III Congresso Internacional             Educação InclusivaExcelência na Inclusão da Escola Contemporânea                  ...
• Inclusão: desafios e perspectivas futuras.• Uma reflexão crítica sobre a inclusão educacional esocial.• Diversidade x In...
1948 – Escola para TODOS: assinada a Declaração Universaldos Direitos Humanos, que “garante” o direito de todas aspessoas ...
1990 – Direito Universal: a declaração Mundial de Educaçãopara todos reforça a Declaração Mundial dos DireitosHumanos e es...
2003 – Inclusão para TODOS(AS): MEC cria o ProgramaEducação Inclusiva – Direito à diversidade, que formaprofessores para a...
a Neurociência Molecular investiga aspectos químicos e físicos envolvidos                           na função neural? a de...
Tais conhecimentos, embora legítimos no meio científico e educacional, não são decisivos para a formação plena dos        ...
A filosofia kantiana tenta  responder às questões:•Que podemos conhecer?•Que podemos fazer?•Que podemos esperar?
O que o mundo quer de nós?“Ter uma ideia para mudar o mundo...      e colocá-la em prática!!!”
“A TRANSFORMAÇÃO QUE EDUCA”                  X     “A EDUCAÇÃO QUE TRANSFORMA”Em pleno século XXI, falar  de Educação Incl...
“Há um tipo de educação que tem por objetivo produzir conhecimentos para transformar o mundo, interferir nomundo, que é a ...
Texto“Realmente tudo mudou”     Luiz Fernando Veríssimo
O rouge virou blushO pó-de-arroz virou pó-compacto      O brilho virou gloss O rímel virou máscara incolor      A Lycra vi...
O corpete virou porta-seios                    Que virou sutiã                     Que virou lib                   Que vir...
Confete virou MMA crise de nervos virou estresse     A chita virou viscose   A purpurina virou glitter  A brilhantina viro...
A tanga virou fio dentalE o fio dental virou anti-séptico bucal.          Ninguém mais vê...       Ping-Pong virou Babaloo...
A gafieira virou dança de salãoO que era praça virou shopping     A areia virou ringue    A caneta virou teclado     O lon...
O álbum de fotos agora é mostrado por e-mail          O namoro agora é virtual          A cantada virou torpedo        E d...
O carnaval de rua virou Sapucaí O folclore brasileiro, HalloweenO piano agora é teclado, tambémO forró de sanfona ficou el...
Fauna e flora a desaparecer  Lobato virou Paulo Coelho   Caetano virou um chato   Chico sumiu da FM e TV      Baby se conv...
Gal virou fênix   Raul e Renato,  Cássia e Cazuza,   Lennon e Elvis,    Todos anjosAgora só tocam lira... A AIDS virou gripe
A bala antes encontrada agora é perdida      A violência está coisa maldita!          A maconha é calmanteO professor é ag...
E a sociedade ficou incapaz...             ... De tudo.Inclusive de notar essas       diferenças.
“O ESSENCIAL é invisível aos olhos.”Em meio a um turbilhão de informações, o         que nos é ESSENCIAL?  O que faz uma e...
Em 11 de Setembro de 2001,  3 mil pessoas inocentesmorreram na destruição das  torres gêmeas do WTC.  Hoje, a cada dia, 30...
“O sábio não é o homem que fornece asverdadeiras respostas; é o que formula as         verdadeiras perguntas.”            ...
“O bom ensino é o que vai à frente do desenvolvimento,     pois assim propicia aemergência de novas conexões no funcioname...
“A maior contribuição de conhecimento do  século XX foi o conhecimento dos limites doconhecimento. Conhecer e pensar não é...
Observe atentamente a  imagem a seguir:                   By Vinícius Catão
“Eu estudo num colégio do estado chamado                Castelo Branco.    Foi lá que eu aprendi a ler, a escrever...     ...
“Ano passado eu sai nas três escolas mirins.Agora nesse ano de 2007 eu saí na Mangueira  do amanhã, na Portela como passis...
“Eu sou espontânea... Sou linda... Charmosa...  Por isso arraso corações com os gatinhos.          Todo mundo gosta de mim...
Vídeo “Páginas da Vida”  Sou ESPECIAL, porque sou FELIZ!!!   Em que consiste a (in)diferença?
Qual o “lugar” da DIVERSIDADE     em nossas VIDAS???
Vídeo “Imagine”
Tratar as pessoas diferentemente e, assim fazendo,enfatizar suas diferenças, pode muito bem estigmatizá-las(e então barrá-...
“É preciso que tenhamos o direito desermos diferentes quando a igualdade nosdescaracteriza e o direito de sermos iguaisqua...
