LiliamPuppies

417 visualizações

Publicada em

Revista Puppies

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
417
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LiliamPuppies

  1. 1. PUPPIESNOSSOS AMIGOS DE ESTIMAÇÃOEd.Marcomas N.0 Out. 2004 S.Paulo PASSEIO Leve seu animal para dar uma volta com “cinto” de segurança PUPPIES Por que os bichos de estimação são essenciais para nós? P LÁSTICA Fique por dentro da nova polêmica
  2. 2. APRENDA COMIGO Eu tenho tantas coisas para te dizer que mal sei por qual assunto começar. Primeiro, eu gostaria de esclarecer: esta não é uma revista para o homem aprender sobre os animais, mas uma revista para animais ensinar humanos. Acreditem é diferente ! Não me venham com o conforto que vocês gostariam de ter. Eu quero o conforto ideal para mim. Por exemplo, passear de carro é legal, mas solto? O banco do carro foi projetado para humanos. Sem equipeamento ideal, eu posso acabar me machucando e você levando uma multa. Confesso, só entendo os humanos porque eles me olham de um jeito único. Confiam em mim a melhor amizade de suas vidas. Sempre ouço: “ É o melhor amigo do homem!”. Eu me sinto tão importante para meu “dono” quanto ele é para mim. Aliás, dono é uma palavra esquisita, mas é assim que ele se identifica a meu respeito. “Quem é o dono deste pastor alemão irriquieto?”. “Sou eu”, responde um atencioso homem de 46 anos. Fazer o quê? A PUPPIES chega para ajudar nessa comunicação essencial. Entender os animais é tão importante quanto aprender sobre você mesmo! Nós, animais, estamos dentro de sua casa por motivos diversos e especiais. Ou você quer que seu filho comece a ter responsabilidades ou quer para ele, um companheiro fiel. Nosso relacionamento é sincero, nos amamos da forma mais bela. Então, vamos aprimorar essa convivência ! Neo Editor de Honra Carta do Editor PUPPIES Nossos Amigos de Estimação Editor responsável Marco Antonio Silva MTB (7.889) Reportagens Líliam de Castro Arte Wendell Hennies Revisão Luciliam Batagini Altair Pellegi Fotografia Agência True Press Comunicação Comercial Marco A. Silva www..revistapuppies.com.br redacao@revistapuppies.com.br Endereço de correspondência: Caixa Postal 3101 Jardim Paulistano São Paulo-SP A Revista Puppies é uma publicação da Editora Marcomas Impressa pela Gráfica Alphapress-SP Distribuída na região dos Jardins em São Paulo. A reprodução parcial ou total de textos e imagem é proibida sem prévia autorização da editora. Exceto reportagens e matérias , agendas e produtos são de responsabilidade das empresas anunciantes. 3
  3. 3. Sumário Petshop: Novidades de enlouquecer ! pág 06 Carona segura, leve ele para passear sem medo pág 07 Visita regular ao dentista, uma necessidade ! pág 09 Orelhas lindas, com cirurgia plástica! pág 06 Turismo, ele benvindo nos lugares certos pág 12 Livro de receitas, delícias! pág 13 Necessidades e vontades, dicas de comportamento pág 15 Clínica com táxi, mais conforto pág 16 Uma palestra e você vai entendê-lo melhor ! pág 18 Sumário 4
  4. 4. BA A P O S N Lojinha PetLojinha Pet C l a s s e São Bernardo com todo estilo. O barril leva água para as caminhadas desse amigo gigante. Pet Life. Tel - 6666- 6666 São Paulo. Receita A receita para tirar o bichinho da rotina. Biscoitos e outras delícias muito simples de preparar. Livraira-Goumert Mille Foglie, Tel - 6666-6666 São Paulo. Hightech Bebedouro automático. A dosagem certa na hora combinada. Higtech. Pet Style. A dosagem certa na hora combinada. Higtech. Pet Style. Tel - 6666-6666 São Paulo. Novidades de enlouquecer. A cada ano milhares de novo produtos são criados exclusivamente para nossos puppies. A cada mês, 70 novos Petshops são inaugurados na cidade de São Paulo. Proteção total O Repellent protege seu bicho de pulgas, carrapatos e bernes. Use antes de passear pelos jardins ou parques que têm bastante movimento de animais de estimação. Cobasi. Tel - 6666- 6666 São Paulo. Confor to Panetone canino. A guloseima tem sabor exótico, mas q u e m e x p e r i m e n t o u , aprovou. Petitgatos. Tel - 6666-6666 São Paulo. Panetone A guloseima tem sabor exótico, mas q u e m e x p e r i m e n t o u , a p r o v o u . Petitgatos. Tel - 6666-6666 São Paulo. 6
