CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS<br />Técnico de Higiene e Segurança no trabalho nível IV<br />Fases de Projecto / ...
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Projecto de Sinalização
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projecto de Sinalização

3.905 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.905
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projecto de Sinalização

  1. 1. CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS<br />Técnico de Higiene e Segurança no trabalho nível IV<br />Fases de Projecto / Ergonomia<br />“Sinalização da escola”<br />Formador: Gabriela Bruno E.F.A.5 – 2010/ 2011<br />Formandos: João David Silva e Marcelo Diogo Branco 8 de Maio de 2011<br />____________________________________________________________________________________<br />Projecto de sinalização<br />Escola Secundária do Bocage<br />253936544018201482090445897042481544589701524067945<br />48063151587503720465215900-575310120650<br />“Sinalização não é só informação, é uma prevenção.”<br />-46101049403022250404368805044440351155425386535115533013654749801586865389255539115436880<br /> “Sinalização da Escola Secundária do Bocage”<br />Organigrama<br />I<br />Este projecto foi realizado no âmbito das disciplinas de Planificação de Projecto e Ergonomia. Consiste na actualização da sinalização da escola, respeitando as normas de ergonomia e a lei portuguesa. Foi planificado segundo uma metodologia projectual, respeitando todos os passos da mesma.<br />Metodologia Projectual - Sinalização<br />Fase A – Definição do problema;<br />Começamos por definir o problema, que foi “A escola está devidamente sinalizada?”. Sendo a resposta negativa, surgiram duas perguntas:<br /> “O que está sinalizado?” <br /> “O que deve estar sinalizado?”.<br /> Recolha de dados;<br />Obstrução aos meios de Combate a Incêndios16230603256280Falta Sinalização de Informação 372999010972808604251152525Falta de Sinalização de Emergência Falta de Sinalização de identificação das salas de Aulas-7912101145540Partindo destes princípios começamos por resolver a primeira questão “O que está sinalizado?”. Começamos por tirar fotografias à sinalização existente, ou seja, salas de aula teóricas e práticas, portas, escadas, “não fumar”, extintores e saídas de emergência como se poder ver nas fotografias em baixo.<br />Ao recolher e analisar estes dados surgiram duas questões:<br />“A sinalização existente cumpre com os princípios da lei e da Ergonomia?”<br />“Em caso emergência, a informação existente fornece informação acessível ao público-alvo?”<br />Chegando a este ponto tive-mos de reunir dados relativamente à altura, luminosidade, fotoflurescência, tamanho, a cor, material dos sinais em questão (anexo 1).<br />A informação recolhida foi seguinte:<br />Sinalização de identificação – Salas de aulas;<br />Sinalização de salvamento/emergência – Escadas e saídas de emergência;<br />Sinalização de proibição – Não fumar;<br />Sinalização de combate a incêndios – Extintores, Planta de evacuação;<br />A sinalização de informação existente tem uma altura diferente da que é recomendada pela postura ergonómica de uma placa de informação normal. Decidimos colocar a placa de sinalização no canto superior direito ligeiramente acima da porta. Por opção nossa muda-mos a cor da sinalização para preto pois é mais visível ao longe, mesmo que seja uma sinalização de informação não é informação de segurança.<br />18180051139190A sinalização de salvamento ou emergência colocada sem cumprimento dos requisitos legais, tanto a das escadas quer a de saída de emergência, que se encontram em locais inapropriados levando ao público-alvo a interpretar a informação de forma errada.<br />Quanto às escadas, será colocado uma placa a 1,70m de altura no início da subida/descida das mesmas e as que não poderão ser colocadas a esse altura devido à inexistência de parede serão colocadas a 0,50m no início das escadas com luz.<br />Nas saídas de emergência, teremos que retirar todas menos a que se encontra no piso zero no átrio entre o refeitório e o ginásio (pois é a única bem sinalizada), e as outras seriam substituídas por umas placas luminosas devidamente colocadas por cima do percurso de saída, centradas e visíveis a uma distância de até 70m.<br />A única placa de sinalização de proibição existente na escola é a de não fumar, que devia estar colocado em autocolante em todas as portas de entrada a uma altura de 1,70m, bem como deve existir uma placa ao lado da recepção à mesma altura, com a descrição a letras brancas “não fumar” em português, inglês e francês.<br />De igual modo na sinalização de combate a incêndio existe uma incompatibilidade legal de colocação da mesma, tanto os extintores, como os baldes S.I. e as mantas anti-fogo. O número insuficiente, a inexistência de material e a localização leva ao cancelamento do projecto de sinalização deste mesmo material.<br />No entanto será colocado um placar de instrução de manuseamento mesmo debaixo da localização da planta de direcção (anexo 1).<br />II<br />Fase B – Projecto;<br />Chegando à segunda questão, “Em caso emergência, a informação existente fornece informação acessível ao público-alvo?”, aqui tivemos de idealizar a sinalização base para uma melhor informação e uma melhor segurança seguindo princípios ergonómicos e a lei.