Projeto escola nagen

3.025 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.025
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto escola nagen

  1. 1. ESCOLA MUNICIPAL NAGEN JORGE SAAD PROJETO: O USO CONSCIENTE DA ÁGUA, ENERGIA E TELEFONE NO AMBIENTE ESCOLAR E FAMILIAR CAMPO GRANDE OUTUBRO DE 2014
  2. 2. ESCOLA MUNICIPAL NAGEN JORGE SAAD PROJETO: O USO CONSCIENTE DA ÁGUA, ENERGIA E TELEFONE NO AMBIENTE ESCOLAR E FAMILIAR Projeto a ser desenvolvido na unidade escolar durante o mês de novembro de 2014 com alunos dos 1º ao 8º anos coordenado pelos CSPTECs e Professoras do Laboratório de Ciências. CAMPO GRANDE OUTUBRO DE 2014
  3. 3. PROJETO: O USO CONSCIENTE DA ÁGUA, ENERGIA E TELEFONE NO AMBIENTE ESCOLAR E FAMILIAR Identificação Diretora: Iracema Lino da Silva Diretora Adjunta: Rosemeire Aparecida Marcondes Sodré Equipe técnico pedagógica: Coordenação: Rosemary Biano Valiente, Claudinete Felex Rocha e Marielly Parrela Andreu Fernandes Orientação Educacional: Rosalina Pantoja do Nascimento e Neuza Alves Martins Apoio Pedagógico: Cleide César da Silva Professores Coordenadores: CSPTECs: Edneia Arnaldo, Leisa Robles Borba da Silva Vargas, Neuzilene Teles e Weld Carlo Professoras do Laboratório de Ciências: Gislaine Delfino da Silva e Walkíria de Carvalho Soares Justificativa Neste ano, 2014, estamos sendo alertados, constantemente, sobre a importância de preservar os recursos naturais e sobre todas as consequências de uma utilização inconsciente e malplanejada. Na verdade, esta informação é difundida por décadas, como exemplo temos o Eco-92, realizado no Rio de Janeiro, que demonstrava uma, já presente, preocupação com o Meio Ambiente e a necessidade de ações que visassem a sua preservação. E durante este tempo, vemos nos noticiários e jornais a situação em muitos países com falta de água, problemas na geração de energia, metas para uma produção mais limpa e a luta para diminuir a poluição nas grandes cidades. Nós, no Brasil, ficamos todos estes anos no papel de observadores, segurados pela imensa reserva de recursos naturais que possuímos, nossa Floresta Amazônica, bacias hidrográficas, grandes rios e clima propício para a produção agrícola. Mas agora, vivenciamos um momento inédito em nossa história com a desertificação de grandes áreas, como a Região Sul, falta de água na Região Sudeste e um calor incomum na Região Centro Oeste. Todas estas transformações é um reflexo do desmatamento, do uso irregular das águas e a falta de planejamento para suprir as alterações climáticas já
  4. 4. comuns em nosso país. Por isso, ações que visem a conscientização destes problemas e a necessidade de mudanças de hábitos são imprescindíveis para que este grave momento não seja agravado. Também passa a ser crucial a cobrança e fiscalização por meio do Estado para que as indústrias, empresas e o próprio Poder Público tenham o compromisso com a preservação e recuperação da natureza. Mas essa responsabilidade não pode ser exercida somente pelo Estado, toda a população deve contribuir para a recuperação e a manutenção de um Meio Ambiente mais rico e equilibrado. Este projeto vem ao encontro a essa necessidade, onde a Escola assume seu papel de ensino e de conscientização das crianças sobre as necessidades da sociedade. Para que isso seja possível, foram estabelecidas metas de diminuição da utilização de água e energia elétrica e, concomitantemente, a participação e envolvimento dos alunos na proliferação destas metas para a comunidade da qual a mesma faz parte. Objetivos Geral · Conscientizar a comunidade escolar da importância do consumo racional da água e da energia elétrica, como um recurso finito e essencial para a sobrevivência dos seres vivos. · O objetivo do projeto é reduzir em 10% o consumo de água, energia e telefone e com isso desenvolver hábitos mais sustentáveis, além de ser uma forma de economia para a instituição e para o planeta. Específicos · Diminuir o consumo de água na escola; · Diminuir o consumo de energia elétrica na escola; · Auxiliar a formação de cidadãos críticos e conscientes da preservação dos recursos naturais; · Identificar as maneiras pelas quais pode-se evitar o desperdício; · Formar, nos alunos, agentes multiplicadores de ações para preservação ambiental; · Possibilitar a economia de água e energia como hábitos cotidianos para toda a comunidade escolar. · Disseminar as informações sobre os danos que o consumo desenfreado da energia elétrica pode causar ao meio ambiente e difundir sugestões sobre o controle do
