Exercicios antiguidadeclassica1[1]

3.842 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.842
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exercicios antiguidadeclassica1[1]

  1. 1. Lista de exercícios-PSS 1 mãos não de uma minoria mas de todo o povo.Disciplina: História Geral Quando se trata de resolver questões privadas, todosAntiguidade clássica: Grécia e Roma. são iguais perante a lei, quando se trata de colocarProf.Paulo André uma pessoa diante de outra em posição de responsabilidade pública, o que vale não é o fato de1) No mês de julho de 1996, foram realizados os Jogos pertencer a determinada classe, mas a competênciaOlímpicos em Atlanta, nos Estados Unidos. real que o homem possui.” (Extraído de: BRAICK,Sobre a origem desses jogos é correto afirmar: Patrícia Ramos e MOTA, Myriam Becho. História, das cavernas ao Terceiro Milênio. São01. os jogos olímpicos faziam parte de festejos sociais e Paulo: Moderna, s/d, p. 39)políticos de cidades da Grécia antiga.02. durante a realização dos jogos olímpicos se De acordo com a leitura, é correto afirmar que:estabelecia uma trégua entre as cidades em guerra.04. os jogos olímpicos eram desprestigiados pelas a) a democracia ateniense não era elitista e osautoridades político-militares da Grécia antiga. escravos, apesar da sua condição, tinham direitos08. os vencedores dos jogos eram festejados, premiados políticos.e tratados como heróis das suas cidades. b) os metecos e os escravos tinham direito ao voto.16. o termo Olimpíadas tem origem nos jogosquadrienais, realizados nas cidades gregas de Corinto e c) o governo de Péricles é considerado o ápice daDelfos. democracia ateniense, pois, nesse governo, ocorreu a consagração dosSoma ( ) princípios de isonomia, isegoria, isocracia e teocracia. d) a democracia, em Atenas, era representativa e, na2) Qual o papel social dos hilotas em Esparta ? nossa sociedade atual, é exercida através da ação direta.a) Cidadãos, com todas as funções políticas, dedicados e) os reis atenienses, a partir de meados do séculoprincipalmente às tarefas militares. VIII a.C., tiveram seu poder limitado pelab) Estrangeiros, geralmente comerciantes e artesãos, aristocracia eupátrida que passou a exercê-lo atravéssem participação política. do Arcontado.c) Servos, em geral trabalhadores braçais, sem direitospolíticos reconhecidos. 6) A vida religiosa na Grécia antiga era organizadad) Governantes de Esparta nos períodos de guerra e de acordo com vários rituais e doutrinas,lideres nas Assembléias Gerais dos cidadãos. dividindo-se em Religião Pública e Religiãoe) Responsáveis pelas tarefas religiosas e membros da Familiar. Considerando a importância daAssembléia de Anciãos. religião para a sociedade grega, é possível identificar como aspectos de sua função social:3) Na estratificação da sociedade ateniense, oseupátridas constituíam: I. Proporcionar a paz temporária e a união entre as cidades.a) a aristocracia, compondo a camada dirigentepossuidora das melhores terras. II. Permitir a participação das mulheres nab) o campesinato, com direito a uma parte das terras. vida democrática.c) a plebe, que não dispunha de nenhum direito político. III. Favorecer o desenvolvimento das artesd) o segmento servil, que exercia o trabalho doméstico. dramáticas.e) a população escrava, reduzida a completa sujeição IV. Defender a necessidade de se acreditar empolítica e econômica. um único Deus.4) A respeito da "Liga de Delos", que seria a base do Estão corretos apenasimperialismo ateniense, podemos dizer corrente:a) decorreu da aliança de cidades gregas e persas a) I, IIcontra, a expansão macedônica. b) I, II, IV.b) pretendia libertar algumas cidades gregas, lideradas c) I, III.pela cidade de Delos, da dominação espartana. d) I, II, IIIc) surgiu de um processo de sujeição ou de domínio e) II, , IV.exercido por Atenas sobre as demais cidades da Liga.d) definia-se, de início, como uma aliança militar, queprevia autonomia para seus participantes, reservando à 7) Leia, com atenção, o texto que se segue:Atenas o comando das operações. “– Guardas! Guardas! – grita Creonte, alucinado. –5) Leia o trecho do discurso de Péricles que governou Levem depressa, e para bem longe daqui, este homemAtenas de 461 a 429 a.C. desgraçado que, querendo sobrepor -se aos deuses,“Nossa constituição é chamada de democracia matou noiva, filho, esposa e mãe. Ai de mim, tudoporque o poder está nas desmorona a meu redor. Um deus, sim, um deus