A igualdade de oportunidades é um conceito ouprincípio que se reporta a uma realidade socialcom desigualdades diferenciada...
Integração Escolar: tem início nos anos 1960, se    restringindo às pessoas com deficiência.  Inclusão Escolar: tem início...
Inclusão Escolar: enfatiza as potencialidades.Integração Escolar: os alunos devem se adaptar                    a escola. ...
Não serei um poeta de um mundo caduco.    Também não cantarei no mundo futuro. Estou preso à vida e olho meus companheiros...
As escolas não são “meramente” instituições de reprodução,instituições em que o conhecimento explícito e implícitoensinado...
Aprender é construir significados de forma crítica e reflexiva.     Ensinar é favorecer, de forma justa e humana, esse    ...
“A sabedoria não se transmite, é preciso que a  gente mesmo a descubra depois de umacaminhada que ninguém pode fazer em no...
Informação   Conhecimento    Saber   Para que(m) é útil o ensino?
“Em um largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiroque atravessava as pessoas de um lado para o outro. Emuma das vi...
A professora, muito social, entra na conversa:- Seu barqueiro, você sabe ler e escrever?- Também não, respondeu o barqueir...
Nisso, chega uma onda bastante forte e vira o barco.O barqueiro, preocupado, pergunta:- Vocês sabem nadar?- NÃO! Responder...
“Quem tenta ajudar uma borboleta          a sair do casulo a mata.        Quem tenta ajudar um broto         sair da semen...
“Há três caminhos para a infelicidade            (ou fracasso):    1) não ensinar o que se sabe;  2) não praticar o que se...
A escola deve assumir o seu verdadeiro papel:   permitir uma realeducação para TODOS.  A função da escola é “formar” gener...
TALVEZ DEVÊSSEMOSENSINAR MENOS DE MAIS OU MAIS DE MENOS??? EIS A SOLUÇÃO DE UMA “REAL” EDUCAÇÃO PARA        TODOS???EIS O ...
É necessário estarmosaonde ninguém ainda        está...“Só tenho uma certeza:   as minhas muitas      incertezas.”  O cami...
“Temos de saber aonde queremos chegar para encontrar um caminho, porque não   existe ´o´ caminho, mas caminhos aescolher, ...
“Ela está no horizonte (...) Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dezpassos e o horizonte corre dez...
“Seja a mudança que  você deseja ver no       mundo.”  Mahatma Gandhi“Para quem é educador, semeador, o tempo de  esperanç...
“Mestre não é quem         sempre ensina,   mas quem de repente              aprende.”         Guimarães Rosa“De vez em qu...
E de tudo, ficaram três coisas:      A certeza de que estamos sempre começando...         A certeza de que precisamos cont...
MUITO       OBRIGADO!!!!!              E-mail:vinicius.souza@metodistademinas.edu.br
III Congresso Internacional                       Educação Inclusiva          Excelência na Inclusão da Escola Contemporân...
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Vinicius catão palestra inclusão   itajubá (2010)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vinicius catão palestra inclusão itajubá (2010)

252 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
65
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vinicius catão palestra inclusão itajubá (2010)

  1. 1. III Congresso Internacional Educação InclusivaExcelência na Inclusão da Escola Contemporânea ITAJUBÁ – MG Prof. Vinícius Catão Junho - 2010
  2. 2. • Inclusão: desafios e perspectivas futuras.• Uma reflexão crítica sobre a inclusão educacional esocial.• Diversidade x Inclusão: relação ou confusão?• Inclusão: uma utopia a ser alcançada ou umaverdade a ser experimentada.
  3. 3. 1948 – Escola para TODOS: assinada a Declaração Universaldos Direitos Humanos, que “garante” o direito de todas aspessoas à Educação.1961 – LDB: promulgada a Lei de Diretrizes e Bases daEducação Nacional, que garante o direito da criança comdeficiência à Educação, de preferência na escola regular.1988 – Constituição Federal: estabelece a igualdade noacesso à escola. O Estado deve dar atendimentoespecializado, de preferência na rede regular.
  4. 4. 1990 – Direito Universal: a declaração Mundial de Educaçãopara todos reforça a Declaração Mundial dos DireitosHumanos e estabelece que todos devem ter acesso àEducação.1994 – Declaração de Salamanca: define princípios epráticas da Educação Especial e influi nas políticas públicasda Educação.1996 – Nova LDB: atribui às redes o dever de assegurarcurrículos, métodos, recursos e organização para atender àsnecessidades dos alunos.