  5. 5. Divoney Rasera cuida em seu canil de vários cães campeões, visitados por seus donos nos finais de semana. O jornalista Matinas Suzuki, co-presidente do provedor de internet IG, por exemplo, deixa com Rasera seus oito cães da raça braco alemão, inclusive Bolero, campeão mundial. “É como um haras”, compara o tratador, embora reconheça que cães, ao contrário de cavalos, cabem numa sala.Ninguém gosta de comentar, mas nos dias de desfile os animais são maquiados e podem ter seus pêlos tingidos. Se forem negros ou marrons, a cor é reforçada com a mesma tintura químic usada pelas mulheres; pêlos brancos são descoloridos para eliminar s manchas. Penteados são armados com laquê, cílios valorizados com rímel e um talco importado (grooming powder) é aplicado para realçar o brilho da pelagem. Se o juiz identifica Divoney Rasera cuida em seu canil de vários cães campeões, visitados por seus donos nos finais de semana. O jornalista Matinas Suzuki, co-presidente do provedor de internet IG, por exemplo, deixa com Rasera seus oito cães da Dentista regularmente, pra mim também! 7
  6. 6. Vaidosos pra cachorro ! Após cortar as orelhas, o schnauzer Brutus ficou com um defeito: uma orelha em pé e outra caída. Edgard Brito aplicou então no local uma injeção da substância orgânica “restilyne” – a mesma que dez entre dez artistas usam para preencher vincos na face ou para turbinar os lábios. Com as orelhinhas simétricas e em pé, Brutus ganhou vários prêmios em exposições de sua raça. “Quem se predispõe a isso está cuidando do seu bicho”, defende a Anita Alt, dona e criadora de schnauzes. “ O Brutus adora desfilar, é um cão feliz. Dona da dog a l e m ã “Cirurgia plástica é bom para cachorro!” É o slogan escrito no site do veterinário paulistano Edgard Morales Brito. Modificar ou retocar o rosto e o corpo para participar de desfiles não é mais exclusividade das misses. Implantes de s ilicone, plástica facial, redução de mamas e até aplicações de botox estão sendo usados na busca pela perfeição canina. A prática polêmica, que começou entre os cães de exposição, já criadora de schnauzers. “O Brutus adora desfilar, é um cão feliz.” Dona da dog alemã Savana, cuja orelha foi corrigida com a mesma técnica, Joicy Consini, de 8 anos, confessa: “Eu tenho pena.” Rugas? O veterinário garante que sim: aplicou botox em um mastim napolitano, que estaria com pés-de-galinha. Com o crescimento do animal, as “rugas” são naturalmente preenchidas e não são necessárias novas injeções. Uma aplicação sai por R$ 200,00; um enxerto de pele pode custar até R$ 2 mil. Capa Vaidosos pra cachorro ! 8
  7. 7. No Brasil, segundo Rosemary Bosch, membro da Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa), procedimentos como esses estariam proibidos por um decreto federal de 1934. “Embora tenha muita g ente fazendo, a cirurgia estética em animais não tem amparo legal, é considerada mutilação”, afirma a veterinária. “Modificar cães para competir em concursos é mais desonesto ainda. O efeito psicológico é no dono: como não consegue consertar a própria cara, conserta a do cachorro.” As cirurgias plásticas caninas são condenadas ainda pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária de São Paulo (CRVM-SP), que as considera nocivas ao bem-estar dos animais. Juízes de exposições caninas também r e p u d i a m a s transformações, mas dizem ser quase impossível detectá-las. “Julgamos até 200 cães em um concurso, com três minutos para cada um. É pouco tempo para