Universidade do Minho                                Instituto de Ciências Sociais                                Departam...
Universidade do Minho                     Módulo MultimédiaInstituto de Ciências Sociais             Laboratório Audiovisu...
Universidade do Minho                     Módulo Multimédia               Instituto de Ciências Sociais             Labora...
Universidade do Minho                        Módulo Multimédia               Instituto de Ciências Sociais                ...
Universidade do Minho                       Módulo Multimédia               Instituto de Ciências Sociais               La...
Universidade do Minho                     Módulo MultimédiaInstituto de Ciências Sociais             Laboratório Audiovisu...
Universidade do Minho                                        Módulo Multimédia             Instituto de Ciências Sociais  ...
Universidade do Minho                     Módulo Multimédia             Instituto de Ciências Sociais             Laborató...
Universidade do Minho                     Módulo Multimédia             Instituto de Ciências Sociais             Laborató...
Universidade do Minho                          Módulo Multimédia             Instituto de Ciências Sociais                ...
Universidade do Minho                                               Módulo Multimédia                 Instituto de Ciência...
Universidade do Minho                             Módulo Multimédia                 Instituto de Ciências Sociais         ...
Universidade do Minho                                        Módulo Multimédia                Instituto de Ciências Sociai...
Universidade do Minho                       Módulo Multimédia             Instituto de Ciências Sociais               Labo...
Universidade do Minho                        Módulo Multimédia           Instituto de Ciências Sociais                Labo...
Universidade do Minho                       Módulo Multimédia               Instituto de Ciências Sociais               La...
Universidade do Minho                       Módulo Multimédia               Instituto de Ciências Sociais               La...
Universidade do Minho                        Módulo Multimédia               Instituto de Ciências Sociais                ...
Universidade do Minho                        Módulo Multimédia               Instituto de Ciências Sociais                ...
Universidade do Minho                      Módulo Multimédia               Instituto de Ciências Sociais              Labo...
Universidade do Minho                     Módulo Multimédia           Instituto de Ciências Sociais             Laboratóri...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Creative Commons & Particle Systems

1.229 visualizações

Publicada em

In this Master Class I adress two different subjects:

1. Creative Commons licences, because students need licenced resources to use in their assignments;

2. Particle systems, because students may need to animate groups of objects that individually would be painstakingly hard to animate.

If you a copy of this file feel free to send me a request email to leonardpeartree@gmail.com.

Enjoy!

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.229
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Creative Commons & Particle Systems

