Mod.a3.4. trocas gasosas

2.022 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.022
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
87
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mod.a3.4. trocas gasosas

  1. 1. Curso Profissional deTécnico Auxiliar de SaúdeBiologia 10ºanoTrocas gasosas nas plantasTrocas gasosas nos animaisProf. Leonor Vaz Pereiraabril 2013Módulo A3 - Utilização de Matéria
  2. 2. Trocas gasosas nas plantas• As plantas realizam uma série de funções metabólicas,como a respiração, a fotossíntese e a transpiração,indispensáveis à sua sobrevivência.
  3. 3. Estomas• São estruturas existentes na epiderme dos órgãosaéreos das plantas e que permitem trocas gasosas entreo interior e o exterior da planta.
  4. 4. Abertura e fecho dos estomasK+ bombeado por transporteativo para dentro dascélulas-guardaágua desloca-se para ascélulas labiaisCélulas ficam túrgidasestoma abre.Cessa o transporte ativoK+ da célula pordifusão a águadesloca-se para fora dascélulas labiaiscélulas ficam plasmolisadasestoma fecha.
  5. 5. Fatores que influenciam aabertura dos estomas
  6. 6. Trocas gasosas nos animais• Gases respiratórios são trocados exclusivamente pordifusão.• O ar é um meio respiratório melhor do que a água, porqueexiste mais oxigénio num determinado volume de ar do queno mesmo volume de água;• o oxigénio difunde-se mais rapidamente no ar do que naágua e o ar requer menos trabalho para ser movido sobre assuperfícies respiratórias que a água.A quantidade de O2 utilizado a nível celular e a remoção deCO2, é variável conforme as dimensões e a atividade dosanimais.
  7. 7. Animais aquáticos mais simples e de pequenasdimensões (ex. hidra) – os gases respiratórios difundem-se diretamente para todas as células.As células dacamada internarealizam astrocas gasosascom a água queentra nacavidadegastrovascular.As células dacamada externacontactamdiretamente coma água, captandoo O2 e libertandoo CO2.
  8. 8. • O movimento de gases respiratórios ao nível dassuperfícies respiratórias ou a nível celular ocorre semprepor difusão, pois estas superfícies encontram-se húmidas.• O movimento de gases pode processar-se de duas formas:▫ Difusão Direta▫ Difusão IndiretaAnimais mais complexos – existe um conjunto deestruturas que constituem o sistema respiratório, doqual fazem parte superfícies especializadas nas trocasgasosas entre o meio externo e o meio interno –superfícies respiratórias.
  9. 9. Difusão diretase a própria superfície respiratóriaestá em contacto com as células (nãohá intervenção de um fluídotransportador)Difusão indiretahá um fluído especializado notransporte de gases respiratórios dee para as célulaságuaáguaararHematoseTrocas gasosas que ocorrementre as superfíciesrespiratórias e os fluídoscirculantes, difusão indireta.
  10. 10. Tipos de superfícies respiratóriasCutânea/Tegumento TraquealBranquial Pulmonar
  11. 11. Características das superfíciesrespiratórias• Pequena espessura, apenas uma camada decélulas;• Grande área de contacto com a fonte de oxigénio;• Humidade permanente, pois os gases apenasatravessam as membranas respiratórias dissolvidosem água;• Ventilação intensa, de modo a que haja constanterenovação de oxigénio;• Muito vascularizadas para facilitar as trocasgasosas (apenas na difusão indireta).
  12. 12. Superfície corporal – Difusão diretaHidra PlanáriaA hidra apresenta apenas duas camadas de células,contactando ambas diretamente com a água.A planária apresenta uma forma achatada queproporciona uma grande superfície relativamente aovolume, por isso a grande maioria das células contactadiretamente com o meio externo.
  13. 13. Superfície corporal – Difusão indiretaA minhoca é um animal terrestre com hematosecutânea, favorecida por:•possuir numerosas glândulas produtoras de muco quepermitem manter a pele húmida (tegumento), tornandopossível a difusão de gases respiratórios;•ser muito vascularizada, permitindo a difusão de gasesrespiratórios, que são transportados de ou para todas asregiões do corpo.Nota: a hematose cutânea ocorre também nos anfíbios e em alguns peixes.
  14. 14. Trocas gasosas nas traqueiasDifusão diretaOs insetos e outros artrópodes apresentam um sistemarespiratório que é um sistema traqueal. Éformado por uma rede de traqueias, pequenostubos onde circula o ar, e que se ramificam em canaiscada vez mais finos ao longo do corpo do animal(traquíolas).
  15. 15. Trocas gasosas nas traqueiasO ar entra nas traqueias pelosespiráculos, que são aberturassituadas à superfície do corpo, quepodem estar permanentementeabertos ou possuir válvulasacionadas por músculos.As traqueias terminam emtraquíolas, que estão emcontacto direto com ascélulas.As trocas gasosasefetuam-se pordifusão direta
  16. 16. Hematose branquialAs brânquias são estruturas respiratórias típicas dosanimais aquáticos, formadas, na maioria dos casos, apartir de evaginações da superfície do corpo.Podem localizar-se internamente ou externamente.
  17. 17. Hematose branquialOs peixes mais evoluídosapresentam as brânquias alojadasem cavidades branquiais, ondeestes epitélios respiratóriosestão protegidos.Nos peixes ósseos estão protegidospelos opérculos.
  18. 18. Hematose branquial
  19. 19. Hematose branquialA água que entra pela boca do peixe cruza-se com osangue, que flui em sentido contrário – mecanismo decontracorrente.Este mecanismo permite aumentar a eficiência das trocasgasosas.As trocas gasosas efetuam-se por difusão indireta.
  20. 20. Hematose pulmonarOs pulmões assemelham-se a sacos de ar e constituem superfíciesrespiratórias internas muito vascularizadas, que resultam deinvaginações da superfície do corpo. Variam de espécie para espécie.
  21. 21. Hematose pulmonar – AvesAs aves apresentam um sistema circulatório muito eficiente,adaptado às necessidades metabólicas das mesmas.•As trocas gasosasocorrem só a nível dospulmões.• Os pulmões possuemparabrônquios, abertosnas duas extremidades.•Possuem sacos aéreosanteriores eposteriores.
  22. 22. • O ar flui nos parâbronquiosnum único sentido.•O ar percorre o sistemarespiratório da ave em doisciclos respiratórios (duasinspirações e duas expirações)•Vantagens dos sacosaéreos: diminuem adensidade da ave, ajudam adissipar o calor econstituem reservas de ar.Hematose pulmonar – Aves
  23. 23. Nos mamíferos ospulmões estão localizadosna caixa torácica e sãoconstituídos por alvéolospulmonares, dispostos emtorno dos ductosalveolares, que se ligamaos bronquíolos. Aventilação não é contínua,é faseada.Hematose pulmonar – Mamíferos
  24. 24. Que fator desencadeia atroca de gases?
  25. 25. Difusão alveolar e celularPO2 – pressãoparcial de oxigénioPCO2 – pressãoparcial de dióxidode carbono

×