Informação, comunicação e marketing
como recurso virtual do Litoral Norte
Encontros do LITORAL: uma nova visão para o Lito...
sumário
• A Sociedade da Informação
• Novos Territórios
• Pessoas e conhecimento
• O digital e o território
• Comentários ...
Caracterizar o
momento actual
complexo
dinâmico
imprevisível
mas...
simples
constante
controlável
Globalização
Sociedade d...
território
Globalização
Sociedade da
Informação
Desenvolvimento
sustentável
Expande o território
Aumenta a fronteira
território
Globalização
Sociedade da
Informação
Desenvolvimento
sustentável
Comprime o território
Elimina a fronteira
território
Globalização
Sociedade da
Informação
Desenvolvimento
sustentável
Valoriza o território
Reforça a fronteira
Sociedade da Informação
Uma sociedade que
predominantemente utiliza o
recurso às tecnologias da
informação e comunicação
p...
Sociedade da Informação
Uso intensivo de tecnologias de
informação e comunicação
Uso crescente do digital
Organização em r...
Informação: requisitos
• A qualidade da informação: que seja precisa, completa,
concisa e oportuna, garantindo o seu máxim...
E-government
• áreas de intervenção: três grandes grupos:
– e-administração: melhoria dos processos
associados ao funciona...
E-participação
• e-participação pode ser incrementada
recorrendo a tecnologias de informação e
comunicação:
– aumento de i...
Fronteiras & e-government
fronteiras:
• mudam e são
dinâmicas
• diferentes
• dependentes
• O e–government
ajuda?
territóri...
Fronteiras & e-government
território
administrativa
social
económica
• mediação
electrónica e
proximidade
Fronteiras & e-government
território
administrativa
social
económica
• participação
e cidadania
Fronteiras & e-government
território
administrativa
social
económica
• interacção e
partilha
Fronteiras & e-government
• O e–government
ajuda?
• como uma das
componentes do
recentrar no
território...
território
admi...
Territórios Inteligentes
• Cidades digitais
– Conceito
– Regulação
– Dimensão cliente
• Reconceptualizar
– Territórios int...
A rede
• Promessas da sociedade da informação
– Partilha de informação
– Novas relações tempo-espaço concorrentes num
mesm...
O conhecimento
• Conhecimento
– Conhecimento “Coca-Cola”
– Conhecimento de origem local (cultura, ...)
• Singularidades
– ...
Território
• Marca
• Identidade
• Capacidade
• Reconhecimento
• Atracção
• Mobilização
• Oportunidade
• Qualidade de vida
Capital Social
Capital Humano
Proposta de valor
Balanço social
Territórios inteligentes
Aposta no cultural
Envolver as pes...
Comentários finais
• O paradoxo do digital
– Exige um território para gerar valor de forma
sustentável
• O paradoxo das re...
Comentários finais
• O paradoxo do digital
– Exige um território para gerar valor de forma
sustentável
• O paradoxo das re...
Nota Biográfica
Luis Borges Gouveia
homepage: http://homepage.ufp.pt/~lmbg
blogue: http://lmbg.blogspot.com
email: lmbg@uf...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Informação, comunicação e marketing como recurso virtual do Litoral Norte

745 visualizações

Publicada em

Informação, comunicação e marketing como recurso virtual do Litoral Norte
Encontros do LITORAL: uma nova visão para o Litoral Norte Viana do Castelo,
Luis Borges Gouveia
Auditório de Santiago da Barra
20 de Novembro de 2009

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
745
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
88
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Informação, comunicação e marketing como recurso virtual do Litoral Norte

