Curso Gestão de Pessoas nas Organizações

10.023 visualizações

Publicada em

Noções básicas de gestão de pessoas; gestão e organizações; histórico da administração e do RH.

Publicada em: Educação, Turismo
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.023
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
401
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Gestão - Trata de níveis especializados tanto no que diz respeito à administração quanto ao gerenciamento. Por exemplo, em projetos, temos a gestão dos custos, gestão da qualidade, gestão dos riscos etc. Palavras correspondentes: gerir, gestor . Alguns intuem que gestão é algo superior à administração e isto é verdadeiro no sentido que o termo gestão vem sendo utilizado, isto é, por envolver mais técnica, habilidade, engenhosidade. Entretanto, enquanto hierarquia dentro das organizações, a administração permanece acima da gestão.
  • Curso Gestão de Pessoas nas Organizações

    1. 1. Curso: Gestão de pessoas nas organizações Noções Básicas
    2. 2. Gestão e Organizações <ul><li>Administração - Trata das situações típicas das organizações, como finanças, patrimônio e pessoas. </li></ul><ul><li>Gerenciamento - Trata de níveis específicos da organização, como departamentos e suas funções . </li></ul><ul><li>Gestão - Trata de níveis especializados tanto no que diz respeito à administração quanto ao gerenciamento </li></ul>
    3. 3. A proposta é... <ul><li>Termos gestores de pessoas nas empresas </li></ul><ul><li>Sair do RH tradicional, meramente operacional para um Gestão de pessoas </li></ul><ul><li>De um RH reativo e intra orientado a uma postura proativa e voltada a Gestão </li></ul>
    4. 4. CONCEITOS <ul><li>Administração é o processo de conjugar recursos e talentos de forma a atingir fins desejados, através de uma organização </li></ul><ul><li>Organização é uma combinação de esforços individuais que tem por finalidade realizar propósitos coletivos </li></ul><ul><li>Funções Administrativas: planejamento, organização, liderança ou direção, avaliação e controle </li></ul>
    5. 5. Histórico Maslow Pessoas Comportamental 1957* Vários Estrutura Neoclássica 1954 Administração Japonesa Ambiente Cibernética e sistemas 1951 Max Weber Estrutura Burocracia 1947 Elton Maio Pessoas Relações humanas 1932* Henry Fayol Estrutura Clássica 1916 Taylor / Ford Tarefas Administração Científica 1903 MENTOR ÊNFASE TEORIA ANO
    6. 6. Teoria das Relações Humanas <ul><li>Década de 30 </li></ul><ul><li>Ênfase: Nas pessoas </li></ul><ul><li>Pressupostos: </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Incentivo econômico não é a única forma motivadora </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>O trabalhador não se comporta como um ser isolado </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>A especialização funcional não cria necessariamente a organização mais eficiente </li></ul></ul></ul></ul></ul>
    7. 7. Teoria das Relações Humanas <ul><li>Questões Abordadas: </li></ul><ul><ul><li>Integração social </li></ul></ul><ul><ul><li>Comportamento social </li></ul></ul><ul><ul><li>Recompensas e punições </li></ul></ul><ul><ul><li>Grupos informais </li></ul></ul><ul><ul><li>Relações intergrupais </li></ul></ul><ul><ul><li>Motivação </li></ul></ul><ul><ul><li>Liderança </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Organização Informal </li></ul></ul><ul><ul><li>Dinâmica de Grupo </li></ul></ul><ul><ul><li>Processo Decisório </li></ul></ul><ul><ul><li>Mudança Organizacional </li></ul></ul>
