ração ao Senhor. Deus tem buscado filhos, apaixona-Quando alguém fica de fora, ou dos, desesperados, e que façam deseja, não acompanha a adoração, tudo para chamar sua atenção.esta pessoa pode ser usada peloinimigo, para atrapalhar quem está È por isso que hoje, em muitas igre-adorando. Com críticas e questiona- jas, noivas apaixonadas danças emmento sem fundamento. louvor e adoração ao Senhor Jesus.Dançar para Deus, é Forma de E tempo da igreja ultrapassar asGratidão, Adoração. Quando esta- barreiras da religiosidade e se expr-mos dançando, estamos dando ao essar em adoração apaixonada aoSenhor uma adoração com tudo Senhor...o que temos e com tudo o quesomos. www.vidanovamusic.com/artigos. asp?nart=148Não importa onde dançamos, no IIII Dança Gospel I 25 IIII
  24. 24. Expocristã é essencial para quem quer crescer Fórum discute o crescimento dos evangélicosevento Executivos defendem o uso das novas mas lembrou da falta de obreiros nas mídias e profissionalização do setor regiões Sul, Norte e no interior do frente ao crescimento dos evangélicos Nordeste. “È uma janela de oportuni- que, segundo a Sepal, representarão dade que eventualmente se fechará. 50% da população. Isto acontece a todos os movimentos de Uma infinidade de oportunidades em despertamento”, enfatizou. um Brasil que em menos de 10 anos Ele citou ainda que há no Brasil 220 terá 109 milhões de evangélicos, quase mil templos e pontos de pregação e 50% da população. Este é o cenário analisou que o grupo dos ‘sem igreja’ e que especialistas de mercado apon- ‘sem religião’ também estão crescendo. taram no Fórum ‘O Brasil de 2020 com “De dez brasileiros, um se considera mais de 100 milhões de evangélicos’, sem religião. No Rio de Janeiro 12% realizado no Hotel Holiday Inn em São dos cariocas já se consideram sem Paulo no dia 29. Promovido pela EBF Igreja. O grande problema é que a COMUNICAÇÕES o evento debateu em Igreja está fazendo papel de obstetra dois painéis ofertas e Demandas para oferecendo leite básico ao evangelho e Igreja e Consumidor Cristão. Mais uma não oferecendo algo sólido na dinâmica vez a EXPOCRISTÃ se posicionou como da fé”. o principal evento do setor evangélico Conversaram neste primeiro encontro para promoção, divulgação dos produ- o vice-prefeito da cidade de Betim tos e serviços voltados para os evan- (MG), Alex Amaral; Adilson Ferreira, gélicos. Uma oportunidade para quem da Junta de Missões Mundiais; e do quer acompanhar este crescimento de pastor Juanribe Pagliarin, levantaram 100 milhões em menos de 10 anos as oportunidades para a Igreja Brasile- apontado no Fórum Brasil 2020. ira. Alex Amaral citou os espaços dados Uma palavra foi comum nos dois aos evangélicos durante a EXPO BETIM painéis: o setor precisa de profission- CRISTÃ e de como o Poder Público e a alização e se relacionar melhor com Igreja podem caminhar juntos. as novas mídias. No primeiro painel O vice-prefeito citou os meios de conduzido pelo diretor de marketing da comunicação e os grandes eventos EBF COMUNICAÇÕES, Rogério Barrios, como a EXPO BETIM CRISTÃ, que tem foi apresentado números sobre esta amplo e total apoio da EBF COMUNI- expansão. CAÇÕES. “Uma rádio gospel está no Após abertura do presidente da EBF, segundo lugar em audiência em toda Eduardo Berzin Filho, o missionário e Minas Gerais, isto mostra o crescimento pesquisador da Sepal, Rubens Muzio do grupo e, além disto, a profission- apresentou dados sobre a evolução alização”. Juanribe Pagliarin, outro dos evangélicos no Brasil. Falou dentre convidado, que é diretor presidente da outros números que existem 1,132 Igreja Paz e Vida/ Rádio Vida de São mil municípios com menos de 5% de Paulo ratificou isto e salientou que os evangélicos e citou o super crescimento grandes anunciantes, como as Compan- nas Regiões Sudeste e hias de Refrigerantes, Lojas de Varejo, IIII Dança Gospel I 26 IIII Litoral do Nordeste, Sabão em Pó, ainda não descobriram
