Escutando para interagir

169 visualizações

Publicada em

Escutando para interagir

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escutando para interagir

  1. 1. Escutando para interagir Escutando para interagir
  2. 2. Objetivos: • Observar que existe uma possibilidade de através dos recursos tecnológicos um aluno com paralisia cerebral perceber comandos do seu dia -a -dia que possam vir a ajudá-lo em sua aprendizagem. Visto que o prognóstico do aluno era bastante limitado devido ao tamanho de sua lesão cerebral, porém sua parte social vem sendo trabalhada de forma plena e isto vem possibilitando interações que podem caminhar para a aprendizagem de códigos simples.
  3. 3. • Visto que o prognóstico do aluno era bastante limitado devido ao tamanho de sua lesão cerebral, porém sua parte social vem sendo trabalhada de forma plena e isto vem possibilitando interações que podem caminhar para a aprendizagem de códigos simples.
  4. 4. Etapas • Conforme foi percebido que a maneira do aluno se comunicar com o mundo é através do seu sorriso, gravamos comandos simples do seu dia-a-dia que ele pode reconhecer com um fone no ouvido e mostrar que reconhece tais comandos através do seu sorriso. Transformando esta gravação dos comandos do cotidiano dele e colocando num pen drive podemos utiliza - lá em diferentes recursos como o computador, o net book, na lousa digital na uma e etc.
  5. 5. • Transformando esta gravação dos comandos do cotidiano dele e colocando num pen drive podemos utiliza - lá em diferentes recursos como o computador, o net book, na lousa digital na uma e etc.
  6. 6. Impactos e benefícios • Espera-se que ao longo de um trabalho , o aluno possa reconhecer conceitos como : amarelo e vermelho , as partes do corpo: mãos e pés , lembrando que em se tratando de um aluno com paralisia cerebral tudo isso são possibilidades que uma escola conectada pode vir a oferecer.
  7. 7. Resultados alcançados • A percepção de que é possível sim através da tecnologia quem sabe vir a alfabetizar um aluno com paralisia cerebral partindo do simples para o complexo, através da percepção auditiva e visual, afinal existem outras formas de ser alfabetizado que não só através da escrita.
  8. 8. Concluindo • A convivência da turma com o amigo Rafael Vitorio , além de desenvolver a parte social dele também foi capaz de despertar em seu amigo inseparável Guilherme Kalec muito mais que as competências cognitivas elencadas , mas também a parte emocional , onde os dois tem quase que uma linguagem própria. É bonito de se ver e emociona a todos.

×