  5. 5. gasto de energia para os funcionários, alunos e consecutivamente para seus familiares. Metodologia Serão realizadas palestras com as turmas, trabalhando os temas de economia de água e energia, vídeos e slides serão utilizados para abordar os temas necessários. Os professores de matemáticas irão contribuir com as turmas de 6º ao 8º trabalhando com gráficos comparativos com as contas de água e energia de suas residencias e as contas gastas pela escola. Uma das estrategias utilizadas na redução do consumo de água será reparos na estrutura física da escola onde vistorias serão realizadas visando o combate ao desperdício de água, as torneiras dos bebedouros e pias serão trocadas e e/ou consertadas para evitar vazamentos. A ação para economizar energia será confeccionarmos cartazes e afixa-los em pontos estratégicos, próximos aos interruptores de luz e ventilador. Esta atividade será realizada com os alunos do 1º ao 5º ano. Para a participação e envolvimento dos alunos do 1º ao 5º Ano, na proliferação destas metas, serão escolhidos semanalmente os guardiões da economia, trata-se de um representante de cada sala que terá como responsabilidade auxiliar na fiscalização quanto ao desligar ventiladores quando a sala não estiver sendo utilizadas, bem como observar torneiras semi-abertas durante o intervalo. Os guardiões serão identificados com coletes e a escolha dos mesmos, será feita pelo professor regente. O processo de economizar o telefone cabe aos funcionários desta instituição poupando o uso desnecessário do aparelho, realizando somente ligações estritamente necessárias e para uso exclusivo de assuntos relacionados ao trabalho. As chamadas para celulares devem ser evitadas ao máximo, já que custam bem mais do que as outras. Devemos analisar se não vale a pena tentar falar com a pessoa em outro momento, no telefone fixo, ou mesmo deixar um recado na secretária eletrônica;. Recursos - Material áudio-visual, - Dados em tabelas, - Materiais de uso comum para confecção de cartazes - TNT para a confecção de coletes.
  6. 6. Público Alvo: O projeto visa trabalhar com todas as turmas da escola nos períodos matutino e vespertino turmas do 1º ao 8º ano do Ensino Fundamental. Duração Mês de novembro de 2014 Avaliação Avaliar o interesse e a participação durante o desenvolvimento do projeto, despertar as questões ambientais de conservação e preservação desses recursos essenciais para a sobrevivência dos seres vivos, como também a economia de água, energia e telefone no ambiente escolar e familiar. Anexo Sugestão de atividade - Texto para estudo do 6º ao 8º ano Sabemos que a sociedade tem demonstrado uma crescente preocupação com o meio ambiente, pois compreendeu que os recursos que dele usufrui são de vital importância para a atual e para as futuras gerações. E cabe as instituições escolares trabalhar com os seus educandos para que os mesmos possam entender que é necessário utilizar tais recursos de modo consciente. Um dos recursos naturais que o homem mais utiliza é a água, ela é um elemento essencial para que a vida exista na Terra. Nenhum ser, animal ou vegetal sobrevive sem ela. Mas esse não é seu único papel na natureza. Como agente intempérico ela molda rochas, modifica paisagens, forma rios, mares e lagos. Sem sua ação intempérica não teríamos o solo que nos dá alimento e é sustentação de grande parte da vida vegetal existente. O consumo de energia elétrica tem aumentado com o advento das tecnologias limpas e com o consumo despreocupado da indústria e dos cidadãos. A energia elétrica que nos usamos em nossa casa é proveniente da força das águas, ou seja, é a águas que tem a força para que a energia elétrica seja gerada. Por esse motivo, as hidrelétricas sempre se instalam perto de rios, de preferência de descida, para que sejam colocadas aquelas grandes turbinas que serão giradas com a força da águas. Sem a água não é possível fazer com que a energia elétrica seja gerada, por isso é necessário conscientizar sobre a importância da economia de energia para o meio ambiente.
  7. 7. Público Alvo: O projeto visa trabalhar com todas as turmas da escola nos períodos matutino e vespertino turmas do 1º ao 8º ano do Ensino Fundamental. Duração Mês de novembro de 2014 Avaliação Avaliar o interesse e a participação durante o desenvolvimento do projeto, despertar as questões ambientais de conservação e preservação desses recursos essenciais para a sobrevivência dos seres vivos, como também a economia de água, energia e telefone no ambiente escolar e familiar. Anexo Sugestão de atividade - Texto para estudo do 6º ao 8º ano Sabemos que a sociedade tem demonstrado uma crescente preocupação com o meio ambiente, pois compreendeu que os recursos que dele usufrui são de vital importância para a atual e para as futuras gerações. E cabe as instituições escolares trabalhar com os seus educandos para que os mesmos possam entender que é necessário utilizar tais recursos de modo consciente. Um dos recursos naturais que o homem mais utiliza é a água, ela é um elemento essencial para que a vida exista na Terra. Nenhum ser, animal ou vegetal sobrevive sem ela. Mas esse não é seu único papel na natureza. Como agente intempérico ela molda rochas, modifica paisagens, forma rios, mares e lagos. Sem sua ação intempérica não teríamos o solo que nos dá alimento e é sustentação de grande parte da vida vegetal existente. O consumo de energia elétrica tem aumentado com o advento das tecnologias limpas e com o consumo despreocupado da indústria e dos cidadãos. A energia elétrica que nos usamos em nossa casa é proveniente da força das águas, ou seja, é a águas que tem a força para que a energia elétrica seja gerada. Por esse motivo, as hidrelétricas sempre se instalam perto de rios, de preferência de descida, para que sejam colocadas aquelas grandes turbinas que serão giradas com a força da águas. Sem a água não é possível fazer com que a energia elétrica seja gerada, por isso é necessário conscientizar sobre a importância da economia de energia para o meio ambiente.

×