Poemas silvia 240112

647 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
647
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
212
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poemas silvia 240112

  1. 1. Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...E ter paciência para que a vida faça o resto...William Shakespeare SILVIA 2
  2. 2. Aprendi com as Primaveras a me deixar cortar para poder voltarsempre inteira.Cecília Meireles SILVIA 3
  3. 3. Eterno é tudo aquilo que dura uma fração de segundos, mas com tamanhaintensidade que se petrifica e nenhuma força consegue destruir.Carlos Drummond de Andrade SILVIA 4
  4. 4. Não sei quem sou que alma tenho. Quando falo com sinceridade não seicom que sinceridade falo. Sou variamente outro do que um eu que não seise existe (se é esses outros)... Sinto crenças que não tenho. Enlevam-meânsias que repudio. A minha perpétua atenção sobre mim perpetuamenteme ponta traições de alma a um caráter que talvez eu não tenha, nem elajulga que eu tenho. Sinto-me múltiplo. Sou como um quarto com inúmerosespelhos fantásticos que torcem para reflexões falsas uma única anteriorrealidade que não está em nenhuma e está em todas. Como o panteísta sesente árvore (?) e até a flor, eu sinto-me vários seres. Sinto-me viver vidasalheias, em mim, incompletamente, como se o meu ser participasse detodos os homens, incompletamente de cada (?), por uma suma de não-eussintetizados num eu postiço."Fernando Pessoa 5
  5. 5. SILVIA 6

×