  25. 25. a fidelidade do segmento cristão. “O um exemplo que reforça o crescimentoevangélico consome muito, você não vê dos evangélicos e possibilita a interaçãoevangélico mal vestido, pelo contrário, dos mais diferentes eixos deste grupo: osão todos elegantes”. canal de distribuição, lojistas e livreirosAdilson Ferreira, da Junta de Missões e o público final.Mundial defendeu a transformação da O presidente da EBF COMUNICAÇÕES,sociedade e citou como exemplo a ação Eduardo Berzin Filho, ficou satisfeitodos batistas na Cracolândia. “Há uma com o resultado dos painéis. Ele adi-abertura maior para o povo evangé- anta que antes da EXPOCRISTÃ esperalico no mercado e na mídia em geral. fazer uma nova rodada de debatesHoje podemos ver diretores de novelas visando o aprimoramento do setor. “criando personagens crentes sem a Este encontro auxilia as entidades acaricatura de ser uma pessoa tapada e absorver este crescimento confirmadoignorante, até porque o evangélico lê da Sepal”, finalizou.muito e é um público informado. Masnão podemos esquecer que precisamosde pessoas capacitadas pra trabalhar no Expo Cristã 2011segmento evangélico e partir para algo O maior evento de produtos e serviçoscada vez mais profissional”. para cristãos da América LatinaNo segundo encontro medidado porRogério Barrios, foi conversado sobre as Quando?Ofertas e Demandas com este cresci- De 20 a 25 de setembro de 2011mento e reuniu o diretor artistico da Onde? ANHEMBI São Paulo, SPSony Music, Maurício Soares; diretor Avenida Olavo Fontoura, 1209executivo da CPAD, Ronaldo Rodrigues; Santana, São Paulo, 02012-021José Paulo Fernandes Júnior, diretor da Como Chegar?Universidade Presbiteriana Mackenzie; Localizado junto a duas das principaisAlessandro Tostes, diretor da gravadora vias expressas de São Paulo:Novo tempo. Marginal Tietê (acesso às estradas eNo debate assuntos pertinentes como O zonas leste/oeste) e Av. Santos DumontLivro Digital – a CPAD está preocupada (acesso ao centro e zona sul).e investirá neste segmento; A música DISTÂNCIA DE AEROPORTOSdigital e pirataria – como a Sony está Facilidade de acesso aos aeroportosinvestindo neste ramo; Alessandro de Guarulhos (internacional/nacional)Tostes – a frente missionária e compro- 13Km e Congonhas (nacional e pontemisso dos meios de comunicação. aérea RJ) 18Km.Maurício Soares da Sony Music exem-plificou que o mercado digital cresceu Terminal de ônibus Tietê Estação Metrô Tietê42% em 2010 para a Sony. “Isso nosmostra que precisamos nos adaptar à Linha de ônibus 278A (Ceasa - Penha)internet. Um exemplo da importância e pontos de táxi nesse Terminal.da web pode ser notado através doprêmio que o cantor Marcelo Aguiar PREÇOS DOS INGRESSOSganhou no mês de março onde ele alca- R$ 10,00nçou a marca de 150 mil downloads de Entrada Gratuita para pastores, lojistas, crianças até 12 anos e adultos acimasuas canções”. de 60 anos.Neste painel, executivos tambémconcordaram que a EXPOCRISTÃ, que www.expocrista.com.brneste ano acontece de 20 a 25 desetembro no Anhembi em São Paulo, é IIII Dança Gospel I 27 IIII
  26. 26. Igrejaponto de vista ii Dança na Por Elias R. de Oliveira A dança é um ministério de ado- aprovação do Senhor quanto à ração que o Senhor tem levantado existência de um ministério de em algumas igrejas, mas, como é dança, alguns pontos devem ser comum no meio evangélico virou observados pelos que serão ungidos. “moda” e praticamente todas as 1- Amor a Deus: igrejas dispõe de dançarinos de “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo plantão. o teu coração, de toda a tua alma e Eu não sou contrário à existência de todo o teu entendimento”. da dança; creio plenamente que Mt 22.37 o Espírito de Deus tem feito uso A nossa condição de servos desta forma de expressão corporal obriga-nos