  5. 5. 2003 – Inclusão para TODOS(AS): MEC cria o ProgramaEducação Inclusiva – Direito à diversidade, que formaprofessores para atuar na disseminação da EducaçãoInclusiva.2006 – Direitos Iguais: convenção aprovada pelaOrganização das Nações Unidas (ONU) estabelece que aspessoas com deficiência tenham acesso ao ensino inclusivo.2008 – Fim da segregação(???): a Política Nacional deEducação Especial na Perspectiva da Educação Inclusivadefine que todos(as) devem estudar na escola comum.
  6. 6. a Neurociência Molecular investiga aspectos químicos e físicos envolvidos na função neural? a deficiência mental é um funcionamento intelectual abaixo da média,coexistindo com limitações relativas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas? a Neurociência Cognitiva atua nos estudos do pensamento, da aprendizagem, da memória, do planejamento, do uso da linguagem e das diferenças entre memória para eventos específicos e para a execução de habilidades motoras? deficiência é toda perda ou anormalidade de uma estrutura ou função psicológica, fisiológica ou anatômica que gere incapacidade para odesempenho de atividade, dentro do padrão considerado “normal” para o ser humano?
  7. 7. Tais conhecimentos, embora legítimos no meio científico e educacional, não são decisivos para a formação plena dos cidadãos, dentro de um contexto inclusivo.Será que muitos desses conhecimentos não seriam apenas um pseudo ornamento cultural utilizados em diferentes contextos de ensino e aprendizagem na educação? Será que existe formação dissociada da prática?Em Inclusão, estamos aprendendo ao vivenciar as diferenças e perceber suas reais demandas.
  8. 8. A filosofia kantiana tenta responder às questões:•Que podemos conhecer?•Que podemos fazer?•Que podemos esperar?
  9. 9. O que o mundo quer de nós?“Ter uma ideia para mudar o mundo... e colocá-la em prática!!!”
  10. 10. “A TRANSFORMAÇÃO QUE EDUCA” X “A EDUCAÇÃO QUE TRANSFORMA”Em pleno século XXI, falar de Educação Inclusiva deveria ser pleonasmo...
  11. 11. “Há um tipo de educação que tem por objetivo produzir conhecimentos para transformar o mundo, interferir nomundo, que é a educação científica e técnica. Mas há umaeducação – e é isso o que chamo realmente de educação – cujo objetivo não é fazer nenhuma transformação no mundo, é transformar as pessoas.” Rubem Alves
  12. 12. Texto“Realmente tudo mudou” Luiz Fernando Veríssimo
  13. 13. O rouge virou blushO pó-de-arroz virou pó-compacto O brilho virou gloss O rímel virou máscara incolor A Lycra virou stretch Anabela virou plataforma
  14. 14. O corpete virou porta-seios Que virou sutiã Que virou lib Que virou siliconeA peruca virou aplique, interlace, megahair, alongamento A escova virou chapinha "Problemas de moça" viraram TPM
  15. 15. Confete virou MMA crise de nervos virou estresse A chita virou viscose A purpurina virou glitter A brilhantina virou mousse Os halteres viraram bomba A ergométrica virou spinning
  16. 16. A tanga virou fio dentalE o fio dental virou anti-séptico bucal. Ninguém mais vê... Ping-Pong virou Babaloo O à-la-carte virou self-service A tristeza, depressão O espaguete virou Miojo pronto A paquera virou pegação
  17. 17. A gafieira virou dança de salãoO que era praça virou shopping A areia virou ringue A caneta virou teclado O long-play virou CD A fita de vídeo é DVD O Cd já é MP3 É um filho onde éramos seis
  18. 18. O álbum de fotos agora é mostrado por e-mail O namoro agora é virtual A cantada virou torpedo E do “não” não se tem medo O break virou street O samba, pagode
  19. 19. O carnaval de rua virou Sapucaí O folclore brasileiro, HalloweenO piano agora é teclado, tambémO forró de sanfona ficou eletrônico Fortificante não é mais Biotônico Bicicleta virou BisPolícia e ladrão virou counter strike Folhetins são novelas de TV
  20. 20. Fauna e flora a desaparecer Lobato virou Paulo Coelho Caetano virou um chato Chico sumiu da FM e TV Baby se converteu RPM desapareceuElis ressuscitou em Maria Rita?
  21. 21. Gal virou fênix Raul e Renato, Cássia e Cazuza, Lennon e Elvis, Todos anjosAgora só tocam lira... A AIDS virou gripe
  22. 22. A bala antes encontrada agora é perdida A violência está coisa maldita! A maconha é calmanteO professor é agora o facilitador As lições já não importam mais A guerra superou a paz
  23. 23. E a sociedade ficou incapaz... ... De tudo.Inclusive de notar essas diferenças.