  1. 1. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da ComunicaçãoProfessor Leonardo Pereira Ano Curricular - 2010 | 2011 LABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA - MULTIMÉDIA Curso de Mestrado em Ciências da Comunicação - 1º Ano | 2º Semestre Aula 09 1. DIREITOS DE AUTOR - LICENÇA CREATIVE COMMONS 2. SISTEMAS DE PARTÍCULAS • Bibliografia aconselhada: Christiansen, M. (2009) Adobe After Effects CS4: Visual Effects and Compositing. Studio Techniques. Adobe Press. Berkeley, CA
  2. 2. Universidade do Minho Módulo MultimédiaInstituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo PereiraDepartamento de Ciências da Comunicação01Direitos de Autor - Licenças Creative Commons leonardpeartree@gmail.com
  3. 3. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Licenças Na net encontram algumas plataformas onde alguns autores disponibilizam audio e músicas gratuitamente e sob a licença Creative Commonsde recursos gratuítos • http://creativecommons.org/ leonardpeartree@gmail.com
  4. 4. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Licenças No entanto mesma esta licença de utilização livre tem variações e limitações.de recursos gratuítos Nalguns casos os autores deixam que a música ou audio sejam usados mas tem de haver alguma referência ao autor no trabalho. Noutros casos, por exemplo, não podem cortar a música e usar um excerto. Têm de se informar para saber quais as condições exactas em que os autores disponibilizam os materiais. leonardpeartree@gmail.com
  5. 5. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Licenças De qualquer forma aqui ficam algumas plataformas onde há materiais de audio disponibilizados ao abrigo desta licença:de recursos gratuítos • http://www.grsites.com/archive/sounds/ • http://incompetech.com/m/c/royalty-free/index.html?genre=Horror • http://freeplaymusic.com/search/category_search.php?t=v&i=1049 • http://dig.ccmixter.org/free_music • http://www.jamendo.com/br/ • http://freemusicarchive.org/curator/creative_commons Têm de procurar onde é que na plataforma está a descrição da licença de cada um dos materiais. Não deixem de o fazer! leonardpeartree@gmail.com
  6. 6. Universidade do Minho Módulo MultimédiaInstituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo PereiraDepartamento de Ciências da Comunicação02Sistemas de Partículas leonardpeartree@gmail.com
  7. 7. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da ComunicaçãoO que são? Os sistemas de Partículas são sistemas ou Plug-ins que nos permitem gerar automatica- mente animações de elementos que se repetem para formar um padrão animado, uma textura animada, ou ainda um conjunto de objectos ou elementos repetidos que surgem animados no nosso filme. Exemplos: • Gotas de chuva a cairem do céu • Flocos de neve a cairem do céu • Aves a cruzarem o céu • Folhas a cairem ao chão • Fumo a sair de algum sítio • Fundos com elementos animados • Poeira • Rastos • etc... • Visualizar exemplos em: http://www.youtube.com/watch?v=lUgpP7xhVm8 http://www.youtube.com/watch?v=JYat51Cc5bg&feature=fvw http://www.youtube.com/watch?v=6na3SeVqXIs&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=X-W1Vsh98c8 leonardpeartree@gmail.com
  8. 8. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da ComunicaçãoO que são? EM VEZ DE ESTARMOS A ANIMAR VIRTUALMENTE CADA UM DOS ELEMENTOS QUE SE REPETEM NA NOSSA ANIMAÇÃO, (TAREFA QUASE IMPOSSÍVEL) O QUE FAZEMOS É USAR UM SISTEMA DE PARTÍCULAS leonardpeartree@gmail.com
  9. 9. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Como se Os sistemas de partículas são compostos essencialmente por um emissor (emiter ou producer) e as próprias partículas que este emite.controlam? Particulas Emissor de Partículas leonardpeartree@gmail.com
  10. 10. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Como se Para se controlar um sistema de partículas temos de controlar a física do comportamen- to, tanto das partículas como do emiter, em muitas variáveis e sub-variáveis.controlam? De entre as mais comuns referimos as seguintes: • Amount ou birth rate (quantidade de partículas) • Direction (direcção da emissão das particulas) • Position (Posição do emissor das partículas) • Speed (Velocidade da emissão das partículas) • Gravity (a força gravitacional a que as partículas estão sujeitas) • Particle (onde se edita a particula em si) • entres muitas outras como se pode ver na figura ao lado... Mas há muitas muitas mais variáveis. Cada sistema tem as suas próprias variáveis de controlo e por vezes podem se bastante complexos de controlar. leonardpeartree@gmail.com
  11. 11. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Que tipo de Existem os pagos e os gratuítos. Sendo que ambos dão origem a possibilidades e resultados diferentes. sistemas existem para Pago:After Effects? Trapcode Particular (da Red Giant software). Este é o mais poderoso sistema de partículas que existe para After Effects. http://www.redgiantsoftware.com/products/all/trapcode-particular/ • Visualizar exemplos em: http://www.youtube.com/watch?v=fr8xu_K6GO0 leonardpeartree@gmail.com
  12. 12. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Que tipo de Gratuítos que já vêm incluídos no AE: • CC Ball Action (com uma câmera é tridimensional) - Limitado a bolas tridimensionais... sistemas • CC Bubbles (bidimensional) - Para fazer bolhinhas... existem para • CC Particles System II (Bidimensional)... • CC Particle World - Praticamente igual ao anterior mas Tridimensional...After Effects? • CC Pixel Polly - Para fazer pequenas desfragmentações ou explosões de imagens... • CC Rain - Para criar chuva... • CC Scaterize - Para criar nuvens de partículas e animar as suas distorções... • CC Starburst - Para fazer a animação de um céu estrelado... • Particle Playground - Aconselhável para se editar e criar especificamente a partícula... E como se aplicam estas partículas? É simples! O primeiro passo é criar uma nova layer “Solid“ branca: • Layer >> New >> Solid Depois é aplicar um efeito de partículas a essa layer: • Effect >> Simulation >> Efeito de partículas escolhido... Por fim, no painel dos efeitos, manipulam-se e animam-se as variáveis físicas disponíveis em cada um dos efeitos de partículas aplicados. leonardpeartree@gmail.com