  2. 2. desabou sobre mim com seu peso enorme e calcou aos casaram-se com mulheres persas. Ele mesmo desposoupés a minha sorte. a filha do rei Dario III, Estátira;– Não se devem ofender os deuses. Os golpes 2. Difusão da cultura grega: a língua grega foiimpiedosos assimilada por muitos povos. A escrita grega substituiuque eles infligem ensinam os homens arrogantes a a escrita cuneiforme e demótica. A indumentária gregachegar à velhice com sabedoria. Eis a primeira e o mobiliário foram adotados pelos vencidos, bemcondição da felicidade – conclui o corifeu, secundado como cerimônias, danças e canções;pelo coro dos velhos tebanos.” 3. Progresso econômico: com o desenvolvimento do(SÓFOCLES. Antígone. Tradução e adaptação de comércio e o renascimento da agricultura. O tráfico da seda e da porcelana intensificou-se. As cidadesCecília tornaram-se grandes centros mercantis. Os portosCasas. São Paulo: Scipione, 2004 , p. 38-39). foram restaurados. Estradas foram abertas. Levantaram-se fortalezas para proteger as caravanasA passagem acima é extraída da peça Antígone, do de mercadores;poeta e dramaturgo grego Sófocles (496-405 a.C.). Atragédia clássica caracteriza-se pelas tentativas Responda com apoio no seguinte código:humanas de fugir do destino determinado pelos a) desde que apenas l esteja corretadeuses. Na sociedade grega da Antigüidade, b) desde que apenas 2 esteja correta c) desde que apenas 3 esteja corretaa) os deuses eram divindades infalíveis e onipresentes d) desde que todas estejam corretase, por isso, detinham em suas mãos os destinos da e) desde que todas estejam erradasHumanidade.b) Zeus era equivalente ao Deus dos cristãos, tendo 10) Leia, abaixo, o trecho da Oração Fúnebre deapenas uma denominação distinta. Péricles.c) a religião estabelecia rígido controle moral, “Vivemos sob uma forma de governo que não seconsiderando como pecado o sexo e o consumo de baseia nas instituições de nossos vizinhos; aovinho. contrário, servimos de modelo a alguns ao invés ded) os deuses eram imagens projetadas dos próprios imitar outros. Seu nome, como tudo depende não dehomens, adquirindo, além da forma humana, suas poucos mas da maioria, é democracia. Nela [...] nãopaixões, defeitos e vícios. é o fato de pertencer a uma classe, mas o mérito,e) os deuses eram divindades abstratas, sem forma que dá acesso aos postos mais honrosos [...]”definida, possuindo apenas características morais e TUCÍDIDES. História da Guerra do Peloponeso,espirituais. Tradução de Mário da Gama Kury. 3 ed. Brasília:‘ Editora da UNB, 1987, p. 98.8) O filme Alexandre representou a vida do famoso Com base no texto e nos conhecimentos relativos àimperador da Macedônia que constituiu um grande democracia ateniense, identifique com V a(s)império, incluindo a Grécia, o Egito, a Síria, a Pérsia, afirmativa(s) verdadeira(s) e com F, a(s) falsa(s):indo até as fronteiras com a Índia. Alexandre foieducado pelo filósofo Aristóteles e o seu registro ( ) A democracia ateniense não permitia amemorável na História deve-se, além de seus feitos participação de todos os habitantes da cidade,militares, à difusão da cultura grega nas regiões do abrindo-a apenas aos cidadãos do sexoOriente por ele conquistadas. Esse processo histórico- masculino.cultural, conhecido como helenismo, caracterizou-se ( ) Os escravos eram considerados estrangeiros,pelo(a) permanecendo assim, mesmo após obtida a liberdade.a) formação de uma nova cultura, sem elementos ( ) As mulheres não tinham participação política,culturais gregos nem orientais. ficando limitadas às atividades domésticas, sobb) desaparecimento das culturas orientais diante da rígida vigilância de seus pais e maridos.cultura grega ou helênica. ( ) As bases