<ul><li>A história do Brasil tem suas raízes do outro lado do atlântico ,pois de lá vieram os negros africanos para aqui s...
<ul><li>2. 1995 a senadora Benedita da Silva propôs a inclusão da história da África nos 3 níveis de ensino;  </li></ul><u...
<ul><li>  </li></ul><ul><li>LEI N o  10.639, DE 9 DE JANEIRO DE 2003. </li></ul><ul><li>Altera a Lei n o  9.394, de 20 de ...
<ul><li>A lei esta dentro do novos paradigmas mundiais- justiça social; </li></ul><ul><li>Valorização da diversidade- esta...
<ul><li>E é só através da educação- do  conhecimento de nossas raízes  que conseguiremos transformar esta realidade; </li>...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cultura Afro- brasileira no currículo é lei

5.542 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.542
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.390
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cultura Afro- brasileira no currículo é lei

  1. 2. <ul><li>A história do Brasil tem suas raízes do outro lado do atlântico ,pois de lá vieram os negros africanos para aqui se tornarem mão-de-obra escrava; </li></ul><ul><li>Também trouxeram suas tradições, seus costumes, suas cores e contribuíram imensamente para a formação cultural do povo brasileiro; </li></ul><ul><li>Desde a década de 1970 o movimento negro luta para incluir a história do negro no currículo escolar; </li></ul><ul><li>O PCN abordaram a temática racial étnica na pluralidade cultural em forma de orientação genérica; </li></ul>
  2. 3. <ul><li>2. 1995 a senadora Benedita da Silva propôs a inclusão da história da África nos 3 níveis de ensino; </li></ul><ul><li>3. Na conferência Mundial contra o racismo (África do Sul em 31/08/2001)uma das propostas defendidas pelo Governo Brasileiro foi de introduzir no currículo a disciplina História geral da África e do negro no Brasil; </li></ul><ul><li>4.Porém a proposta do movimento social negro só veio a ser atendida em 9 de janeiro de 2003 com a assinatura da lei 10.639/03 apresentada pela deputada Esther Grossi; </li></ul>
  3. 4. <ul><li>  </li></ul><ul><li>LEI N o 10.639, DE 9 DE JANEIRO DE 2003. </li></ul><ul><li>Altera a Lei n o 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática &quot;História e Cultura Afro-Brasileira&quot;, e dá outras providências.         </li></ul><ul><li>        Art. 1 o A Lei n o 9.394, de 20 de dezembro de 1996, passa a vigorar acrescida dos seguintes arts. 26-A, 79-A e 79-B: </li></ul><ul><li>&quot;Art. 26-A. Nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. </li></ul><ul><li>§ 1 o O conteúdo programático a que se refere o caput deste artigo incluirá o estudo da História da África e dos Africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil. </li></ul><ul><li>§ 2 o Os conteúdos referentes à História e Cultura Afro-Brasileira serão ministrados no âmbito de todo o currículo escolar, em especial nas áreas de Educação Artística e de Literatura e História Brasileiras. </li></ul><ul><li>§ 3 o (VETADO)&quot; </li></ul><ul><li>&quot;Art. 79-A. (VETADO)&quot; </li></ul><ul><li>&quot;Art. 79-B. O calendário escolar incluirá o dia 20 de novembro como ‘Dia Nacional da Consciência Negra’.&quot; </li></ul>
  4. 5. <ul><li>A lei esta dentro do novos paradigmas mundiais- justiça social; </li></ul><ul><li>Valorização da diversidade- estamos falando de globalização –onde pessoas de todo mundo se comunicam e nessa comunicação há diversidade; </li></ul><ul><li>Vivemos num país racista e preconceituoso (isto é estatística ); </li></ul><ul><li>È preciso quebrar paradigmas e transformar está realidade ,pois hoje a população do Brasil é composta de 52% de negros; </li></ul>
  5. 6. <ul><li>E é só através da educação- do conhecimento de nossas raízes que conseguiremos transformar esta realidade; </li></ul><ul><li>Mas o que fazer? </li></ul><ul><li>Precisamos tomar posicionamento individual/político/didático pedagógico ; </li></ul><ul><li>Precisamos refletir sobre nossos conceitos e preconceitos; </li></ul><ul><li>Conhecer e fazer com que nossos alunos conheçam nossas raízes africanas através dos costumes ,história, artes,reconhecendo estas africanidades no nosso povo brasileiro. </li></ul>

×