PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE               SECRETARIA MUNICIAPAL DE EDUCAÇÃO           SUPERINTENDENCIA DE GESTÃO ...
Nos dias de hoje, as inúmeras transformaçõesocorridas na sociedade, trouxe para a escolagrandes desafios acerca de como pr...
Neste contexto, Piaget diz:   (...) Assim, a construção do conhecimento é dadacomo resultante da adaptação do individuo ao...
Desse modo, cabe ao professor avaliar deforma consciente e precisa o educando,refletindo e atuando/intervindo quandonecess...
Como diz Hoffman:     O    processo     avaliativo   se   desenvolve concomitante       ao      desenvolvimento    das apr...
   O ideal é que o professor ofereça aos alunos    desafios a serem superados utilizando-se de    diferentes estratégias....
Hoje, sabemos que o aluno é capaz deconstruir seu conhecimento através da suainteração com o meio e com demaisalunos, port...
   Segundo Luckesi:      A avaliação como forma de conhecimento é    apresentada, então, como a que subsidia a    obtençã...
Portanto, a necessidade de uma açãoreflexiva sobre avaliação no processo ensinoaprendizagem é o primeiro passo para umainv...
   BIBLIOGRAFIA   HOFFMAN, Jussara.O jogo do contrario em    avaliação.In Porto Alegre: Mediação, 2005.   LUCKESI, Cipr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação1

155 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
155
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação1

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE SECRETARIA MUNICIAPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDENCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS DIVISÃO DE TECNOLOGIA EDUCACIONALMediador Pedagógico: Marcos de Oliveira Monteiro.Cursista: Lidiane Machado. A avaliação da aprendizagem como um principio no desenvolvimento da autoria
  2. 2. Nos dias de hoje, as inúmeras transformaçõesocorridas na sociedade, trouxe para a escolagrandes desafios acerca de como preparar eformar cidadãos para atuarem de maneiraprodutiva na sociedade. Acerca desta situaçãolança-se um novo olhar sobre as praticaspedagógicas e as teorias de aprendizagem edesenvolvimento visando atingir os objetivos quea sociedade exige. Diante desta nova discussãono âmbito escolar, também esta a avaliação destealuno/cidadão durante o processo ensinoaprendizagem, se ele esta aprendendo e se o queele esta aprendendo lhe é significativo, ouseja, se ele será capaz de produzir e transformar.
  3. 3. Neste contexto, Piaget diz: (...) Assim, a construção do conhecimento é dadacomo resultante da adaptação do individuo aomeio, envolvendo esses dois mecanismos:assimilação, quando se exercitam os esquemas jáconstruídos; e acomodação, quando se apropria dedados incorporando-os e transformando osesquemas iniciais de assimilação. (...) A construçãodo conhecimento apóia-se, assim, num sistema deação que visa a equilibrações sucessivas: o sujeitoassimila, acomoda e alcança um novo equilíbrio(...). (PIAGET, 1975).
  4. 4. Desse modo, cabe ao professor avaliar deforma consciente e precisa o educando,refletindo e atuando/intervindo quandonecessário como mediador na busca deinvestigar o que o aluno aprendeu, ou seja,se o objetivo foi alcançado. Essa observaçãopode ser feita através de anotações queservira como ponto de partida para oprocesso avaliativo.
  5. 5. Como diz Hoffman: O processo avaliativo se desenvolve concomitante ao desenvolvimento das aprendizagens dos alunos. Anotações sobre seu desempenho bimestral, por exemplo, são pequenas “paradas” de um trem em movimento, ou seja, momentos de um professor dar noticias sobre o caminho percorrido pelo aluno até aquele momento. Da mesma forma, o significado essencial desses registros é servirem de ponto de referencia para a continuidade das ações educativas, do próprio professor ou de professores que lhe sucederem, quando são feitos ao final de anos letivos.(Hoffman, 2005).
  6. 6.  O ideal é que o professor ofereça aos alunos desafios a serem superados utilizando-se de diferentes estratégias. O professor “detentor do conhecimento”, deve dar lugar ao professor mediador, que promove a construção do conhecimento através do conhecimento individual de cada aluno e da interação deste com o meio.
  7. 7. Hoje, sabemos que o aluno é capaz deconstruir seu conhecimento através da suainteração com o meio e com demaisalunos, portanto, espera-se uma avaliaçãoque verifique se realmente a aprendizagem, aconstrução do conhecimento esta sendosatisfatória, ou seja, se os resultadosdesejados estão sendo atingidos, se asintervenções estão sendo eficientes noprocesso da aprendizagem.
  8. 8.  Segundo Luckesi: A avaliação como forma de conhecimento é apresentada, então, como a que subsidia a obtenção de resultados satisfatórios de determinada ação, que aqui, no caso, é a aprendizagem do educando. Subsidia a obtenção dos resultados desejados e definidos, e não de quaisquer resultados que sejam possíveis. ( Luckesi, 2011).
  9. 9. Portanto, a necessidade de uma açãoreflexiva sobre avaliação no processo ensinoaprendizagem é o primeiro passo para umainvestigação sobre o papel do professor nesteprocesso, o educador mediador deve entrarem ação oportunizando e estabelecendorelações de diferentes idéias e construindoconhecimento junto com os alunos.
  10. 10.  BIBLIOGRAFIA HOFFMAN, Jussara.O jogo do contrario em avaliação.In Porto Alegre: Mediação, 2005. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem componente do ato pedagógico-1 ed.- São Paulo: Cortez, 2011.

×