    8. 8. Teoria das Relações Humanas <ul><li>As Necessidades Humanas Básicas </li></ul>FISIOLÓGICAS PSICOLÓGICAS AUTO- REALIZAÇÃO Status / Prestígio Afeição Pertença Segurança Desenvolvimento INTELECTUAL e ESPIRITURAL
    9. 9. Teoria das Relações Humanas <ul><li>Apreciação Crítica </li></ul><ul><ul><li>Confronto das Idéias Clássicas </li></ul></ul><ul><ul><li>Crença na possibilidade de superação do conflito </li></ul></ul><ul><ul><li>“Ingenuidade” </li></ul></ul><ul><ul><li>Enfoque manipulador: colocar a organização informal a serviço da organização formal </li></ul></ul>
    10. 10. Teoria Comportamentalista <ul><li>Década de 50 </li></ul><ul><li>Ênfase: Nas pessoas </li></ul><ul><ul><li>Indivíduos </li></ul></ul><ul><ul><li>Dimensão motivacional </li></ul></ul><ul><ul><li>Homem Administrativo </li></ul></ul><ul><li>Resgate da pirâmide de necessidades (Maslow) </li></ul>Auto-realização Ego Sociais Segurança Fisiológicas
    11. 11. Teoria Comportamentalista <ul><li>Conflito entre indivíduo e organização </li></ul><ul><li>Função da administração: compatibilizar objetivos organizacionais com objetivos individuais </li></ul>O trabalho, as rotinas Auto-realização no trabalho Reconhecimento (prestígio) Progresso na carreira Responsabilidade FATORES MOTIVACIONAIS Condições de trabalho Administração da empresa Relações com o supervisor Benefícios/serviços sociais Salário FATORES HIGIÊNICOS
    12. 12. Desenvolvimento Organizacional <ul><li>Ênfase: Nas pessoas </li></ul><ul><li>Mudança Organizacional Planejada </li></ul><ul><ul><li>Mudança na estrutura </li></ul></ul><ul><ul><li>Mudança na tecnologia </li></ul></ul><ul><ul><li>Mudança nas tarefas (produtos / serviços / clientes) </li></ul></ul><ul><ul><li>Mudança na cultura organizacional </li></ul></ul><ul><li>“ Empowerment” </li></ul><ul><ul><li>mais poder aos funcionários </li></ul></ul><ul><li>Pesquisa-ação </li></ul><ul><ul><li> Diagnóstico </li></ul></ul><ul><ul><li> Validação do Diagnóstico com os Participantes </li></ul></ul><ul><ul><li> Planejamento Participativo </li></ul></ul><ul><ul><li> Execução </li></ul></ul>Administração participativa
    13. 13. Cinco Variáveis Básicas da Teoria Geral de Administração Fonte: Chiavaneto, I. Introdução à TGA , Makron Books, 2008 . ORGANIZAÇÃO TAREFAS PESSOAS TECNO-LOGIA AMBIENTE ESTRUTURA
    14. 14. Novos desafios da gestão de pessoas <ul><li>A hora e a vez das mulheres (VOCE RH) </li></ul><ul><ul><li>Crescente presença das mulheres em todas as atividades (assumindo postos “masculinos”) </li></ul></ul><ul><ul><li>Criar um ambiente favorável para elas reduzindo ainda mais as desigualdades </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Era pós-industrial (Domenico de Mais) </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Auxiliar na colocação de mulheres em postos de liderança: mais humana e mais eficientes </li></ul></ul>
    15. 15. Novos desafios da gestão de pessoas <ul><li>Investir na formação de Jovens </li></ul><ul><li>Transformar pessoas em talentos </li></ul><ul><li>Transformar talentos em capital humano </li></ul><ul><li>Transformar capital humano em capital intelectual </li></ul><ul><li>Transformar capital intelectual em resultado tangível (Gestão estratégica) </li></ul>
    16. 16. Apresentação do curso <ul><li>Abertura + 5 módulos </li></ul><ul><li>Seleção por competência </li></ul><ul><li>Dinâmicas de grupo e treinamento </li></ul><ul><li>Gestão de programas de estágio </li></ul><ul><li>Avaliação por desempenho </li></ul><ul><li>Introdução a Gestão Estratégica </li></ul>

    ×