Quem Matar na Hora da Crise? Como resgatar a sua empresa e fazê-la crescer.

1.509 visualizações

Publicada em

Estamos na era da informação e da globalização, e, ao se reconhecer em crise, o empresário deve rever suas convicções, a fim de se beneficiar de ferramentas inerentes ao processo de gestão de crise, cada vez mais difundidas nas organizações, por meio das quais, frequentemente, não apenas se evita o fim, como também se obtém um novo e revigorado começo.
O autor não oferece fórmulas acabadas, pois cada realidade é única, cada empresa possui características só suas. Inexiste metodologia integralmente APLICÁVEL sobre determinada realidade, mas, sim, um know-how ADAPTÁVEL a situações concretas.
Este livro aborda a crise de gestão e a gestão da crise, e, no universo empresarial, o primeiro episódio é, quase sempre, um atalho para o segundo.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quem Matar na Hora da Crise? Como resgatar a sua empresa e fazê-la crescer.

  1. 1. QUEM MATAR NA HORA DA CRISE?Artur LopesComo resgatar a sua empresa e fazê-la crescer.
  2. 2. O Livro Ao se reconhecer em crise, o empresário deve rever suas convicções a fim de se beneficiar de ferramentas inerentes ao processo de gestão de crise, cada vez mais difundidas nas organizações. Com essas ferramentas, frequentemente, não apenas se evita o fim, como também se obtém um NOVO e REVIGORADO começo. Cada realidade é única. Cada empresa possui características só suas. Não há metodologia INTEGRALMENTE APLICÁVEL sobre determinada realidade, mas, sim, um know-how ADAPTÁVEL a situações concretas. O livro “Quem Matar na Hora da Crise?” aborda a crise de gestão e a gestão da crise, e, no universo empresarial, o primeiro episódio é, quase sempre, um atalho para o segundo.
  3. 3. O Autor Advogado, foi secretário executivo do CONAR – Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, dirigiu empresas no segmento alimentício de TI e capitaneou diversos projetos de reestruturação empresarial. Atua como gestor financeiro há mais de 17 anos e, atualmente, é sócio-fundador da consultoria Artur Lopes & Associados e membro da TMA Brasil, representante brasileira da Turnaround Management Association. Para mais informações, visite: www.arturlopes.com.br.
  4. 4. Em crise? Reconhece alguma das situações abaixo?  Realização de prejuízos ou lucros acentuadamente decrescentes  Acumulação de passivos tributários decorrentes de ausência de pagamento de impostos  Aumento do endividamento bancário ou desconto integral dos recebíveis  Atraso sistemático do pagamento a seus fornecedores  Atraso no pagamento a seus funcionários Sua empresa pode estar em crise!
  5. 5. DepoimentosVivemos uma era de constante renovação tecnológica, fruto da crescente globalização e de troca deinformações, o que impõe constantes desafios para a gestão de cada empresa; talvez um dosmaiores desafios seja saber como conduzir o seu negócio em um contexto de crise, já que esse fator éinevitável, reduzindo ou minimizando os seus impactos, de forma a preservar a sobrevivência daorganização.Artur Lopes, dessa feita, sugere ser "necessário que, num momento de crise, as nossas convicçõessejam sacrificadas permanentemente....num momento de crise devemos matar nossas paixões".Continua, afirmando que "administrar uma empresa é como conduzir um navio, em que o capitãoprecisa utilizar-se, além de sua experiência no mar, de instrumentos de precisão, como bússola, radare GPS para se localizar no imenso oceano. Qualquer imprecisão, mínima que seja, pode levar aembarcação a quilômetros da rota correta". Perfeita a analogia!Essa nova obra é interessante, bem escrita, e de fácil leitura, nos levando a refletir sobre temaque, frequentemente, surge no contexto econômico mundial. Luiz Couto Chefe da Assessoria Parlamentar do Banco Central do Brasil
  6. 6. DepoimentosEste livro traz ao empresário uma visão de conhecimento e utilização de ferramentas para detecção eprevenção para evitar o colapso de uma empresa , demonstrando de forma objetiva os pontos queprecisam ser revistos e modificados. Pude acompanhar por anos a trajetória do autor e é prazerosover exemplos neste livro onde foram praticados de forma efetiva tudo aqui descrito com resultadossatisfatórios , tanto na prevenção quanto na detecção.Da leitura que fiz , tem a obra tem um ponto que realmente se destaca de qualquer outra obra dogênero , que é a abordagem incisiva feita no aspecto psicológico e na linha de raciocínio dosadministradores/controladores das empresas , evidenciando todos os fatores que devempreliminarmente serem superados por esses dirigentes para que enxerguem e ajam de forma rápidae contundente para efetivar a recuperação da empresa , e não poucas vezes , a salvação iminentedestas empresas , abrindo mão de conceitos antigos e antiquados e experiências que deram certo nopassado mas na atualidade não dão mais.Essa obra traz isso muito claro e para empresários , que não rara as vezes , não tem ou não queremter os conhecimentos técnicos de análises e diagnósticos econômicos /financeiros , somente a leiturados 13 primeiros capítulos já é a aprendizagem de como tratar e agir em uma empresa em crise.Minhas saudações e votos de sucesso a essa obra que gostei muito de ler. Robinson C. C. Leite
  7. 7. DepoimentosTodo livro que trata de gestão administrativa, incluindo gestão de crise, invariavelmente acaba emfórmulas mágicas e pré-concebidas sobre como se desvencilhar dos mais complexos entreveros pelosquais passam as empresas.Este livro de Artur Lopes não tem esta pretensão. Com a propriedade de quem vivenciou na pele asmais sórdidas agruras de uma gestão empresarial, o autor consegue, de forma direta e numalinguagem simples, apontar direcionamentos para um caminho mais suave na reestruturação de umnegócio, seja ele uma pequena empresa familiar ou uma grande companhia de capital aberto.Ao explorar aspectos psicológicos e humanos de quem está à frente de uma organização, sem contara busca pela análise e entendimento do que realmente se passa dentro de uma empresa, Artur Lopescoloca esta obra definitivamente na linha de frente das grandes referências literárias sobre o assuntoGestão Empresarial. Mário Paqnozzi ]r. Empresário
  8. 8. DepoimentosEm linguagem simples e direta, Artur Lopes apresenta um guia prático para diagnosticar e superar ascrises no cotidiano das empresas. Trata-se de uma excelente contribuição ao entendimento dosprocessos de "gestão de crise" e de como agregar valor aos negócios. Guilherme Dias
  9. 9. Contato Artur Lopes & Associados: www.arturlopes.com.br www.facebook.com/arturlopeseassociados Livro: www.quemmatarnahoradacrise.com.br Autor: artur@arturlopes.com.br http://br.linkedin.com/in/arturlopes

×