a sermos desprovidos para honrar e glorificar ao Todo de vontade própria e sujeitos ao Poderoso. E, quando esta adoração domínio integral do Senhor Deus. é externada com temor e amor, o Isto significa: Primeiro à vontade de nosso Espírito alegra-se profunda- Deus e em segundo plano e em con- mente ao contemplá-la. formidade com os princípios divinos, A infidelidade, incredulidade e a o nosso querer. conseqüente falta de santidade Esta condição é tão real, que o de muitos povos (igrejas), impos- próprio Jesus, quando homem, sibilitam o mover do Espírito Santo, submeteu-se por completo aos de- resultando em cultos desprovidos sígnios do Pai, a direção de Sua vida da verdadeira unção que alimenta não estava mais sob seu controle. a alma. Para saírem desta situação, Ele disse: “Pai, se queres, afasta lançam mão, copiando, toda sorte de mim este cálice de sofrimento! de movimento. Esquecem que é Porém que não seja feito o que eu o Espírito de Deus que derrama o quero, mas o que tu queres”. óleo e estas práticas desprovidas de (Lc 22.42) unção, são inconsistentes, sem valor Esta sujeição incondicional era fruto diante de Deus. do grande amor do Senhor Jesus, Amados líderes, é preciso ouvir a primeiro para com o Todo Poderoso voz do Espírito Santo, consultá-Lo e também pela humanidade que e conhecer a Sua vontade para a caminha a passos largos em direção igreja; não tome decisões segundo à perdição eterna. a sabedoria e ou entendimento 2- Temor a Deus: Coração sábio. humano. Afinal, a Igreja é do Senhor “Para ser sábio, é preciso primeiro Deus que enviou o Espírito Santo a temer a Deus, o SENHOR. Ele dá edificá-la. Se houver compreensão aos que obedecem aos IIII Dança Gospel I 28 IIII
  27. 27. seus mandamentos. Que o da vida ao viver definido por Deus.SENHOR seja louvado para sempre!” Você foi chamado pelo Espírito(Sl 111.10) Santo para integrar o ministério de dança? Louvor? Pregação da Pala-Temor a Deus significa que devemos vra? Líder na igreja? Oh graças! Éspossuir sentimento de reverencia bem-aventurado!e respeito, ao contrário do que O mandamento é: Seja Santo! Apensam alguns, ao associar temor santidade nos proporciona:a medo. É inconcebível que vidas -A oportunidade de comungarmosimpuras, desprovidas de santidade as mesmas idéias do Senhor.possam tomar lugar no desempenho -E intimidade profunda com Ele.da obra do Senhor. A falta do temor Quando isto é uma realidade, aabre brechas através das quais, nossa alegria é glorificá-Lo com oso maligno infiltra-se e as obras nossos atos.da carne ganham espaço. As pes- Os frutos da carne: “... a imorali-soas que deveriam ser adoradores dade sexual, a impureza, as açõestornam-se em “dançarinos”, ávidos indecentes, a adoração de ídolos, aspelos elogios, sentem prazer quando feitiçarias, as inimizades, as brigas,são glorificados por fazerem bem as as ciumeiras, os acessos de raiva,coreografias. a ambição egoísta, a desunião, as... Como é que vocês podem crer, se divisões, as invejas, as bebedeiras,aceitam ser elogiados pelos outros e as farras e outras coisas parecidasnão tentam conseguir os elogios que com essas”. (Gl 5.19-21) São inexis-somente o único Deus pode dar?... tente na vida que procura ser santaSe eu elogiasse a mim mesmo, os e pura.meus elogios não valeriam nada. Servo leia com atenção esta men-Quem me elogia é o meu Pai...” (Jo sagem, reflita sobre a tua situação5.41,44;8.54) com o Senhor, e jamais permita queMovido pelo amor e temor, Jesus sentimentos de orgulho, a soberba edespiu-se da glória celeste, colocan- a vaidade penetrem em teu coração,do-se apenas como instrumento nas roubando o lugar que é exclusiva-mãos de Deus, para ser útil ao mente do Senhor. Você é ungido aReino, Ele dispensou os elogios, adorar através da dança? Faça istoveja: “Eu não procuro ser elogiado com perfeição, com satisfação epelas pessoas” (Jo 