Funções do 1º Grau
Definição:Considere dois conjuntos:             X com elementos x             Y com elementos yDiz-se que a função f de X ...
Exemplos:    Esta não é uma função, pois o elemento 3 em X éassociado com dois elementos (d e c) em Y .
Esta não é uma função, pois o elemento 1em X não está associado com algum elementoem Y.
Este pode ser considerado um exemplo de função,pois cada elemento do Conjunto X está associado emum único elemento em Y.  ...
BienalExercício1 página 65:  a) Trata-se de uma função de A em B, pois para cada  elemento de A corresponde um só elemento...
Exercício 2 página 66: a) Não é uma função de A em B porque o número 0 pertence a A, e não existe o par (0, y), com y є B,...
Domínio O conjunto chamado de domínio da função é aquele onde a função é definida , ou seja, ele contém todos os elementos...
Imagem de uma função:    Relembrando o Contradomínio: é oconjunto que contém os elementos quepodem ser relacionados a elem...
Imagem:{0;1;4;9}
Extras (aula 2 – Funções)
Funções do 1º grau
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Funções do 1º grau

7.658 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.658
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
89
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Funções do 1º grau

  1. 1. Funções do 1º Grau
  2. 2. Definição:Considere dois conjuntos: X com elementos x Y com elementos yDiz-se que a função f de X em Y a função querelaciona cada elemento x em X, a um únicoelemento: y = f (x) em Y ou f(x):x y
  3. 3. Exemplos: Esta não é uma função, pois o elemento 3 em X éassociado com dois elementos (d e c) em Y .
  4. 4. Esta não é uma função, pois o elemento 1em X não está associado com algum elementoem Y.
  5. 5. Este pode ser considerado um exemplo de função,pois cada elemento do Conjunto X está associado emum único elemento em Y. Obs. Não pode sobrar elemento em X semassociação com algum elemento de Y, porém podemexistir elementos em Y que não estejam associados àX.
  6. 6. BienalExercício1 página 65: a) Trata-se de uma função de A em B, pois para cada elemento de A corresponde um só elemento de B. b) Não se trata de uma função de A em B, pois 3 ∈ A e não consta um par (3, y) na tabela. c) Não se trata de uma função de A em B, pois o número 3, elemento de A, foi associado a mais de um elemento de B; há, na tabela, os pares (3, 4) e (3, 5).
  7. 7. Exercício 2 página 66: a) Não é uma função de A em B porque o número 0 pertence a A, e não existe o par (0, y), com y є B, no gráfico. b) Não é uma função de A em B porque existem, no gráfico, os pares (3, 2) e (3, 4); dois pares distintos (x, y) com x = 3. c) e d) representam funções de A em B.
  8. 8. Domínio O conjunto chamado de domínio da função é aquele onde a função é definida , ou seja, ele contém todos os elementos x para os quais a função deve ser definida.Exemplo: o denominador não pode ser nulo, pois não existe divisão por zero, logo: x – 1 ≠0 , ou seja, x ≠ 1 Portanto, D(f) = {x Є R / x ≠ 1} = R – {1}.
  9. 9. Imagem de uma função: Relembrando o Contradomínio: é oconjunto que contém os elementos quepodem ser relacionados a elementos dodomínio. Dentro do contradomínio, define-se oconjunto imagem. Imagem é o conjunto de valores queefetivamente f(x) assume. O conjunto imagem é, pois, sempre umsubconjunto do contradomínio.
  10. 10. Imagem:{0;1;4;9}
  11. 11. Extras (aula 2 – Funções)

×