procurar fraudes”, diz Suzane Blum, juíza há 36 anos. “É tudo muito bem-feito, só podemos desclassificar se houver denúncia. Não dá para agir por achismo”, opina Jaime Martinelli, há 30 anos julgando cães. O presidente da Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC), Sérgio de Castro, acha que só uma lei federal pode coibir os abusos. “Eu sou contra as cirurgias, até de orelhas. Acho cruel. Se dependesse de mim, nem o handler (profissional que desfila o cão) seria permitido. O animal deveria ser mais do que um cão bonitinho para seu dono. Deveria ser o melhor amigo, seja como for.” Entre a clientela de Brito, especializado nos EUA, estão cães campeões e animais de celebridades, como os dos apresentadores Eliana e Faustão. Por razões éticas, ele não pode citar nomes de proprietários de cães operados, mas confidencia que um cineasta brasileiro muito famoso o convocou ao Rio para submeter seu cachorro a uma cirurgia estética. Numa plástica semelhante à feita em humanos, Brito “levantou” as feições do animal, com bochechas e pálpebras caídas em virtude da idade. Descontou alguns anos na carteira. E só! Em um bull terrier situado entre os primeiros do ranking nacional, foi feita uma intervenção sutil, as definitiva em concursos: a curvatura do rabo do cão sofreu uma modificação para que ficasse mais harmônica, seguindo a linha do dorso. “Não é fraude. O cachorro já era bom, apenas corrigi um pequeno defeitinho, enalteci a beleza do animal”, justifica o veterinário, que não concorda em comparar o que faz com as misses biônicas. “Miss siliconada devia ser proibido. É artificial !” As cirurgias estéticas em animais estão banidas em vários países. Nas exposições de cães na Europa, até mesmo o corte de rabo e orelhas, a mais comum das cirurgias – principalmente na raça dobermann –, é vetado. O que não impediu que no ano passado o prestigiado concurso Crufts, na Inglaterra, fosse questionado: houve rumores de que o campeoníssimo pequinês Danny tivesse sido submetido a uma cirurgia de levantamento de focinho. Os donos do cão negaram: teria sido só uma operação de laringe. Mas o juri, mesmo desconfiado, nada pôde fazer. Mas o juri, mesmo desconfiado, nada pôde fazer. Mas o juri, mesm. “A decisão final nunca será deles. Uma responsabilidade e tanto!” 9
  8. 8. Nossos Puppies também podem andar na moda. Itens de beleza, como estas jóias podem ser comprados na franquia Bicho Mani, nos Jardins, em São Paulo. “O cliente decide tudo, inclusive as bijús que acompanham a cesta de presentes.” , explica Valéria Chagas, gerente da franquia. RecadoPet Bichos precisam de check- up sempre e estar sempre com a vacina em dia, coisa de animal bem cuidado. “Isso é fundamental para o animal e também bichos de estimação. O treinador Mário Consuelo também soube entender o que a sua clientela, jovens. O treinador Mário Consuelo também soube entender o que a sua clientes. RecadoPet O treinador Mário Consuelo também soube entender o que a sua clientela, jovens modelos e pequenos empresários, desejava e lançou um serviços em domicílio de orientação familiar. “Vou até a casa deles acadasetediasesupervisiono a preparação do cardápio que eles vão consumir na semana toda.” “Vou até a casa deles a cada sete dias e supervisiono a preparação do cardápio que eles vão consumir na semana toda.”O treinador Mário Consuelo também soube entender o que a sua clientela. O treinador Mário Consuelo também soube entender o que a sua clientela, jovens modelos e pequenos empresários, desejava e lançou um serviços em domicílio de orientação familiar. “Vou até a casa deles acadasetediasesupervisiono a preparação do cardápio que eles vão consumir na semana toda.” “Vou até a casa deles a cada sete dias e supervisiono a preparação do cardápio que eles vão consumir na semana toda.” O treinador Mário Consuelo também soube