  1. 1. Informação, comunicação e marketing como recurso virtual do Litoral Norte Encontros do LITORAL: uma nova visão para o Litoral Norte Viana do Castelo, Auditório de Santiago da Barra Luis Borges Gouveia lmbg.blogspot.com | lmbg@ufp.pt | @lbgouveia 20 de Novembro de 2009
  2. 2. sumário • A Sociedade da Informação • Novos Territórios • Pessoas e conhecimento • O digital e o território • Comentários finais Informação, comunicação e marketing como recurso vi(r)t(u)al No contexto actual, um dos activos da sociedade é o conhecimento útil e de proximidade. A capacidade de um território é colocada permanentemente à prova e à escala global, exigindo mobilização, envolvimento e motivação das pessoas que interagem no território.
  3. 3. Caracterizar o momento actual complexo dinâmico imprevisível mas... simples constante controlável Globalização Sociedade da Informação Desenvolvimento sustentável
  4. 4. território Globalização Sociedade da Informação Desenvolvimento sustentável Expande o território Aumenta a fronteira
  5. 5. território Globalização Sociedade da Informação Desenvolvimento sustentável Comprime o território Elimina a fronteira
  6. 6. território Globalização Sociedade da Informação Desenvolvimento sustentável Valoriza o território Reforça a fronteira
  7. 7. Sociedade da Informação Uma sociedade que predominantemente utiliza o recurso às tecnologias da informação e comunicação para a troca de informação em formato digital e que suporta a interacção entre indivíduos com recurso a práticas e métodos em construção permanente (Gouveia e Gaio, 2004)
  8. 8. Sociedade da Informação Uso intensivo de tecnologias de informação e comunicação Uso crescente do digital Organização em rede
  9. 9. Informação: requisitos • A qualidade da informação: que seja precisa, completa, concisa e oportuna, garantindo o seu máximo proveito; • O acesso à informação: garante da igualdade de acesso e da preservação e controlo na sua obtenção; • O entendimento da informação: saber como lidar, compreender e potenciar a sua utilização. Desenvolver as competências para a seleccionar, descartar e prioritizar; • A partilha da informação: assegurar a partilha e obtenção de informação de forma colectiva de modo aberto e normalizado; • Lidar com o excesso de informação: assegurar que a capacidade cognitiva dos indivíduos seja respeitada. Melhora a produtividade e saúde individual.
  10. 10. E-government • áreas de intervenção: três grandes grupos: – e-administração: melhoria dos processos associados ao funcionamento do poder político e da Administração Pública; – e-cidadãos e e-serviços: interligação entre cidadãos e empresas, por oferta de valor e serviços; – e-sociedade: desenvolvimento e construção de interacções externas ao poder político e Administração Pública. Associados à participação pública e cidadania.
  11. 11. E-participação • e-participação pode ser incrementada recorrendo a tecnologias de informação e comunicação: – aumento de informação útil para o processo de consulta e para a tomada de decisão; – melhoria da capacidade individual de consulta e acesso à informação; – influencia a tomada de decisão por facilitar a participação dos cidadãos nas interacções C2G e G2C – potencial de participação pública e reinvenção da recolha de opinião e vontade popular, em tempo e em assunto.
  12. 12. Fronteiras & e-government fronteiras: • mudam e são dinâmicas • diferentes • dependentes • O e–government ajuda? território administrativa social económica
  13. 13. Fronteiras & e-government território administrativa social económica • mediação electrónica e proximidade
  14. 14. Fronteiras & e-government território administrativa social económica • participação e cidadania
  15. 15. Fronteiras & e-government território administrativa social económica • interacção e partilha
  16. 16. Fronteiras & e-government • O e–government ajuda? • como uma das componentes do recentrar no território... território administrativa social económica
  17. 17. Territórios Inteligentes • Cidades digitais – Conceito – Regulação – Dimensão cliente • Reconceptualizar – Territórios inteligentes – Cidades criativas – A vez da aplicação realista?
  18. 18. A rede • Promessas da sociedade da informação – Partilha de informação – Novas relações tempo-espaço concorrentes num mesmo local • Fenómenos de transferência – Altera as relações de poder – Redistribui e redefine custos de deslocação entre nodos • Efeito de propagação – Altera a propagação e influência – Esferas de influência mais dinâmicas, com modelos mais complexos
  19. 19. O conhecimento • Conhecimento – Conhecimento “Coca-Cola” – Conhecimento de origem local (cultura, ...) • Singularidades – O desafio de normalizar singularidades – Singularidades não podem significar não conformidades • Quem detém – Quem guarda, preserva – Quem regula, organiza – Quem representa – Problema resolvido há muitos anos pelas regiões demarcadas no analógico...
  20. 20. Território • Marca • Identidade • Capacidade • Reconhecimento • Atracção • Mobilização • Oportunidade • Qualidade de vida
  21. 21. Capital Social Capital Humano Proposta de valor Balanço social Territórios inteligentes Aposta no cultural Envolver as pessoas Inovação e desenvolvimento Qualificação Competências
  22. 22. Comentários finais • O paradoxo do digital – Exige um território para gerar valor de forma sustentável • O paradoxo das redes – Fenómenos de transferência de rede fortalecem os nós abertos e de menor custo de relacionamento • Conhecimento e pessoas primeiro – Capacitar o território é ter pessoas envolvidas, motivadas e competentes
  23. 23. Comentários finais • O paradoxo do digital – Exige um território para gerar valor de forma sustentável • O paradoxo das redes – Fenómenos de transferência de rede fortalecem os nós abertos e de menor custo de relacionamento • Conhecimento e pessoas primeiro – Capacitar o território é ter pessoas envolvidas, motivadas e competentes MARCA TERRITORIAL PRECISA-SE
  24. 24. Nota Biográfica Luis Borges Gouveia homepage: http://homepage.ufp.pt/~lmbg blogue: http://lmbg.blogspot.com email: lmbg@ufp.pt Professor Universitário e Investigador na área dos Sistemas e Tecnologias de Informação, possui o Doutoramento em Ciências da Computação pela Universidade de Lancaster (UK), o Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e a Licenciatura em Matemáticas Aplicadas/ Informática pela Universidade Portucalense (UPT). Participou com responsabilidades de direcção em inúmeros projectos associados com os Sistemas e Tecnologias de Informação, sendo de destacar o Gaio Global, iniciativa de cidade digital de Vila Nova de Gaia (2001-2004): e a UFP-UV, iniciativa de e-learning da Universidade Fernando Pessoa (2005-2008). É actualmente Professor Associado na Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Fernando Pessoa, onde se encontra desde 1995. Editou três volumes de textos, dois sobre a Sociedade da Informação e um sobre Cidades Digitais. É ainda Autor ou co-autor de 6 obras associadas com as suas áreas de interesse. É autor ou co-autor de cerca de duas centenas de trabalhos científicos em revistas, conferências e seminários nacionais e internacionais.

×