5.41) com todas as tuas forças, para que3- Santos e Puros: o Senhor veja e aprove, recebendo“Paulo, servo de Jesus Cristo, chama- como aroma suave a tua adoração.do para ser apóstolo, separado para Não permita que a carne sobressaiao evangelho de Deus”. (Rm 1:1) e queira ouvir dos irmãos palavrasA exemplo de Paulo, somos chama- afáveis; não tome a glória do Senhordos para fazermos a obra do Senhor para si.Deus, em diversas áreas no Reino.Separados para a honra e glória do www.vivos.com.br/203.htmSenhor. Consciente desta condiçãoé preciso que haja uma adequação IIII Dança Gospel I 29 IIII
  28. 28. Deus é o artista supremoartigo A Cia Rhema trabalha não só a arte, mas principalmente o resgate do artista Por Karina Bernassi A Cia Rhema, nasceu em 1992, de 15 espetáculos montados, prêmios um trabalho evangelístico em uma conquistados nos mais importantes cruzada na cidade de Goiânia – festivais nacionais, livros e apostilas Goiás. A primeira apresentação foi espalhadas pelo país, e a venda de com um elenco de 11 pessoas, sendo milhares de exemplares do espe- que oito eram jogadores de vôlei táculo “Paredes” publicado em vídeo e apenas três tinham experiência e – DVD no ano de 2007. “Deus nos formação em dança. Em sua camin- deu talento para criar, interpretar, hada de 18 anos, o grupo cresceu dançar, cantar, e através da arte po- e se solidificou com apresentações demos promover a reconciliação do por todos os estados brasileiros e homem com Deus” afirma a Pastora percorrendo vários países da Europa, Adriana Pinheiro, fundadora da Cia. Ásia e Estados Unidos. São mais de A Pastora Adriana Pinheiro iniciou seus estudos em dança e teatro aos 11 anos de idade. Aos 19 anos passou em um teste para dançar em uma importante Cia no Rio de janeiro, quando teve sua trajetória interrompida por um acidente de carro, onde quebrou o fêmur e ficou por um longo tempo afastada dos palcos. De volta para Goiânia passou a integrar um grupo de teatro ligado ao governo do estado e a dar aulas de dança em academias locais. Um ano depois, veio a experiência que mudaria o rumo de todo seu trabalho IIII Dança Gospel I 30 IIII artístico. “Em uma reunião caseira A Dança Rhema. Divulgação.
  29. 29. decidi entregar minha vida para Jesus Gregório). Todos seguem a mesmaCristo e segui-lo sem restrições. Essa visão e propósito. ”Os valores bíbli-atitude deu um novo sentido para cos direcionam o figurino, os temasminha vida”, lembra a pastora. a serem coreografados e até a formaA companhia trabalha as modali- de dançar, mas a técnica continua adades: clássico, contemporâneo, jazz mesma. Em outras palavras o frascoe dança moderna. As aulas e ensaios é o mesmo, mas o perfume dependetem duração de 4 horas diárias, cinco da essência” garante a pastora Luci-vezes por semana, onde também é ana Pinheiro também diretora da Cia.separado um tempo para orações Uma vez por ano acontece o encon-e estudos bíblicos. Existe também tro nacional denominado “Festivala Casa de Cultura Cenarte Rhema, Rhema” que está em sua 12ª ediçãoonde os mesmos cursos são minis- e reuni cerca de mil alunos de todotrados para grupos da cidade além o país, os quais desfrutam de maisde um trabalho social denominado de 30 cursos. “Nesse ano direciona-Projeto Attitude, direcionado para mos o festival especificamente paracrianças de 6 a 12 anos que além líderes. Tivemos seis dias intensos de:de dançar recebem reforço escolar. fóruns, oficinas, palestras, dinâmicasA Casa de Cultura possui parceiros e apresentações de vários gruposem São Paulo (Cenarte Vida, Arte e de todo o país, além de compartil-Movimento – Direção: Vanessa Sena) har nossas experiências com Deuse Rio de Janeiro (Cenarte Dimen- por meio da dança“, diz a pastorasões – Direção: Igor Lopes e Alan Luciana. IIII Dança Gospel I 31 IIIIPra. Luciana Pinheiro no espetáculo “Paredes”. Divulgação.