entender o que a sua clientela. M u i t a g e n t e t i n h a dificuldade de trazer os seus animais até aqui para fazer o banho ou a tosa . Resultado: resolvemos isso, lançando um serviço de transporte exclusivo para os bichinhos.” Rampazo adaptou uma Fiorino para a função. Pela comodidade, o cliente paga uma taxa a partir de R$ 2, dependendo da distância da casa. “Choveu encomenda. Com o tempo, diversificamos a oferta de serviços e estamos nos oferecendo para entregar sacos de ração e até levar os c a c h o r r o s a t é a s c l í n i c a s veterinárias.” “Choveu encomenda. Com o tempo, diversificamos a oferta de serviços e estamos nos oferecendo para entregar sacos de ração e até levar os c a c h o r r o s a t é a s c l í n i c a s veterinárias.” “Choveu encomenda. Com o tempo, diversificamos a oferta de serviços e estamos nos oferecendo para entregar sacos de ração e até levar os c a c h o r r o s a t é a s c l í n i c a s veterinárias.” TV internet 12
  9. 9. Nada de sair para passear e deixar seu amigo em casa. Durante cinco dias, sete cachorros da Polícia Militar vão deixar de lado o patrulhamento das ruas, as revistas em presídios e as ações da Tropa de Choque. Eles foram convocados para atuar em um local bem diferente: no palco do Teatro Municipal. Os cães vão participar da ópera Don Carlos, de Verdi, que estréia quinta-feira. Esta semana, fizeram o primeiro ensaio com os sopranos no teatro. Os animais, todos pastores alemães, foram selecionados entre os 48 da mesma raça criados no canil. Ao todo, há 96 cães, entre pastores, labradores e rottweilers. Os escolhidos são considerados os tops do adestramento e os que têm personalidade mais adequada para a atividade. Os animais, todos pastores alemães, foram selecionados entre os 48 da mesma raça criados no canil. Ao todo, há 96 cães, entre pastores, labradores e rottweilers. Ao todo, há 96 cães, entre pastores, labradores e rottweilers. Leve ele com você, mas não para qualquer lugar Um novo roteiro para toda a família, incluindo a bicharada que não pode faltar Mordomias ao mar Os animais, todos pastores alemães, foram selecionados entre os 48 da mesma raça criados no canil. Ao todo, há 96 cães, entre pastores, abradores e rottweilers. Os escolhidos são considerados os tops do adestramento e os que têm personalidade mais adequada para a atividade. Os animais, todos pastores alemães, foram selecionados entre os 48 da mesma raça criados no canil. Ao todo, há 96 cães, entre pastores, labradores e rottweilers. Os escolhidos são considerados os tops do adestramento e os que têm personalidade mais adequada para a atividade. TurismoTurismo 13
  10. 10. Entre... Sinta-se em casa! M e l l g a n h o u d a “madrinha” um jogo de quarto completo, com o nome entalhado na cabeceira da cama, cômoda e colchão, no valor de R$ 1.200,00. Mell é uma maltês de 6 meses que pertence a um universo estimado em 27 milhões de cães e 11 milhões de gatos, segundo a Associação N a c i o n a l d o s Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação (Anfal-Pet). Para sustentar essa turma, as empresas do setor produziram, no ano passado, 1,295 milhão de toneladas de ração, o que corresponde a um faturamento de US$ 1,2 bi.. O lucrativo segmento demonstra fôlego, mesmo com a economia em compasso de espera. Isso porque, de acordo com a Anfal-Pet, dos quase 40 milhões de animais de estimação, somente 40% consumiram alimentos industrializados no ano passado. O que já representou aumento de 4% com relação a 2002, ajudando a projetar números maiores para este ano. projetar números maiores para este ano. Projetar para este ano. Tanto que, no primeiro bimestre deste ano, os fabricantes de ração produziram 219 mil toneladas, o que corresponde a um acréscimo de 12% em relação ao mesmo período de 2003. O Brasil é o segundo maior consumidor de ração industrial para cães e gatos, perdendo apenas para os EUA. “Temos necessidade de troca de afeto e, aí, entra o animal de estimação” 14
