Eduardo Sardinha nº17 9ºGAno Lectivo: 2010/2011Ciências NaturaisEscola Secundária de BocageProf. Gabriela Bruno
• Em 1882 Robert Koch isolou pela primeira vez o agente causador  da doença, o «Mycobacterium tuberculosis», também chamad...
• O diagnóstico é feito pela análise das manifestações clínicas do  paciente:   – perda de peso,   – suor nocturno,   – fe...
• Morrem mais pessoas de tuberculose, em todo o mundo, do que  de qualquer outra doença infecciosa durável.   – A tubercul...
•   http://www.jf-monteabraao.pt/UserFiles/-Image/tuberculose1.jpg- imagem    de capa.•   http://www.portaldasaude.pt/port...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tuberculose

5.002 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.002
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
86
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tuberculose

  1. 1. Eduardo Sardinha nº17 9ºGAno Lectivo: 2010/2011Ciências NaturaisEscola Secundária de BocageProf. Gabriela Bruno
  2. 2. • Em 1882 Robert Koch isolou pela primeira vez o agente causador da doença, o «Mycobacterium tuberculosis», também chamado bacilo da tuberculose ou bacilo de Koch.• Estima-se que uma pessoas infectada, se não tratada, pode contaminar outras 15 no espaço de um ano. De acordo com as estatísticas, destas quinze, apenas uma ou duas desenvolverão sintomas. Atenção: apenas os casos sintomáticos são capazes de transmitir a doença.• O quadro típico de tuberculose pulmonar é de febre com suores e calafrios nocturnos, dor no peito, tosse com expectoração, por vezes com raias de sangue, perda de apetite, prostração e emagrecimento, que chegam a 10 ou 15 kg em algumas semanas.
  3. 3. • O diagnóstico é feito pela análise das manifestações clínicas do paciente: – perda de peso, – suor nocturno, – febre ao final do dia, – perda de apetite, – fraqueza – tosse com expectoração de sangue – detecção de bacilos no escarro. O raio-X de pulmão e o teste subcutâneo de hipersensibilidade (PPD) também ajudam no diagnóstico.• Quando o tratamento é feito correctamente, 95% dos casos de tuberculose são curados. Os casos mais difíceis são aqueles em que os bacilos desenvolvem resistência aos medicamentos.
  4. 4. • Morrem mais pessoas de tuberculose, em todo o mundo, do que de qualquer outra doença infecciosa durável. – A tuberculose mata aproximadamente dois milhões de pessoas por ano, – 98 por cento das quais em países em desenvolvimento. – Um terço da população mundial encontra-se infectado.• Este facto levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar a tuberculose como uma emergência mundial.
  5. 5. • http://www.jf-monteabraao.pt/UserFiles/-Image/tuberculose1.jpg- imagem de capa.• http://www.portaldasaude.pt/portal/conteudos/enciclopedia+da+saude/doenca s/doencas+infecciosas/tuberculose.htm• http://www.medicoassistente.com/varios/tuberculose• http://.www.mdsaude.com/2009/04/sintomas-de-tuberculose.html• http://www.comciencia.br/reportagens/tuberc/tuberc5.htm• http://www.ruadireita.com/info/img/tuberculose.jpg

×