Oficina de ludicidade grupo 1

6.079 visualizações

Publicada em

Brinquedos confeccionados pelos alunos da turma de Pedagogia da FCG 2010.1.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.079
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
126
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficina de ludicidade grupo 1

  1. 1. Curso – PedagogiaDisciplina – Educação e LudicidadeDocente – Léia Lídice Oliveira e Silva CarneiroComponentes – Claudiane dos Santos Araujo, Cristiane da Silva Araujo,Graziele Lima Souza, Kátia da Silva Santana. Capim Grosso 13/12/2012
  2. 2.  O trabalho pedagógico precisa ter a presença do lúdico em seu processo de desenvolvimento, porque o corpo biológico tem necessidade de brincar e no exercício da capacidade de criar e de se apropriar dos conhecimentos de mundo, a brincadeira é uma forte aliada por ser uma linguagem infantil. A criança só não brinca em situações de repouso e alimentação; nas demais atividades, todas as crianças brincam, portanto o lúdico é fundamental para o desenvolvimento. Vale lembrar que existe necessidade de companheiros/espaço, fatores que favorecem a interação que é uma estratégia de aprendizagem, portanto brincar promove o desenvolvimento.
  3. 3.  Objetivo - produção escrita de letras, palavras e textos. Faixa etária – crianças de 6 a 8 anos cursando de 1ª a 4ª série do ensino fundamental. Modo de brincar – este jogo pode ser em dupla ou no máximo 4 crianças, cada grupo ou dupla recebe uma caixa de fósforo, através da figura vão identificar a palavra. Dentro da caixinha estará a palavra escrita separadamente, as crianças vão rapidamente formar as palavras através das silabas. Após formarem as palavras cada uma irá desenvolver um texto ou frase de acordo com a palavra. Materiais utilizados - caixinhas de fósforo encapadas com figuras coladas em cima e o nome da figura dentro em papel oficio.
  4. 4.  Objetivo: Este jogo tem por finalidade desenvolver a noção de quantidade relacionando-a com o número correspondente.   Faixa etária: 5 e 6 anos (pré-escola e primeiro ano do ensino fundamental).  Materiais utilizados: Garrafa PET recortada e numerada, (poderá ser utilizado qualquer tipo de material de contagem disponível desde que caibam dentro da garrafa. Descrição do jogo : Este jogo deve ser jogado por duas ou mais crianças, podendo ter mais de acordo com a quantidade de material de contagem disponível. Cada participante terá 30 objetos. O primeiro que iniciar o jogo deverá jogar o dado e ver o número que irá aparecer, este por sua vez irá colocar a quantidade representada no dado de objetos dentro da garrafa pela abertura. Após o outro participante fará o mesmo. Vence o jogo aquele que terminar primeiro com seus objetos tendo colocado todos dentro da
  5. 5.  Objetivo: Fazer a leitura das palavras desenvolvendo assim a leitura e coordenação das crianças. Faixa etária: 6 a 8 anos. Materiais utilizados : Embalagens de refrigerante e bola feita de jornal. Modo de jogar: Ao derrubar as garrafas, o aluno deverá ler a palavra.
  6. 6.  Concluímos que as atividades lúdicas fazem parte do processo de ensino e aprendizagem. Os jogos tem importância fundamental para o desenvolvimento social, emocional e intelectual do ser humano, favorece a concentração, a atenção, o encorajamento, a imaginação, o raciocínio lógico, a aceitação de regras e a socialização. Ao jogar, é possível transpor limites, aventura-se e descobrir o próprio eu.
  7. 7. O ATO DE EDUCAR O ato de educar não é mecanicamente profissional O ato de educar é de mais árdua paixão, de amor incondicional O ato de educar exige engajamento, comprometimento, abnegação É uma luta física e mental diária onde buscamos muito mais do que um simples salário no fim do mês... Buscamos atingir todos os objetivos... Desenvolver todas as habilidades... Orientar todos os conhecimentos... Facilitar todas as aprendizagens... O prêmio? É a realização pessoal vinda através de um sorriso de criançafrente a uma nova descoberta. Somos, sim! Sonhadoras de um mundo justo repleto de cidadãos críticos, questionadores, participantes, ativos numa Sociedade igualitária, digna, honesta... Acreditamos no ato de educar em busca do nosso sonho. Ousamos no desafio de inovar dentro da sala de aula. Somos partículas de Deus enviadas especialmente para essa sublime missão: Educar! (Paty Fonte)
  8. 8.  Pinto, Marly Rondan. Formação e Aprendizagem no espaço lúdico: uma abordagem interdisciplinar/Marly Rondan Pinto. São Paulo: Arte e Ciência,2003, 128 p.

×