1 noções adm tga

3.031 visualizações

Publicada em

Material que será apresentado no curso de aperfeiçoamento para gerentes

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.031
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Gestão - Trata de níveis especializados tanto no que diz respeito à administração quanto ao gerenciamento. Por exemplo, em projetos, temos a gestão dos custos, gestão da qualidade, gestão dos riscos etc. Palavras correspondentes: gerir, gestor . Alguns intuem que gestão é algo superior à administração e isto é verdadeiro no sentido que o termo gestão vem sendo utilizado, isto é, por envolver mais técnica, habilidade, engenhosidade. Entretanto, enquanto hierarquia dentro das organizações, a administração permanece acima da gestão.
  • 1 noções adm tga

    1. 1. Curso: Aperfeiçoamento para gerentes
    2. 2. Gestão e Organizações <ul><li>Administração - Trata das situações típicas das organizações, como finanças, patrimônio e pessoas. </li></ul><ul><li>Gerenciamento - Trata de níveis específicos da organização, como departamentos e suas funções . </li></ul><ul><li>Gestão - Trata de níveis especializados tanto no que diz respeito à administração quanto ao gerenciamento </li></ul>
    3. 3. CONCEITOS <ul><li>Administração é o processo de conjugar recursos e talentos de forma a atingir fins desejados, através de uma organização </li></ul><ul><li>Organização é uma combinação de esforços individuais que tem por finalidade realizar propósitos coletivos </li></ul><ul><li>Funções Administrativas: planejamento, organização, liderança ou direção, avaliação e controle </li></ul>
    4. 4. Administração e Organização do trabalho : 1900-1920 A Administração científica 1920-1950 O triunfo da organização 1950-1960 A chegada do pai da Gestão 1960-1980 Japão inova com qualidade
    5. 5. <ul><li>O pioneiro da indústria automobilística (Henry Ford) quis provar que é possível especializar as tarefas e decompor o trabalho em gestos elementares, racionalizar a produção e aumentar o rendimento. </li></ul><ul><li>Foi o que ele fez: o operário deixou de girar em torno do automóvel que estava sendo montado. Foi a cadeia produtiva que passou a desfilar face ao posto de trabalho. </li></ul>
    6. 6. <ul><li>Henry Ford foi um precursor, mas retira a sua inspiração de Frederick Winslow Taylor , um apaixonado do estudo do “trabalho humano” e grande maníaco do cronômetro. </li></ul>Henry Ford
    7. 7. Frederick Winslow Taylor Pai da Administração Científica 1900-1920 Taylor – ênfase na tarefa
    8. 8. <ul><li>Em 1911 Taylor, então engenheiro-chefe na Bethlehem Steel, inventa uma «organização científica do trabalho», que deve aumentar a produtividade reduzindo o «ócio» dos operários. </li></ul>
    9. 9. Surge Henri Fayol <ul><li>Embora continuem a não considerar as inter-relações da empresa com o seu ambiente, as teorias centradas na estrutura consideram a totalidade da organização, indo além da mera racionalização do trabalho. </li></ul>1916
    10. 10. Teoria clássica <ul><li>A 'Teoria Clássica' de Henri Fayol foi a primeira contribuição desta nova perspectiva, assumindo uma visão anatômica da estrutura formal da organização. </li></ul><ul><li>A sua principal preocupação residia nas relações e funções dos diversos órgãos dentro da empresa. </li></ul>
    11. 11. Fayol - Ênfase na estrutura <ul><li>Fayol identificou também as principais funções da empresa, estabelecendo uma terminologia que ainda hoje é aceita. </li></ul><ul><li>técnicas </li></ul><ul><li>comerciais </li></ul><ul><li>financeiras </li></ul><ul><li>de segurança </li></ul><ul><li>contabilidade </li></ul><ul><li>administrativas/ gestão </li></ul>
    12. 12. <ul><li>A 'Teoria Clássica' preconizava uma estrutura hierárquica, que traduzia uma cadeia de comando clara, revelando uma orientação de natureza militar . </li></ul>Organização no estilo Militar : rigor e disciplina... Controle e comado no REICH 1918
    13. 13. Surge paralelamente.... <ul><li>A Teoria centrada na estrutura – de autoria do sociólogo alemão Max Weber (1864-1920). 'Teoria da Burocracia’- procura alcançar a máxima eficiência e racionalidade da organização formal. </li></ul>
    14. 14. A Contribuição de Elton Mayo 1932 Mayo - Ênfase nas pessoas
    15. 15. <ul><li>Procura-se sempre mais eficácia. A General Motors suplanta a Ford com modelos adaptados a cada segmento. Já fala-se de marketing e de relações humanas. Mas o taylorismo ainda impera. </li></ul>O triunfo da organização O surgimento das teorias humanistas 1920 - 1950
