Plano de ação - Chapa 2

197 visualizações

Publicada em

O plano de ação traz um diagnóstico da Escola Estadual de Educação Básica Estado de Goiás atualmente e apresenta os objetivos, metas e planos da Chapa 2.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de ação - Chapa 2

  1. 1. Diretora: Leila Vieira Santos Stacke Vices: Larissa Senna da Silva, Marcia Gabe, Alessandra Guterres Escola Estadual de Educação Básica Estado de Goiás
  2. 2. • DADOS • PEDAGÓGICO Central 1.100 alunos Bairros e zona rural Nível de frequência e rendimento- bom Repetência 6º E 7º ano Uniformidade: avaliação, questões disciplinares, Metodológicas Dados coletados das reuniões de construção Projeto Político Pedagógico, nas falas os diferentes segmentos da comunidade escolar • ESTRUTURAIS Necessita de reformas tantos externas como internas • ADMINISTRATIVAS Maior visibilidade das ações e sintonia entre os segmentos DIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVO ESPECÍFICO METAS PLANEJAMENTO PROPOSTAS OPERACIONAL
  3. 3. Trabalhar em um processo participativo e de transparência das decisões, promovendo melhorias Pedagógicas, Administrativas, Estruturais e Financeira, propiciando a qualificação, a integração e a humanização de todos os segmentos da escola. DIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS METAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • OBJETIVO GERAL
  4. 4. DIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS METAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Oportunizar espaços de estudos, discussão e atualização dos professores, funcionários, alunos e pais; • Melhorar a aprendizagem e por consequência os índices de aprovação dos alunos; • Buscar a participação mais efetiva das famílias no processo de aprendizagem de seus filhos, alunos da escola; • Desenvolver projetos pedagógicos, culturais e sociais atendendo as potencialidades dos alunos, envolvendo toda a comunidade escolar, através de parcerias com empresas, universidade, entidades; OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  5. 5. DIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS METAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Promover melhorias na estrutura física da escola interna e externamente, proporcionando um espaço agradável de convivência e desenvolvimento das atividades cognitivas, lúdicas e desportivas; • Coordenar pesquisa de demanda de mercado para implantação de novos cursos Técnicos e manter o curso Técnico em Logística; • Primar pela preservação do prédio , de seu entorno e do patrimônio da escolar ; • Projetar a Escola Estadual de Educação Básica Estado de Goiás no âmbito Municipal, divulgando o trabalho de qualidade realizado; OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  6. 6. METASDIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS METAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • PEDAGÓGICAS; • FINANCEIRO-ESTRUTURAL; • ADMINISTRATIVAS;
  7. 7. METAS PEDAGÓGICASDIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS PEDAGÓGICAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Concluir Proposta Pedagógica e Regimento escolar; • Propiciar reuniões de formação pedagógica, qualificação profissional para os docentes e funcionários; • Desenvolver projetos culturais e sociais atendendo as necessidades da comunidade escolar; • Aumentar índices de aprovação e de rendimento escolar;
  8. 8. METAS PEDAGÓGICASDIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS PEDAGÓGICAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Rever o sistema de registro da avaliação do Currículo por atividades; • Resgatar o Projeto Guardião como tema transversal a partir do quinto ano; • Qualificar o Curso Técnico em Logística; • Estabelecer temas prioritários para serem trabalhados em toda a escola, por toda a comunidade, ao mesmo tempo;
  9. 9. METAS PEDAGÓGICASDIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS PEDAGÓGICAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Aprimorar a utilização da música na escola como mecanismo de concentração, inspiração, motivação e colaboração na qualidade da aprendizagem e na convivência; • Apoiar e incentivar estratégias para efetivo direito a educação inclusiva e aprendizagem dos alunos matriculados na sala de recursos; • Padronizar as questões disciplinares e normativas da escola;
