Estatísticas de acidentes PRISMINAS

4.159 visualizações

Publicada em

Material apresentado na Palestra realizada no CDE de Itauna para as empresas SIDERSA, INTERVIAS e SASSMAQ dentro do programa DE PREFERENCIA A SEGURANÇA da Corretora PRISMINAS de Divinópolis-MG no dia 09/07/2011.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Esportes
3 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.159
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
3
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estatísticas de acidentes PRISMINAS

  1. 1. Como evitar acidentes de trânsito através da observação de dados estatísticos Aprendendo com o estudo de acidentes
  2. 2. Recentes estudos apontam: <ul><li>Mais de 35 mil pessoas morrem por ano em acidentes de trânsito no Brasil (Globo News junho 2011) </li></ul><ul><li>Os acidentes causam mais vítimas fatais que a malária e a Aids juntas (Portal do trânsito 2011) </li></ul><ul><li>O Trânsito no Brasil mata 13 vezes mais do que em países ricos (USP 2010) </li></ul>A quantidade de vítimas fatais é dividida pelo total de quilômetros rodados nas estradas, chegando ao número – índice (USP 2010 ) Caminhoneiro no risco
  3. 3. Profissionais em risco <ul><li>82% dos profissionais caminhoneiros dirigem mais de oito horas por dia, portanto : </li></ul><ul><ul><li>Cuidados com a saúde física e mental </li></ul></ul><ul><ul><li>Prevenção é sempre o melhor remédio </li></ul></ul><ul><ul><li>Equilíbrio e observação </li></ul></ul><ul><ul><li>Consciência e respeito </li></ul></ul><ul><ul><li>Serenidade e atenção (percepção) </li></ul></ul>Percepção Fonte: IPEA
  4. 6. Ranking do número de mortes de crianças em acidentes Fonte: ONG CRIANÇA SEGURA em 2010 Acidentes foram : os principais responsáveis pela morte de crianças até 14 anos, em 3 estados da região Sudeste: MG - RJ - SP Fonte: Jornal Estado de Minas 01/07/2010 Crianças cuidados educação
  5. 7. Dando preferência a Segurança e Educação no trânsito <ul><li>44% atropelamentos </li></ul><ul><li>28% com a criança como passageira do veículo </li></ul><ul><li>6% na condição de ciclista </li></ul><ul><li>22% outros tipos de acidentes de trânsito. </li></ul>Educação de crianças na Semana do Trânsito 2010 promovida pela PRISMINAS em Sete Lagoas - MG Lei seca
  6. 8. Lei Seca no Brasil: menos acidentes? <ul><li>Com a vigência da Lei Seca alguns Estados registraram a redução de até 30% no número de fatalidades no trânsito </li></ul><ul><li>Mas as estatísticas apontam ainda para a gravidade da situação entre os períodos pesquisados </li></ul>Centro de experimentação e segurança viária - CESVI Nossas estradas
  7. 11. Nossas estradas <ul><li>CNT divulga Pesquisa de Rodovias 2010 </li></ul><ul><li>Ótimas – 14,7 % </li></ul><ul><li>Boas – 26,5 % </li></ul><ul><li>Regulares - 33,4% </li></ul><ul><li>Ruins - 17,4% </li></ul><ul><li>Péssimas - 8% </li></ul>A Pesquisa CNT de Rodovias avalia a situação das rodovias a partir da perspectiva dos usuários, tanto sobre o aspecto da segurança como do desempenho. A metodologia baseia-se em normas técnicas de engenharia viária e permite a identificação de elementos necessários ao planejamento do transporte e também à gerência das rodovias. Pontos críticos das vias
  8. 12. Exemplos de pontos críticos nas estradas <ul><li>Travessias urbanas </li></ul><ul><li>Áreas em urbanização </li></ul><ul><li>Cruzamentos </li></ul><ul><li>Trechos sinuosos </li></ul><ul><li>Descidas com forte declive </li></ul><ul><li>Pontes estreitas </li></ul><ul><li>Interseções em nível </li></ul>Travessia linhas férreas