  30. 30. Festival Louveira Longe de ser uma novidade no interior de Estado da Cultura, por meio do do Estado de São Paulo, o Festival Lou- ProAC (Programa de Ação Cultural) de veira – organizado pela Cia. Louveira 2010, e também com o patrocínio daFESTIVAL de Artes -, está em sua sexta edição Empresa Brasileira de Correios e e procura cada vez mais aproximar o Telégrafos – Correios. público das mais diversas manifestações Além das oficinas de arte que serão artísticas (dança, teatro, música, circo, gratuitas, o Festival Louveira conta com fotografia, cinema). as mostras de arte, que acontecerão O festival, que pela primeira vez será nos teatros das cidades participantes e descentralizado, funcionará em três com cursos (pagos) que serão ministra- cidades simultaneamente (Louveira, dos pelos profissionais da área nos Vinhedo e Jundiaí). O evento não ap- seis dias do evento. enas envolverá a população local, mas Para os interessados em participar também se utilizará dos belos teatros da mostra de artes, as inscrições e cenários das cidades que o hosped- começarão a partir do mês de março arão. O Teatro Polytheama, na cidade pelo site www.cialouveira.com. As de Jundiaí, que é um dos maiores inscrições para os cursos (pagos) e e mais belos do Estado de São Paulo, oficinas de arte (gratuitas) também será um dos palcos das mostras de arte. começarão no mesmo mês e deverão Uma das principais características do ser efetuadas pelo site. Festival Louveira é apresentar ramifica- O Festival Louveira ainda está em fase ções artísticas para a sociedade, que de captação e fechamento de novas de uma forma geral, não tem acesso a parcerias e apoios culturais. Os interes- esse tipo de cultura. É com esse obje- sados podem entrar em contato tam- tivo que acontecerão palestras gratuitas bém pelo site da Cia. Louveira de Artes. com profissionais da área, como por exemplo, a renomada bailarina Priscilla Data: 18 a 23 de julho Yokoi, reconhecida por vários Local: Louveira, Vinhedo e Jundiaí anos como a melhor bailarina clássica http://www.cialouveira.com/ do Brasil. O Festival Louveira é hoje um dos principais eventos artísticos do país, reunindo pessoas de diversos estados do Brasil (13 estados diferentes, em sua última edição) e também de todo o estado de São Paulo. Profissionais, amadores e admiradores das artes em geral participam desse evento não so- mente em busca de uma especialização ou oportunidade de participar das mostras de artes, mas promovendo a integração entre pessoas do meio artístico que encontram nisso uma oportunidade de se conhecer. O evento conta com o apoio do Governo do Estado, IIII Dança Gospel I 32 IIII através da Secretaria Ballet DAC - Jundiai. Divulgação.