da democracia foram lançadas porc) conflito cultural irreconciliável entre a cultura Drácon, dividindo os cidadãos em classes, degrega e as culturas orientais. acordo com suas rendas.d) desaparecimento da cultura grega diante das ( ) O regime democrático ateniense disseminou-seculturas orientais (persa e egípcia). por várias cidades gregas, a exemplo de Tebas ee) constituição de uma cultura diferenciada, com Corinto.elementos gregos e orientais. A seqüência correta é: a) VVVFF c) VFVFV e) FFVVV9) As conseqüências das conquistas de Alexandre, entre b) VVFFF d) FVVVFoutras, foram:1. Formação de grandes focos da cultura helenística: 11) Leia os textos que se seguem:Alexandre fomentou a fusão entre vencedores evencidos. Dez mil soldados gregos e macedônicos
  3. 3. I. “A constituição que nos rege nada tem a invejar aos d) Os textos I e II tratam de temas diferentes eoutros povos; serve a eles de modelo e não os imita. não se contradizem, pois Péricles discute asRecebe o nome de democracia, porque o seu intuito é o relações entre leis e cidadania (e os escravos nãointeresse do maior número e não de uma minoria. Nos eram considerados cidadãos), enquantonegócios privados, todos são iguais perante a lei; mas a Aristóteles justifica a existência da escravidão.consideração não se outorga senão àqueles que sedistinguem por algum talento. É o mérito pessoal,muito mais do que as distinções sociais, que franqueia e) O texto II desmente o texto I, pois não podeo caminho das honras. Nenhum cidadão capaz de haver democracia se observamos a existência deservir a pátria é impedido de fazê lo por indigências ou escravos em Atenas.por obscuridade de sua posição. Livres em nossa vidapública, não pesquisamos com curiosidade suspeita a 12) “Com a nova divisão da sociedade, qualquerconduta particular de nossos cidadãos... Somos cheios cidadão poderia participar das decisões do poder.de submissão às autoridades constituídas, assim às leis, Apenas os escravos e os metecos (estrangeiros) nãoprincipalmente as que têm por objeto a proteção dos participavam das decisões políticas, pois não tinhamfracos e as que, por não serem escritas, não deixam de direitos de cidadania”.atrair àqueles que as transgridem a censura geral..Ouso dizê lo, Atenas é a escola da Grécia.” ( Discurso Ao texto pode se associar:de Péricles- Fragmento). a) Drácon e a expansão colonial em direção aoII. “Alguns pretendem que o poder do senhor seja mediterrâneo ao mediterrâneo.contra a natureza, que se um é escravo, e o outro livre, b) Sólon e a militarização da política espartana.é porque a lei o quer que pela natureza não há c) Psístrato e a helenização da península balcânica.diferença entre eles e que a servidão é obra não da d) Péricles e a hegemonia cultural grega nojustiça, mas da violência. A família, para ser completa, peloponeso.deve compor se de escravos e de indivíduos livres. Com e) Clístenes e a democracia escravista ateniense.efeito, a propriedade é uma parte integrante da família,pois sem os objetos de necessidade é impossível viver e 13) Durante o período republicano, Roma passou porviver bem. Não se saberia pois conceber lar sem certos uma série de crises sociais que levaram àinstrumentos. Ora, entre os instrumentos, uns são desagregação daquele sistema político. Essas crisesinanimados, outros vivos... O escravo é uma pequena sociais tiveram como causa principal:propriedade que vive, um instrumento que é homem.Há homens assim feitos por natureza? Existem homens a) Entre os séculos I a.C. e I d.C., surgiram váriasinferiores, tanto quanto a alma é superior ao corpo, e o novas religiões que se recusavam a aceitar ahomem ao bruto; o emprego das forças corporais é o autoridade do Senado.melhor partido a esperar do seu ser; são os escravos b) Os políticos republicanos eram extremamentepor natureza.. útil ao próprio escravo, a escravidão é corruptos, controlando o Senado em função de seusjusta.” (Aristóteles; política – fragmento). próprios interesses, o que acabou por revoltar o povo romano.Com base nos textos I e II e nos seus c) O surgimento dos