  24. 24. “O ESSENCIAL é invisível aos olhos.”Em meio a um turbilhão de informações, o que nos é ESSENCIAL? O que faz uma educação pautada em verdadeiras propostas inclusivas?
  25. 25. Em 11 de Setembro de 2001, 3 mil pessoas inocentesmorreram na destruição das torres gêmeas do WTC. Hoje, a cada dia, 30 milpessoas morrem no mundo por falta de água. ????????
  26. 26. “O sábio não é o homem que fornece asverdadeiras respostas; é o que formula as verdadeiras perguntas.” Claude Lévi-Strauss
  27. 27. “O bom ensino é o que vai à frente do desenvolvimento, pois assim propicia aemergência de novas conexões no funcionamento mental.” Vygotsky
  28. 28. “A maior contribuição de conhecimento do século XX foi o conhecimento dos limites doconhecimento. Conhecer e pensar não é chegar auma verdade absolutamente certa, mas dialogar com a incerteza. É preciso, portanto, prepararmo-nos para o nosso mundo incerto e aguardar o inesperado.”Edgar Morin - Trecho retirado do livro “Cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento”
  29. 29. Observe atentamente a imagem a seguir: By Vinícius Catão
  30. 30. “Eu estudo num colégio do estado chamado Castelo Branco. Foi lá que eu aprendi a ler, a escrever... Eu leio jornal... Já namorei... Que, aliás, um deles é um “galinha”, né... E “tô” deixando levar aí...Eu saio, me divirto... Vou para a discoteca, me acabo naquela pista...”
  31. 31. “Ano passado eu sai nas três escolas mirins.Agora nesse ano de 2007 eu saí na Mangueira do amanhã, na Portela como passista... a primeira passista (...) “
  32. 32. “Eu sou espontânea... Sou linda... Charmosa... Por isso arraso corações com os gatinhos. Todo mundo gosta de mim. Na minha família todo mundo me adora. Eu sou a “queridinha” da minha família... Todo mundo quer ficar comigo... “O queridinho”... E também sou amável, espontânea, sou extrovertida... E é isso. Obrigada...”
  33. 33. Vídeo “Páginas da Vida” Sou ESPECIAL, porque sou FELIZ!!! Em que consiste a (in)diferença?
  34. 34. Qual o “lugar” da DIVERSIDADE em nossas VIDAS???
  35. 35. Vídeo “Imagine”
  36. 36. Tratar as pessoas diferentemente e, assim fazendo,enfatizar suas diferenças, pode muito bem estigmatizá-las(e então barrá-las em relação ao emprego, educação,benefícios e outras oportunidades na sociedade), domesmo modo que tratar de modo igual os diferentes podenos deixar insensíveis às suas diferenças, e isto uma vezmais termina por estigmatizá-los e, do mesmo modo,barrá-los socialmente num mundo que foi feito apenas afavor de certos grupos e não de outros. Ser diferente é umrisco de qualquer maneira... Jacques Attali – militante do Partido Socialista Fancês
  37. 37. “É preciso que tenhamos o direito desermos diferentes quando a igualdade nosdescaracteriza e o direito de sermos iguaisquando a diferença nos inferioriza.” Boaventura de Sousa Santos
  38. 38. A igualdade de oportunidades é um conceito ouprincípio que se reporta a uma realidade socialcom desigualdades diferenciadas, resultantes dedistintas determinações históricas que precisamser tornadas visíveis e reconhecidas pelasociedade como um todo. Na aceitação, nomanejo, na relação entre as diferenças é que sedá a almejada INCLUSÃO. Júlio Groppa Aquino
  39. 39. Integração Escolar: tem início nos anos 1960, se restringindo às pessoas com deficiência. Inclusão Escolar: tem início nos anos 1990, discutindo as diferenças como condição humana. Integração Escolar: enfatiza as diferenças.
  40. 40. Inclusão Escolar: enfatiza as potencialidades.Integração Escolar: os alunos devem se adaptar a escola. Inclusão Escolar: a escola deve se adaptar às múltiplas necessidades dos alunos.
  41. 41. Não serei um poeta de um mundo caduco. Também não cantarei no mundo futuro. Estou preso à vida e olho meus companheiros.Estão taciturnos, mas nutrem grandes esperanças. Entre eles, considero a enorme realidade. O presente é tão grande, não nos afastemos.Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.