  13. 13. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Tutoriais Os de Andrew Kramer do website VídeoCopilot: http://www.videocopilot.net/tutorials/smoke_trails/aconselhados http://www.videocopilot.net/tutorials/ancient_titles/ http://www.videocopilot.net/tutorials/energy_wipe/ http://www.videocopilot.net/tutorials/meteor_crash_3d_p1/ http://www.videocopilot.net/tutorials/speed_particles/ http://www.videocopilot.net/tutorials/energy/ http://www.videocopilot.net/tutorials/moving_3d_lines/ E os do Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=ZZcWU4C-ZcA http://www.youtube.com/watch?v=xmimOeWZRcY&feature=fvw http://www.youtube.com/watch?v=L2JjdV5udnU&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=csLOWeiwSAE http://www.youtube.com/watch?v=h3bf0ULF2m0&feature=related http://www.youtube.com/watch?v=gFlXPSH09Ok&feature=related leonardpeartree@gmail.com
  14. 14. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da ComunicaçãoLimitações Os sistemas de partículas, tal como as encontramos no After Effects, oferecem-nos partículas específicas. MAS E SE QUISERMOS USAR OS SISTEMAS DE PARTÍCULAS, MAS UTILIZANDO UMA UNIDADE DE PARTÍCULA EXTERNA CRIADA POR NÓS? É POSSÍVEL? É exactamente isso que vamos agora ver na aula! leonardpeartree@gmail.com
  15. 15. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Hojena aula ... Vamos fazer um Tutorial, utilizando o Efeito de partículas “Particle Playground“, para criar um fluxo animado de glóbulos vermelhos dentro do ambiente da circulação sanguínea. A ideia é poder, a partir dos efeitos que temos nativamente ao dispôr no AE, criar particulas customizáveis e criadas de raíz por nós. Vamos a isso! leonardpeartree@gmail.com
  16. 16. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Tutorial 1 A primeira coisa que vamos fazer é configurar a nossa partícula, ou seja, a unidade (glóbulo vermelho) que depois será multiplicada e animada pelo sistema de partículas. “Correntesanguínea“ 1. Vamos começar por importar a imagem do glóbulo: >> File >> Import >> File: célula.png 2. Criamos uma nova composição com uma duração de 50 segundos (Pal D1/DV) que nomeamos de “comp célula” 3. Arrastamos o ficheiro célula.png para o painel das layers para gerar uma layer. 4. Mudamos o tamanho da layer para 34% no “Scale” da layer. 5. Animamos a rotação da layer: no primeiro frame da comp. inserimos um Keyframe no parâmetro “rotation“. Inserimos um valor de 8 rotações (8x+0.0º). Na última frame da comp. inserimos mais um keyframe no mesmo parâmetro onde inserimos um valor de 0 rotações (0x+0.0º). leonardpeartree@gmail.com
  17. 17. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Tutorial 1 6. Duplicamos a layer, aplicamos ao duplicado um efeito de “Gausian Blur“ (0,5) e reduzimos a opacidade da layer para 50%. “Correntesanguínea“ Agora vamos passar a uma segunda fase onde, depois de construída a unidade de partícula, vamos criar o fundo da nossa animação. 7. Importamos os restantes materiais: >> File >> Import >> File: textura.tif 8. Criamos uma nova composição com o nome “composição final”, com 16 segundos e em PALD1/DV. 9. Arrastamos para dentro da “Composição final” a “Comp célula“ e o ficheiro “textura.tif“. 10. Criamos uma nova layer “solid“ e aplicamos a essa layer o efeito “ramp”: >> Effect >> Generate>> Ramp 11. Passamos a layer “textura” para debaixo da layer de solid antes criada e aplicar um “multiply”. 12. No efeito “ramp”, no painel dos efeitos, aplicamos duas cores. Um vermelho escuro e um vermelho normal. leonardpeartree@gmail.com
  18. 18. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Tutorial 1 Agora vamos passar a uma terceira fase onde vamos finalmente usar um sistema de partículas para criar uma corrente de glóbulos vermelhos. “Correntesanguínea“ 13. Criamos uma nova layer “solid“ branca. 14. Nessa layer aplicamos o efeito “Particle Playground“: >> Effect >> Simulation >> P. Playground E agora vamos ter de associar a composição que contém a animação do glóbulo a rodar a este sistema de partículas que acabamos de aplicar à layer solid. 15. Dentro do efeito “Particle Playground“, começamos por abrir o parâmetro “Layer map“. Em “Use Layer“ escolher a layer “Comp Célula“. A partir daqui temos o sistema de partículas a utilizar a partícula que antes desenhamos na outra composição, como se vê nesta figura. Agora vamos animar e manipular os parâmetros do sistema de partículas para criarmos a animação pretendida. leonardpeartree@gmail.com
  19. 19. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Tutorial 1 16. Dentro do efeito “Particle Playground“, e dentro de layer map, em “Time Offset “Corrente Type“ escolhemos “relative“ ou “relativesanguínea“ random“. 17. Em “Random Time Max” inserimos o valor 1.60. Com isto acabamos de dizer ao sistema de partículas para, em cada partícula gerada, usar excertos diferentes da animação usada na composição da partícula em si. Agora vamos posicionar o nosso sistema de partículas por forma a que pareça que temos um fluído de glóbulos vermelhos. 18. No parâmetro “Gravity” inserimos os seguintes valores: >> Force: 0 >> Force Random Spread: 0 >> Direction: 180º Agora vamos posicionar correctamente a nossa partícula em relação ao Plano. leonardpeartree@gmail.com
  20. 20. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da Comunicação Tutorial 1 19. No parâmetro “Cannon” inserimos os seguintes valores: “Correntesanguínea“ >> Position: 981,288 >> Barrel Radius: 0 >> Particles per second: 1 >> Direction: 0x-90º >> Direction Random Spread: 27.00 >> Velocity: 116 >> Velocity Random spread: 0 >> Particle Radius: 296 E pronto...Temos o nosso fluxo de glóbulos vermelhos animados. 20. Por fim para se dar algum realismo acrescido pode-se aplicar um “Drop Shadow” à layer solid que contém o sistema de partículas. >> Opacity: 74% >> Direction: 135º Et voilá... Aqui temos um fluxo de glóbulos vermelhos numa corrente sanguínea. É só fazer o render. leonardpeartree@gmail.com
  21. 21. Universidade do Minho Módulo Multimédia Instituto de Ciências Sociais Laboratório Audiovisual e Multimédia - 2010 | 2011 Professor Leonardo Pereira Departamento de Ciências da ComunicaçãoDúvidas? Há alguma dúvida? leonardpeartree@gmail.com

×