latifúndios baseados no trabalhoconhecimentos sobre a antiguidade grega e com escravo provocou uma grave crise agrária, na qualrelação a cidadania e escravidão, você pode um grande número de pequenos proprietáriosconcluir que: perdeu suas terras e deixou de apoiar a república. d) As constantes guerras civis entre os generaisa) os textos I e II se contradizem, pois Péricles cansaram o povo, que passou a exigir uma maior(texto I) afirma que “todos são iguais perante a autoridade por parte do Estado, personificada nolei”, enquanto Aristóteles (Texto II), ao discutir imperador.a existência do escravo, declara que “existem e) Após a conquista de territórios no Oriente, Romahomens inferiores”. passou a ser influenciada pelas concepções políticas dessa região que valorizavam o poder de reis “divinos”, levando ao surgimento dos imperadores.b) Os textos I e II se contradizem, pois Périclesafirma que as leis “tem por objeto a proteção dosfracos”, enquanto Aristóteles diz que “se um é 14) As recentes invasões dos Estados Unidos aosescravo, e o outro livre, é porque a lei o quer”. territórios do Afeganistão e do Iraque e a deposição dos respectivos governos nacionais têm suscitado comparações entre o antigo Império Romano e oc) Os textos I e II não podem ser confrontados, Império Americano de hoje. Por exemplo: a missão dopois Péricles viveu num período que antecede de Império Americano seria levar, para os bárbaros domuitos séculos o nascimento de Aristóteles. Sul, mesmo pela força militar, a democracia e o liberalismo, valores fundamentais do mundo ocidental civilizado, mascarando os objetivos de
  4. 4. conquista. Quanto aos romanos, estes passaram a 16) O Escravismo constituiu-se em uma das maisnomear povos nãoromanos de bárbaros e a si importantes instituições das chamadaspróprios como civilizados, baseando-se na designação sociedades clássicas – Grécia e Roma.criada por Políbio, historiador grego que viveu emRoma no século III. A missão dos romanos seria, Sobre o Escravismo Romano, é correto afirmar:então, civilizar os povos bárbaros, levando-lhes suasinstituições, formas de pensar o mundo e maneiras de a) Durante a fase final da República romana, oagir. número de escravos diminuiu sensivelmente, aumentando a importância dos camponeses eConsiderando a relação do Império Romano com artesãos livres.os povos sob o seu domínio, é correto afirmar: b) Devido à proliferação de movimentos abolicionistas cada vez mais organizados, aa) A dominação romana era baseada, única e escravidão em Roma foi abalada e,exclusivamente, na força, não sendo admitido posteriormente, acabou sendo extinta.nenhum tipo de autonomia para os povos dominados. c) Embora a maioria dos escravos fossemb) Os romanos rejeitavam a influência dos povos destinados aos serviços pesados, alguns delesdominados, não permitindo a expressão de elementos exerciam atividades especializadas, comoque não fossem os da cultura dos dominantes. médicos, dançarinos, músicos e professores.c) Os povos dominados permaneceram sempre d) Entre o crescimento do cristianismo e o fimdistantes da influência de Roma, não incorporando do escravismo em Roma, não há uma relaçãoas contribuições da sua cultura (especialmente a direta, pois a Igreja nascente ignorou oslíngua e os códigos de leis), após o fim da dominação. escravos.d) Roma exercia violenta dominação militar e e) Na fase de desagregação do Império, a maiseconômica, mas permitia relativa liberdade para os belicosa da história romana, o número depovos dominados, incorporando muitos dos seus escravos elevou-se consideravelmente,valores, como a filosofia e a religião. barateando o preço e popularizando o usoe) Os povos dominados pelos romanos dispunham da dessa mão-de-obra.mais ampla autonomia política, sendo governadospor instituições próprias e apenas sujeitos ao poder 17) Leia o texto abaixo:militar e econômico de Roma. Na República Romana, o Estado foi organizado por um conjunto de instituições: Senado,15) Leia o texto: magistraturas e Assembléias do povo ou Comícios. O Senado supervisionava as finanças"Os homens que