  10. 10. METAS PEDAGÓGICASDIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS PEDAGÓGICAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Estudar, avaliar viabilidade e vantagens de implantação da sala ambiente por área; • Incentivar e proporcionar condições para elaboração de Plano de Trabalho em todos os setores, com definição de funções, sonhos, metas, cronograma e avaliação;
  11. 11. METAS FINANCEIRO ESTRUTURALDIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS FINANCEIRO ESTRURURAL PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Revitalizar a área externa, interna e preservar o Patrimônio; • Adquirir materiais pedagógicos, móveis, equipamentos tecnológicos; • Viabilizar portão eletrônico, com sistema de câmera na guarita, bem como rever forma de funcionamento; • Reativar o auditório; • Repaginar os banheiros; • Viabilizar campanhas para investir na escola (Cobertura laboratório informática, atletismo, cantina, estacionamento).
  12. 12. METAS ADMINISTRATIVASDIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS ADMINISTRATIVAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Difundir o conceito de gestão democrática baseada na divisão de responsabilidades, intensificando ações que visem a interação e participação da comunidade escolar; • Primar pela transparência quanto à execução dos recursos financeiros e pela divulgação dos eventos, ações pedagógicas, sociais e culturais, junto à comunidade escolar; • Primar pelos direitos e deveres funcionais junto aos órgãos competentes, apoiado na legislação vigente; • Apoiar iniciativas que visem o crescimento coletivo, integração e interação da comunidade escolar;
  13. 13. METAS ADMINISTRATIVASDIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS ADMINISTRATIVAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS • Trabalhar em equipe, estimulando uma relação de respeito e consideração mútuos; • Incentivar e reforçar a uso do uniforme e da agenda escolar; • Implantar comissões para organização de diferentes eventos na escola;
  14. 14. DIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS METAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL PROPOSTAS É a forma como pretende-se atingir as metas estabelecidas para os três anos (previsão). Em todos os momentos a Comunidade Escolar tem responsabilidades e ações a desenvolver, porém para que alcancemos sucesso, em alguns desdobramentos é necessário maior envolvimento de um ou de outro setor, comissão ou serviço. PLANEJAMENTO
  15. 15. O quê Como? Quando? Proposta Pedagógica e regimento escolar Reuniões 2016 Formações e Reuniões Pedagógicas Nas datas estabelecidas pela Mantenedora Reuniões quinzenais por turno Reuniões gerais trimestrais (cronograma) ou havendo necessidade Reuniões por área 2016 a 2018 Eventos culturais, esportivos e Sociais Shows de talentos, campeonatos, gincanas, saraus, exposições, semana literária, momento de leitura, workshop, seminários... Criação de comissões para coordenar os eventos 2016 a 2018
  16. 16. O quê Como? Quando? Aumentar índices de aprovação e rendimento escolar Grupos de estudos sob tutela dos professores e supervisão; Momentos de recuperação para alunos com dificuldades de aprendizagem; Oficinas de aprendizagem nas áreas de Linguagens, Matemática e Ciências da Natureza; Simulado nos três trimestres para alunos do Ensino Médio; Readequar os Conselhos de classes Interação com a Sala de Recursos 2016 a 2018
  17. 17. O quê? Como? Quando? Registro da Avaliação Elaboração de uma ficha padrão de avaliação para acompanhar o aluno no ano posterior Reorganização do Boletim Currículo 2016 a 2018 Qualificação do curso Técnico Intercâmbios entre as escolas Participação da MEP Banco de Currículos Seminários, Palestras, Visitas Técnicas 2016 a 2018 Música na Escola Música na hora de entrada, recreio e saída, contatos com diferentes gêneros musicais Buscar parcerias para criação do Coral e da Banda 2016 a 2018