  11. 11. S é r g i o Z i m e r m a n , coordenador-geral da Pet Center Marginal – uma megastore instalada num espaço de 4 mil metros quadrados, com 14 mil itens à venda e visitação média de 10 mil pessoas nos fins de semana, espera um aumento do faturamento de 50% este ano em relação a 2003. “Não é uma expectativa otimista, é realista” Embora concorde que o mercado de pet shops sofreu um surto de crescimento quantitativo – são quase 5 mil na capital, segundo dados do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) –, ele acredita que o segmento experimente, agora, crescimento qualitativo. “O consumidor busca um lugar com e s t a c i o n a m e n t o , g r a n d e quantidade de itens, conforto, que seja um local de passeio, não s o m e n t e d e c o m p r a .” No Pet Center Marginal, que funciona 24 horas, o cliente encontra filhotes à venda; serviço de banho e tosa; curso de adestramento básico e agility; além d e p r o d u t o s e s e r v i ç o s diferenciados, como panetone para cães, banho de ofurô e um fotógrafo que produz books dos animais de estimação. “Planejamos montar em breve espaço para casamentos e festas de aniversários”, diz Zimerman. Para Bernard Divry, presidente da Royal Canin do Brasil, embora o segmento de animais de estimação esteja maduro, ainda há grandes perspectivas de crescimento, também com aposta no qualitativo. “Hoje existem produtos superpremiun, terapêuticos, linhas específicas para diferentes raças, produtos para prevenção de doenças.” Atualmente, a empresa conta com quase 50 tipos de produtos. Quando chegou no País, em 1991, a linha não tinha mais do que m e i a d ú z i a d e l e s . Mell, a maltês do quarto de R$ 1.200,00, pertence a Marta Regina Franceschini, que admite não poupar esforços pelo bem- estar da “filha”. A cachorro passeia com ela no shopping, de onde sempre sai com um “mimo” novo – seja uma roupinha, um enfeite, uma comida diferente, um brinquedo –, toma banho todos os sábados, come ração específica para sua raça. Marta calcula que, mensalmente, gaste R$ 150,00 com ela. A “madrinha” Christian Leyne Barbosa Gonçalves, prima de Marta, que deu o quarto de presente, gasta outro tanto com Mell. Na capital, cerca de 5 mil petshops oferecem diversos serviços. O cliente busca cuidados como se ele fosse um membro da família. Consumo Desde adestramento básico até espaços para casamentos fim
  12. 12. SERVIÇOS P r o f i s s i o n a i s E s p e c i a l i z a d o s SERVIÇOS P r o f i s s i o n a i s E s p e c i a l i z a d o s Para Mariana, as visitas são essenciais também para aprender como lidar com os bichos. “O VETERINÁRIO não só trata das doenças”, diz a advogada. “Ele dá dicas gerais sobre como cuidar do animal e as características da raça.”Todos os dados sobre o labrador ficam anotados numa caderneta da clínica do veterinário Walter Buff. Quando se aproxima a data de vencimento de uma das vacinas, por exempo, a dona do bichinho é lembrado da data. “Acho muito importante o médico se preocupar e ligar para saber como os cães estão”, explica Buff. Para Mariana, as visitas são essenciais também para aprender como lidar com os bichos. “O VETERINÁRIO não só trata das doenças”, diz a advogada. “Ele dá dicas gerais sobre como cuidar do animal e as características da raça.”Todos os dados sobre o labrador ficam anotados numa caderneta da clínica do veterinário Walter Buff. Quando se aproxima a data de vencimento de uma das vacinas, por exempo, a dona do bichinho é lembrado da data. . Para Mariana, as visitas são essenciais também para aprender como lidar bichos. “O VETERINÁRIO não só trata das doenças”, diz a advogada. “Ele dá dicas gerais sobre como cuidar do animal e Para Mariana, as visitas são essenciais