combatem e morrem pela Itália têm públicas e a administração das províncias,o ar, a luz e mais nada (...). Lutam e perecem para conduzia a política externa, zelava pelassustentar a riqueza e o luxo de outro, mas embora tradições e a religião. Os Cônsules eram ossejam chamados senhores do mundo, não têm um principais magistrados, comandavam o Exército,único torrão de terra que seja seu." dirigiam o Estado, convocavam o Senado e presidiam os cultos públicos. Os Comícios eram(Tibério Graco - Perry Anderson, PASSAGEM DA organizados por: tribos (assembléia tributa, queANTIGÜIDADE AO FEUDALISMO, pág. 60) nomeava questões e edis); classes, de acordo com a fortuna (assembléia centuriata, que elegia osOs irmãos Tibério e Caio Graco, Tribunos da Plebe cônsules e votava as leis); clãs (assembléiaromana, pretendiam: curiata, que decidia sobre matérias religiosas).a) limitar a área de terras públicas (Ager Publicus) Com base no texto e nos conhecimentosocupadas por particulares e distribuir as mesmas aos históricos relativos à República Romana, écidadãos pobres. correto afirmar:b) limitar a área de latifúndios e distribuir as terraspúblicas aos Patrícios. a) A distribuição do poder entre as váriasc) limitar o direito de cidadania romana aos instituições republicanas objetivava impedir ahabitantes do Lácio, Etrúria e Sabínia. sua concentração em uma só pessoa.d) limitar a excessiva expansão territorial derivadade urna prolongada política de conquista e anexação b) A res publica (coisa pública), em seusde terras. primórdios, não discriminava os habitantese) limitar a expropriação dos latifúndios e estabelecer de Roma, todos, indistintamente, partícipespropriedades coletivas. do poder com os mesmos direitos. 7 c) O povo, o conjunto de cidadãos romanos sem direito político algum, era mero espectador das disputas entre os Cônsules e o Senado.
  5. 5. d) O poder dos Cônsules era limitado às questões V. A principal invasão ao Império Romano foi militares, sem influência alguma sobre os feita pelos anglo-saxões, que saquearam negócios públicos. Roma (410 d.C). Os anglo-saxões, que e) O Exército, na República Romana, não tinha construíram um reino independente no papel político ativo, exceto como defensor da norte da África, caracterizavam-se pela participação do povo, devido à origem presença de uma poderosa marinha de popular dos seus generais. guerra. 18) O mapa, a seguir, representa o Império 19) A ruralização econômica do Império Romano Romano na transição entre os séculos IV e V do Ocidente (do século III ao V d.C.) NÃO teve como d.C, portanto, já em sua fase de crise final. conseqüência: a) o rebaixamento de muitos homens livres à condição de colonos que se tornaram presos à terra. b) o surgimento do colonato, que se constituiu no arrendamento de terras aos camponeses. c) o latifúndio, principal unidade de produção, tornou- se quase auto-suficiente. d) o aumento do afluxo de escravos para Roma, que dinamizou a expansão da economia agrícola. e) o campo tornou-se mais seguro que as cidades, em decorrência das desordens político-sociais e da crise econômica. 20) A expansão de Roma durante a República, com o consequente domínio da bacia do Mediterrâneo, provocou sensíveis transformações sociais e econômicas, dentre as quais: a) marcado processo de industrialização, êxodo urbano,No período ao qual o mapa se refere, o Império endividamento do Estado. fragmentou-se em vários reinos, oriundos das b) fortalecimento da classe plebéia, expansão da invasões bárbaras. Sobre esse processo de crise e pequena propriedade, propagação do cristianismo. transição, identifique as afirmativas corretas: c) crescimento da economia agropastoril, intensificação I. A fase final do Império Romano foi marcada pela das exportações, aumento do trabalho livre. ruralização, que substituiu, gradualmente, o d) enriquecimento do Estado romano, aparecimento de escravismo pelo colonato. Neste sistema, os uma poderosa classe de comerciantes, aumento do camponeses que cultivavam terras de grandes número de escravos. proprietários recebiam proteção e parte dos