Mudanças no fazer jornalístico online?

394 visualizações

Publicada em

Mudanças Estruturais em Jornalismo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
394
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mudanças no fazer jornalístico online?

  1. 1. Comunicação SocialMudanças no fazer Jornalismojornalístico online?Aspectos das reportagens do portal de notícias G1Liana Vidigal RochaUniversidade Federal do Tocantins
  2. 2. Objetivo do artigo Identificar, na editoria de Economia do G1, aspectos do fazer jornalístico online, destacando a convergência das mídias e as fases em que se encontra o jornalismo do portal.Escolha do objeto O portal de notícias G1 foi escolhido por ser considerado, hoje, um dos maiores representantes do seu segmento.
  3. 3. Dos primórdios à fase atual FASE CARACTERÍSTICA conteúdo copiado da publicação impressaPrimeira para o meio online; Redações sem recursos para o meio digital. introdução do hipertexto;Segunda utilização do e-mail e incorporação de elementos audiovisuais, como arquivos de áudio e vídeo. incrementação de conteúdos multimídia eTerceira elementos interativos; desenvolvimento de material exclusivo para a internet; Surgem as comunidades virtuais.Quarta Web 2.0: o cidadão vira mídia; Jornalismo participativo.
  4. 4. Características do JO Hipertextualidade → interconexão de informações por meio de links; Multimidialidade → convergência das mídias; Interatividade → inclusão do leitor/usuário como parte do processo jornalístico; Personalização de Conteúdo → configuração de material/produto jornalístico de acordo com os interesses; Memória → armazenamento de informações à disposição do internauta; banco de dados; Instantaneidade (atualização contínua) → acesso rápido, facilidade de produção e disponibilização de conteúdo. (PALACIOS E RIBAS, 2007)
  5. 5. Tempos de Convergência□ “Integração contínua dos dados, textos, imagens e áudios em um único ambiente informacional” (SALAVERRÍA, 2001).□ Os jornalistas do online “são obrigados a pensar nos múltiplos níveis de uma só vez: palavras, ideias, estrutura da notícia, design, interatividade, áudio, vídeo, fotos e fóruns” (DUBE apud SCHMITT, s/d).
  6. 6. Desafio e risco□ “É a dosagem das informações e a ênfase noticiosa típica de cada veículo e como se fará a migração de uma mídia para outra em forma contínua” (CASTILHO, 2007).□ Há o risco dos jornalistas se preocuparem com a produção de material para os suportes multimidiáticos e não dedicarem tempo à pesquisa, à apuração e à verificação dos fatos.□ Resultado: “perda de credibilidade e rejeição por parte do público” (TOMPKINS apud GRADIM, 2002).
  7. 7. O G1 e a editoria de Economia□ Objetivo do G1: unificar o conteúdo de jornalismo das Organizações Globo. A orientação editorial segue as recomendações da Central Globo de Jornalismo.□ A editoria de Economia informa os leitores sobre os principais acontecimentos de ordem econômica e, até mesmo, política e social.□ Foram selecionadas 04 matérias das seções Negócios, Agronegócios e Seu Dinheiro referentes aos meses de dez/2010 e fev/2011 por apresentarem características distintas do JO.
  8. 8. Afinal, que jornalismo é esse? Matérias Características “Concorrência chinesa se Apresentou elementos básicos do jornalismo enfrenta com marcas, diz (texto, fotografia e gráfico) presentes, Alpargatas” sobretudo, no meio impresso.“Empreendedor rural transforma A reportagem é apresentada em seu produtores em empresários” formato original: vídeo, sendo que o texto é transposto para a página da web.“Juro do crédito pessoal e para Presença de hiperlinks. No total, foram cinco compra de veículos tem alta” dentro do texto. “Banco Central sobe Apresentou formato próximo da compulsório e retira R$ 61 convergência, com vídeo agregado e bilhões da economia” hiperlinks para outras matérias.
  9. 9. Considerações Finais□ Destaque para três aspectos:a) A editoria de Economia não investe em convergência das mídias;b) Há um retrocesso à segunda fase do jornalismo online ec) Há uma oferta desproporcional de links.
  10. 10. Considerações Finais□ Portanto, é possível afirmar que o jornalismo online praticado pela editoria de Economia do G1 atende parcialmente às características do segmento, deixando de explorar adequadamente as especificidades do meio digital, como a convergência das mídias.□ Além disso, o formato e a estrutura das reportagens apresentam variações, oscilando entre os primórdios do jornalismo online e a fase atual.

×