também para aprender como lidar com os bichos. “O VETERINÁRIO não só trata das doenças”, diz a advogada. “Ele dá dicas gerais sobre como cuidar do animal e as características da raça.”Todos os dados sobre o labrador ficam anotados numa caderneta da clínica do veterinário Walter Buff. Quando se aproxima a data de vencimento de uma das vacinas, por exempo, a dona do bichinho é raça.”Todos os dados sobre o labrador ficam anotados numa caderneta da clínica do veterinário Walter Buff. Quando se aproxima a data de vencimento de uma das vacinas, por exempo, a dona do bichinho é lembrado da data. “Acho muito importante o médico se preocupar e ligar para saber como os cães estão”, explica Buff. 16
  13. 13. D Especialmente para ele, mas você é quem vai amar... Depois de ficar famosa cozinhando para o presidente Fernando Henrique Cardoso, no Palácio da Alvorada, em Brasília, a chef Roberta Sudbrack trocou os políticos pelos animais e lançou ‘Bom Pra Cachorro’, um livro só com receitas para os bichos de estimação. E Gabriela Mascioli , dona da livraria Caes e feliz proprietária de Valentina aceitou testar a publicação . Ingredientes : 1 ovo, 1 kg de polvilho azedo, 400 g de manteiga, 2 g de curry de Madras,450 ml de leite frio, 350 ml de água fervente e 5 gr. de sal Derreta a manteiga. Misture os ingredientes e junte o leite frio, mexendo sempre. Continue misturando até formar uma massa uniforme, que possa ter consistência suficiente para ser colocada em um saco de confeiteiro.Coloque a massa no saco de confeiteiro e faça tiras em uma assadeira. Valentina estava assistindo a aula. Preaqueça o forno a 180°C e asse os biscoitos por 35 min. Desligue o forno e deixe os biscoitos dentro para terminar de secar por mais 20 min.
  14. 14. DIA 7 - O amor pelos animais fez Mariana voltar aos bancos da universidade, para virar PALESTRANTE. “Os cães e os pássaros fazem parte da minha vida desde menina”, conta a advogada. Além de Horácio, ela tem outros sete cães das raças pastor alemã e golden. Todos bem acomodados em sua casa em São Paulo e em um sítio na região de Jundiaí. DIA 7 - O amor pelos animais fez Mariana voltar aos bancos da universidade, para virar veterinária. “Os cães e os pássaros fazem parte da minha vida desde menina”, conta a advogada. Além de Horácio, ela tem outros sete cães das raças pastor alemã e golden. Todos bem acomodados em EXPOSIÇÃO em São Paulo e em um sítio na região de Jundiaí. DIA 7 - O amor pelos animais fez Mariana dá CURSOS na universidade, para virar veterinária. “Os cães e os pássaros fazem parte da minha vida desde menina”, conta a advogada. Além de Horácio, ela tem outros sete cães das raças pastor alemã e golden. Todos bem acomodados em sua casa em São Paulo e em um sítio na região de Jundiaí. DIA 7 - O amor pelos animais fez Mariana voltar aos bancos da universidade, para virar veterinária. “Os cães e os pássaros fazem parte da minha vida desde menina”, conta a advogada. Além de Horácio, ela tem outros sete cães das raças pastor alemã e golden. DIA 7 - O amor pelos animais fez Mariana voltar aos bancos da universidade, para virar veterinária. “Os cães e os pássaros fazem parte da minha vida desde menina”, conta a advogada. Além de Horácio, ela tem outros sete cães das raças pastor alemã e golden. DIA 7 - O amor pelos animais fez Mariana voltar aos bancos da universidade, para virar veterinária. “Os cães e os pássaros fazem parte da minha vida desde menina”, conta a advogada. Além de Horácio, ela tem outros sete cães das raças pastor alemã e golden. AGENDA E v e n t o s e C u r s o s AGENDA E v e n t o s e C u r s o s comportamento mais que normal DEMONSTRAÇÃO Dia 15, a Escola de Educação Canil vai tirar algum dúvidas básicas sobre comporta- mento. Trata-se das manias mais comuns que nós, humanos, temos na hora de fazê-lo comer, mas nunca conseguimos. 18

×