<br />Nesta fase do projecto surgiram-nos ideias tais como: placas direccionais das salas e outros compartimentos e identificação de cada cubículo, avisos de poupança de luz e água, ergonomia em computadores e nas salas de aula teóricas e práticas, proibida a entrada a animais, utilização de extintores e manta contra-fogo, perigo dos quadros eléctricos e contadores, sinalização e instruções de manuseamento, danos/ lesões e armazenamento de produtos químicos, melhorar as saídas de emergência sinalizando-o no chão, colocar sirene, sinalizar os objectos e zonas proibidas a alunos, sinalizar as bocas de gás nas salas de física, piso molhado nos balneários e durante a limpeza do chão e proibido foguear.<br />Para avançar com este projecto retiramos ideias de outras escolas como Egas de Moniz e a Sebastião da Gama. Também retiramos certas dúvidas no aeroporto de Lisboa, pois aqui a sinalização está correcta de acordo com todos os requisitos legais e de qualidade.<br />Nas placas direccionais vão aplicar cores em cada área, para uma leitura facilitada, cada cor será a cor das letras das placas de apoio as direcções, ou seja, por exemplo se na planta a área da sala 73 estiver a azul as placas de direcção de apoio até à sala Fig.62396490-147320terão a letra da mesma cor para facilitar a o trajecto, as cores irão repetir-se mas não no mesmo piso. A localização da planta encontrar-se-á ao lado direito da secretária (fig. 6).<br /> <br />4037330145415Em cima da planta do lado direito estará placas com as salas que se encontram do lado esquerdo e do lado direito da secretaria com a mesma altura encontramos placas com as salas que se encontram do lado direito. Na secretaria mesmo debaixo do atendimento ira pôr-se uma placa a dizer secretaria e no resto das salas, placas de informação como explicamos atrás.<br />Fig.7Idealizamos um autocolante de poupança de luz ao longo da escola discreto mas atractivo a 1,70 de altura (fig.7)<br />3747135213995<br />Fig.8 Dependendo de cada sala de aula, junto da entrada debaixo de cada interruptor estará a definição de cada postura ergonómica. Como na sala de química e física trabalha-se em pé estará um exemplo da postura ergonómica a respeitar (fig.8). Na sala de desenho e prática normalmente está-se sentado, assim terá um exemplo da postura ergonómica do mesmo.<br />1955800661670A sinalização de proibida a entrada a animais encontram-se ao lado do autocolante proibido fumar nas portas de entrada da escola (fig.9).<br />Fig.9 5657851965325 Quanto aos quadros eléctricos e contadores. Em cada quadro eléctrico e na porta de cada contador tem de se por a uma altura de 1.70m um autocolante de perigo de electrocussão (fig.10).<br /> Fig.10 <br />Ao longo dos corredores estará no chão setas a verde que indicarão a saída de emergência mais próxima.<br />Sendo a sirene uma sinalização sonora, devia-se colocar uma sirene que ecoa-se em toda a escola como sinal de evacuação de emergência.<br />As zonas de acesso negado a alunos e de proibido mexer a pessoal não autorizado devia estar sinalizado com uma placa de proibição (fig.11).<br /> Fig.11 <br />Nas salas que tenham acesso a gás deve ser colocado em cada saída um sinal de aviso “saída de gás”.<br /> Fig.12<br />A sinalização de piso molhado devia de ser colocado em todos os balneários e um sinal portátil para os colaboradores de limpeza.<br /> Fig.13 <br />III<br />Fase C – Realização Do Projeto;<br />3749040896620Nesta fase apresentamos a planta (anexo 2), que indica a localização da sinalização de emergência e salvamento, que poderiam ser como mostram as seguintes Imagens.<br />-4686301774825<br /> <br />2364105282575A partir do site www.escolanevesjunior.pt encontramos a distância à qual a sinalização deve ser visível, tal como se segue na imagem seguinte.<br />O estilo de letra a ser usado é igual para toda a sinalização sendo a “Helvética” a fonte mais utilizada na sinalização, segui-mos o mesmo princípio.<br />Nesta parte do trabalho informaram-nos que a sinalização da Escola Sebastião da Gama tinha a as normas de segurança dentro da lei. Deslocamo-nos a escola e tira-mos fotografias tal como se encontra nas fotografias seguintes.<br />Retiramos exemplos de sinalização de emergência, de Informação e sinalização contra incêndios.<br />Sinalização de Combate a Incêndios (Extintor e Botoneira)30060903824605Sinalização de Combate a Incêndios (Extintor e Carretel) -5981703820160Sinalização de Emergência3168015290830Sinalização das Salas de Aula Normal-241935233680<br />Quantos às salas de Laboratórios, encontramos algumas imagens na internet através do pesquisador do Google, e enquadramos dentro de cada área:<br />2748915438150-156210219075<br />-10382252286000 <br />7581902505710<br />Conclusão: Este projecto foi bastante positivo por ter proporcionado um conhecimento mais rigoroso de como se realiza um projecto de acordo com a metodologia da área, aprofundando os conhecimentos na área da sinalização e da ergonomia. <br />Apesar das dificuldades encontradas, como as questões relacionadas com a lei e com o desenvolvimento do próprio projecto em si, foi um trabalho que nos deu bastante prazer de fazer devido ao nível de exigência, apesar de acharmos que se tivéssemos tido mais tempo, poderíamos ter feito um trabalho melhor.<br />

×