Universidade Federal do Cariri 
Faculdade de Medicina 
Pró – Reitoria de Extensão 
Ministério da Educação
Parasitismo mundial de 800 milhões a 1 
bilhão ; 
Incidência anual de 1,3 milhão ; 
Maior prevalência em regiões tropic...
Habitat: Ceco (colón, apêndice, íleo) ; 
Longevidade: 6-8 anos ; 
Morfologia : 
3-5 cm ; 
Filiforme e fusiforme ; 
Cutí...
PPP = 2-3m
Sinais e Sintomas 
Assintomáticos 
Diarréia (muco), disenteria, dor abdominal, 
tenesmo, desidratação 
Anorexia, emagr...
Visualização macroscópica ; 
Parasitológico ; 
Colonoscopia .
Mebendazol 
Nitazoxanide 
Albendazol 
Oxantel (pamoato) 
Ivermectina
Educação sanitária (instalações, adubação) 
Higiene alimentar e pessoal 
Proteção dos alimentos 
Vigilância sanitária ...
Trichuris trichiura
Trichuris trichiura
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trichuris trichiura

529 visualizações

Publicada em

Aula ministrada pela LIPAM

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
529
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
71
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trichuris trichiura

  1. 1. Universidade Federal do Cariri Faculdade de Medicina Pró – Reitoria de Extensão Ministério da Educação
  2. 2. Parasitismo mundial de 800 milhões a 1 bilhão ; Incidência anual de 1,3 milhão ; Maior prevalência em regiões tropicais .
  3. 3. Habitat: Ceco (colón, apêndice, íleo) ; Longevidade: 6-8 anos ; Morfologia : 3-5 cm ; Filiforme e fusiforme ; Cutícula lisa ; Ap. digestivo: boca com estilete, esôfago não musculoso (2/3), intestino, reto, cloaca .
  4. 4. PPP = 2-3m
  5. 5. Sinais e Sintomas Assintomáticos Diarréia (muco), disenteria, dor abdominal, tenesmo, desidratação Anorexia, emagrecimento (TNFa) Flatulência, constipação, febre Prolapso retal e hemorragia Eosinofilia sanguínea e anemia Baixa estatura (IGF-1) Insônia, nervosismo, apatia
  6. 6. Visualização macroscópica ; Parasitológico ; Colonoscopia .
  7. 7. Mebendazol Nitazoxanide Albendazol Oxantel (pamoato) Ivermectina
  8. 8. Educação sanitária (instalações, adubação) Higiene alimentar e pessoal Proteção dos alimentos Vigilância sanitária Tratamento (medicamento largo espectro): Em massa Tratamento seletivo – casos positivos

×