e) diminuição da produção nos latifúndios, acentuado rendimentos. processo inflacionário, escassez de mão-de-obra II. Os “bárbaros” eram, em sua maioria, povos de escrava. línguas germânicas, que viviam nas fronteiras do Império. Muitas vezes, lutavam juntamente com 21) O Edito de Milão (313), no processo de os romanos como federados, condição essa que desenvolvimento histórico de Roma, reveste-se de os obrigava a cederem soldados em troca de grande significado, tendo em vista que terras. a) combateu a heresia ariana, acabando com a força III. A causa imediata das invasões germânicas foi a política dos bispados de Alexandria e Antioquia. pressão dos Hunos, um povo de cavaleiros e b) tornou o cristianismo a religião oficial de todo arqueiros que era aparentado aos mongóis. Os Império Romano, terminando com a concepção de rei- Hunos, que chegaram à Europa no século IV deus. d.C, foram derrotados por uma aliança romano- c) acabou inteiramente com os cultos pagãos que então germânica. dominavam a vida religiosa. d) deu prosseguimento à política de Diocleciano de IV. A maior parte dos povos germânicos que intenso combate à expansão do cristianismo. realizaram as invasões já não vivia em e) proclamou a liberdade do culto cristão passando sociedades “primitivas” no século V d.C. Constantino a ser o protetor da Igreja. Eles já possuíam diferenças socioeconômicas e uma elite aristocrática, que aderiu a uma 22) Identifique as afirmações corretas relativas à forma herética do cristianismo, o arianismo. sociedade e à política da Roma Antiga:
  6. 6. 01) A República Romana, instaurada após a deposição (16) A religião cristã, aceita sem dificuldades pelodo rei etrusco, foi inicialmente dominada pelos Império Romano, foi utilizada como instrumento depatrícios, possuidores de cidadania romana completa. poder e dominação daquele povo sobre os árabes, osCom o passar dos séculos, a plebe passou a participar judeus e os germanos.do poder.02) Entre as conquistas políticas da plebe inclui-se a Soma ( )aceitação pelos patrícios de que o resultado doplebiscito passasse a ter força de lei para todo o EstadoRomano.04) Na República Romana, os escravos eramnumericamente poucos e por isso não chegaram a fazerrevoltas nem representavam concorrência com a mão-de-obra livre.08) Sob Otávio Augusto foi instituído o regime doPrincipado, que corresponde à fase de implantação doImpério Romano, extinguindo-se o período daRepública.16) Pelo Edito de Caracala (212 d.C), o direito decidadania romana foi estendido a todos os habitanteslivres do Império.soma = ( )23) Sobre a cultura romana, assinale o que for correto:01) Uma das principais características da culturaromana é seu caráter eclético e cosmopolita, pois Romamanteve contatos com diferentes culturas ao longo doseu processo histórico.02) A aristocracia romana financiou artistas eintelectuais, sem direcionar seus trabalhos para aexaltação da figura dos imperadores e do orgulhoromano.04) Os romanos foram responsáveis pela preservação demuitas obras antigas, em especial gregas.08) Uma das especificidades da cultura romana é suaprodução no campo do Direito.16) Na sociedade romana, poetas e artistas plásticoseram igualmente considerados, apesar das diferençasentre suas atividades.Soma ( )24) Em relação ao legado cultural dos romanos àCivilização Ocidental, pode-se afirmar:(01) Esse legado foi transmitido à civilização moderna econtemporânea através dos povos "bárbaros", os quais,assimilados à cultura romana, lançaram as bases dasmodernas nações européias.(02) Conhecimentos científicos sobre matemática eciências naturais foram amplamente aprofundadospelos romanos, constituindo-se posteriormente na basepara os avanços realizados durante o Renascimento.(04) A estrutura administrativa dos romanos, no que serefere aos governos locais e ao papel dos edis, ofereceusubsídios para a moderna administração municipal.(08) O esforço dos romanos no sentido de sistematizarsuas leis, através do Corpus Juris Civilis, foi totalmenteperdido, após as alterações provocadas pelos povos"bárbaros", no Império.

×