  18. 18. O quê? Como? Quando? Campanhas Coletivas: inclusão, preservação ambiental e patrimonial, respeito... Elencar temas prioritários, conforme demanda, elaboração de projetos e aplicabilidade em todos os segmentos da escola; Retorno do projeto Guardião como tema transversal no quinto ano para todos os alunos 2016 a 2018 Aluno com Deficiência Reuniões de orientação com profissional responsável pela sala de Recursos, Palestras, interação SOE, SSE, Educadora Especial, Professor do Aluno e pais 2016 a 2018
  19. 19. O quê? Como? Quando? Questões disciplinares, normativas da escola e transparência nas ações; Elaboração do Plano de Trabalho em todos os setores, Conselho Escolar e CPM com definição de funções, sonhos, metas, cronograma e avaliação; Contrato didático: normas indispensáveis para o bom andamento da escola, unificando a sua cobrança 2016 a 2018 Sala Ambiente Intercâmbio com escolas que já implantaram, estudos de viabilidade Organização do espaço e implantação e implementação, caso seja viável 2016 2017 e 2018
  20. 20. O quê? Como? Quando? Pintura do prédio Paisagismo Aquisição de material didático, móveis e equipamentos Apresentação de Projeto, reforçando a necessidade para elaboração e encaminhamento de processo junto a CRE e CRO Parcerias para captação de recursos Levantamento das necessidades junto aos professores- SSE, SOE, Campanhas Nota Fiscal, Óleo saturado, latinha... 2016 a 2018 Guarita Busca de melhores preços e serviços, Angariar fundos, Padronização de funcionamento 2016 Auditório Definindo sala e reorganizando após reforma das salas interditadas 2016 a 2018
  21. 21. O quê Como? Quando? Conscientização e Conservação Ambiental e Patrimonial Elaboração de Projeto e Aplicabilidade com ações durante todo ano letivo 2016 a 2018 Banheiros Repaginar: Louças, azulejos, portas, pinturas 2016 a 2018 Aumento de receitas Campanhas junto à comunidade escolar, parcerias -FOCO na META 2016 a 2018
  22. 22. O quê? Como? Quando? Mecanismos de Transparência e Comunicação Ativar blog e fanpage da Escola; Divulgar e utilizar estes canais de comunicação, definindo alguém responsável para articular; Buscar patrocinadores e/ou recursos para a criação do site; Implantar jornal Mural com prestação de contas, metas, notícias, divulgações, avisos em lugar bem visível, definindo responsável pela atualização; Retorno da agenda escolar; 2016 a 2018 Utilização do Uniforme Escolar Campanhas de conscientização e valorização do uso do uniforme Obrigatoriedade nas saídas de campo do currículo por Atividades 2016 a 2018
  23. 23. O quê Como? Quando? Reuniões de planejamento, avaliação das metas, discussão, resolução de problemas, prestação de contas, com todos os segmentos da comunidade escolar, em cronograma pré- estabelecido e/ou extraordinária, quando necessário Através de reuniões com os diferentes segmentos em calendários pré-estabelecidos 2016 a 2018
  24. 24. DIAGNÓSTICO OBJETIVO GERAL OBJETIVO ESPECÍFICO METAS PLANEJAMENTO PROPOSTAS OPERACIONAL • As metas serão atendidas de acordo com as prioridades estabelecidas pelos segmentos da comunidade escolar, como também pela constatação da Direção e Conselho Escolar. • Os recursos da autonomia financeira e da contribuição dos pais darão suporte para o alcance das metas. • As metas pedagógicas serão atingidas com a participação efetiva dos segmentos da comunidade escolar. • O CPM e o Conselho Escolar devem estar sempre presentes para que juntos possamos planejar e destinar as verbas recebidas, bem como nos apoiar nas ações aqui propostas e em toda programação e evento que a Escola realizar. OPERACIONALIZÇÃO
  25. 25. Sonhamos em 2012 e realizamos com a ajuda da comunidade • Implantação do Técnico em Logística; • Destaques em diferentes avaliações como ENEM, MEP e em eventos esportivos, culturais, artísticos; • Reformas e investimentos: ar- condicionado em todas as salas, data show e sistema de som, compra de notebooks, ampliação da pracinha, despensa na cozinha, pintura e piso do ginásio e guarita, ampliação das coberturas externas, lixeiras seletivas, rampa, readequação de setores: xerox, SOE, SSE, Sala de recursos, reforma geral no lab de informática..
  26. 26. Estamos sonhando para os próximos 3 anos e realizaremos com a ajuda da comunidade Implantação de site, Mural da transparência, Pintura do Prédio, Implementar cantina, reorganizar guarita, revitalização da área externa, ser destaque em educação. Em diferentes áreas...

×