  31. 31. VI Renascer Dance FestivalPropagar a dança cristã e reunir em um Dança Contemporâneaúnico evento os grupos de dança a fim Poderão ser inscritos também nestede interagirem entre si, com a unidade gênero trabalhos que sigam as linhasdo corpo de Cristo, promovendo o de Dança Moderna (Graham, Limón,conhecimento e o crescimento da dança Labam etc.) e/ou Dança Contemporâneacristã no Brasil que tem o principal (Dança-Teatro).objetivo de adorar o nome do Senhore com esse evento salvar vidas através Danças Urbanasdessa arte. Poderão ser inscritos neste gênero festival trabalhos que sigam a linha do hip-hop,Realização do Evento break, funk e Black.A mostra competitiva será realizada emdois dias, nos dias 15 de Julho, com Estilo Livreinicio as 20:00h (sexta-feira) e 16 de Poderão ser inscritos nestes gênerosJulho (sábado), com inicio as 14:00h, trabalhos que envolvam dois ou maisno Teatro Paulo Machado de Carvalho, técnica de dança.localizado na Alameda Conde de PortoAlegre, 840, Santa Maria - São Caetano Juradosdo Sul, São Paulo. Os trabalhos inscritos no Renascer Dance Festival serão analisados por uma bancaGêneros de jurados, composta por 4 integrantesBallet Clássico, Jazz, Dança Contem- de expressão na dança. Os componentesporânea, Estilo Livre e Danças Urbanas. do Júri não poderão ter qualquer com- prometimento familiar ou profissionalComo efetuar a inscrição com as igrejas ou grupos que participemPoderá se inscrever qualquer grupo de do evento.dança cristão, proveniente de igrejascristãs ou grupos independentes cristãos. Critérios para AvaliaçãoPara se inscrever é necessário preencher Qualidade artística e execução dasuma ficha de inscrição que estará técnica usadas;disponível no site: www.dancarenascer. •Adequação do tema e/ou interpretaçãocom.br e enviar para e-mail coordena- da proposta;cao.festival@gmail.com aos cuidados •Composição coreográfica;de Bianca Lopes de Paula. •Figurino e/ou proposta de visual aplicada;Gêneros e Subgêneros •Trilha sonora utilizada e musicalidadeBallet Clássico do grupo.Poderão ser inscritos neste gênero,trabalhos tendo base ballet clássico commúsicas de louvores cantadas ou instru- Mais informaçõesmentais, com sapatilhas meias pontas Data: 15 e 16 de julho de 2011ou pontas. Local: Theatro Paulo Machado de Car- valho - São Caetano do Sul - SPJazz www.dancarenascer.com.brPoderão ser inscritos neste gênero, todos dancarenascer12@gmail.comos trabalhos que sigam a linha de jazz eramificações como Jazz dance, ModernJazz, Jazz lírico e Jazz musical. IIII Dança Gospel I 33 IIII
  32. 32. Sistema nding de cro wdfuSaiba mais! Mas afinal, o que O crowdfunding que é crowdfunding? vai mudar o mundo De forma bem simples, é o termo O crowdfunding que vem revolucio- para usar quando a gente fala de nando o modo de viabilizar projetos. iniciativas de financiamento colabo- Nesse novo modelo, quem incentiva rativas. Traduzindo para o português faz porque gosta e se identifica com seria algo como “financiamento os projetos. Surge a oportunidade de pela multidão”. A ideia é que várias fazer parte de algo grande, mesmo pessoas contribuam, com pequenas contribuindo com pouco! E qualquer quantias, de maneira colaborativa, a um com uma idéia na cabeça pode viabilizar uma ideia, um negócio, um se utilizar do crowdfunding. Ele é projeto. uma maneira de levantar o dinheiro que você precisa, para realizar o que você sonha, através de pessoas que Como funciona o anseiam por te ajudar. crowdfunding? O proponente escolhe uma das plata- formas disponíveis na internet e in- screve seu projeto , diz quanto precisa e até quando quer arrecadar este di- nheiro. Aí você divulga o projeto e as pessoas podem optar por apoiar com qualquer valor a partir de R$ 10 e receber recompensas por isto! Se até o prazo escolhido você tiver atingido o valor que precisa, você recebe o dinheiro. Senão, todo mundo recebe o dinheiro de volta. Simples assim. Abaixo alguns Este sistema é recomendado para links de crowdfunding: projetos que não precisam de muito http://catarse.me/pt/guidelines dinheiro, e muitas vezes nem podem http://multidao.art.br/pt se beneficiar de leis de incentivo. http://www.incentivador.com.br/ http://www.kickstarter.com/ IIII Dança Gospel I 34 IIII
  33. 33. DANCE COM OS NOVOS PRODUTOS

×