Planejamento Jornalístico para Mídias Sociais - 2a. Versão

319 visualizações

Publicada em

3 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
319
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
3
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejamento Jornalístico para Mídias Sociais - 2a. Versão

  1. 1. O QUE SÃO MÍDIAS SOCIAIS? Fonte: Wikipedia• Produção de muitos para muitos• Interação de pessoas• Discussões e integração que constroem conteúdo compartilhado
  2. 2. algumas MÍDIAS Sociaisalgumas REDES Sociais
  3. 3. NOVOS CONCEITOS O que devemos entender da era que atravessamos antes de entrar nas mídias sociais SOCIALNOMICS: economia social baseada nas redes sociais PROSUMER: consumidor que produz conteúdo quanto ao produto ou serviço
  4. 4. PlanejamentoJornalístico Estratégico • Posicionamento de Marca / Papel da assessoria • Identificação do público-alvo (Personas) • Relacionamento com o público • Produção (e relevância) de conteúdo • Promoção do engajamento • Administração dos feedbacks e resultados
  5. 5. Resultados imediatos? NÃO!
  6. 6. DIRETRIZES PARA AS MÍDIAS SOCIAIS • Estímulo e apoio – por que as tecnologias sociais são importantes? • Em que situações as diretrizes se aplicam: • uso pessoal das tecnologias sociais, quando relacionadas à organização; • uso profissional das tecnologias sociais em caráter oficial. Fonte: Liderança Aberta (Charlene Li) – Q5.1.
  7. 7. Análise domelhorcaminho
  8. 8. DIRETRIZES PARA AS MÍDIAS SOCIAIS TRANSPARÊNCIA DE IDENTIDADE • situações nas quais o indivíduo se identificará ou não como funcionário; • transparência explícita, na discussão de temas relacionados à organização;RESPONSABILIDADE • total responsabilidade assumida por tudo o que for escrito – não envio de qualquer mensagem anônima; • clareza em relação às afirmações – quais são suas e quais se originam da empresa; utilização de termos de isenção de responsabilidade • respeito aos clientes, colegas e concorrentes; • não interferência das redes sociais em seu trabalho. Fonte: Liderança Aberta (Charlene Li) – Q5.1.
  9. 9. DIRETRIZES PARA AS MÍDIAS SOCIAISCONFIDENCIALIDADE• atenção para com o acordo de confidencialidade assinado com a empresa;• respeito à privacidade de clientes e colegas;• destaque aos pontos em que podem ocorrer problemas de quebra de confidencialidade;• relação do que pode ser compartilhado e daquilo que não deve ser informado.BOM SENSO E DISCERNIMENTO • Deixar claro que haverá áreas em que o bom senso será necessário; • Perguntar antes de agir, se estiver inseguro. Fonte: Liderança Aberta (Charlene Li) – Q5.1.
  10. 10. Redes Sociais = Construção de Relacionamento
  11. 11. Qual é a importância doJORNALISTA na rede social? Simples: muita gente entende da tecnologia, mas pouca gente sabe produzir bom conteúdo. VOCÊ DECIDE A RELEVÂNCIA. A WEB 2.0 EXIGE CONTEÚDO DE QUALIDADE.
  12. 12. BLOG Você é o que você diz.
  13. 13. BLOG – do “diário virtual” à ferramenta estratégica• Espaço onde você é autoridade no assunto• Por isso, é importante aproveitar a ferramenta• Profissão: redator web – especialista em conteúdo para internet (além do bom conteúdo, é preciso dominar a técnica das palavras-chave); probloggerMuita gente pode te achar no Google através de umapalavra, mas só quem se interessa pelo seu conteúdo vaivoltar à sua página.
  14. 14. YouTube - Vlogs
  15. 15. TWITTERNo Brasil: sucesso impulsionado pela aparição das celebridades • Hashtags # • Arrobas @ • SAC • Conteúdo em palavras-chave ASSESSORIAS • 140 caracteres (não dividir posts) • Seguir quem te segue (desde que haja relevância) • Conteúdo relevante na timeline • Construção de Confiança
  16. 16. FACEBOOK • A mais promissora? • Alta interatividade As pessoas também vão falar mal de você. Esteja preparado para isso.
  17. 17. Não se esqueça do Google!
  18. 18. LINKEDIN - REDE DE EMPREGOS Busca contatos profissionais por área e permite que você recomende alguém ou seja recomendado
  19. 19. FOURSQUARE Geolocalização + redes sociais + dicas + jogos + ofertasChoperia Albano´s / BH Habibs – Cristiano Machado / BH
  20. 20. IMPORTANTE: certifique-se de que suaequipe está alinhada, nas redes sociais, ao que sua marca representa.
  21. 21. “A” DICA: MANUAL INTERNO DE PRÁTICAS NAS MÍDIAS SOCIAISConfecção Integrada: todo mundo participa Benefícios: •Diretrizes alinhadas •Equipe preparada para lidar com o público •Responsabilidade compartilhada •Antecipação aos problemas
  22. 22. GERENCIAMENTO DE CRISE PELAS REDES SOCIAIS• Papel das Assessorias e Agências• Audiência é manipulável. E não checa fontes.• Tratamento de questões densas no offline Nunca, jamais, em tempo algum discuta com alguém insatisfeito.
  23. 23. AS MELHORES PRÁTICAS PARA OSPARTICIPANTES DA MÍDIA SOCIALTom • tenha personalidade, desenvolva voz própria; • aja com cautela – não poste nada quando estiver irritado ou aborrecido.Qualidade • cuidados com ortografia e gramática; • agregue valor.Construção da confiança • responda às pessoas; • escreva sobre temas dentro da sua área de conhecimento; • faça muitas conexões; • admita seus erros. Fonte: Liderança Aberta (Charlene Li) – Q5.1.
  24. 24. “Não use velhos mapas para descobrir novas terras”. Inovação Criatividade Persistência Destemor Vontade de ser melhor
  25. 25. ANÁLISE DE RESULTADOS Mensuração de atendimentos, feedbacks e impacto nas redes sociais
  26. 26. MEIOS DE COMUNICAÇÃO NA REDE Jornal Metro
  27. 27. Referências Li, Charlene. Liderança Aberta: como as mídias sociais transformam o modo de liderarmos. – São Paulo: Évora, 2011. Leroy, Fernando. Apostila de Extensão UNA – Redes Sociais: Inovação, Estratégias e Oportunidades. – Belo Horizonte, 2011. Blogs: Promoview, Revista Exame, Inside Techno, Marcus Lemos, Ypsilon2, Natanel Oliveira Wikipedia
  28. 28. meninilais@gmail.com
  29. 29. www.serieterapia.com
  30. 30. www.slideshare.net/lilamenini + (55) 31 9909 • 2583 meninilais@gmail.com facebook.com/ lilamenini @lilamenini

×