O Nome

205 visualizações

Publicada em

Estudo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
205
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Nome

  1. 1. O nome Dito e Feito, 5.º ano Porto Editora
  2. 2. O nome Nome Palavra através da qual designamos seres, objetos e outras entidades. É o núcleo do grupo nominal. A Ana leu o texto da sua composição à turma. Nome próprio Nomes comuns Nome comum coletivo Porto Editora
  3. 3. Subclasses do nome Nome próprio – identifica e individualiza um determinado ser, pessoa, entidade, época ou região. Escreve-se com letra maiúscula. Nuno Aveiro Lua Guadiana Terra O nome Porto Editora
  4. 4. Nome comum – aplica-se a todos os seres ou entidades de uma classe ou espécie. rio árvore peixe céu nuvem cidade Nome comum coletivo – apesar de se apresentar no singular, designa um conjunto de objetos ou entidades do mesmo tipo. arquipélago (ilhas) elenco (atores) magote (pessoas) ramalhete (flores) O nome Porto Editora
  5. 5. Flexão dos nomes A classe do nome é uma classe variável, isto é, apresenta diferentes formas. Flexiona-se em número, género e grau. Nomes biformes – apresentam duas formas, uma para o singular e outra para o plural. Número Formação do plural Exemplos -s / -es gato – gatos; boi – bois; país – países; ananás – ananases -s / -ães / -ões cidadão – cidadãos; capitão – capitães; anão – anões -ais / -éis / -óis animal – animais; papel – papéis; lençol – lençóis -is / -eis barril – barris; réptil – répteis O nome Porto Editora
  6. 6. Nomes uniformes – têm uma única forma para o singular e para o plural. o atlas – os atlas o pires – os pires o oásis – os oásis Há ainda alguns nomes que se usam sobretudo no singular (ferro, fé, esperança) ou no plural (núpcias, olheiras, calças…). O nome Porto Editora
  7. 7. Nomes biformes – apresentam uma forma para o masculino e outra para o feminino. Género Regra geral: Os nomes terminados em [o] formam, normalmente, o feminino substituindo o [o] por [a]. lobo – loba menino – menina pato – pata O nome Porto Editora
  8. 8. Outros casos: Nomes terminados em consoante Acrescenta-se um [a]. camponês – camponesa; leitor – leitora Alguns nomes terminados em -tor e -dor não seguem esta regra. imperador – imperatriz; ator – atriz Nomes terminados em [-ão] Mudam a terminação para -ã, -oa, -ona ou -ana. anão – anã; leitão – leitoa; espertalhão – espertalhona; sultão – sultana Alguns destes nomes não seguem a regra. perdigão – perdiz; barão – baronesa; cão – cadela Nomes terminados em [-eu] Formam o feminino normalmente em -eia ou -ia. europeu – europeia; judeu – judia O nome Porto Editora
  9. 9. O género distingue-se através do determinante que antecede o nome. o colega – a colega; o cliente – a cliente; o jornalista – a jornalista; o imigrante – a imigrante Os nomes designam seres humanos e têm apenas um género. a pessoa; a criatura; o indivíduo Os nomes designam animais e têm apenas um género. a baleia (a baleia-macho: a baleia-fêmea) o crocodilo (o crocodilo-macho; o crocodilo- -fêmea) Há ainda nomes que apresentam palavras muito diferentes para o masculino e para o feminino: cavalo – égua padrinho – madrinha bode – cabra cão – cadela compadre – comadre macho – fêmea O nome Casos especiais: Porto Editora
  10. 10. Diminutivo – geralmente, atribui ao nome um sentido de pequenez ou de diminuição. Pode ainda apresentar valores de carinho ou mesmo de brincadeira e de desprezo, que se reconhecem analisando o seu uso específico na frase. Grau Alguns nomes podem ainda variar em grau: diminutivo e aumentativo. Esta flexão é feita através da utilização de sufixos. sapatinho, chapeuzinho, careta, ratinho, casita, rapazote, jornaleco Sufixos diminutivos O nome Porto Editora
  11. 11. Aumentativo – normalmente, confere ao nome uma ideia de grandeza, de aumento ou de exagero, podendo apresentar também uma feição de ternura ou, por outro lado, de desdém. narigão, beiçorra, balázio, caraça, atrevidaço, festarola Sufixos aumentativos O nome Porto Editora

×