  9. 13. Qual o risco ao cruzar linha férrea? <ul><ul><li>Alto risco em 1.666 cruzamentos em Minas </li></ul></ul><ul><ul><li>Ausência de cancela e outras sinalizações </li></ul></ul><ul><ul><li>Poucas localidades com aviso sonoro e visual </li></ul></ul>Fonte: jornal Estado de Minas de 30/06/2011 Cuidados redobrados nestes locais Custo acidentes
  10. 14. Custo médio de acidentes e custo Brasil (dados IPEA 2006) <ul><li>6.512.085.050,00 (aprox.6 bilhões e meio) </li></ul><ul><li>Custo médio padrão:R$ 16.840,00 por acidente </li></ul><ul><li>Com vítima: 5 a 25 vezes este valor </li></ul><ul><li>O custo é composto principalmente por: </li></ul><ul><ul><li>Custo associado às pessoas </li></ul></ul><ul><ul><li>Custo associado aos veículos </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos Institucionais </li></ul></ul><ul><ul><li>Custo associado à via e ambiente </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros </li></ul></ul>motos
  11. 15. E as motos? Em Minas “ Se nada mudar, até 2015 teremos um massacre de motociclistas ” disse à BBC Brasil Julio Jacobo Waiselfisz, diretor de pesquisa do Instituto Sangari e autor do estudo . <ul><li>O aumento nos acidentes com </li></ul><ul><li>Motociclistas fez com que as mortes </li></ul><ul><li>no trânsito brasileiro crescessem 23,9% </li></ul><ul><li>entre 1998 e 2008. </li></ul><ul><li>A quantidade de acidentes </li></ul><ul><li>com motos cresceu 750% </li></ul>
  12. 16. Em Minas os estudos apontam: Estatísticas Ministério da Saúde Fonte: DER-MG / www.estradas.com.br 100,00% 7.143 Total 1,61% 115 Não Informado 6,94% 496 Outros 18,47% 1.319 Abalroamento 4,84% 346 Atropelamento 7,21% 515 Tombamento 12,60% 900 Capotamento 10,61% 758 Queda em abismo 15,90% 1.136 Choque mecânico 7,21% 515 Colisão com animal 14,60% 1.043 Colisão com veículo % em relação ao total 2003 Natureza do acidente Minas Gerais
  13. 17. Estatística Ministério da Saúde <ul><li>Mortos em acidentes de trânsito, de 1996 a 2006 </li></ul>Observa-se uma redução do número de vítimas em 1998, em conseqüência da promulgação do novo Código de Trânsito e, posteriormente, a tendência ao crescimento, acompanhando o aumento da frota de veículos. Por faixa etária
  14. 18. Mortos em acidentes de trânsito, por faixa etária, 1999 - 2006 Por internações
  15. 19. Internações por acidentes de trânsito, 1998 a 2007 + percepções
  16. 20. <ul><li>35% dos acidentes nas rodovias federais envolvem veículos de carga e causaram mais de 40% das vitimas fatais </li></ul>Acidentes de caminhões Diagnóstico de acidentes Fonte: pesquisa IPEA de Dezembro 2006
  17. 21. O diagnóstico dos acidentes de caminhões <ul><li>Mais Freqüentes e + Graves : tombamento e capotagem </li></ul><ul><li>Causas : velocidade incompatível e fadiga </li></ul><ul><li>Fatores : curva fechada e pista mal conservada </li></ul><ul><li>Faixa etária + freqüente (motoristas) : de 18 a 25 anos </li></ul><ul><li>Veículos + vulneráveis :articulado ou sobrecarregado </li></ul>Excesso de peso perda de frenagem
  18. 22. Porque uma carreta perde o freio? <ul><ul><ul><li>Excesso de peso, velocidade e uso abusivo do sistema de freio de serviço, o que gera aquecimento. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Falta manutenção. </li></ul></ul></ul>
  19. 23. Vamos recordar sempre... <ul><li>Controlar: os próprios pensamentos atitudes e reações </li></ul><ul><li>Zelar pelo convívio familiar </li></ul><ul><li>Evitar perda de tempo </li></ul><ul><li>Manter a organização pessoal </li></ul><ul><li>Evitar assim a pressa inimiga: </li></ul><ul><ul><li>as ansiedades e tensões dos prazos </li></ul></ul>

×