    16. 16. A chegada do pai da Gestão Peter Fabian Drucker 1951
    17. 17. NOVOS MODELOS GERENCIAIS <ul><li>ADMINISTRAÇÃO JAPONESA </li></ul><ul><li>Cultura milenar baseada em três valores: </li></ul><ul><li>Recuperação econômica do Japão no Pós-Guerra, visando o mercado internacional com produtos competitivos. </li></ul><ul><li>AS IDÉIAS BÁSICAS </li></ul><ul><li>E. Edwards Deming (Filosofia da Qualidade Total) </li></ul><ul><li>J.M. Juran (Controle da Qualidade Total) </li></ul><ul><li>Kaoru Ishikawa (Círculos de Controle da Qualidade) </li></ul><ul><li>A FILOSOFIA BÁSICA DA GESTÃO </li></ul><ul><li>Trabalho em equipe, visando a Qualidade Total do processo (satisfação do cliente) </li></ul>PÁTRIA FAMÍLIA TRABALHO
    18. 18. PRINCIPAIS PRÁTICAS DE GESTÃO Integração entre pequenas e grandes indústrias, visando a especialização flexível 8. Keiretzu Fabricação de produtos “customizados”, visando atender nichos específicos de mercado. 7. Manufatura Flexível Filosofia para melhoria contínua 6. Kaizen Programação e controle de produção pela própria equipe, através de cartões ou papéis coloridos. 5. Kanban Gestão de estoques, visando “puxar” a produção. 4. “ Just-in-Time ” Busca do consenso da equipe, com o comportamento individual. 3. Método “Rengi” de decisão Assegurar a qualidade do processo 2. Controle de Qualidade Total Equipes espontâneas auto-gerenciadas, visando buscar soluções para problemas da área de trabalho. 1. Círculos de Controle de Qualidade (CCQs) DESCRIÇÃO PRÁTICA GERENCIAL
    19. 19. CARACTERÍSTICAS COMUNS DOS NOVOS MODELOS DE GESTÃO ORIENTAÇÃO PARA O CLIENTE ESTRUTURA ORGANIZACIONAL FLEXÍVEL RELAÇÕES DE PARCERIA COM OUTRAS EMPRESAS ESTILO PARTICIPATIVO DE GESTÃO (TRABALHO EM EQUIPE)
    20. 20. AS CINCO REVOLUÇÕES A SEREM ENFRENTADAS PELAS EMPRESAS <ul><li>A REVOLUÇÃO DOS SERVIÇOS </li></ul><ul><ul><li>NOVAS TECNOLOGIAS E INOVAÇÕES </li></ul></ul><ul><ul><li>MAIOR QUALIDADE E PRODUTIVIDADE </li></ul></ul><ul><li>2. A REVOLUÇÃO DA ORGANIZAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>MENOR NÚMERO DE NÍVEIS HIERÁRQUICOS </li></ul></ul><ul><ul><li>MAIOR NÍVEL DE SINERGIA OPERACIONAL </li></ul></ul><ul><ul><li>MAIOR APROXIMAÇÃO COM O CLIENTE </li></ul></ul><ul><ul><li>MAIOR PODER NA BASE DA EMPRESA (INVERSÃO DA PIRÂMIDE) </li></ul></ul><ul><li>3. A REVOLUÇÃO DO DESENVOLVIMENTO </li></ul><ul><ul><li>PROCURA DE NOVAS ALIANÇAS E PARCERIAS </li></ul></ul><ul><ul><li>ABERTURA DE NOVOS NEGÓCIOS </li></ul></ul><ul><ul><li>NOVAS FILOSOFIAS EMPRESARIAIS (FUNÇÕES E AQUISIÇÕES) </li></ul></ul>
    21. 21. <ul><li>4. A REVOLUÇÃO DA COMUNICAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>BUSCA DA MELHORIA DA IMAGEM JUNTO À CLIENTELA E SOCIEDADE. </li></ul></ul><ul><ul><li>ÊNFASE NA DIVULGAÇÃO DAS FILOSOFIAS E VALORES DA EMPRESA (IDENTIDADE CULTURAL). </li></ul></ul><ul><li>5. A REVOLUÇÃO DO SER HUMANO </li></ul><ul><ul><li>O TRABALHO COMO FONTE DE AUTO-REALIZAÇÃO. </li></ul></ul><ul><ul><li>MAIOR OPORTUNIDADE DE CARREIRA NA EMPRESA. </li></ul></ul><ul><ul><li>PARTICIPAÇÃO DOS COLABORADORES NOS RESULTADOS. </li></ul></ul><ul><ul><li>DESENVOLVIMENTO DE NOVAS LIDERAÇAS. </li></ul></ul><ul><ul><li>CAPACITAÇÃO DE INVESTIMENTO EM RECURSOS HUMANOS. </li></ul></ul><ul><ul><li>TRANSFORMAÇÃO DA RELAÇÃO EMPREGATÍCIA EM RELAÇÃO DE PARCERIA (COLABORADORES/ ASSOCIADOS). </li></ul></ul>
    22. 22. Histórico Maslow Pessoas Comportamental 1957* Vários Estrutura Neoclássica 1954 Drucker e a Administração Japonesa Ambiente Cibernética e sistemas 1951 Max Weber Estrutura Burocracia 1947 Elton Maio Pessoas Relações humanas 1932* Henry Fayol Estrutura Clássica 1916 Taylor / Ford Tarefas Administração Científica 1903 MENTOR ÊNFASE TEORIA ANO
    23. 23. Cinco Variáveis Básicas da Teoria Geral de Administração Fonte: Chiavaneto, I. Introdução à TGA , Makron Books, 2008 . ORGANIZAÇÃO TAREFAS PESSOAS TECNO-LOGIA AMBIENTE ESTRUTURA
    24. 24. Apresentação do curso Objetivo <ul><li>Gestão de processos administrativos </li></ul><ul><li>Gestão de pessoas </li></ul><ul><li>Comunicação e relacionamento </li></ul><ul><li>Gestão do tempo </li></ul><ul><li>Gestão de carreira e profissões </li></ul>Reforçar os principais conceitos e estimular as melhores práticas gerenciais nas micro, pequenas e médias empresas da região

    ×