  42. 42. As escolas não são “meramente” instituições de reprodução,instituições em que o conhecimento explícito e implícitoensinado molda os estudantes como seres passivos que estarãoaptos e ansiosos por se adaptar a uma sociedade injusta. Essainterpretação é falha sob dois aspectos centrais. Primeiramente,ela vê os estudantes como internalizadores passivos demensagens sociais pré-fabricadas. Qualquer coisa que ainstituição transmita, seja no currículo formal ou currículooculto, é absorvida, não intervindo aí modificações introduzidaspor culturas de classe ou pela rejeição feita pela classe (ou raçaou gênero) dominada das mensagens sociais predominantes. Michael Apple
  43. 43. Aprender é construir significados de forma crítica e reflexiva. Ensinar é favorecer, de forma justa e humana, esse processo de construção. “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.” Paulo Freire
  44. 44. “A sabedoria não se transmite, é preciso que a gente mesmo a descubra depois de umacaminhada que ninguém pode fazer em nosso lugar, e que ninguém pode evitar, porque a sabedoria é uma maneira de ver as coisas.” Marcel Proust À sombras das raparigas em flor
  45. 45. Informação Conhecimento Saber Para que(m) é útil o ensino?
  46. 46. “Em um largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiroque atravessava as pessoas de um lado para o outro. Emuma das viagens, iam um advogado e uma professora.Como quem gosta de falar muito, o advogado pergunta aobarqueiro:- Companheiro, você entende de leis?- Não, respondeu o barqueiro.E o advogado compadecido:- É pena, você perdeu metade da sua vida.
  47. 47. A professora, muito social, entra na conversa:- Seu barqueiro, você sabe ler e escrever?- Também não, respondeu o barqueiro.- Que pena! Condói-se a mestra. Você perdeumetade de sua vida!
  48. 48. Nisso, chega uma onda bastante forte e vira o barco.O barqueiro, preocupado, pergunta:- Vocês sabem nadar?- NÃO! Responderam eles rapidamente.-Então é uma pena, conclui o barqueiro. Vocêsperderam toda a vida.Não há saber maior ou saber menor. Há saberesdiferentes.”
  49. 49. “Quem tenta ajudar uma borboleta a sair do casulo a mata. Quem tenta ajudar um broto sair da semente o destrói.Há certas coisas que não podem ser ajudadas. Tem de acontecer de dentro para fora.” Rubem Alves
  50. 50. “Há três caminhos para a infelicidade (ou fracasso): 1) não ensinar o que se sabe; 2) não praticar o que se ensina; 3) não perguntar o que se ignora.” São Beda – monge beneditino
  51. 51. A escola deve assumir o seu verdadeiro papel: permitir uma realeducação para TODOS. A função da escola é “formar” generalista e não especialistas.Devemos ter coragem de transgredir fronteiras.
  52. 52. TALVEZ DEVÊSSEMOSENSINAR MENOS DE MAIS OU MAIS DE MENOS??? EIS A SOLUÇÃO DE UMA “REAL” EDUCAÇÃO PARA TODOS???EIS O CAMINHO PARA UMAVERDADEIRA INCLUSÃO???
  53. 53. É necessário estarmosaonde ninguém ainda está...“Só tenho uma certeza: as minhas muitas incertezas.” O caminho se faz caminhando...
  54. 54. “Temos de saber aonde queremos chegar para encontrar um caminho, porque não existe ´o´ caminho, mas caminhos aescolher, decisões a se tomar. E escolher é sempre correr riscos.” Maria Teresa Eglér Mantoan INCLUSÃO ESCOLAR: O que é? Por quê? Como fazer?
  55. 55. “Ela está no horizonte (...) Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dezpassos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais a alcançarei. Para queserve a utopia? Serve para isso: para caminhar.” Eduardo Galeano - As Palavras Andantes
  56. 56. “Seja a mudança que você deseja ver no mundo.” Mahatma Gandhi“Para quem é educador, semeador, o tempo de esperança se chama SEMPRE.” Prof. Eduardo Machado
  57. 57. “Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende.” Guimarães Rosa“De vez em quando Deus me tira a poesia. Olho pedra, vejo pedra mesmo.” Adélia Prado
  58. 58. E de tudo, ficaram três coisas: A certeza de que estamos sempre começando... A certeza de que precisamos continuar...A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar... Portanto, devemos: Fazer da interrupção, um caminho novo... Da queda, um passo de dança... Do medo, uma escada... Do sonho, uma ponte... Da procura, um encontro... Fernando Sabino
  59. 59. MUITO OBRIGADO!!!!! E-mail:vinicius.souza@metodistademinas.edu.br
  60. 60. III Congresso Internacional Educação Inclusiva Excelência na Inclusão da Escola Contemporânea ITAJUBÁ – MG Prof. Vinícius Catãovinicius.souza@metodistademinas.edu.br

×